' '

23 de mai de 2019

MICKEY #914 (Culturama #2) — Maio de 2019

Veja abaixo imagens e detalhes de todas as HQs da edição #2 de MICKEY da Culturama. A revista pode ser comprada em nossa loja com a caixa de colecionador com os demais quatro títulos mensais.

O gibi abre com Faraci e Cavazzano contrapondo Mickey a Bafo-de-Onça em uma daquelas aventuras passadas numa realidade paralela, onde eles não se conhecem. Fígaro, o gato da Minnie, e Pluto protagonizam as HQs seguintes. E antes das duas gags que fecham a edição, Mickey e Esquálidus tentam evitar que Butch (personagem surgido nas tiras de Gottfredson) se dê mal. 








MICKEY #914 (CULTURAMA #2)
Publicação mensal, formato 13,4 x 19,5 cm, 64+4 páginas, lombada canoa, capa couché, miolo offset cor, R$ 6,00.

Importante: as imagens abaixo estão em definição incomparavelmente inferior à das edições impressas (onde um ou outro ajuste final de texto também pode ter sido feito).



  

• A aventura de época O Tesouro da Ilha (Faraci & Cavazzano) abre a edição. 




• Fígaro, o gato da Minnie (surgido no Clássico Disney Pinóquio) estrela a HQ seguinte (Printz-Påhlson & Angel Rodriguez).




• Pluto, então, tem seu momento de protagonista em Contatos Imediatos (Secchi & Coppola).




• Mickey e Esquálidus tentam a todo custo que o regenerado Butch (personagem surgido nas tiras de Gottfredson) se meta em uma enrascada na HQ Futuro Imperfeito. Tradução de Planeta Gibi.



 

• Duas gags fecham a edição. Tradução de Planeta Gibi.

◼ MICKEY, O PERSONAGEM

Mickey foi criado por Walt Disney e Ub Iwerks no final dos anos 1920 ao perceberem que sua criação anterior, o coelho Oswald, pertencia de fato à Universal. O Avião do Mickey, o cartoon primordial, teve teste de exibição em 15 de maio de 1928, junto com a versão preliminar de O Vapor Willie — foi esta animação, acrescida de som, que chegou ao circuito comercial em 18 de novembro de 1928 e tornou-se o marco inicial do astro-símbolo da Disney.

Em janeiro de 1930, Mickey foi parar nas tiras de jornais, onde estrelou a primeira HQ Disney já criada. Nos anos seguintes, nessas tiras desenhadas por Floyd Gottfredson surgiriam personagens que até hoje complementam o universo do camundongo, como o Mancha Negra, Esquálidus, Cel. Cintra, Comissário Joca, Butch...

Nas animações, Mickey, de cara, enfrentou o João Bafo-de-Onça (vilão criado por Disney e equipe em 1925 e, provavelmente, o mais antigo personagem de quadrinhos ainda na ativa). E teve a companhia da namorada Minnie e dos amigos Clarabela e Horácio.

Pluto, seu cão de estimação (e único personagem não antropoforme da linha de frente da Disney), surgiu nas telas em 1930 no curta de animação Os Prisioneiros. Pateta, seu melhor amigo, apareceria com destaque menor do que um figurante em outro cartoon, em 1932.

Mickey mora em Patópolis (nas histórias produzidas no Brasil, na Escandinávia, na Alemanha, na Holanda e em certas produções americanas, pelo menos). Nas HQs italianas, contudo, ele mora numa certa Topolinia (sempre traduzida no Brasil como Patópolis). Nos Estados Unidos, o nome de sua cidade varia conforme a época e a mídia em que é citada (Mouseton, há algumas décadas, é a mais comum nos quadrinhos, ainda que quase nada de HQ Disney com Mickey tenha sido produzida nos EUA desde então).

◼ MICKEY, O GIBI

O gibi MICKEY foi lançado pela Editora Abril entre out/1952 e jul/2018 em 911 edições. Desde mar/2019, é lançado pela Culturama com numeração dupla (a partir do zero na capa e com numeração continuada no expediente).

Possui uma notável legião de colecionadores, atraída sobretudo pela mítica raridade de suas cem primeiras edições. Durante os anos 1960 e 1970, MICKEY era comumente identificado como uma revista de aventuras e mistérios, sobretudo graças às produções da dupla americana Carl Fallberg e Paul Murry.


★ Fontes: divulgação, Banco de Dados Planeta Gibi.
 Nota: O Planeta Gibi colabora com as publicações Disney da Culturama traduzindo, escrevendo artigos e prestando assessoria com base em nosso acervo e banco de dados.
★ O Planeta Gibi só se responsabiliza por compras efetuadas em sua loja. Problemas relacionados a aquisições com terceiros, incluindo assinaturas feitas com editoras, são de inteira responsabilidade desses terceiros, assim como toda e qualquer informação aqui divulgada acerca dessas comercializações.
 Titulação, serialização, numeração sequencial exibidos entre colchetes: são dados atribuídos pelo Planeta Gibi somente para fins de colecionismo.
 Dúvidas e sugestões: escreva para o editor do Planeta Gibi Blog.
 Publicado originalmente em 23/mai/2019.
★ Atualizado pela última vez em 23/mai/2019.




Um comentário:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem a opinião do Planeta Gibi.

Não são permitidos comentários que incluam:

Termos ofensivos, agressivos ou pejorativos
• Qualquer link ou e-mail
• Qualquer menção a outro estabelecimento que comercialize quadrinhos
Assunto alheio ao tema da postagem em questão