' '

30 de mai de 2016

BARKS DE LUXO: como ficarão as HQs

Confira a seguir, em primeira mão, um teste da arte que estará em PATO DONALD: PERDIDOS NOS ANDES, o primeiro volume que a Editora Abril lançará de COLEÇÃO CARL BARKS DEFINITIVA, no segundo semestre. 

Como ocorre nos EUA, serão adotados paleta de cores e letreiramento similares aos da época em que as histórias foram originalmente publicadas. Aqui, o letreiramento está sendo conduzido pela experiente Lilian Mitsunaga. 

A Abril já anunciou outros dois volumes da coleção para 2016 (leia mais aqui). Nos EUA, a obra já conta com dez volumes, lançados pela Fantagraphics.





COLEÇÃO CARL BARKS DEFINITIVA
PATO DONALD: PERDIDOS NOS ANDES
Publicação eventual, formato 16,1 x 23,7 cm, cerca de 240+4 páginas cor, lombada quadrada, capa dura com reserva de verniz, miolo off white. Lançamento no 2º semestre de 2016. 


JÁ NAS BANCAS:


O fac-símile do Manual do Escoteiro Mirim, lançado originalmente em jul/1971, vem embalado em plástico e com as etiquetas acima. No conteúdo, apenas duas frases foram alteradas (em observância ao Estatuto da Criança e do Adolescente); leia sobre isso aqui.


O convite da Abril: "Venha prestigiar o lançamento oficial do Manual do Escoteiro Mirim e do encadernado das melhores histórias em quadrinhos dos Escoteiros, com a participação dos editores da Abril, que estarão presentes para um bate-papo com os leitores. Sexta-feira, dia 3 de junho, às 20h, na Livraria da Vila, Shopping JK Iguatemi. Endereço: Av. Juscelino Kubitschek, 2041, no bairro do Itaim Bibi. Fácil acesso pela estação Vila Olímpia da CPTM (linha 9 Esmeralda)".


Por Edenilson Rodrigues.
Fontes: Banco de Dados Planeta Gibi, Acervo Planeta Gibi.
Publicado originalmente em 30/mai/2016. Atualizado (o título da coleção) em 4/jun/2016.




24 comentários:

  1. Sensacional. Sempre achei esse letreiramento antigo muito mais bonito que o "genericão" e sem graça usado atualmente pela Abril.

    Sabem se a lista de histórias de cada volume também irá seguir fielmente os originais da Fantagraphics?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rogério, até onde sabemos, sim.

      Abs.

      Edenilson

      Excluir
  2. Alguém que tenha os originais da Fantagraphics poderia me dizer qual a diferença entre ele e o OMD (tirando o acabamento, é claro)? Muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As HQs de OMD são repintadas num estilo mais contemporâneo; as de DDLCB buscam reproduzir as cores originais.

      OMD apresentou basicamente tudo o que Barks fez, de roteiros/desenhos a apenas roteiros. Pouca coisa ficou de fora, como as tiras de jornais com trama dele e alguns remakes. Em outros casos, a Abril optou por publicar o remake no lugar na primeira versão. Exemplo: Escoteiros Mirins dos anos 1970: Barks só escreveu os roteiros; outros artistas os desenharam; Daan Jippes refez essas HQs conferindo-lhes um ar barksiano, já que é um dos mais notáveis seguidores de Barks.

      Já a coleção da Fantagraphics, até onde sei, terá (ou "teria", porque obviamente mudanças de planos podem ocorrer) somente as HQs que Barks escreveu E desenhou. As HQs que têm apenas roteiro dele não estariam contempladas. Nada que a Abril não possa resolver sozinha, diga-se...

      Abs.

      Edenilson

      Excluir
    2. Então no fundo, no fundo, a OMD teve mais coisas que a Fantagraphics terá?

      Muito obrigada pela explicação! :D

      Excluir
    3. A priori, sim. Mas mudanças podem ocorrer.

      Abs.

      Excluir
  3. Ok, é só revelar a data e estarei lá para comprar.

    ResponderExcluir
  4. Muito bacana! Bem que a Abril poderia incluir as HQs que o Barks apenas roteirizou nessa coleção (nem que seja acrescentando uns volumes ao final dos programados pela Fantagraphics).

    ResponderExcluir
  5. No aguardo para comprar.
    E que venha os volumes do Mickey de Gottfredson iguais aos lançados nos EUA pela Fantagraphics.
    Tadeu Olivetti.

    ResponderExcluir
  6. Agora fiquei na dúvida Edenilson. Os volumes vão contemplar mais do que uma história longa certo ? Sabe qual o critério adotado pela Fanta na seleção das outras histórias que compõe os volumes ? Obrigado e abraços. Muito feliz com estes lançamentos !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gustavo, dentro do mesmo volume a Fantagraphics segue a ordem cronológica da publicação original das HQs (com um pulo aqui ou ali para fechar um volume de 240 páginas).

      Mas ela não lança os volumes em ordem cronológica. Esse PATO DONALD: PERDIDOS NOS ANDES, por exemplo, é o 7º volume da coleção dela, mas foi o primeiro que ela lançou (em dez/2011). Depois, a Fantagraphics lançou o #12 (jul/2012), o #11 (dez/2012), o #6 (jun/2013) etc.

      A Fantagraphics não coloca numeração nas capas, apenas internamente, nos expedientes.

      Qualquer dia desses faremos uma guiazinho disso tudo.

      Abs.

      Edenilson

      Excluir
    2. Confuso lançar o 7 antes do 6 hehehee

      Excluir
  7. Essa coleção é sensacional
    Não vejo a hora de lançar

    ResponderExcluir
  8. Eu achava aquelas letras do passado um tanto feiosas, pois eram grandes demais e, muitas vezes, ficavam espremidas dentro do balão. Sem falar que era cansativo de ler, pois parecia tudo muito garrafal. Me agrada bem mais o letreiro atual, mesmo sabendo que a letra podia ser um pouco maior às vezes, pois não é raro encontrarmos um vácuo nos balões.

    ResponderExcluir
  9. Será que ficará nos R$39,90?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estes volumes do Barks? Duvido muito....

      Excluir
    2. Acho que pelo formato, entre 240 e 250 páginas, miolo off white (não tenho certeza, mas acho que sai mais barato que o couché), é bem possível que seja isso mesmo. Na pior das hipóteses, fica R$ 49,90.

      Excluir
    3. O custo por página não está me motivando...
      Acho que só vou comprar os volumes que eu não possuir uma boa parcela das histórias.

      Excluir
  10. Bem, se essa coleção reimprime a coleção americana da Fantagraphics traduzida e não prevê HQs q não tenham sido desenhadas pelo Barks, então talvez essa seja a hora de adquirir o capa-dura dos Escoteiros-mirins, já q todas ou quase todas as HQs desses personagens não foram desenhadas por Barks.

    ResponderExcluir
  11. As cores originais ficaram show de bola. Tenho a edição americana e sem dúvida e muito superior ao que já foi publicado pela Abril.

    ResponderExcluir
  12. Bom dia!!! Planeta gibi já tem uma idéia quanto custará esse volumes do PD por Carl barsk pra eu ir já quebrando o cofrinho kkkkk paguei ontem mas 5 exemplares dos escoteiros mirins agora fechou mas dez volume de cada capa dra Disney estou muito feliz só a mulher não pode saber kkkkk.

    ResponderExcluir
  13. Eu tenho 3 volumes da Fantagraphics e acho muito lindo. Estava colecionando essa coleção, junto com Don Rosa e Gottfredson, mas quando a Abril anunciou a Nacional, parei de comprar a importada.
    Uma pena o tamanho ser menor que a importada, mas vou prestigiar da mesma maneira.

    Só uma dúvida. O Papel Off White, ao longo do tempo, fica amarelado e quebradiço? Qual dos dois sobrevive melhor, Off white ou couché?

    ResponderExcluir
  14. Pelas dimensões, vai ficar bem menor do que o original da Fantagraphics né? Como vai usar o mesmo papel offset, achei que até o tamanho seria o mesmo.

    ResponderExcluir
  15. Ridículo lançarem essa coleçao nesse formatinho.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.