' '

7 de ago de 2017

DISNEY BIG: as inéditas até dezembro

Atualização: a inédita de dezembro não será mais a HQ de Superpato • confira o índice completo da edição de agosto. 

DISNEY BIG de outubro terá como destaque a saga inédita e completa Ducks On The Road. Assinada pelos mesmos artistas de Pateta Repórter, é estrelada por Pata Lee, Prof. Pardal e Margarida. Tem 159 páginas divididas em 5 episódios e acabou de sair na Itália. O título e os letreiros nos quadrinhos serão mantidos em inglês, já que a história se passa nos Estados Unidos. 

Já as edições de agosto e dezembro trarão episódios também inéditos da série PKNE. O roteirista Francesco Artibani explicou ao editor Paulo Maffia que um dá sequência aos eventos do outro, daí a publicação na ordem abaixo apresentada — confira também aqui nosso sucinto roteiro das séries do Superpato.







DISNEY BIG #46
Publicação bimestral, formato 13,4 x 19 cm, 304+4 páginas, lombada quadrada, capa cartão, miolo cor, R$ 15,00, distribuição nacional.
Quando: 15/ago/2017.

• Capa: ilustração de Claudio Sciarrone.



 


◼ EM OUTUBRO...





◼ EM DEZEMBRO...

Atualização:

A edição de dezembro trará como destaque inédito a volta da Rainha Regina, publicada agora na Itália. 

A HQ da série Superpato Nova Era A Marca de Moldrock (detalhes abaixo) será publicada em outra edição, oportunamente.



 

 

• Roteiro de Bruno Enna e desenhos de Giada Perissinotto.

• Com pelo menos 90 páginas, a saga dá continuidade aos eventos da HQ de estreia da personagem, Aventura Submarina, escrita em 1972 por Rodolfo Cimino e desenhada por Giorgio Cavazzano.

Aventura Submarina estreou no Brasil em ALMANAQUE DISNEY #31 (dez/1973) e foi republicada mais recentemente em DISNEY BIG #19 (fev/2013). Antes dessa publicação em DISNEY BIG, Aventuras Submarinas só havia saído por aqui com layout remontado (com 4 tiras por página, no lugar de 3; isso reduzia a quantidade de suas páginas de 32 para 24).

◼ EM 2018...





◼ SUPERPATO, PK, PK², PK REBOOT, PKNE... ENTENDA:

• Há 3 séries com o personagem (Paperinik, no original):

    1: O Superpato mais popular por aqui, cujas tramas se passam no "presente".
    2: O futurista PK (e suas sequências PK² e PKNE).
    3: PK Reboot. 



★ SUPER RESUMO DAS SÉRIES FUTURISTAS:
• PK estreou na Itália em mar/1996 e durou 52 edições, até jan/2001, incluindo três números zeros. No Brasil, a publicação começou pelo #1 italiano e durou 6 edições de SUPERPATO NOVAS AVENTURAS, lançado pela Abril em formato americano em 1998. Em 2013, a editora retomou a série no DISNEY TEMÁTICO #13 AS NOVAS AVENTURAS DO SUPERPATO, onde mostrou os 3 episódios inéditos dos números zeros italianos (e aproveitou para republicar o #1 em DISNEY BIG #18).

• PK² foi lançado na Itália na sequência, em 18 números, até jun/2002. Inédito no Brasil.

• PK PIKAPPA foi o reboot. Foram produzidas 32 edições entre ago/2002 e mar/2005, basicamente apresentando em cada edição uma história longa, de 48 páginas, e outra de 12. No Brasil, a Abril chegou a lançar os dois primeiros números dessa saga (em DONALD SUPER, também em formato americano, mai-jun/2003). Em 2012, os dois primeiros episódios de 48 páginas foram reprisados em DISNEY JUMBO #2.

• PKNE surgiu após longo hiato, quando a Disney Italia decidiu retomar a série a partir de PK² — ou seja, ignorando o reboot. E, ao invés de lançar um novo título do Superpato, esses novos episódios passaram a sair na semanal TOPOLINO (e, em seguida, em formato de luxo).

★ PKNE — SUPERPATO NOVA ERA:

#1: Poder e Potência (Potere e Potenza, 160 páginas, roteiro de Francesco Artibani e desenhos de Lorenzo Pastrovicchio, jul/2014). MEGA DISNEY #7 (dez/2014).

#2: O Fluxo Temporal 
(Gli Argini del Tempo, 123 páginas, roteiro de Alessandro Sisti e desenhos de Claudio Sciarrone, mai/2015). DISNEY BIG #46 (ago/2017).

#3: O Raio Negro (Il Raggio Nero, 177 páginas, roteiro de Francesco Artibani e desenhos de Lorenzo Pastrovicchio, nov/2015). DISNEY BIG #38 (abr/2016).

#4: SP CrimeTemporal DD (PK TimeCrime DD, 90 páginas, roteiro de Francesco Artibani e desenhos de Paolo Mottura, mai/2016). Também é o último episódio da série DonaldDuplo, antes de seu reboot. DISNEY BIG #43 (fev/2017).

#5: Cronaca di un Ritorno (160 páginas, roteiro de Alessandro Sisti e desenhos de Claudio Sciarrone, nov-dez/2016): inédito no Brasil.

#6: A Marca de Moldrock 
(Il Marchio di Moldrock, 115 páginas, roteiro de Francesco Artibani e desenhos de Lorenzo Pastrovicchio, abr-mai/2017): inédito no Brasil.

◼ COMPRE AQUI:

• DISNEY BIGclique aqui
 TOPOLINOclique aqui
• Superpatoclique aqui
• DonaldDuploclique aqui


► Por Edenilson Rodrigues.
► Fontes: Acervo Planeta Gibi, Banco de Dados Planeta Gibi, divulgação.
► Publicado originalmente em 27/jul/2017.
► Atualizado pela última vez em 7/ago/2017.






13 comentários:

  1. Bem, agora q a Abril parece ter resolvido o problema da lombada quadrada tosca, vou começar a comprar algumas edições de Big. Já perdi muita história inédita boa. Se até outubro mantiverem a qualidade, comprarei essa com a Pata Lee. Do super pato eu gosto, mas perdi quase tudo dele graças às lombadas quadradas mal encadernadas.

    ResponderExcluir
  2. Por mim Disney Big teria APENAS historias grandes italianas inéditas. Seria um jeito de compensar pelo fim das edições temáticas, e também parar um pouco com as eternas republicações de Barks, Rosa, Murry e cia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perderia muitos compradores, inclusive eu.

      Excluir
    2. Mas com tanta edicao de luxo com obras desses atores sendo lancada fica enfadonha essa repeticao.

      Excluir
  3. Olá, por gentileza, alguem confirma a lombada quadrada boa agora a partir de quais edições para eu poder sair a cata. Abraços a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só a partir do Disney Especial deste mês (Os Vendedores). Comprei e a qualidade está melhor. Não chega aos pés da Mythos (TEX), mas a qualidade melhorou.

      Excluir
    2. Poxa, pelo vídeo q vi, achei q estava à altura da Mythos, foi o q pareceu... Vamos ver então... Assim q tiver a oportunidade, folhearei na banca... Se Os Vendedores estiver bom, vou comprar. Deverá ser meu terceiro Disney Especial e meu terceiro Big, :/

      Excluir
  4. Este Superpato PK deveria estar sendo encadernado no Brasil com toda a pomba que merece. Com as HQs em ordem e cronologia... matando essa lacuna horrível que existe entre as séries e a falta de ordem na qual vem saindo na BIG...

    Porra, até a Maga Patalógica ganhou um capa dura...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Merecida capa dura! Que venha o Capa Dura do Superpato, mas sem criticar as Bruxas. Importantes para abrir caminho para o Capa Dura do Urtigão, da Margarida e até o capa dura do Crocante!

      Excluir
  5. Finalmente em português a melhor história do Superpato dessa nova série: O Fluxo Temporal! E parabéns pela escolha da capa de Big 46 com referência à história! Excelente!

    ResponderExcluir
  6. Quem poderia listar todas as aparições do Super Pato nas revistas brasileiras?

    ResponderExcluir
  7. Comprei recentemente a Disney Big do Fluxo Temporal, e devo dizer, como grande fã do Superpato moderno, que esta é a pior tradução já feita para o Superpato Nova Era no Brasil. A história está repleta de erros, seja com os nomes, fatos importantes da série, ou até a posição dos textos em relação aos balões. É de amargar! Pessoalmente, não me incomoda tanto o Superpato moderno não sair em encadernado especial, visto que as histórias originais também dividem espaço com as outras histórias na revista italiana Topolino, mas o mínimo que eu espero dos tradutores é de cuidado no momento da revisão. Alguém sabe onde posso reclamar com os responsáveis pela tradução?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enviamos sua mensagem para a Redação da Abril.

      Abs.

      Edenilson

      Excluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.