' '

20 de fev de 2017

Nova HQ de Artibani e Mottura sairá em TIO PATINHAS de junho

A HQ de Francesco Artibani e Paolo Mottura Zio Paperone e Le Molecole in Affittopublicada semana passada na Itália, sairá aqui em TIO PATINHAS #624 (jun/2017). 

No mesmo mês, mas em DISNEY BIG, os leitores poderão apreciar outro trabalho da dupla, Metopolis (veja aqui). 

Veja a seguir a arte da capa de TOPOLINO e páginas da aventura espacial com Tio Patinhas, Donald, Sobrinhos, Prof. Pardal e Irmãos Metralha.



TIO PATINHAS #624
Publicação mensal, formato 13,4 x 19 cm, 80+4 páginas, lombada canoa, capa couché, miolo cor, R$ 6,50, distribuição nacional. Lançamento dia 5/jun.

Editor: Paulo Maffia.

   

   

   




► Por Edenilson Rodrigues.
► Fontes: divulgação, Banco de Dados Planeta Gibi.
► Publicado originalmente em 20/fev/2017.




7 comentários:

  1. Sei que isso foge do assunto da matéria , mas gostaria de saber se a Editora Abril ainda publica material inédito com o Zé Carioca .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que não, pois, se você verdade, seria muito comentado aqui no site.

      Excluir
    2. ... se fosse verdade ...Sorry.

      Excluir
    3. Infelizmente, não. Desde a edição 2421, Zé Carioca publica apenas scans de histórias antigas. E quando digo scans é scans mesmo, com direito a coloração desbotada e sem nenhuma espécie de correção nos textos originais: se saiu errado no original, vai sair errado de novo agora.

      Publicaram histórias de abertura inéditas mensalmente de forma regular das edições 2380 a 2412, quando as interromperam sem nenhum aviso. Depois voltaram na 2418, só para interromperem novamente na 2420. Aquela edição com o Superpateta na capa sobrevoando o Corcovado foi a 'despedida' não apenas das inéditas, mas também das republicações recoloridas e corrigidas.

      Prometeram aqui que as inéditas voltariam este ano, mas vá lá se saber se vão cumprir.

      Excluir
  2. Incrível esse descaso com a mensal do Zé Carioca. É uma revista com tantos anos ininterruptos de publicação, faz parte do pacote de assinatura e agora tá sendo publicada com esses scans que podem ser chamados de xerox coloridos.

    Não ter produção de HQs no brasil o suficiente pra ter inéditas na revista é aceitável, mas se querem manter a revista sendo publicada porque não tentar algo novo? Eu gostaria de ver algumas páginas de extras e comentários sobre cada HQ antiga dessas que estão sendo republicadas. Textos assim levam coisa de 10 minutos pra ser escritos pra cada HQ e valorizaria muito. E, claro, sem ser xerox colorido. Não precisa de muito mais que isso pra manter a revista. E não me animo com HQs da Patada e dos Metralhas na revista do ZC.

    Ou cancelem logo de vez a revista. Eu recebo porque vem na assinatura. Se não fosse assinante, não tenho certeza se continuaria comprando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah ah ah.... Escrever esses textos não levam só dez minutos... ah ah ah... dá uma trabalheira do cão. Você nem imagina quanto tempo leva pra se escrever uma página de qualquer assunto. Desculpe mas não pude deixar de rir...rsrs... um abração!

      Excluir
    2. Esses textos a que me refiro não são arte. Não está se escrevendo uma coisa nova. Não é necessário inspiração de artista. É apenas um comentário sobre a HQ. Tipo os comentários que vem no capa dura do Barks, mas em menor escala.

      Posso ter exagerado sobre os 10 minutos. Mas numa mensal de 52 páginas que vá ter uma meia duzia de HQs. Em um dia de trabalho se consegue esses textos mole mole. Não quero desmerecer o trabalho de ninguém, a intenção não foi essa, e sim... que tenhamos mais desse trabalho nas revistas... A Lucila Saidenberg comenta as HQs do pai dela. Não precisa ser esse texto enorme, qualquer breve comentário seria suficiente.... umas duas páginas de extras no fim de cada mensal... As vezes na propria seção de cartas já é publicado comentário sobre alguma HQ específica, tanto por parte do leitor quanto do editor. É, realmente uma trabalheira do cão... Ah ah ah

      Excluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.