' '

20 de jul de 2017

Destino da mãe de Huguinho, Zezinho e Luisinho será o mistério de DuckTales

Toda a nova temporada da série animada DuckTales terá como pano de fundo o mistério que envolve a mãe de Huguinho, Zezinho e Luisinho. 

A personagem voltará a ser chamada de Della, exatamente como o criador dos meninos, o cartunista americano Al Taliaferro, a havia batizado em 1937. 



Primeira das 6 páginas dominicais que marcaram a estreia de Huguinho, Zezinho e Luisinho — sequência inédita nos gibis da Abril que será publicada no DISNEY DE LUXO comemorativo dos 80 anos dos meninos, em outubro.


Quando o desenho animado Os Sobrinhos do Donald estrelou, em 1938, ela foi renomeada Dumbella — como, de resto, ela foi eventualmente tratada em suas raríssimas citações e aparecimentos nos quadrinhos. Mas não apenas. Carl Barks, por exemplo, ao esboçar a primeira árvore genealógica da Família Pato, ainda nos anos 1950, deu-lhe ainda outro nome, Thelma.

Enfim, com a estreia nos próximos dias dos novos episódios de DuckTales, a conversa que eles terão com as HQs que estão sendo produzidas e toda exposição midiática e a expectativa dos fãs sobre tudo isso, é natural que a personagem retome seu nome original de batismo, inclusive no Brasil e nos quadrinhos — não só nos inéditos que a Editora Abril irá publicar em TIO PATINHAS, como até em futuras republicações em que ela surgiu ou foi mencionada.

Não por acaso, tudo isso acontece no período em que os meninos estão completando 80 anos de criação. Um DISNEY DE LUXO será lançado em outubro pela Abril, onde será apresentado um panorama das HQs representativas de todas suas facetas, desde a inédita no Brasil sequência de 6 páginas dominicais em que eles surgiram até uma extraordinária produção comemorativa da data, com abordagem inusitada, que será publicada em breve pela primeira vez também na Europa — com desenhos magistrais do argentino Wanda Gattino, notório pupilo de Daniel Branca e, consequentemente, seguidor do estilo de Barks. Como ocorreu com TIO PATINHAS 70 ANOS, este especial também conta com a colaboração do Planeta Gibi na seleção de histórias. Os textos, igualmente, ficarão a cargo do Planeta Gibi.

Ao mesmo tempo, a Abril publicará em PATO DONALD uma curiosa série inédita de quadrinhos produzida na Holanda onde os gêmeos Donald e Della vivem aventuras em versão mirim.

Em tempo: não só Don Rosa mostrou Della menina em sua Saga do Tio Patinhas, como a Holanda produziu uma interessante explicação para seu sumiço numa HQ comemorativa dos 80 anos do Pato Donald (leia sobre ela aqui).



DuckTales 2017 estreia nos EUA no dia 12 de agosto. A data brasileira ainda não foi divulgada. Uma segunda temporada já foi garantida pela Disney.

◼ VEJA TAMBÉM:

• Veja aqui o Checklist Disney de julho.
• Veja aqui uma lista de lançamentos anunciados para os próximos meses.
Leia aqui sobre os 80 anos da Margarida — artigo ilustrado cheio de curiosidades.
Veja aqui as HQs que estão nas edições de julho e agosto do ALMANAQUE DISNEY.
Leia aqui sobre o DISNEY ESPECIAL OS VENDEDORES, que está chegando às bancas.
Leia aqui sobre a coleção KINGDOM HEARTS — EDIÇÃO DE LUXO, que sairá pela Abril.

◼ EM NOSSA LOJA:

Clique aqui para comprar Disney em nossa loja.
Compre aqui gibis com HQs dos DuckTales.
Compre aqui gibis estrelados por Huguinho, Zezinho e Luisinho.
• Compre aqui gibis com os Escoteiros Mirins.


► Por Edenilson Rodrigues.
► Fontes: Acervo Planeta Gibi, Banco de Dados Planeta Gibi.
► Publicado originalmente em 20/jul/2017.
► Atualizado pela última vez em 20/jul/2017.



24 comentários:

  1. Uau..e que venha o gibi/quadrinhos pela Editora Abril!! xD

    ResponderExcluir
  2. Planeta Gibi, uma duvida: Então os novos DuckTales não terão revista própria, mas sim, serão publicados em Tio Patinhas?

    ResponderExcluir
  3. Creio que a Abril deveria investir num título próprio para DuckTales, assim como fora no passado. O fato dela trazer os novos quadrinhos é ótimo, sem duvida, mas chegar na banca e pegar o título dos DuckTales (mais uma vez!) seria inigualável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, eu li uma parte da edição n°0 e acho que, pelos trailers e teasers a série tem bastante potencial.

      Excluir
  4. Na verdade a revista em quadrinhos Duck Tales #0 foi lançada nessa quarta-feira (19/07) nos EUA. Que lancem oportunamente aqui tambem. Abraços a todos.

    ResponderExcluir
  5. Caprichem na seleção de histórias, hein?

    ResponderExcluir
  6. Gosto é gosto, mas particularmente detestei a nova versão de DuckTales, descaracterização total dos personagens que ficaram com cara de desenhos Cartoon Networks, traços sem vida, parecendo zumbis. Bem que poderiam ter criado novos personagens ao invés de "modernizar" um clássico como este!

    ResponderExcluir
  7. Vou fazer 3 patinhos feios que não lembram em nada Huguinho, Zezinho e Luisinho e depois fazer Donald e Patinhas muito mal desenhados, como se tivesse preguiça mesmo, e depois espalhar que é estilo do traço.

    Ora, vá! Façam-me o favor! Pra um estúdio que um dia foi referência mundial com seus curtas e longas tão caprichosos, esses Duckatales novos parecem mais uma evacuação de tudo o que não se aceitava na Disney de antes.

    Em tempo onde vemos até animações digitais sobressaindo-se aos desenhos, será mesmo que não tinham como caprichar um pouco mais neles? Tinham que avacalhar tanto e depois virem com uma conversinha de que é o estilo novo?
    hummmmm...

    É como aquele remake muito mal feito de "A Hora do Pesadelo", onde o Freddy virou um pedófilo que trabalhava numa creche (sendo que no original ele foi fruto de um estupro de uma freira com mais de cem homens, sendo perverso e malvado e psicótico desde os tempos de criança, vivendo como um desajustado da sociedade até ser queimado vivo porque resolveu mexer com os filhinhos da rua onde morava). Colocando a mãe de Nancy Thompson, antes uma alcoólatra sem eira nem beira, como uma mulher realizada profissionalmente e super equilibrada e com uma pinta de CDF, intelectual ou algo do tipo. E a própria Nancy Thompson, antes desafiadora e a vítima que mais atrapalhou e humilhou Freddy, foi retratada como uma menina boba que tve bloqueio de memória após ser abusada por ele.

    Aí, para convencer as pessoas que não engoliram a coisa toda, vinham com essa história de novos tempos, de adaptar tudo aos tempos atuais e bla bla bla...

    O próprio Wes Craven lançou o último Pânico com a indireta da protagonista "Quer fazer um remake? Não foda com o original!" de tão lixo que o filme ficou.

    Esse Ducktales não é um remake, mas o caso é bem parecido. Um lixo, e agora apelam para a autonegação a fim de terem algum prestígio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo Fabiano. Pior que isto também tem ocorrido com outros clássicos, como Bonelli Comics, onde querem fazer algo mais "atual" e desenhistas de estilos diferentes "deformam por completo" os personagens originais sob títulos chiques como Graphic Novel. Pelo menos dá para se conformar se for à parte da coleção original, fingir que não existiram esses devaneios.

      Excluir
    2. Parece incrível mas vou concordar com o Fabiano. Traços BIZARROS, ridículos, que nem uma série aí do mickey q apareceu nos gibis daqui há um 2 ou 3 anos

      Excluir
  8. As histórias deles em tio patinhas começam em qual mês?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que deve começar no início do ano que vem, afinal a série deve que só vai chegar aqui no Brasil no final desse ano.

      Excluir
  9. A nova série de Ducktales promete , tomara que faça sucesso .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Disney anunciou que até o DarkWing Duck participara da série!

      Excluir
    2. Vai ficar só no sonho, mas bem que poderiam aproveitar a série para finalmente fazer a estreia do Peninha em uma animação.

      Excluir
  10. Dois desejos para esse especial dos patinhos: 1) que o nome, pelamordeDeus, seja "Huguinho, Zezinho & Luisinho 80 Anos", e não esse "Os Sobrinhos do Pato Donald 80 Anos"; e 2) que traga, na seleção de histórias, a ótima O Tempo da Paixão, de Massimo Marconi e Massimo De Vita, publicada em Pato Donald #2085, de maio de 1996.

    ResponderExcluir
  11. Concordo que o nome desse especial seja "Huguinho, Zezinho e Luisinho 80 anos".

    ResponderExcluir
  12. E quanto menos HQs dos Escoteiros Mirins, melhor... já que ano passado tivemos um capa dura totalmente dedicado ao tema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E se tiver, que não tenha nenhuma história já publicada no especial de 2016 (até porque a estreia dos Escoteiros, por exemplo, já vai sair de novo no volume da coleção do Barks deste mês, O Vil Metal e os Vilões).

      Excluir
  13. Por favor, Editora Abril, coloquem o Duck Tales em revista própria.
    Poxa... Nem teremos o prazer de colecionar a nova revista do Duck Tales?
    Não façam isso com a gente.

    ResponderExcluir
  14. No aguardo da obra de Al Taliaferro para o próximo ano. Quase tão bom quanto o genial Barks.

    ResponderExcluir
  15. Parece que o desenho animado estreia no dia 12 de agosto nos Estados Unidos.
    E o ator que fez o segundo Dr Who (e que é escocês) fará a voz do Tio Patinhas.
    Vou dar uma olhada.

    ResponderExcluir
  16. Duck Tales merecia mesmo uma revista solo, talvez com aquele capricho do formato americano como foi o especial do Mickey O Resgate do Vapor Willie - https://inducks.org/issue.php?c=br/RVI++++1#b

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.