' '

11 de ago de 2016

Novidades Disney: anote aí

Atualizações: a moedinha do Manual do Tio Patinhas e a caneca Perdidos nos Andes em gif animado. 

Brinde na Bienal • Canini raríssimo em ALMANAQUE DO ZÉ CARIOCAStar Tranko e Dom Quixote inéditos em DISNEY BIG • Moeda nº 1 com Manual do Tio Patinhas • ESCOTEIROS MIRINS ganha reimpressão • Índice completo de DISNEY BIG deste mês, com 2 inéditas • E mais algumas coisinhas

Checklist Disney deste mês: veja aqui

Lançamentos previstos para os meses seguintes: veja aqui.

Prévias das HQs nas mensais de agosto e setembro: veja aqui.



BRINDE NA BIENAL


Acima, a bela caneca de porcelana decorada com a ilustração e os elementos gráficos do aguardado PATO DONALD: PERDIDOS NOS ANDES, primeiro volume da COLEÇÃO CARL BARKS DEFINITIVA

O evento começa no próximo dia 26 e vai até 4/set, no Anhembi (Metrô Tietê). O brinde, limitado a 2 mil cópias, poderá ser obtido exclusivamente na Bienal e por quem adquirir o combo PERDIDOS NOS ANDES + Manual do Prof. Pardal.




ESCOTEIROS MIRINS


Falando nisso, ESCOTEIROS MIRINS será o segundo título da coleção DISNEY DE LUXO a ganhar reimpressão. A primeira tiragem esgotou-se na distribuidora. 

O primeiro volume a ser relançado, A SAGA DO TIO PATINHAS, já chegou às bancas e livrarias. 

MOEDA Nº 1



Já está sendo cunhada a moeda de metal que acompanhará todos os fac-símiles do Manual do Tio Patinhas, a ser lançado em outubro.



A arte é inédita e belíssima, a cargo de Fábio Figueiredo.

 


As imagens acima são do brinde que acompanhou a edição original do livro, em 1972.

DISNEY DE LUXO DE NOVEMBRO


A redação da Abril já bateu o martelo quanto ao conteúdo do DISNEY DE LUXO que sairá em novembro. Mais notícias em breve. 

TODOS OS MILHÕES DO TIO PATINHAS foi adiado indefinidamente pela editora. Sua condição de "edição ultimada" ficou ameaçada pela possibilidade da Disney Itália produzir mais episódios para a série, notadamente para impulsionar por lá as vendas da DEFINITIVE COLLECTION (entenda-a aqui). 

PAUL MURRY


Ainda sobre DISNEY DE LUXO: a ilustração mais cotada para a capa do especial AS GRANDES AVENTURAS DE MICKEY POR PAUL MURRY, programado para o final de setembro, refere-se à HQ As Ruínas de Porto Pirata (roteiro de Carl Fallberg) e foi capa de MICKEY MOUSE #159 (EUA, 1975). 

Em 2005, a Dinamarca publicou a ilustração original, em preto e branco, numa página do especial HALL OF FAME: PAUL MURRY graças a um colecionador que cedeu à editora escandinava o original que até então guardava.


Jogo das 7 diferenças: edição brasileira X edição portuguesa.


INÉDITAS EM DISNEY BIG DESTE MÊS


A edição deste mês de DISNEY BIG traz duas obras inéditas.

A primeira, que abre o gibi, é assinada pelo Mestre Romano Scarpa. O Supercampeão (1957) antecipa, digamos assim, uma tendência: Pateta se transforma num grande boxeador após ser afetado por um teste atômico. Quantos personagens se tornaram super heróis por conta de exposição a radiação, mesmo?

A outra é uma saga inédita de 97 páginas produzida na Itália por ocasião da Olimpíada de Londres, em 2012. 

Com roteiro de Roberto Gagnor (A História da Arte) e desenhos de Marco Mazzarello (DonaldDuplo), A Caça ao Ouro foi originalmente publicada em 4 edições de TOPOLINO.

Abaixo, o índice completo da edição.


INÉDITA EM DISNEY BIG: STAR TRANKO

  

 

A segunda saga de Star Tranko, inédita e completa, estará em DISNEY BIG #41 (out/2016).

Star Tranko estreou em MICKEY #872-874 (abr-jun/2015) numa aventura de 96 páginas divididas em 3 partes, com roteiro de Bruno Enna e desenhos de Andrea Freccero, Marco Mazzarello e Alessandro Perina.

Uma nova saga foi iniciada em julho na Itália, com os episódios La regina gelida (44 páginas), Zona neutrale (34), La trappola (34) e Verso casa (58). Suas 170 páginas ocuparão mais da metade do gibi brasileiro. O roteiro é novamente assinado por Enna. Os desenhos são de Perina.

INÉDITA EM DISNEY BIG: DOM QUIXOTE

 

  

A paródia de Dom Quixote foi publicada na Itália em maio último. 

E suas 94 páginas estrearão no Brasil em DISNEY BIG #42 (dez/2016), lembrando os 400 anos da morte de seu autor, Miguel de Cervantes (1547-1616).

A graphic novel integra a lista das chamadas Novas Paródias Disney (veja abaixo a lista completa) e tem roteiro de Fausto Vitaliano (DonaldDuplo) e desenhos de Claudio Sciarrone (PK).

TODAS AS NOVAS PARÓDIAS DISNEY

 

Visual "ligeiramente" alterado do Pato Donald, que levou a Disney a vetar a republicação de Lo Strano Caso del Dottor Ratkyll e di Mr. Hyde.


O Planeta Gibi adora listas. Então aqui vai mais uma: todas as graphic novels que a Itália identifica como "Novas Paródias Disney", de Novecento a Metrópolis.

1
A Lenda do Pianista do Mar
La Vera Storia di Novecento, 44 páginas.
Roteiro de Tito Faraci, desenhos de Giorgio Cavazzano.
Adaptação de Novecento, de Alessandro Baricco (1994).
Itália: TOPOLINO #2737 (2008) e em diversas republicações.
Brasil: MICKEY #794 (2008), DISNEY JUMBO #5 (2013), DISNEY DE LUXO #7 CINEMA (2015).

2
Drácula de Bram Ratoker
Dracula di Bram Topker, 72 páginas.
Roteiro de Bruno Enna, desenhos de Fabio Celoni.
Adaptação de Dracula, de Bram Stoker (1897).
Itália: TOPOLINO #2945-2946 (2012) e em diversas republicações, como DISNEY D'AUTORE #4 FABIO CELONI (2014).
Brasil: PATETA [3ª série] #17-18 (2012), DISNEY DE LUXO #7 CINEMA (2015).

3
Moby Dick
Moby Dick, 71 páginas.
Roteiro de Francesco Artibani, desenhos de Paolo Mottura.Adaptação de Moby-Dick or The Whale, de Herman Melville (1851).
Itália: TOPOLINO #3003-3004 (2013), MOBY DICK (2013), TOPOLINO LIMITED DE LUXE EDITION #8 (2016).
Brasil: TIO PATINHAS #580 (2013), DISNEY DE LUXO #7 CINEMA (2015).

4
Lo Strano Caso del Dottor Ratkyll e di Mr. Hyde
72 páginas.
Roteiro de Bruno Enna, desenhos de Fabio Celoni.

Adaptação de Strange Case of Dr Jekyll and Mr Hyde, de Robert Louis Stevenson (1886).
Itália: TOPOLINO #3070-3071 (2014), TOPOLINO LIMITED DE LUXE EDITION #1 (2014).
Brasil: inédita.
Notas: a Disney vetou a republicação dessa HQ por considerar que ela desfigura Donald (aqui, ele é o Monstro). A edição #3071 de TOPOLINO tem capa variante com um lenticular com efeito holográfico. Tal lenticular, avulso, acompanhou a edição de luxo gigante vendida exclusivamente no festival de Lucca de 2014. Intitulada TOPOLINO LIMITED DE LUXE EDITION, tal publicação apresenta uma versão em p&b da obra, diferentemente da colorização regular mostrada em TOPOLINO.

5
A Ilha do Tesouro
L'Isola del Tesoro, 93 páginas.
Roteiro de Teresa Radice, desenhos de Stefano Turconi.
Adaptação de Treasure Island, de Robert Louis Stevenson (1881-2).
Itália: TOPOLINO #3094-3096 (2015), TOPOLINO LIMITED DE LUXE EDITION #6 (2016).
Brasil: MICKEY #876-877 (2015).

6
Pé na Estrada
On the Road, 65 páginas.
Roteiro de Fausto Vitaliano, desenhos de Paolo Mottura.
Adaptação de On the Road, de Jack Kerouac (1957).
Itália: TOPOLINO #3109 (2015), TOPOLINO LIMITED DE LUXE EDITION #5 (2015).
Brasil: MICKEY #880-881 (2015-6).

7
Le Fantastiche Avventure di Don Pipotte e del Suo Fedele Scudiero Miguel Topancho
94 páginas.
Roteiro de Fausto Vitaliano, desenhos de Claudio Sciarrone.Adaptação de El Ingenioso Hidalgo Don Quijote de la Mancha, de Miguel de Cervantes (1605).
Itália: TOPOLINO #3155-3157 (2016).
Brasil: inédita (DISNEY BIG #42, dez/2016).

8
Frankenstein
Roteiro de Bruno Enna, desenhos de Fabio Celoni, em produção.
Adaptação de Frankenstein or The Modern Prometheus, de Mary Shelley (1818).
Itália: TOPOLINO #3179 (2016).
Brasil: inédita.

9
Metropolis
Roteiro de Francesco Artibani, desenhos de Paolo Mottura.
Adaptação de Metropolis, de Thea von Harbou (1925).
Itália: em produção.

CANINI RARÍSSIMO EM AZC

 

O ALMANAQUE DO ZÉ CARIOCA #33 chega às banca no próximo dia 19 com 13 HQs brasileiras raríssimas, quase todas publicadas originalmente em 1972, desenhadas por Renato Canini e Carlos Edgard Herrero. Os roteiros são de Júlio de Andrade Filho, Ivan Saidenberg e Carlos Alberto Paes de Oliveira. 

Aspirações da Vida
B 72001. Roteiro: Júlio de Andrade. Desenhos: Renato Canini.
Publicada pela primeira vez em 1972.

Festa de Arromba
B 760278. Roteiro: Júlio de Andrade. Desenhos: Carlos Edgard Herrero.
Publicada pela primeira vez em 1977.

As Águas Vão Rolar
B 72006P. Roteiro: Júlio de Andrade. Desenhos: Renato Canini.
Publicada pela primeira vez em 1972.

Quem Te Viu Já Não TV
B 72004. Roteiro: Carlos Alberto Paes de Oliveira. Desenhos: Renato Canini.
Publicada pela primeira vez em 1972.

Um Jumento no Ar
B 780146. Desenhos: Carlos Edgard Herrero.
Publicada pela primeira vez em 1979.

Quem Não Tem Cão...
B72004P. Roteiro: Júlio de Andrade. Desenhos: Renato Canini.
Publicada pela primeira vez em 1972.

Quanto Mais Quente, Pior
B 72006. Roteiro: Carlos Alberto Paes de Oliveira. Desenhos: Renato Canini.
Publicada pela primeira vez em 1972.

Caronistas
B72017P. Desenhos: Renato Canini.
Publicada pela primeira vez em 1972.

O Salva-Vidas Boa-Vida
B 72011. Roteiro: Ivan Saidenberg. Desenhos: Renato Canini.
Publicada pela primeira vez em 1972.

O Vendedor de Feijoada
B 770130. Desenhos: Carlos Edgard Herrero.
Publicada pela primeira vez em 1977.

Uma História de Amor
B72053. Roteiro: Carlos Alberto Paes de Oliveira. Desenhos: Renato Canini.
Publicada pela primeira vez em 1972.

Rápido "Mesmo"
B 72016P. Desenhos: Renato Canini.
Publicada pela primeira vez em 1972.

Nas Terras do João-Sem-Terra
B 72056. Roteiro: Ivan Saidenberg. Desenhos: Renato Canini.
Publicada pela primeira vez em 1972.


ALMANAQUE DO ZÉ CARIOCA #33
Publicação bimestral, formato 13,4 x 19 cm, 80+4 páginas cor, lombada quadrada, capa couché, R$ 6,50, distribuição nacional. Edição #54, 2ª série. Lançamento dia 19/ago. 

CADÊ?...

O BOM DINOSSAURO #4, PROCURANDO NEMO #3 e PROCURANDO DORY #2? Não saíram e não há previsão para que sejam publicadas. 

O aviso aqui é para evitar périplos desnecessários às bancas por quem coleciona tudo o que contenha quadrinhos Disney. 


Por Edenilson Rodrigues. 
Fontes: Acervo Planeta Gibi, Banco de Dados Planeta Gibi.
Publicado originalmente em 9/ago/2016. Atualizado pela última vez em 20/set/2016.





48 comentários:

  1. Vou dar uma passada na Bienal e aguardando a moedinha, rsrsrs

    ResponderExcluir
  2. Hum...agora fique curioso. Qual será o capa dura de novembro? Quero novidades.

    ResponderExcluir
  3. Existe maneira de comprar a caneca do Pato Donald Carl Barks sem ser pela Bienal?

    ResponderExcluir
  4. Será que é possível sonhar com Floyd Gottfredson em Disney de Luxo de Novembro?
    Tadeu Olivetti.

    ResponderExcluir
  5. Boas surpresas. A moedinha é um presentão !
    Edenílson, esse Almanaque do Zé inviabilizaria um segundo volume em capa dura do Canini/Saidenberg ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensei nisso quando li.

      Quando das novidades dos Capa Dura, foi dito que seriam lançados em 2017 e além quantos fossem necessários para compilar a obra...agora quando lançarem, provavelmente, os chatos de plantão falarão mal da abril.

      "pô, lançaram um almanaque com essas histórias ano passado e agora no capa dura, falta de planejamento, blá, blá, blá"

      Acredito que a abril poderia segurar essas HQs para lançar no volume 2, 3, 4....do Zé Capa Dura...

      Excluir
    2. Não inviabiliza não, assim como a publicação das partes finais de Pateta Repórter na mensal do personagem não inviabilizou o lançamento do capa dura com a saga completa no mesmo ano.

      Excluir
    3. Eu acredito que a estratégia é exatamente vender o peixe duas vezes, sai agora nos almanaques e logo depois sai nos Capas Duras.

      E se reclamarem antes de 2019 sai no Big e Disney Especial! hehehehe!

      Excluir
  6. Se não me engano, li aqui no planeta gibi que o Disney Temático dos Escoteiros Mirins foi um dos temáticos que mais vendeu. Esse capa dura dos escoteiros foi um mistério..nas bancas daqui chegaram pouquíssimas edições...esgotaram em horas. Havia 3 grandes livrarias virtuais, além da nossa querida loja do planeta gibi, que anunciaram a edição, mas o produto esgotou tão rápido que eu pensei que tinha era sido recolhido por algum erro. A edição não parece em nenhum site como esgotada, ela nem aparece... de jeito nenhum. Os escoteiros fazem tanto sucesso assim? O manual do Escoteiro não está esgotado mas o Disney capa dura sumiu!!! Se o sucesso é tão grande, não seria a ocasião da Abril lançar uma revista digna dessas estrelas? Eu fiquei super feliz como anuncio da reimpressão do capa dura dos Escoteiros... quero o meu, é o único que me falta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O manual dos escoteiros já esgotou duas vezes. Teve três impressões no mesmo mês de lançamento chegando à terceira edição. Não sei se vc já sabia, mas é só uma curiosidade...

      Excluir
    2. Não sabia não Jefferson, fico mais convencido que os escoteiros são um sucesso!!!!

      Excluir
    3. Tenho curiosidade em saber sobre os números das tiragens. As três impressões do Manual, será que somam uns 20 mil, 40 mil, 50 mil exemplares? E os capa dura, qual seria sua tiragem? Acho que dificilmente saberemos, por se tratar de informações estratégicas.

      Excluir
    4. Do manual lembro da Abril ter divulgado que as duas primeiras tiragens foram de 10 mil exemplares cada.

      Excluir
    5. É difícil entender o sucesso, eu tenho uma teoria que talvez como livro pode ter mais saída, inclusive acredito que consegue ir fácil para bibliotecas públicas por aí, já tive oportunidade de comentar com algumas pessoas de ter tido contato com os manuais em bibliotecas. Diferente de "gibi" que sofreria um preconceito. (obs: repito são teorias minhas)

      Excluir
  7. Com o cancelamento do capa dura de Todos os milhões do TP, então teremos 3 capa duras a serem anunciados?

    ResponderExcluir
  8. Excelentes novidades. Reimpressão, moedinha, inéditas de peso na Big (Star Tranko ficou na minha preferência), novo capa dura para novembro. Estou na torcida para q seja a saga mais solicitada por todos: ASdEdG! Essa viria a calhar para novembro! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que é "ASdEdG"? Parece treinamento pra digitação! Rs

      O"

      Excluir
  9. A Abril deveria publicar as HQs olímpicas mais rápido. Só agora q vão publicar a saga italiana das Olimpiadas 2012. E se tiver uma q se passa no Brasil? Somente em 2020? Antes tarde do q nunca, mas sem pessimismo, não sabemos nem se estaremos vivos até lá, a editora Abril deveria ser mais ágil em relação a esse tipo de HQ "datada"!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão não é essa. É a Itália. Isso foi explicado pela editora algumas vezes.

      Abs.

      Edenilson

      Excluir
    2. Uma pena, mas obg pela informação. Não sabia ou não me lembrava dessa!

      Excluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Muita gente neste espaço criticou antes do lançamento A Saga do Tio Patinhas e o Especial do Escoteiros. E olha a surpresa, justo essas duas especiais já estão em sua segunda edição.
    Sou fã incondicional de Don Rosa e Carl Barks e não consigo parar de lê e reler tudo o que eles fizeram. Tenho saudades do tempo em que abria um gibi do Pato Donald e me deparava com uma obra prima do Barks.
    Atualmente, o gibi do Mickey é disparado o melhor da Abril por conta da sua alta qualidade de autores, que tem em Casty a sua maior estrela. Espero que a Abril esteja atenta e não demorem a lançar um especial só com esse autor.
    Tenho a edição americano da nova coleção de Carl Barks que é primorosa e vale cada centavo investido. Espero ansioso pela do Don Rosa.
    Importei o especial “Lo Strano Caso del Dottor Ratkyll e di Mr Hyde”. Sinceramente é exagero da Disney em vetar essa adaptação espetacular da obra de Robert Louis Stevenson.
    Aqui, no Face e nas seções de carta dos gibis, ficou evidente a volta dos antigos leitores Disney em maça por causa das especiais capas duras. É evidente que esse pessoal tem mais poder aquisitivo e podem pagar por qualidade, e quem não pode? Fui pobre na minha infância e só comprava um gibi Disney por mês. Será que não seria interessante versões mais baratas com capa cartonada também? É algo para se pensar...

    ResponderExcluir
  12. Ótima notícia a da reimpressão do Disney de Luxo dos Escoteiros Mirins e da Saga do Tio Patinhas. Primeiro, porque premia o esforço da Editora Abril em oferecer edições de qualidade; segundo, porque serve como feed-back para os editores da empresa, indicando quais os artistas mais procurados. Creio que qualquer especial que traga obras de Carl Barks ou Don Rosa vai vender muito bem, vai esgotar as edições. Nós, leitores fãs desses dois gênios dos quadrinhos, aplaudimos e ficamos no aguardo de novas obras desses mestres.

    ResponderExcluir
  13. Ótima notícia a da reimpressão do Disney de Luxo dos Escoteiros Mirins e da Saga do Tio Patinhas. Primeiro, porque premia o esforço da Editora Abril em oferecer edições de qualidade; segundo, porque serve como feed-back para os editores da empresa, indicando quais os artistas mais procurados. Creio que qualquer especial que traga obras de Carl Barks ou Don Rosa vai vender muito bem, vai esgotar as edições. Nós, leitores fãs desses dois gênios dos quadrinhos, aplaudimos e ficamos no aguardo de novas obras desses mestres.

    ResponderExcluir
  14. Respostas
    1. Acabei de ver a ordem dos lançamentos e o manual da maga e mim será em novembro.

      Vão fazer dobradinha que nem os escoteiros mirins !

      Boa sacada.

      Excluir
  15. Espera aí, o Fernando está falando de dobradinha Maga e Min para novembro. Aquela fotinha maga e mim no anúncio significa q será um capa dura com as duas? Se for, q pena, aí não curto! Como muitos, espero pelo primo de Alf, rs.

    ResponderExcluir
  16. Não sei que tanto as pessoas falam que não acham os encadernados de luxo lançados. Até fiz um vídeo que postei dias atrás no meu canal onde mostrei que aqui onde moro, em Ribeirão Preto, tem muito encadernado Disney. É só saber onde ir. É claro que naquela banca enferrujada que fica na esquina do bairro da boca de venda de maconha do bairro perigolete city não vai ter mesmo!!

    ResponderExcluir
  17. Seria lindo se a moeda do Manual do Tio Patinhas também fosse fac-símile da lançada em 1972

    ResponderExcluir
  18. É isso que eu acho bacana no pessoal da Abril: não é só pq lançaram um capa dura com as histórias do Canini que eles desprezam o público médio consumidor dos gibizinhos mais baratos, pois convenhamos não é todo mundo que pode desembolsar 60 temers para comprar um capa dura e nem todo mundo é colecionador. Nisso o Canini democraticamente é apreciado por todos. Parabéns à Abril.

    ResponderExcluir
  19. Não vai mais ter DonaldDuplo na Big? :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai sim, já foi anunciado para breve uma HQ crossover com o Super Pato futurista e em outro momento falaram q teria uma na época de natal e outra na época de ano novo com os mesmos temas, dando sequência à série normal.

      Excluir
    2. Tomara que não tenha mais. Se 3 edições do Big ficar livre disso, eu solto foguetes até aqui em casa!

      Excluir
  20. Não faz muito sentido a moeda número 1 ter a efígie do Tio Patinhas e ainda estar escrito que ela é a moeda número 1. Eu sei que lançar uma moeda simplesmente estampada com 10c, sem nenhuma indicação, não teria apelo nenhum, mas que é um treco estranho é.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensei o mesmo, mas é como você disse: uma réplica da "original" não teria apelo nenhum...

      Excluir
    2. Poderia ter uma efígie de "um pato da época" no verso. Já resolvia.

      O"

      Excluir
  21. Também nunca concordei que as moedas de brinde do Tio Patinhas fossem as "número 1". Seriam sim reproduções de moedas do Banco de PAtóplis, com a efígie de seu dono, Patinhas.

    ResponderExcluir
  22. Que sentido tem um pato falar é ficar quaquilionario??? Aí, como essa busca por um sentido me cansa!!! Ninguém nunca ouviu falar em fantasia não? Rsrs....

    ResponderExcluir
  23. A moeda é bonita sim... mas termina que perde, ao meu ver, um pouco o charme por ser diferente. Poderia ser realmente similar a original, com o ano que é mostrado e a arte clássica do Patinhas, retirando da nova o título "moeda número 1". Mas o que importa é que será lançada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho q a Abril acertou. Para quem já tem a antiga, vai ser legal ter uma diferente. Assim a Abril atinge os novos e os antigos colecionadores.

      Excluir
  24. O desenho do Tio Patinhas da nova moeda ficou muito bonito! Com certeza, meu filho vai querer a moeda pra ele... Já vi que vou ter que comprar 2 exemplares...

    ResponderExcluir
  25. Planeta Gibi, vocês sabem se a revista Grande Historias do Halloween foi cancelada??

    ResponderExcluir
  26. Tomara que venha mesmo um Capa Dura da Maga e Mim! Claro que depende também da seleção de histórias, tenho medo de vir só arquivo digital que acabou de ser rerererepublicado em jumbo e mega.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh! Grande erro! Nem vou dormir essa noite.
      Quer saber? Para 90% dos países é Mim mesmo!
      Justo no português que costuma a terminar a maioria de suas palavras com "m", na tradução "Madam Mim" virou "Madame Min". Hehehehe!

      Excluir
  27. Sensacional a qualidade de Perdidos nos Andes!

    Com certeza se confirmam as previsões de ser o lançamento do ano do ramo.

    Parabéns Abril pelo trabalho refinado.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos.
• Incluam ofensas e palavrões;

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.