' '

5 de mai de 2017

Checklist JBC | Maio 2017

Atualizado: AKIRA #1: detalhes, capa, release, breve histórico da Editora Globo.

Informados para este mês: BLADE — A LÂMINA DO IMORTAL, BLOOD BLOCKADE BATTLEFRONT, SAINTIA SHÔ, FAIRY TAIL, FORT OF APOCALIPSE, FULLMETAL ALCHEMIST, KNIGHTS OF SIDONIA, CAVALEIROS DO ZODÍACO — KANZENBAN (reprogramado) e UQ HOLDER!

Veja abaixo os detalhes, sinopses e capas.



★ AKIRA



AKIRA #1
Publicação em 6 volumes, formato 17,8 x 25,6 cm, 360+4 páginas, lombada quadrada, sobrecapa, miolo p&b, R$ 69,90. Lançamento em jun/2017.

RELEASE:
O clássico dos mangás japoneses chega em versão remasterizada pela Editora JBC. 

Chegou a hora! A Editora JBC traz para o Brasil o maior clássico de todos os tempos dos mangás: Akira ! Série completa em seis edições, o lançamento do volume 1 será em junho e, a partir do próximo dia 8 de maio , já devem começar as pré-vendas dele.

Considerada a obra-prima de Katsuhiro Otomo, Akira foi lançado originalmente no Japão em 1982 nas páginas da Young Magazine. O mangá foi finalizado apenas em 1990, depois do lançamento da versão animada, de 1988, nos cinemas, e explica com uma imersão rica em detalhes, as discussões e os rumos dos personagens apresentados no filme.

Akira retorna ao Brasil quase vinte anos depois, tendo sido publicada no país no início da década de 1990 até 1998, em formato de comic americano, que foi como saiu pela primeira vez nos EUA. 

Desta vez, o mangá será lançado pela Editora JBC em versão remasterizada, que foi o que fez com que demorasse dois anos do seu anúncio até o lançamento. 

Otomo e sua equipe estão envolvidos nesse novo relançamento mundial de Akira, nesta que promete ser a edição definitiva da obra. Todos os materiais originais foram restaurados, remasterizados e digitalizados para que o melhor trabalho possível pudesse ser feito nas novas edições, por isso as aprovações foram também muito rigorosas. A França teve a primeira edição remasterizada e a edição brasileira da JBC será a segunda no mundo. 

Diferentemente da versão serializada nos anos 1990, o formato da edição da JBC será igual ao do mangá japonês, tento o tamanho de 17,8 x 25,6 cm, bem maior do que os mangás normais, seis volumes e 350 páginas em média por edição. Com isso, o público brasileiro poderá ler Akira, pela primeira vez, no sentido de leitura original (oriental), em preto e branco, e com o texto traduzido diretamente do japonês. Todas as edições terão sobrecapa.

Tudo isso foi feito para aproximar ao máximo a experiência de leitura japonesa.

A HISTÓRIA

Em 2019, 38 anos depois da eclosão da 3ª Guerra Mundial iniciada com uma misteriosa explosão atômica, o mundo estava devastado. Nas ruas de uma Neo Tokyo pós-apocalíptica, jovens delinquentes dedicam suas vidas a espalhar o terror e o caos. 

Gangues se enfrentam pela cidade e, após sofrer um acidente inexplicável, Tetsuo Shima, começa a sentir reações esquisitas que parecem ter despertado poderes jamais imaginados. Isso acaba atraindo a atenção de agentes secretos do Governo envolvidos em um projeto com experiências sobre poderes sobrenaturais. Enquanto Kaneda tenta resgatar seu melhor amigo das garras do Governo, uma terrível e poderosa entidade pode estar prestes a despertar.

A trama densa e profunda de Akira leva a discussões sobre poder, corrupção e reflexões sociais, tudo revestido com muita ação.

SOBRE O AUTOR

Conhecido por ser o autor tanto do mangá quanto da animação de Akira, Katsuhiro Otomo nasceu na província de Miyagi, Japão no ano de 1954.

Depois do sucesso avassalador de Akira, Katsuhiro Otomo lançou Domu, obra que lhe rendeu o Grande Prêmio de Ficção Científica Japonês em 1983, reconhecimento até então inédito no mundo dos mangás. Entre outros trabalhos é possível destacar Mother Sarah (1990-2004) que foi escrito por Otomo com ilustrações de Takumi Nagayasu.

Otomo é autor de mais de 10 mangás e contos, além de trabalhar como produtor e diretor de inúmeras animações de sucesso. Em sua filmografia, além de Akira, constam longas como Metropolis (2001), Memories (1995) e Steamboy (2004), no qual ele transporta para as telas uma das mais famosas obras de Osamu Tezuka.

★ AKIRA PELA EDITORA GLOBO

A incensada obra de Katsuhiro Otomo começou a ser publicada originalmente no Brasil pela Editora Globo em dez/1990 em edições mensais, miolo couché colorido e sentido ocidental. A cada 6 números, o encalhe era encadernado — houve 5 volumes assim. 

Depois de um hiato de 4 longos anos, o #34 foi lançado. E a obra seria concluída no #38, em mar/1998, com tiragem baixíssima — daí a dificuldade dos colecionadores de obterem esses últimos números.

Abaixo, todas as capas dos encadernados da Globo, mais a da edição derradeira.


  

  

★ EM MAIO:


BLADE — A LÂMINA DO IMORTAL #9
Publicação bimestral em 15 volumes, formato 13,5 x 20,5 cm, 464+4 páginas, lombada quadrada, miolo p&b, R$ 39,90, distribuição em livrarias. Lançamento dia 5/mai.
Por Hiroaki Samura. Blade é ambientado no Japão Feudal, na metade da era Tokugawa, 2º ano da era Tenmei (1782). Um ronin, de nome Manji é contratado por um homem para matar todos aqueles que não pagarem impostos. Porém, ao perceber que estava matando inocentes, ele se revolta e mata esse homem e todos os seus 99 guarda-costas. Mas Manji fica gravemente ferido durante a luta e recebe os cuidados de uma monja, que acaba concedendo a ele o “o elixir da imortalidade”. Acontece que ele não pediu por aquilo, e agora terá que fazer um acordo com ela para conseguir recuperar seu “direito de morrer”.
Nesta edição: Para desvendar cientificamente a "imortalidade" e torná-la aplicável a outros humanos, Habaki Kagimura sequestra Manji e começa a realizar experiências com seu corpo, através do Dr. Burando. No estágio inicial desse experimento demoníaco, tudo indicava que era impossível transferir o poder da imortalidade, até que o jovem médico tem a epifania que nunca deveria ter tido! Agora, o experimento torna-se muito mais palpável, e aquele calabouço vai se tornando um vórtex do terror e insanidade...! Enquanto isso, Rin, ao lado de Doua e Isaku, continua tentando descobrir o paradeiro do imortal, mas é detida por guardas da cidade e isso pode arruinar tudo tanto para ela como para a Ittou-ryu!




BLOOD BLOCKADE BATTLEFRONT #8
Publicação bimestral (em andamento no Japão), formato 13,5 x 20,5 cm, 192+4 páginas, lombada quadrada, miolo p&b, R$ 14,90, distribuição nacional. Lançamento dia 16/mai.
De Yasuhiro Nightow. Três anos antes do início da história, um portal foi aberto entre a Terra e o submundo em plena cidade de Nova Iorque. Em uma terrível noite, a cidade foi destruída e reconstruída, prendendo seus cidadãos e seres de outras dimensões em uma bolha impenetrável. Após anos em um convívio caótico, alguém ameaça estourar a bolha. Preocupados com o que pode acontecer, um grupo de super humanos luta contra o impossível, para evitar o inimaginável!
Nesta edição: Venha experimentar o apogeu do “sabor”, a união dos melhores cozinheiros dos dois mundos que fará você perder, literalmente, a sanidade…! Mas não são só de refeições fartas vive a Libra. Desta vez, Klaus e Steven terão a última oportunidade para cumprir com uma missão que falharam há três anos – na ocasião do “colapso” de Nova York! Um hospital que foi tragado pela outra dimensão retornou misteriosamente, mas por que desse aparecimento repentino? E o que foi que impediu os dois a salvar as pessoas lá dentro na época?!




OS CAVALEIROS DO ZODÍACO: SAINTIA SHÔ #4
Publicação bimestral (em andamento no Japão), formato 13,5 x 20,5 cm, 200+4 páginas, lombada quadrada, miolo p&b e cor, R$ 15,90, distribuição nacional. Lançamento dia 23/mai.
Por Chimaki Kuori. Às vésperas do início da Guerra Galáctica, a batalha entre os Cavaleiros de Bronze pela Sagrada Armadura de Ouro de Sagitário idealizada por Mitsumasa Kido, as cortinas de uma nova guerra se abrem! Em segredo, Éris, a Deusa da Discórdia, prepara-se para atacar o Santuário enquanto os olhos do mundo se voltam para o torneio que fará o universo tremer. Apenas um grupo de guerreiras dotadas de grande poder e idêntica coragem poderá impedir que as Forças do Mal se apoderem da Terra. Entra em cena uma ordem composta somente por mulheres até então desconhecida dentre os Cavaleiros de Athena. Tidas como lendas até mesmo no Santuário, as “Saintias” (“Cavaleiras”, numa tradução literal) formam a guarda pessoal de Athena. Diferentemente das Amazonas (ou Mulheres-Cavaleiro), as heroínas não usam máscara. No entanto, assim como os Cavaleiros, são protegidas por armaduras que representam suas constelações. Quando Éris surge para tomar o mundo, será a Saintia chamada Shoko quem terá de elevar seu cosmo ao infinito para defender a deusa guardiã da paz da fulminante investida da divindade maléfica contra o Santuário. Inimiga mortal de Athena desde tempos mitológicos, a Deusa da Discórdia ataca com suas leais Dríades. Em meio a novos e intensos combates entre as Saintias e as comandadas pela Deusa da Discórdia, velhos conhecidos também darão as caras no novo mangá. É o caso dos Cavaleiros de Ouro e do próprio Seiya de Pégasus e muitos outros.
Nesta edição: E começa a Guerra Galáctica! Shoko, que havia perdido a sua irmã e também a motivação de continuar seguindo em frente, se encontra com Seiya, o Cavaleiro de Pégasus, e tem a oportunidade de assistir a luta dele no Coliseu. O que Shoko tem a aprender com o nosso mais querido Defensor de Athena e protagonista da obra clássica?! E, falando na Athena, Saori Kido também recebe visitas, porém, não tão agradáveis como Seiya: Cavaleiros enviados pelo Santuário para raptá-la!




FAIRY TAIL #58
Publicação eventual (em andamento no Japão), formato 13,5 x 20,5 cm, 208+4 páginas, lombada quadrada, capa cartão, miolo p&b, R$ 14,90, distribuição nacional. Lançamento dia 23/mai.
De Hiro Mashima. Órfão, Natsu quando pequeno foi encontrado por um dragão chamado Igneel, que acabou adotando-o. Foi também Igneel quem treinou o garoto e o ensinou a dominar o fogo. Mas, certo dia, o dragão desapareceu misteriosamente. Desde então, Natsu tem percorrido várias cidades procurando o seu pai adotivo, sempre acompanhado de Happy, um gatinho falante que possui asas. Em uma dessas viagens de busca, o feiticeiro conhece Lucy, uma jovem atraente, cujo sonho era fazer parte de uma guilda – uma espécie de cooperativa que atua como mediadora de assuntos relacionados a trabalhos e informações para feiticeiros –, mais especificamente da Fairy Tail. O sonho da garota não demorou muito para acontecer, pois Natsu acaba ajudando-a a entrar para o bando da Fairy Tail. Na realidade, Lucy será mais uma aliada na jornada em busca a Igneel. Juntamente com Gray e Elza, Natsu e sua nova amiga irão enfrentar poderosos magos pertencentes a guildas das trevas, além de viverem muitas aventuras emocionantes.
Nesta edição: Todo o território de Fiore foi "embaralhado" por conta da magia Universe One de Eileen! Ao utilizar tal magia, seu intuito era aproximar Zeref de Fairy Heart, Mavis, para que a Guerra tivesse o seu fim o quanto antes. Diante do perigo, surge uma "Fada do Início" que alerta a todos os membros da Fairy Tail sobre o perigo da Primeira Mestra e os guiam em sua direção! Porém, o caminho até lá não será fácil pois os Spriggan 12, agora completo, se colocam no caminho de cada guerreiro...! Que comece a batalha pela retomada da guilda e pelo dia de amanhã do Natsu e dos outros!!




FORT OF APOCALIPSE #3
Publicação mensal em 10 volumes, formato 13,5 x 20,5 cm, 192+4 páginas, lombada quadrada, capa cartão, miolo p&b, R$ 14,90, distribuição nacional. Lançamento dia 10/mai.
De Kazu Inabe e Yu Kuraishi. Yoshiaki Maeda é um jovem de 16 anos aparentemente comum. Tímido e inseguro, ele é enviado para o Instituto Shouran de Correção de Menores Infratores, um tipo de escola-prisão, para onde delinquentes são enviados. Imediatamente subjugado pelos veteranos da instituição, Maeda jura ser inocente e que foi preso injustamente. Mal podia imaginar o rapaz que aquele era o menor de seus problemas. Na verdade, ser preso lhe salvou a vida. Logo que chega ao reformatório, descobre-se que fora de seus portões eclodiu um verdadeiro apocalipse zumbi. Agora a prisão, de onde todos queriam fugir, tornou-se um forte que protege aos internos. Não se sabe ao certo como a epidemia começou. Se foi um vírus ou algo do gênero, mas, pouco a pouco, o grupo de sobreviventes de Maeda descobre que os mortos-vivos podem evoluir, ganhando força e inteligência de acordo com a situação. E, claro, todos estão famintos por carne humana. Encurralados, os jovens delinquentes não terão outra opção senão lutar até quando puderem por suas vidas. E, se a morte surge como algo inevitável, a melhor estratégia pode ser o ataque.
Nesta edição: Maeda e os outros detentos vão até uma guarnição militar para conseguir armas de fogo, mas o que encontram lá é uma nova espécie asquerosa de morto-vivo: monstros de face humana quadrúpedes! Sem saber como lidar com a agilidade e quantidade dos “zumbi-cachorros”, Maeda e Iwakura são encurralados em um depósito… Então, Iwakura toma uma decisão cruel e obriga o colega a duas alternativas: morte pelos monstros ou morte pela espingarda! Como o grupo conseguirá se safar desta vez?! E os outros dois, onde foram parar?!




FULLMETAL ALCHEMIST #10
Publicação mensal em 27 volumes, formato 13,5 x 20,5 cm, 200+4 páginas, lombada quadrada, miolo p&b, R$ 16,90, distribuição nacional. Lançamento dia 16/mai.
De Hiromu Arakawa. Nada pode ser obtido sem uma espécie de sacrifício. É preciso oferecer em troca alguma coisa de valor igual. Esse é o princípio básico da Alquimia, a Leia da Troca Equivalente. E foi acreditando que essa lei fosse absoluta que os irmãos Edward e Alphonse Elric quebraram o maior tabu entre os alquimistas: realizaram uma transmutação humana para trazer de volta à vida sua mãe. Mas tudo deu errado. No processo, Ed perde a perna esquerda e, para salvar ao menos a alma de seu irmão mais novo, ele sacrifica seu braço direito para fixá-la a uma armadura medieval. A partir daí a dupla parte em uma jornada em busca da lendária Pedra Filosofal, a qual acredita-se ser capaz de aumentar os poderes de um Alquimista. O plano dos irmãos é usá-la para ter seus poderes ampliados e assim trazerem seus corpos de volta. Para tanto, Edward se torna um Alquimista Federal. Mas, pouco a pouco, ele e Al vão desvendando os mistérios que envolvem a Pedra Filosofal e toda uma trama conspiratória envolvendo o governo, alquimistas e estranhos seres dotados de incríveis poderes conhecidos como Homúnculos. Todos fazem parte de um mesmo grande círculo de transmutação que tem em seu centro os Irmãos Elric.
Nesta edição: Enquanto Ed segue em viagem ao leste com o major Armstrong, os que ficam na cidade fazem descobertas incríveis, mais uma vez relacionadas aos homúnculos. Alphonse, ao lado de formidáveis companheiros, acaba se envolvendo na luta contra Inveja, Gula e Luxúria. No meio do confronto, o grupo se infiltra em uma instalação do exército cujo controle é de alguém que eles nunca imaginariam…




KNIGHTS OF SIDONIA #10
Publicação mensal em 15 volumes, formato 13,5 x 20,5 cm, 176+4 páginas, lombada quadrada, miolo p&b e cor, R$ 17,50, distribuição em livrarias. Lançamento dia 10/mai.
De Tsutomu Nihei. Nagate Tanikaze. Nascido e criado na gigantesca nave especial, o jovem treinou sozinho para se tornar um piloto de combate sem nem imaginar o destino que o aguardava. Nessa época, a humanidade se adaptou a viver no espaço. Entre as evoluções de nossa raça estão a capacidade de realizar fotossíntese e até de trocar de gênero quando acha o parceiro ideal. Depois da morte de seu avô, Tanizake acaba selecionado para efetivamente se tornar piloto. Graças ao seu treinamento, ele revela­se um dos mais hábeis do esquadrão de defesa de Sidonia. Ao lado de seus companheiros, Tanikaze irá enfrentar abordo da lendária unidade Tsugumori um novo ataque dos Gaunas. Mas os gigantescos alienígenas não são a única ameaça. Ao mesmo tempo que luta em nome da sobrevivência dos seres humanos, o audaz piloto também terá de lidar com conspirações dentro do alto­comando de Sidonia, perdas irreparáveis, traições e descobertas que poderão mudar a sua vida para sempre.
Nesta edição: Apesar do estado gravíssimo de Izana, a nave Sidonia consegue exterminar o Gauna gigantesco que aparecera na órbita do Planeta Seven. E superar juntos esse grande desafio fez o laço entre Nagate, Yuhata, Izana e Tsumugi se aprofundar ainda mais. Porém, nos bastidores do cotidiano animado dos quatro amigos, nas profundezas da nave que nenhum tripulante ousa chegar, o cientista Ochiai está na reta final para a concretização da sua grande ambição…



SAINT SEYA — CAVALEIROS DO ZODÍACO — KANZENBAN #3
Publicação em 22 volumes, formato 14 x 21 cm, 232+4 páginas, lombada quadrada, capa dura, miolo p&b, R$ 64,90, distribuição em livrarias. Lançamento dia 5/mai.
De Masami Kurumada. Sempre que as Forças do Mal ameaçam a Terra, os lendários Cavaleiros de Atena surgem para defendê-la. Em nossa era, um grupo de jovens dotados de grande poder e idêntica coragem são reunidos por Saori Kido para proteger a paz no mundo contra forças obscuras que emergem do Santuário, na Grécia, o berço dos Cavaleiros. E assim têm início as aventuras de Seiya de Pégaso, Shiryu de Dragão, Hyoga de Cisne, Shun de Andrômeda e Ikki de Fênix. Órfãos, eles unem suas forças para combater o Mestre Ares e deuses malignos – como Poseidon e Hades.
Nesta edição: Seiya e seus amigos precisam recuperar as partes da Armadura de Ouro roubadas por Ikki durante a Guerra Galáctica. Para isso, os jovens heróis terão de enfrentar os terríveis Cavaleiros Negros comandados pelo Fênix!!
Lançamento reprogramado.



UQ HOLDER! #7
Publicação bimestral (em andamento no Japão), formato 13,5 x 20,5 cm, 208+4 páginas, lombada quadrada, capa cartão, miolo p&b, R$ 14,90, distribuição nacional. Lançamento dia 19/mai.
De Ken Akamatsu. UQ Holder! acompanha as aventuras de Touta Konoe 70 anos depois dos eventos vistos em Negima! No ano de 2086, Touta é neto de Negi Springfield e vive no interior com a professora Yukihime, a qual o salvara de um terrível acidente de carro. Seu sonho é sair na vila onde cresceu e conhecer a Capital, porém ele só poderá fazer isso no dia que vencer sua tutora. Já faz uma década que o mundo conhece a existência da magia e por isso mesmo está bem mudado. Riqueza e pobreza ainda coexistem, mas foram distribuídas de forma mais igualitária por todos os países do mundo. O Japão, outrora com poucos índices de miséria, vê o surgimento de cada vez mais favelas em suas cidades. Por outro lado, magia e tecnologia se desenvolvem cada vez mais rápidas. É neste cenário que Touta parte para a cidade com a bênção de Yukihime e entra para a UQ Holder, um grupo secreto formado só por imortais que existe para enfrentar as forças das trevas.
Nesta edição: Graças à grande atuação de Touta e Santa, o terrível caso na Cidade Acadêmica foi finalmente solucionado! E assim, Santa se juntou à UQ Holder. Mas mesmo depois do caso resolvido, os membros da organização de imortais permanecem lá por mais um tempo para resolver burocracias. Até que certo dia, Touta conhece uma “antiga colega de seu avô”, que se apresenta como a diretora da instituição, e revela ao garoto a existência de um evento nunca antes visto, e uma verdade que sacudirá o seu futuro para sempre!!

◼ VEJA TAMBÉM:

• Veja aqui o Checklist Geral deste mês.
• Veja aqui uma lista de lançamentos anunciados para os próximos meses.
• Clique aqui para comprar em nossa loja.

◼ DIVULGUE AQUI:

• Editoras e Independentes: enviem para este e-mail seus títulos e os divulgaremos no Checklist Planeta Gibi.


► Por Edenilson Rodrigues.
► Fontes: divulgação, Banco de Dados Planeta Gibi.
► Publicado originalmente em 5/mai/2017.
► Atualizado pela última vez em 5/mai/2017.






9 comentários:

  1. Acho que eles só forneceram em dois meses a edição que está no Japão as edições "em andamento", né?
    gosto da Panini que divulga tudo completo...

    ResponderExcluir
  2. Finalmente, a espera terminou Tetsuo!
    E pelo jeito valeu a pena, com essa edição remasterizada.

    Abs,
    VAM!

    ResponderExcluir
  3. Mangá Akira R$ 70,00 em preto e branco?? Se fosse colorido e papel especial acho que chegaria perto de uns R$ 200,00.

    Não, obrigada. Meu pai não é desembargador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O papel é especial Lux Cream e tem uma merrequinha de paginas coloridas. 8 para ser mais exato.

      Excluir
  4. Sobre o mangá Akira republicado, remasterizado, hiper high tech apresentado pela Editora JBC, sinto-me na obrigação de externar algum informações.
    Em primeiro lugar leiam com atenção as características dessas publicações abaixo.

    1-A SAGA DO TIO PATINHAS
    -Capa dura;
    -Papel couchê;
    -Colorido;
    -Acabamento especial;
    -Páginas: 386
    -Preço: R$ 49,00
    -Editora Abril


    2-ENCADERNADO MAGA & MIN
    -Capa dura;
    -Papel couchê;
    -Colorido;
    -Acabamento especial;
    -Páginas: 484
    -Preço: R$ 59,00
    -Editora Abril


    3-LOBO SOLITÁRIO
    -Capa comum;
    -Papel comum;
    -Preto e branco;
    -Acabamento simples;
    -Páginas: 304
    -Preço: R$ 18,90
    -Editora Panini


    Sem contar outros trabalhos caprichosos e com relação custo benefício aceitáveis também das Editoras Salvat e Eaglemoss.

    Agora observem com atenção a proposta da JBC para o mangá Akira:

    AKIRA
    -Capa comum;
    -Papel comum;
    -Preto e branco;
    -Acabamento simples;
    -Páginas: 352
    -Preço: R$ 69,90
    -Editora JBC


    Sim, eu sei que o Akira de Otomo é um clássico dentro do segmento dele, e tem uma estória fenomenal. Entretanto, a JBC colocou um preço absurdamente alto, super faturado tentando se aproveitar do sucesso mundial de Akira, e assim encher os bolsos. Esse posicionamento da JBC é no mínimo desrespeitoso com o público brasileiro.

    A melhor versão do mangá Akira, até hoje, publicada no Brasil, é, sem dúvida, a 1ª edição da Editora Globo, pena que é muito difícil, ou praticamente impossível, encontrá-las nos sebos.
    Se republicassem uma versão capa dura, colorida com acabamento refinado e repletos de extras por R$ 70,00 ainda estaria caro. Agora, imagina só pegar R$ 70,00 nessa versão econômica - altamente pretensiosa em termos de custo - apresentada pela JBC.

    Mesmo sendo um admirador do trabalho de Otomo em Akira, não comprarei esse mangá. Vou procurar uma publicação - em outro idioma talvez - que faça jus a obra ou quem sabe esperar por outra oportunidade dentro da racionalidade econômica brasileira.

    Versão econômica da JBC por R$ 70,00 não passa de uma piada de mau gosto, para não dizer ridículo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que eu saiba é papel lux clean. Formato maior e distribuição livrarias. Não dá pra comparar com edições de distribuição em bancas.

      Excluir
    2. Senhor Marcos, tudo bem?!

      No site da JBC há links, para os interessados em seus produtos, se informarem dos locais onde é possível a aquisição de seus mangás - dentre os quais o mangá Akira.

      O site é bem detalhado com informações, vai desde os respectivos nomes dos estabelecimentos comerciais, endereços completos, e-mails, telefones e até CEP.

      Dentre os inúmeros locais onde é possível adquirir o mangá Akira - espalhados por todo o Brasil - há as seguintes opções:

      -Bancas;
      -Papelarias;
      -Sebos;
      -Livrarias (também)


      A não ser que o senhor esteja mais informado que o próprio site da JBC OU que a Editora citada tenha mudado sua distribuição a partir de 11 de maio de 2017, e focado exclusivamente em livrarias, desconsidere essa informação.


      Excluir
    3. Só o formato que é o dobro do da Abril já justifica o valor. É simples. Pessoal faz drama por besteira. Se não puder comprar.. Leia em scan e seja feliz.

      Excluir
    4. O Papel divulgado no canal oficial da JBC foi o Lux Cream e que seria distribuido somente em livrarias e lojas especializadas.
      Essas informações foram divulgadas no dia 05 de maio de 2017 no henshin Online 114
      Já na edição 115 de 12 de maio de 2017 foi divulgado que terá 8 paginas coloridas e sobrecapa.

      Excluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.