' '

3 de fev de 2017

Teaser de OS ANOS DE OURO DE MICKEY

Atualizado: a capa do volume 1. 

Vide abaixo a foto divulgada pelo diretor de redação Sérgio Figueiredo de sua equipe trabalhando em OS ANOS DE OURO DE MICKEY. Constate que, assim como faz com a COLEÇÃO CARL BARKS DEFINITIVA, a Abril também busca reproduzir cada detalhe da obra original — que trará ao Brasil, pela primeira vez, todas as tiras e páginas dominicais estreladas pelo camundongo.




Legenda de Sérgio: Redação Disney-Abril. 03 de fevereiro de 2017. As tiras de quadrinhos do Mickey reunidas pela primeira vez no Brasil. O sonho de um século se torna realidade para milhares de leitores. Da esquerda para a direita: Paulo Maffia, editor de quadrinhos, Fábio Figueiredo, editor de arte, Mariana Caetano, editora de publicações. Perto do telefone, um jornalista que trabalhou demais.



OS ANOS DE OURO DE MICKEY #1 1930-1931
Publicação em 37 volumes, formato 26,5 x 20,5 cm, 168+4 páginas, lombada quadrada, capa dura com laminação fosca, miolo offset cor, R$ 59,90. 
Lançamento: mar/2017.

Leia mais aqui sobre a coleção, incluindo imagens do original italiano.



◼ VEJA TAMBÉM

• Veja aqui o Guia Planeta Gibi COLEÇÃO CARL BARKS DEFINITIVA. Atualizado com próximos lançamentos. 

• Veja aqui o Guia Planeta Gibi DISNEY DE LUXO. Atualizado com próximos lançamentos.


► Por Edenilson Rodrigues.
► Fonte: divulgação.
► Foto: Editora Abril/divulgação.
► Publicado originalmente em 3/fev/2017.
► Atualizado pela última vez em 4/fev/2017.






11 comentários:

  1. Maravilha!!!
    Espero com muita ansiedade a chegada dessa coleção!!!
    Tenho alguns volumes de tal obra em inglês, editada pela Fantagraphics.
    Aqueles que tiveram acesso as edições italianas; que serão publicadas pela Abril, falam maravilhas delas.
    Chega logo março!!!!!
    Tadeu Olivetti

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela equipe da Abril que já está trabalhando nesta linda Edição. Eu também não aguento mais de tanta ansiedade em por as mãos no primeiro exemplar. Senhor Fábio Figueiredo, editor de arte da Ed. Abril, peço que não se faça nenhuma intervenção no original, apenas a tradução, nada mais. Publique 100% fiel ao original Italiano, pois o mesmo está perfeito. Preserve até as informações do copyrigth da Walt Disney, com a data do ano da publicação, também da King Features Syndicate, como distribuidora e da numeração sequencial feita à mão pelo desenhista da data da publicação da tira. Não apague ou edite, as retículas, pois elas fazem parte da arte. Nas cores, nem pensar, pois já foram remasterizadas e trabalhadas e estão nota 1000. Quem fez este trabalho na Itália está de parabéns e espero que aqui não se faça mudanças. Outro ponto a ser observado: a escolha do papel, muito importante, pois um papel não compátivel, vai refletir de forma negativa na obra. Tenho vários edições de Gli Anni Dóro di Topolino, bem como da Fantagraphics, e digo que o papel da edição Italiana é quase fosco, enquanto da Americana e 100% fosco. Por favor, não cometam um equívoco de usar papel brilhante, tipo couchê, ao meu ver um papel de luxo, mas não apropriado para quadrinhos, pois a cor não ficam legal e brilha demais.
    Desculpem, mas uma obra tão esperada tem que ser perfeita em todos os aspectos. Faça como a coleção de capa dura do Barks, fizeram 100% em consonância com o original Americano, é um sucesso e ficou um show !!
    João Belo

    ResponderExcluir
  3. Corrigindo meu texto:
    ...pois a cor não fica legal...
    João Belo

    ResponderExcluir
  4. Otima coleção. Nem me importo se não conseguirem publicar as 37 edições porque felizmente não há continuidade nos quadrinhos disney. O que vier é lucro e dá pra aproveitar cada edição.

    ResponderExcluir
  5. Excelente noticia, amo a Disney, leio desde criança, comprava sempre o Almanaque Disney, Mickey, Pato Donald, Zé Carioca, Tio Patinhas e muitas outras coisas como aquele Disney Extra com personagens variados que foi publicado nos anos 70. Tenho comprado todos os encadernados que tem saído para guardar essas obras de arte. Amo também a Hanna Barbera, mas infelizmente as obras não tiveram o mesmo tratamento, hoje em dia uma Heróis da TV HB é vendida no mercado livre por até R$ 1000,00. Se a editora abril republicasse essas HQs em capa dura no formato que estão fazendo com a Disney, aposto que teria muitos compradores. De qualquer forma parabéns pelo trabalho com a Disney, tá impecável!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ideia maravilhosa!
      Compraria todas as edições capa-dura Hanna-Barbera!
      Adoraria ver os quadrinhos HB de volta em edições de luxo!!!

      Excluir
  6. Também adoraria ver uma coleção retrô Hanna Barbera, mas acredito que será impossível pela Abril. No momento é aceitar a nova versão que está pra sair pela panini.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você, realmente é praticamente impossível, na realidade nem acredito que a panini vá lançar no Brasil essas releituras feitas pela DC, mas ficaria bem feliz com "Future Quest" em português e capa dura. Um abraço!

      Excluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos.
• Incluam ofensas e palavrões;

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.