' '

15 de ago de 2019

Checklist Disney • Culturama • Agosto de 2019

Dois lançamentos de destaque neste mês: o primeiro Manual Disney publicado pela Culturama, totalmente inédito e baseado tanto na animação DuckTales, Os Caçadores de Aventuras (2017) como no clássico Manual do Escoteiro Mirim, e a nova publicação mensal HISTÓRIAS CURTAS.

Veja abaixo a descrição do conteúdo de todos os títulos e o índice completo de mais uma EDIÇÃO ESPECIAL DISNEY, publicação de HQs inéditas em capa dura: HISTÓRIAS SOBRE AMIZADE (acompanhe mensalmente no Checklist Disney todos os volumes dessa coleção).




★ MAINSTREAM


PATO DONALD #2487 (CULTURAMA #5)
Publicação mensal, formato 13,4 x 19,5 cm, 64+4 páginas, lombada canoa, capa couché, miolo offset cor, R$ 6,00. Edição #1850.

• A edição abre com a grande aventura O Bastão Tubetano, com Donald e Tio Patinhas (este, à revelia) viajando até uma distante aldeia para tentar obter o objeto que dá título à HQ. Uma trama ágil, colorida e muito bem-humorada, apesar de todos os percalços que nossos protagonistas enfrentarão pelo caminho. Escrita por Vito Stabile e desenhada por Stefano Zanchi.

• Em seguida, uma nova viagem repleta de aventuras, desta vez para a América do Sul, é feita por Donald e Peninha a mando do Tio Patinhas. Participação importante do Prof. Ludovico. A Estrela-dos-Andes tem roteiro de Giorgio Figus e desenhos de Emmanuele Baccinelli.

• Na deliciosa O Raio Construtor (Peter Snejberg e Miguel Fernandez), Donald será encarregado de operar uma invenção do Prof. Pardal encomendada pelo Tio Patinhas. E o leitor só fica esperando o momento em que tudo dará errado...

• Tradução: Planeta Gibi.



MICKEY #917 (CULTURAMA #5)
Publicação mensal, formato 13,4 x 19,5 cm, 64+4 páginas, lombada canoa, capa couché, miolo offset cor, R$ 6,00.

• Pateta deixa de existir. Mickey sente que algo está errado. Como procurar alguém que ninguém sabe (e nem acredita) que um dia esteve ali? Esse é o incomum e instigante mote da HQ O Amigo Perdido (desenhos de Roberto Vian). O roteirista Tito Faraci, das impressionantes Anderville, O Resgate do Vapor Willie e A Lenda do Pianista do Mar monta sem pressa o quebra-cabeças, eventualmente angustiante não só para Mickey como, eventualmente, para o leitor. 

• Nestes 80 anos de Mancha Negra, o gibi traz duas boas HQs com ele: O Mancha e o Bolha (dinamarquesa curtinha de Jaakko Seppälä e Fabrizio Petrossi) e A Monstruosa Ameaça Magnética (de Augusto Macchetto e Roberto Marini). Nesta, Mancha põe em ação um dos mais ousados planos de dominação do planeta (e de derrota do Mickey, claro). Curiosidade: seu nome "civil" aqui é citado (algo que só havia ocorrido uma vez nas HQs, de que temos registro).

• Tradução: Planeta Gibi.



TIO PATINHAS #643 (CULTURAMA #5)
Publicação mensal, formato 13,4 x 19,5 cm, 64+4 páginas, lombada canoa, capa couché, miolo offset cor, R$ 6,00.

• A edição abre com O Zelador da Colina Sinistra, uma trama que cita diretamente dois clássicos de Carl Barks: O Cão dos Whiskervilles e O Segredo do Casteloa segunda história que Barks criou com o velho muquirana e que foi publicada pela primeira vez no Brasil em PATO DONALD #1 (julho de 1950). Tio Patinhas, Donald e Sobrinhos estão de volta à Escócia, mais precisamente ao lendário castelo, mencionado ou eventualmente revisitado por outros quadrinistas — como Don Rosa, em A Saga do Tio Patinhas, que chega a ter uma passagem aqui citada. O leitor também verá... bem, é melhor ler a HQ!

• A Caixa-Forte é cercada por beija-flores gigantes. Donald e Prof. Pardal tentam ajudar o Tio Patinhas a se livrar deles. A Ruidosa Invasão tem roteiro de Janet Gilbert e desenhos de Joan Crexells.

• Uma narrativa diferente em Perdidos, de Stefan Petrucha: Tio Patinhas, Donald e Sobrinhos vão parar em uma ilha em que vivem tramas paralelas. A inspiração mais clara é o seriado Lost (2004-2010, ABC). Muito humor, criatividade e alguns mistérios. Desenhos de José Massaroli, arte-final de Raúl Barbero.

• Tradução: Planeta Gibi.



PATETA #93 (CULTURAMA #5)
Publicação mensal, formato 13,4 x 19,5 cm, 64+4 páginas, lombada canoa, capa couché, miolo offset cor, R$ 6,00. [Edição #175.]

• Qual será O Enigma dos Roubos Dissolventes? Pateta, em mais de um momento, será responsável por colocar Mickey e o Cel. Cintra na pista certa. Com roteiro de Carlo Panaro e desenhos de Carlo Limido, a HQ é daquelas em que o leitor se põe no lugar dos personagens para também tentar descobrir como o criminoso consegue realizar seus furtos. Curiosidade: a HQ começa exatamente no ponto em que nossos amigos estão regressando da visita que fizeram ao irmão do Pateta na trama Il Pippotarzan, criada por Romano Scarpa em 1957 e inédita no Brasil — o entendimento e o desenrolar da aventura atual nada depende daquela, o que, pode-se pressupor, trata-se apenas de uma homenagem feita ao famoso quadrinista italiano.

• Divertidas comédias da série O Sótão do Pateta vêm a seguir: As Lentes de Roger Pateste, A Bússola de Patetra Montana e A Bicicleta de Von Patetais (todas de Bruno Sarda e Roberto Marini) nos revelam mais antepassados do Pateta — muitos deles, como se nota, inventores bastante ilustres!

• A série Quando Pateta... retorna com ...Encara o Labirinto (Marco Bosco e Marini). Uma hilária trama passada em uma atração de um parque de diversões.

• Em Ambulante Perseverante Mickey tenta ajudar o amigo a não ser mais ludibriado pelo personagem-título. Por que será que ficamos com a impressão de que não vai funcionar? Roteiro de Giorgio Fontana e desenhos de Giorgio Di Vita

• Tradução: Planeta Gibi.



AVENTURAS DISNEY #54 (CULTURAMA #5)
Publicação mensal, formato 13,4 x 19,5 cm, 64+4 páginas, lombada canoa, capa couché, miolo offset cor, R$ 6,00.

• Você se interessa pelo Antigo Egito? Huguinho, Zezinho e Luisinho não. Mas uma incrível aventura provavelmente os fará mudar de ideia. O Papiro da Eternidade tem roteiro de Peter Snejbjerg e desenhos de Massimo Fecchi.

O Mistério da Ilha Escarpada traz Vovó Donalda novamente emulando a Miss Marple, de Agatha Christie. Será que você vai conseguir desvendar quem roubou e, sobretudo, como foi roubado um projeto secreto de uma ilha com segurança máxima? Criada por Kari Korhonen, esta HQ dinamarquesa coloca novamente em evidência a Brutopia — o país que Barks criou para criticar a União Soviética — e, por extensão, qualquer sociedade opressora com origem em ideais supostamente utópicos.

A Emergência!, de Enrico Faccini, mostra como um serviço de atendimento ao consumidor pode ser irritante (mas hilário para o leitor).

• Que tal umas Férias Tranquilas? É o que buscam (com bastante dificuldade, como o leitor verá) Maga Patalójika e seu corvo de estimação Laércio. Roteiro de Carlotta Quattrocolo e desenhos de Graziano Barbaro.

• Fecha a edição uma gag com o Urtigão (de Carlo Panaro e Maurizio Amendola).

• Tradução: Planeta Gibi.



HISTÓRIAS CURTAS #1
Publicação mensal, formato 13,4 x 19,5 cm, 64+4 páginas, lombada canoa, capa couché, miolo offset cor, R$ 6,00.

O Rei da Primavera, com Donald e Peninha, foi escolhida para abrir com bom humor este título Disney. Roteiro de Lars Jensen e desenhos de Maximino Tortajada Aguilar.

• Em seguida, Mickey e Pateta se envolvem em um mistério que assola uma plantação. Café com Crime tem roteiro de Gorm Transgaard e desenhos de Joaquín Cañizares Sanchez.

A Camomila de Morfeu (Nico Russo e Enrico Faccini) mostra Donald tentando pôr para dormir um milionário com insônia (em troca de uma polpuda recompensa, claro).

• Que gracinhas... os Metralhas tinham uma babá quando eram pequenos... A Babá dos Metralhas tem roteiro de Carol & Pat McGreal e desenhos de Marçal Abella Bresco.

• Como o Tio Patinhas iria se virar sem a sua mais antiga e eficiente funcionária, a Dona Cotinha? É o que veremos em A Secretária Perfeita (roteiro de Gorm Transgaard, desenhos de José Maria Manrique).

• Mais uma pérola desta edição: 3 X 2 mostra o Pateta como o cliente de um supermercado. Roteiro de Tito Faraci e desenhos de Silvia Ziche.

O Detetive Amador é Donald, que tenta desvendar um crime que está sem solução há mais de uma década. Roteiro de Gorm Transgaard e desenhos de Cèsar Ferioli Pelaez.

• Vinhetas da série O que Rola em Patópolis, de Silvia Ziche, permeiam toda esta edição.



EDIÇÃO ESPECIAL DISNEY [#3] HISTÓRIAS SOBRE AMIZADE
Publicação avulsa, formato 15 x 21 cm, 176+4 páginas, lombada quadrada, capa dura, miolo offset cor, R$ 39,90.

 

★ EDIÇÃO ESPECIAL DISNEY: A COLEÇÃO ATÉ AQUI


★ DISNEY: SEM QUADRINHOS


O Manual dos Exploradores Curiosos: Aventuras para Escoteiros Mirins — DuckTales
Publicação avulsa, formato 15 x 21 cm, 176+4 páginas, lombada quadrada, capa dura com reserva de verniz, miolo offset cor, R$ 49,90.

• O primeiro Manual Disney publicado pela Culturama é totalmente inédito, com produção da Disney Publishing Worldwide.

• Acabamento gráfico primoroso e formato idêntico ao usado pela Culturama nos especiais de quadrinhos da linha EDIÇÕES ESPECIAIS DISNEY.

• Sem deixar de seguir a linha dos manuais clássicos, nas linhas "saiba como fazer" e curiosidades gerais, O Manual dos Exploradores Curiosos envereda pelo universo mostrado no seriado de animação DuckTales, Os Caçadores de Aventuras (2017). Assim, citações a passagens, personagens e criaturas vistos na primeira temporada permeiam toda a obra, que transborda bom-humor.

• Tradução e adaptação para o Brasil: Planeta Gibi.

 

★ MARVEL: SEM QUADRINHOS


Aquabook Avengers
Publicação avulsa, formato 14 x 26,5 cm, 10 páginas, espiral, R$ 19,90.
Brincar com água nunca foi tão legal! Pegue seu pincel, encha com água e divirta-se no universo dos heróis da Marvel colorindo as páginas quantas vezes você desejar. Espere secar e volte a brincar.



Aquabook Spider-Man
Publicação avulsa, formato 14 x 26,5 cm, 10 páginas, espiral, R$ 19,90.
Brincar com água nunca foi tão legal! Pegue seu pincel, encha com água e divirta-se nessa aventura, colorindo com o Homem-Aranha quantas vezes você desejar. Espere secar e volte a brincar!


★ Fontes: divulgação, Banco de Dados Planeta Gibi.
 Nota: O Planeta Gibi colabora com as publicações Disney da Culturama traduzindo, escrevendo artigos e prestando assessoria com base em nosso acervo e banco de dados.
★ O Planeta Gibi só se responsabiliza por compras efetuadas em sua loja. Problemas relacionados a aquisições com terceiros, incluindo assinaturas feitas com editoras, são de inteira responsabilidade desses terceiros, assim como toda e qualquer informação aqui divulgada acerca dessas comercializações.
 Titulação, serialização, numeração sequencial exibidos entre colchetes: são dados atribuídos pelo Planeta Gibi somente para fins de colecionismo.
 Dúvidas e sugestões: escreva para o editor do Planeta Gibi Blog.
 Publicado originalmente em 15/ago/2019.
★ Atualizado pela última vez em 15/ago/2019.




32 comentários:

  1. quando vai ter a volta da coleção de luxo "biblioteca don rosa" e "carl barks"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe-se lá. A Culturama já informou algumas vezes que seu contrato não contempla isso. Lamento muito por Barks.

      Abs.

      Edenilson.

      Excluir
    2. Ah... E por Gottfredson também. E o que falar de Taliaferro, "o" cara, que a Abril tinha intenção de publicar? A Culturama ia dar show nisso, seja pela parte editorial e gráfica como, suponho, preço.

      Abs.

      Edenilson

      Excluir
  2. Triste essa ausência de clássicos!!! Abdiquei de comprar as "novidades" e passei a adquirir fac-símiles de antigas edições que contemplam Barks, Taliaferro, Bil Wright, Floyd Gottfredson e Paul Murry.

    ResponderExcluir
  3. Senti falta dos artigos de vocês, uma pena que não houve algo do gênero permeando as duas HQs do Mancha-negra, por exemplo. Quem sabe nas próximas edições?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haverá. : ) Em GAD, mensais, especiais de capa dura...

      Abs.

      Edenilson

      Excluir
  4. Lembro dos comentários ainda em Aventuras Disney 4, de que O Mestre do Tempo seria a sala de espera para a comemoração dos 50 anos do Superpato. Temo que fique somente naquela hq, depois de ter sido prometida no Festival Guia dos Quadrinhos a publicação da trama de Marco Gervasio que explora a clássica O Diabólico Vingador sob outro ponto de vista. E lamento cada vez mais a inexplicável demora em publicar as histórias de Fantomius, também de Marco Gervasio. E as comemorações dos 85 anos do Donald se resumirão mesmo ao número 3 de Pato Donald? Ando um pouco decepcionado com essa longa espera pela publicação das grandes histórias e sagas Disney...

    ResponderExcluir
  5. Nunca vi esses especiais capa-dura em bancas em Brasília!
    Sabem informar se possuem histórias antigas, ou só inéditas italianas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os especiais têm desde sagas completas inéditas (dinamarquesas, da Disney Global...) até compilações variadas (e inéditas).

      Abs.

      Edenilson

      Excluir
  6. A propósito, esta nova publicação Histórias Curtas será incluída no box mensal?

    ResponderExcluir
  7. Não. Ela veio como brinde para assinantes. Gostei da revista.

    ResponderExcluir
  8. Tomara que as historias curtas venha na caixa n°5 com preço ajustado.

    ResponderExcluir
  9. Esses capas duras aí serão comprados.

    Podiam fazer aquele especial do gastão que a abril quase tirou do forno, o especial do peninha parte 2 e os também prometidos Mickey 80 anos (+1) e todos os milhões do Tio Patinhas.

    Sorte à culturama!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O número 2 do Peninha até poderia ser nesse mesmo formato dos capa duras da Culturama. E nem precisava de capa dura.

      Excluir
    2. Pelo o que eu entendi a Culturama não pode republicar histórias, o que inviabiliza estes pedidos.

      Excluir
  10. A Culturama está lançando edições de capa-dura visando claramente o público infantil, diferentemente do que vinha sendo feito pela Abril!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. E os desenhos são horríveis. Principalmente os feitos pelos desenhistas Marco Mazzarello e Stefano Íntini. Argh. Deprimente.

      Excluir
  11. Os clássicos realmente fazem falta. Muita falta. Podem falar o que quiserem, Barks faz toda a diferença e realmente gostaria que colocassem histórias antigas.

    ResponderExcluir
  12. A grande verdade é que os leitores antigos dos quadrinhos Disney ficaram órfãos das publicações. Desenhos e enredos, produzidos hoje em dia, com raríssimas exceções, agradam poucos. Os adultos, admiradores de Barks, Gottfredson, Wright, Taliaferro, Canini e outros mestres, ficaram a ver navios.

    ResponderExcluir
  13. Panini podia assumir as coleções Barks, Rosa e Peninha volume 2

    ResponderExcluir
  14. Não sei q tanto reclamam das edições atuais. Querem histórias antigas, comprem em sebos, no Planeta Gibi... Tá cheio de gibi antigo pra comprar. Eu sou fã das antigas e tive acesso a milhares de edições dos anos 60 pra cá, mas estou muito satisfeito com as HQs atuais. Se quiser ler velharias, histórias repetidas, sei onde encontrar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é "fã das antigas e teve acesso a milhares de edições dos anos 60 pra cá..." não seja egoista levando em consideração apenas o seu caso, os novos leitores não deveriam ser privados de conhecer o que foi produzido de melhor nos quadrinhos Disney em todos os tempos, que você chama de velharia mas são verdadeiros clássicos. A editora Culturama poderia publicar pelo menos uma revista com esse tipo de material antigo na mesma faixa de preço das mensais. A MSP faz isso e nem por isso vive do passado, muito pelo contário, TMJ e principalmente a graphic msp são exemplos disso.

      Excluir
  15. Excelente seleção de histórias as dos volumes 5!

    ResponderExcluir
  16. O contrato da Disney com a Culturama não contempla HQs clássicas de Barks e Rosa, por exemplo. Mas estamos trabalhando para caçar clássicos que ainda estejam inéditos no Brasil (e que estejam disponíveis na Disney) para colocar em nossas publicações. Abraços, Paulo Maffia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, não contempla histórias de barks e rosa ou não contempla as Bibliotecas Barks e Rosa?

      O que na verdade eu quero dizer é: seria possível lançar um especial do Gastão com uma ou outra história desses dois?

      Abraços e sucesso!

      Excluir
    2. Apoio totalmente que as mensais só tragam histórias inéditas, mas seria ótimo se cada edição trouxesse ao menos uma história dos anos 50, 60, 70 ou 80 jamais publicada por aqui.

      Excluir
  17. O contrato não contempla. Já sabemos disso. Então façam contemplar, oras!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se fosse fácil, viável e interessante no ponto de vista comercial, já o teriam feito.

      Excluir
  18. Mas a obra do Barks foi lançada completa tem pouco tempo... e depois metade nesse formato capa dura... Fora todas as republicações nos almanaques da abril... Se a culturama puder continuar esses encadernados ou lançar algum especial, ótimo. Mas incluir histórias já publicadas nos gibis mensais sou totalmente contra.

    ResponderExcluir
  19. Nenhuma informação sobre o Grande Almanaque Disney 2? Gostei muito do primeiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gostaria de continuar a coleção.

      Excluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem a opinião do Planeta Gibi.

Não são permitidos comentários que incluam:

Termos ofensivos, agressivos ou pejorativos
• Qualquer link ou e-mail
• Qualquer menção a outro estabelecimento que comercialize quadrinhos
Assunto alheio ao tema da postagem em questão