' '

24 de jan de 2017

LANTERNA VERDE: NO LIMITE DA EXISTÊNCIA sai em fevereiro

A última aventura da Tropa dos Lanternas Verdes antes do Renascimento foi anunciada pela Panini para lançamento no final de fevereiro. Com roteiro de Tom Taylor (Injustiça: Deuses Entre Nós) e desenhos de Ethan Van Sciver (Lanterna Verde: A Guerra dos Anéis), NO LIMITE DA EXISTÊNCIA compila em 132 páginas (miolo lwc) as 6 edições da minissérie original, publicada nos EUA entre março e agosto do ano passado.




LANTERNA VERDE: NO LIMITE DA EXISTÊNCIA
Publicação avulsa, formato 17 x 26 cm, 128+4 páginas, capa couché, miolo lwc cor, R$ 16,40, distribuição nacional. Capa definitiva a divulgar.

Nesse encadernado, o decenauta brasileiro vai poder testemunhar a última aventura de John Stewart, Guy Gardner, Kilowog e companhia antes do tão aguardado Renascimento do Universo DC. 

Para quem não vinha acompanhando o título mensal do Gladiador Esmeralda: há alguns meses, a Tropa dos Lanternas Verdes simplesmente desapareceu do cosmo, sem deixar pista alguma, abrindo um vácuo de poder enorme com sua ausência e deixando somente Hal Jordan para proteger um universo inteiro. 

Nesse especial, descobriremos mais sobre o misterioso local onde eles foram parar… e que sacrifícios terão de fazer para retornar a seu universo de origem. Os roteiros ficam por conta de Tom Taylor (Injustiça: Deuses Entre Nós) e a arte é do elogiado Ethan Van Sciver (Lanterna Verde: A Guerra dos Anéis). [Green Lantern Corps: Edge of Oblivion 1-6.]


Veja aqui muitos outros títulos anunciados pelas editoras para lançamento nos próximos meses, inclusive da DC e da Vertigo.


► Por Edenilson Rodrigues.
► Fonte: divulgação (Bernardo Santana, Wizmania).
► Publicado originalmente em 24/jan/2017.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.