' '

18 de dez de 2018

Gibis Disney tradicionais serão publicados pela gaúcha Culturama

Atualização: Culturama faz anúncio oficial e dá alguns detalhes das revistas. Leia a íntegra abaixo.

Fundada em 2003 com sede na cidade gaúcha de Caxias do Sul, a editora Culturama vai relançar os gibis tradicionais Disney no Brasil a partir do primeiro trimestre de 2019. 

Paulo Maffia, editor dessas revistas pela Abril até a interrupção, em meados deste ano, está à frente do projeto. O Planeta Gibi trabalha na tradução de algumas HQs que estarão nas primeiras edições.



A Culturama produz publicações de atividades com personagens Disney, Marvel, Lucasfilm (Star Wars) e de Mauricio de Sousa. A editora também redistribuía para canais alternativos os gibis Disney produzidos pela Abril — e o sucesso dessa empreitada é que levou ambas as partes a apostarem nesta responsabilidade maior.

A divulgação foi feita por Fabio Hoffmann, diretor da editora, à Tua Rádio, de Caxias do Sul (link de nosso leitor Valter Viana).

Leia aqui e aqui o que já publicamos sobre essa volta.

Atualização:

COMUNICADO INTEGRAL DA EDITORA DIVULGADO EM 19 DE DEZEMBRO:

A Editora Culturama é a nova responsável pela publicação das histórias em quadrinhos mensais da Disney no Brasil. O projeto da empresa é publicar cinco revistas por mês, todas com histórias inéditas. Entre os personagens principais das histórias estão Pato Donald, Mickey, Tio Patinhas, Pateta, Minnie, Margarida, entre outros.

O diretor da Culturama, Fabio Hoffmann, acredita que o projeto tem um grande potencial. “Queremos colocar as histórias em quadrinhos em mercados alternativos, onde nossa editora já atua e também vamos trabalhar com assinantes e mercado de bancas. Assim, todos terão acesso às publicações”, afirma Hoffmann.

A ideia da editora é distribuir as histórias em quadrinhos em papelarias, lojas de preço único, bazares, supermercados e outros.

Além das publicações mensais, a editora já planeja edições especiais e também edições mais baratas, para atingir todos os públicos. Para Hoffmann, ser responsável pela publicação das histórias em quadrinhos Disney é algo muito importante para a empresa. “Nos sentimos honrados com esta oportunidade, mas sabemos que é um grande desafio. Vamos trabalhar com seriedade e dedicação para fazer com que os quadrinhos conquistem cada vez mais fãs no Brasil. Queremos ouvir o mercado e os leitores para realizar um trabalho que supere as expectativas”, explica Hoffmann.

As primeiras edições sairão em março de 2019. Além do formato gibi, com os personagens clássicos, a Culturama também publicará livros com histórias em quadrinhos infantis de franquias da Disney como: Frozen, Princesas e Moana; Disney•Pixar como: Carros, Toy Story, Monstros S.A., entre outros.






★ Por Edenilson Rodrigues.
★ Fontes: Tua RádioPlaneta Gibi.
★ Publicado originalmente em 18/dez/2018.
★ Última atualização em 19/dez/2018.






68 comentários:

  1. Muito bom, as novas publicações, terão numeração zerada ou continuarão de onde a Abril parou? E virá com história inéditas?

    ResponderExcluir
  2. Torço para que tudo dê certo, principalmente pela distribuição na vastidão do Brasil inteiro. Abraços a todos os envolvidos e nossos votos de SUCESSO!

    ResponderExcluir
  3. Excelente notícia! Já me sentia mio órfão dos gibis Disney. Espero que distribuição seja eficiente. No mais boa sorte a todos os envolvidos nesta nova fase!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns a nova editora,que tenha todo sucesso. Os personagens Disney merecem o melhor.

    ResponderExcluir
  5. Sei que isso é sonhar muito, mas será que existe a possibilidade de no futuro, quem sabe, eles continuarem as coleções de Barks e Don Rosa?

    ResponderExcluir
  6. Acho que com o Paulo Maffia à frente há grandes chances de continuidade dos projetos interrompidos!
    Muito bom!!!

    ResponderExcluir
  7. Publico aqui algumas sugestões, a título de curiosidade:

    Mensais,formatinho, com papel melhor: PD, Mickey, TP e ZC - 100 pgs;

    Formato americano, papel lwc, capa cartonada fosca, com aplicação verniz: Melhor da Disney Brasil, Melhor da Disney Mundo, Almanaque Disney (foco nos secundários), Edição Extra;

    Disney Especial (realmente especial): como acima, capa-dura, 300 pgs, histórias da primeira edição mais algumas outras;

    Disney Big: formatinho com histórias longas e foco nos patos e ratos;

    Continuação dos capas-duras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei muito de suas sugestões , principalmente o Disney Big com histórias longas . Assim permite que sagas completas inéditas sejam publicadas .

      Excluir
    2. Fim do papel jornal, espero que mensais sejam em papel lwc é o que mais desejo.

      Excluir
  8. Salve amigos do Planeta Gibi! Comentei no Face e no meu blog: "Chutinosaco" que quando aconteceu a espetacular contratação de Paulo Maffia, me fez apostar na hora (Sem hesitar), que a Editora Culturama traria os quadrinhos Disney de volta ao Brasil!
    Que alegria em saber que os amigos do PG também estarão neste projeto!
    E tomara possamos ter, além dos gibis mensais, os encadernados como: "Don Rosa", "Carl Barks", "Anos de Ouro do Mickey" e os Especiais produzidos com vocês como: "Lendas Disney", "Sagas" e "O Melhor da Disney"! Parabéns a todos nós e que venha 2019!
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  9. Bem vindos. Mas não quero ser pessimista. Gostaria de saber como vai ser a logística. Do extremo sul ao norte. Distâncias, tempo de entrega, quantidades, etc. Vai ser um trabalhão. Mas devem ter pensado em tudo isso. Que tudo dê certo. E fiquem entre nós no minimo mais 68 anos. Viva a Disney e parabéns Culturama.

    ResponderExcluir
  10. Eu falei o que? que séria a tal da Culturama!!? rs Acho que devo jogar na mega da Virada também?!? kkkk :D Abraços a todos. <3

    ResponderExcluir
  11. Quero crer, que no devido tempo, todos esses especiais serão lançados, uma vez que foram, enquanto publicados, motivo de boas vendas, creio eu...
    Ainda mais com o Maffia na equipe, hoje eles, com certeza, tem todos os dados sobre o que vendia ou não, uma vez que estão com o Poderoso Maffia...
    Abraços a todos.

    ResponderExcluir
  12. Tanto suspense e a notícia acabou saindo noutro lugar! Mas o que me deixa pensativo, é se uma editora pequena como essa, vai "aguentar o tranco" de publicar esse material!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é! Essa tbm é a minha dúvida! E pelo título da matéria, imagino que inicialmente ficarão restritos apenas aos formatinhos!

      Excluir
    2. Eles não são pequenos, vejo publicações deles em todo canto. De bancava lojas de 1,99, passando por mercados e feiras em shoppings.
      E já distribuiam o encalhe da Abril. Sabem exatamente o tamanho do mercado. Vejo muitas chances em dar certo.

      Excluir
  13. Será q vamos ver a retomada da obra de barks e Rosa Alguém sabe? Preciso dessa coleção.

    ResponderExcluir
  14. Excelente noticia......parabéns

    ResponderExcluir
  15. Legal, torço para que tenha sucesso

    ResponderExcluir
  16. Parabéns aos envolvidos e sucesso na empreitada.
    Aguardo, principalmente, o retorno de "Anos de Ouro de Mickey", "O Melhor da Disney - Brasil", Os Patos de Carl Barks. Sonhando um pouco mais, que venham Paul Murry, Al Taliaferro, Bill Wright, na retomada da épica "Mestres Disney".

    ResponderExcluir
  17. Apostei na Culturama e acertei, o Maffia na direção do projeto é garantida certa das continuidades. Espero que continuem com as edições cartonadas continuem com a colaboração do Planeta Gibi. Parabéns a todos os envolvidos, e boa sorte na nova empreitada. Ancioso para vê a divulgação dos lançamentos com o novo logotipo da Culturama.

    ResponderExcluir
  18. Espero que dê continuidade as coleções 'OS ANOS DE OURO DE MICKEY' e BARKS !!!

    ResponderExcluir
  19. A Abril, quando começou a publicar Disney, era só uma salinha...

    ResponderExcluir
  20. Desejo o melhor à Disney, à Equipe do Planeta Gibi e também ao Paulo Mafia.

    Espero que nos planos da editora contenha os encadernados (próprios e não disponíveis em inglês) e que as traduções sejam melhores, inclusive retroativamente.

    ResponderExcluir
  21. Que o Tio Patinhas e o Almanaque Disney voltem com a lombada quadrada. Seria demais. Nostalgico.

    ResponderExcluir
  22. Será que darão continuidade às coleções de Pato Donald do Carl Barks e doTio Patinhas e Pato Donald do Don Rosa?

    ResponderExcluir
  23. Tem que dar continuidade nas coleções, Mickey e Barks.

    ResponderExcluir
  24. Eu não daria revista mensal pro Zé Carioca, não. Ele não tem mais histórias inéditas...

    ResponderExcluir
  25. Que eles voltem a publicar revistas de palavras cruzadas e cruzadinhas Disney também. Eram muito legais.

    ResponderExcluir
  26. Confiarei desconfiando. Boa sorte à Culturama e que seja uma parceria duradoura e bem-sucedida.

    ResponderExcluir
  27. - Terá uma nova editora para a Disney no Brasil.
    - Sério? E eles vão dar continuidade à coleção do Carl Barks?

    - A nova editora é a editora X
    - É mesmo? E eles vão zerar a numeração ou vão continuar de onde estava?

    - A coleção do Don Rosa vai voltar.
    - É mesmo? Mas será no mesmo padrão da Abril? E vai voltar caro daquele jeito?

    Na boa, esse é o tipo de pergunta q provavelmente vai ficar no vácuo. Não entendo essa ansiedade, esse desespero. Saber q vai sair não é suficiente? E quanto aos formatos, numeração e continuidade, aos poucos as notícias vão aparecer.

    ResponderExcluir
  28. Que dê muito certo. Espero, sinceramente, que sejam retomados excelentes projetos inacabados, como o "Melhor da Disney" - Brasil. Ou os encardernados do Don Rosa. Ou os poucos manuais faltantes. Coisa que a Abril e os engravatados fizeram questão de dar fim, sem consideração nenhuma pelo público fiel e cuja estratégia de "negócio" fracassou de modo estrondoso. Mantiveram o lixo editorial (veja) e perderam o que tinham de melhor.

    ResponderExcluir
  29. Não sei se o logo da editora é novo ou não, mas lembra um bico de pato!! Quanto a essa nova e ousada empreitada, se e quando eles derem sequência às coleções do Carl Barks (Donald) e do Floyd Gottfredson (Mickey), já estará de bom tamanho, no meu caso, claro... Meus votos de sucesso a todos os envolvidos!

    ResponderExcluir
  30. A Culturama na sua página do facebook, disse que as revistas serão vendidas a partir de março, e serão 5 revistas em formatinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A íntegra foi acrescida neste artigo.

      Abs.

      Edenilson

      Excluir
  31. Quando vão ter informações se vao continuar com as coleções do Barks e Mickey ?

    ResponderExcluir
  32. Eu quero Zé Carioca!!Snif!Snif!Snif!

    ResponderExcluir
  33. Estou na torcida para continuar a coleção do Carl Barks e do Don Rosa. Gostaria muito de ter estas coleções completas!

    ResponderExcluir
  34. Parabéns a todos os envolvidos no projeto.

    ResponderExcluir
  35. o sistema de distribuicao das revistas nas bancas sera feita pela total publicacoes ou nao ?

    ResponderExcluir
  36. Nunca ouvi falar dessa editora, então não tenho opinião formada, mas desejo muitíssima sorte. Que tudo dê certo! Só espero que não publiquem apenas traduções de histórias italianas atuais. Que venham histórias de diversas nacionalidades e de todos os gostos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho pavor a essas histórias italianas....

      Excluir
    2. Eu também não suporto! As histórias italianas antigas até que davam pra ler, mas essas atuais são intragáveis: entediantes, mal escritas, com argumentos absurdos e com traços grosseiros. E não são poucas as pessoas que não gostam. Vendo em fóruns estrangeiros, percebo que o número de pessoas que não suporta essas histórias é gigantesco. Nos últimos anos dos quadrinhos Disney na Abril, quase todas as histórias publicadas tinham esse "estilo". Espero que não seja igual nas publicações futuras!

      Excluir
  37. Bem legal essa "estratégia" da Abril... Opa! Digo, Cuturama. Pra disfarçar melhor, é bom restar a numeração, senão fica muito na cara hein...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro gente que inventa logo uma teoria da conspiração.
      Cara, a Abril está completamente falida! Hoje, 20/12/2018, foi anunciada a venda de 100% dela por apenas R$ 100.000,00 (cem reais), mais uma gigantesca dívida de 1,6 bilhão de reais que o comprador vai assumir.

      Excluir
    2. Adoro pessoas que enxergam e não conseguem ver. A Abril está falida. Mas "os Cabeças" dela vivem muito bem, obrigado. São conta$$$ separadas. Nenhuma empresa desconhecida arruma um puta capital praticamente da noite pro dia. "Ah! Mas não é uma empresa desconhecida e no ano passado ela conseguiu um crescimento de blablabla..." É uma empresa praticamente anônima, sim! Ninguém aqui sabia da existência dela até essa falácia toda começar. O Planeta Gibi mesmo, em mais de 10 anos, nunca publicou uma matéria (digamos notável) de nenhuma publicação da tal Culturama. Nenhum lugar conhecido como Omelete e Universo HQ, nenhum deles publicaram nenhum lançamento mequetrefe sequer de algum produto da tal Culturama durante esses anos todos. Então eu acho lindo o poder de autonegação dos leitores a ponto de enganarem-se a si mesmos. E esse tipo de negociação é mais normal que você imagina. Há várias empresas por aí, Brasil afora, que são, na verdade, "porta dos fundos" das grandes. Tem mato nesse coelho. Se não for da parte da Abril, é da Panini, já que é a Panini quem detém exclusividade dos encadernados de luxo Disney agora. Mas se quiser continuar em sua miopia, tens todo o direito. Tudo de bom.

      Excluir
  38. Ótimo!!!Esta é a notícia que todos nós estávamos esperando!
    Agora, eu tenho uma pergunta que não quer calar: Vai haver HQs inéditas feitas por artistas brasileiros???

    ResponderExcluir
  39. Cinco títulos com hqs inéditas, disseram eles.

    Poderiam ser Pato Donald, Mickey, Tio Patinhas e outras duas, já que a do Zé Carioca só trazia republicações? E essas outras duas? Almanaque Disney? Minnie? Margarida?

    Aguardemos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que serão Mickey, Donald, Pateta, Tio Patinhas e Duck Tales. Zé Carioca e Almanaque Disney já eram.

      Excluir
  40. Vendendo em lojas de preço único e desenvolvendo revistas mais baratas... parece que teremos a volta das ridículas revistas de 16pg por 1 real.

    ResponderExcluir
  41. Desejo do fundo do coração muito sucesso à Culturuma. Quero ser um dos primeiros assinantes hehe

    ResponderExcluir
  42. Independente de quais formatos terão e de quem será ou não publicado nas edições da Culturama, não podemos esquecer que novos postos de trabalho serão abertos com essa nova parceria da Disney no Brasil.

    ResponderExcluir
  43. Só espero que não sejam em papel jornal.

    ResponderExcluir
  44. Pelo que li até agora, acho que ainda vai algum tempo para que possamos ter de volta as coleções interrompidas. Uma pena!!!

    ResponderExcluir
  45. Seria muito frustrante depois de tanta expectativa, não voltar a publicar os Anos de Ouro de Mickey e a coleção de Barks.

    ResponderExcluir
  46. Ótima notícia, Planeta!

    Resta saber se irão recontratar, além do Paulo Maffia, o pessoal da tradução (Marcelo Alencar e não sei se alguém mais fazia).

    Esse aspecto da tradução é o que eu mais fico ansioso pra ver se melhoram ao mudar de editora, e por isso fico imaginando aqui, torcendo, por um cenário em que a tradução melhore. Não sei qual o grau de autonomia do Marcelo Alencar, não sei se o estilo da tradução era uma escolha dele ou da editora. Caso seja uma escolha dele, seria muito indelicado/complicado recontratá-lo dizendo "não faça do seu jeito". Seria profissionalmente desrespeitoso. Eu reparei que o estilo de tradução de vocês do Planeta era diferente do habitual nas publicações Disney da Abril. Isso me leva a crer que o estilo despojado e meio vulgar da tradução era uma escolha do Marcelo, ou no mínimo uma política da editora com a qual ele se sentia confortável, já que sempre colocava Jacutinga onde tinha nomes genéricos de cidades. Portanto, torço pra que a Culturama monte uma equipe de tradução comprometida com um estilo mais fiel ao original.

    Se chamaram vocês logo de início, é bom sinal, porque eu preferia mesmo era o estilo de vocês.

    Sendo bem utópico, ética profissional editorial à parte, eu como fã gostaria mesmo era que a nova editora relançasse as edições de capa dura DIGITALMENTE (assim como a Abril tinha feito na loja Kindle da Amazon) E RETRADUZIDAS. Mas essa retradução pode ser também algo profissionalmente indelicado, rs. Biblioteca Don Rosa digital retraduzida, com Patinhas McPato, completada até o fim, é um sonho de consumo pessoal. Tenho as versões em inglês, insubstituível como qualquer obra em seu idioma original (assim como "Paperinik Il Diabolico Vendicatore"), mas meus "aprendizes de gibis Disney", primos e irmãos caçulas, não têm como ler por enquanto.

    ResponderExcluir
  47. Não sei não, mas considerando que só resta produção de HQs Disney na Itália, e a ideia de colocar inéditas em todos os gibis mensais, não vejo com bons olhos ver histórias italianas em todos os gibis... Aliás, os gibis da abril que mais gostava eram o Almanaque Disney (pelos personagens secundários) e o Zé Carioca (pelas histórias brasileiras)!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa também é a minha preocupação,odeio essas histórias italianas,fora os gráficos que não me agrada,prefiro as dinarmaquesas....

      Excluir
  48. Tem muita história dinamarquesa ainda inédita no Brasil. A última edição de Almanaque Disney (a de número 385, lançada em junho deste ano) teve uma dinamarquesa de 1973 que nunca tinha sido publicada por aqui.

    ResponderExcluir
  49. Em Portugal ate ao mes 8 deste mes a Disney/Marvel estava nss mas da Goody que era um Culturama daqui.

    ResponderExcluir
  50. Poderia ser Pato Donald, Mickey e Pateta com lombada canoa e 68 ou 84 páginas, Tio Patinhas com lombada quadrada e 100 ou 132 páginas e Aventuras Disney na lombada quadrada com 132, 144 ou 160 páginas.

    ResponderExcluir
  51. Que bom que vão voltar, assim continuo minha coleção que tenho desde o início, 1950. E sugiro que os gibis novos continuem da numeração de onde parou, para dar continuidade a numeração, uma vez que o Pato Donald já está pertinho do 2500 e Mickey do 1000. Serão edições históricas. Fazer como foi feito com o Almanaque Disney que voltou depois de 15 anos do numero que parou, e também está perto do 500. História que tem que continuar..estou ancioso...

    ResponderExcluir
  52. Eu levei um balão de 178,00 reais da Abril.

    ResponderExcluir
  53. Gente, me tirem uma dúvida: "Lendas Disney #2-Gastão 70 Anos" chegou a ser publicado e vendido em bancas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. As HQs foram selecionadas e traduzidas, os artigos e galerias foram redigidos e as imagens tratadas. Mas não creio que Fábio Figueiredo tenha montado as páginas e, com certeza absoluta, a edição não chegou a passar pelo Diretor de Redação (Figa), que faria o fechamento (leitura e aprovação do texto final e envio simultâneo para o Planeta Gibi). Essa seria a última etapa antes de seguir para a gráfica.

      Abs.

      Edenilson

      Excluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem a opinião do Planeta Gibi.

Não são permitidos comentários que incluam:

Termos ofensivos, agressivos ou pejorativos
• Qualquer link ou e-mail
• Qualquer menção a outro estabelecimento que comercialize quadrinhos
Assunto alheio ao tema da postagem em questão