' '

11 de abr de 2016

Restauração do Manual e imagens dos novos DISNEY DE LUXO

Veja a seguir gif animado providenciado pelo Planeta Gibi a partir de imagens do exemplar usado para escaneamento e do trabalho de restauração do Manual do Escoteiro Mirim

Confira também mais imagens de capas, ilustrações de capa e conteúdo de DISNEY DE LUXO, exibidos na palestra do editor Paulo Maffia no Festival GdQ, no sábado 9. 

A fim de tornar a leitura mais fluida, aproveitamos para compilar o texto de nosso post anterior que tratou do assunto.




CONTEÚDO

Manual do Escoteiro Mirim
DISNEY DE LUXO: edições confirmadas para 2016
DISNEY DE LUXO: edições em estudo para 2017 e além

MANUAL DO ESCOTEIRO MIRIM


O gif do Planeta Gibi mostra a transformação da capa do exemplar original utilizado no processo de restauração para a imagem final, a cargo de Fábio Figueiredo.


25/mai/2016
Manual do Escoteiro Mirim
Formato 13 x 19,5 cm, 264 páginas, capa dura, miolo offset, preço a divulgar. 

Reprodução na íntegra, restaurada, da edição original lançada pela Editora Abril em 1971. Leia mais aqui sobre os Manuais Disney e demais manuais.

Depois da repercussão monstro que teve o anúncio da reedição do Manual do Escoteiro Mirim (Maffia disse que houve mais de 4 milhões de visualizações no Facebook), a redação se debruçou sobre o original de 1971 e começaram os questionamentos: lançamos um fac-símile ou atualizamos a obra, adaptando-a para o politicamente correto, para a ortografia atual, para os conhecimentos de hoje? E a decisão foi: vamos lançar um fac-símile, o mais fiel possível ao original. Afinal, foi a expectativa de ser um fac-símile que levou à repercussão.

Abaixo, modelo do exemplar restaurado, páginas do miolo em fase de restauração, fotos do exemplar original utilizado no processo e de Dinei Balieiro, da Abril, tratando imagens (fotos: Editora Abril). 



 

 

 


DISNEY DE LUXO EM 2016

#10 • 30/mar/2016
MICKEY MYSTERY: O DETETIVE DAS TREVAS [#1]
Formato 15,6 x 23 cm (medidas do miolo), 384+4 páginas cor, lombada quadrada, capa dura com reserva de verniz e hot stamping, miolo couché, R$ 59,90Distribuição na Grande São Paulo, Brasília, todas as capitais e livrarias. 

• A Editora Abril não identifica oficialmente os encadernados capa dura sob um título de coleção, tampouco os numera sequencialmente. O título e a numeração atribuídos pelo Planeta Gibi têm finalidade meramente referencial.

• Veja aqui mais detalhes dessa saga e dessa edição.

• Esta edição reproduz o conteúdo da compilação lançada pela Panini Itália no Lucca Comics 2015. Em outubro próximo, a editora italiana programa concluir a obra com um segundo volume, a ser lançado em outubro na nova edição do festival. A Editora Abril divulgou que, após isso, estará pronta para fazer o mesmo aqui. 

• O especial quase foi lançado em novembro passado, mas a Abril optou por UM BRASILEIRO CHAMADO ZÉ CARIOCA em seu lugar.


 

 

 


#11 • meados de mai/2016
INICIATIVA SUPER-HERÓIS
Formato 15,6 x 23 cm (medidas do miolo), 480+4 páginas cor, lombada quadrada, capa dura com reserva de verniz e hot stamping, miolo couché

• A partir daqui, preços a divulgar.

• Comemora os 30 anos do Clube dos Heróis, reunião dos heróis Disney promovida pelos Estúdios Abril. A estreia aconteceu em EDIÇÃO EXTRA #166 (fev/1986).

• O especial apresenta HQs com atuações solo de Superpateta, Superpato, Superpata, Morcego Vermelho, Morcego Verde, Vespa Vermelha, pelo menos, e conclui com histórias do time reunido. 

O Cavaleiro das Dívidas, a sátira de Zé Carioca (como Morcego Verde) a um dos maiores clássicos dos quadrinhos, O Cavaleiro das Trevas, de Frank Miller, será reapresentada aqui, em formato e qualidade gráfica à altura de seu status de ultracult. O roteiro é de Marcelo Cassaro e a arte, notável, de Paulo Borges. A HQ reconta a origem do personagem, lançado em 1974 por Ivan Saidenberg e Renato Canini.

• Superpateta no Mundo Subterrâneo e Os 12 Trabalhos do Morcego Vermelho também estão no volume. 

• As HQs da Superpata nesse volume são todas inéditas no Brasil.

• A editora chegou a cogitar incluir aqui a supersaga italiana de 240 páginas Ultra-Heróis (AVENTURAS DISNEY #40-43, nov/2008-fev/2009), que, de certa forma, recuperou e atualizou a equipe. A Itália produziu algumas outras HQs, curtas, com a equipe,  totalizando mais de 120 páginas, que permanecem inéditas no Brasil. 


 

 

 

 

 


#12 • 25/mai/2016
OS ESCOTEIROS MIRINS
Formato 15,6 x 23 cm (medidas do miolo), 384+4 páginas cor, lombada quadrada, capa dura com reserva de verniz e hot stamping, miolo couché

• A ilustração de capa será aquela produzida pelo artista alemão Ulrich Schröder para LES PLUS BELLES HISTORIES DES CASTOR JUNIORS, um especial capa dura com HQs de Carl Barks lançado na França em 2011. 

• A capa brasileira não terá o fundo espelhado verde de gosto duvidoso da edição francesa. O padrão será aquele utilizado até aqui: reserva de verniz e hot stamping.

• O volume compila HQs dos Escoteiros Mirins de Carl Barks, inclusive aquelas desenhadas por Dan Jippes, atualmente seu maior seguidor. 

• Além das HQs de Barks, haverá uma única HQ não-Barks, fechando a edição: Q.U.A.N.T.A.S.I.G.L.A., de Don Rosa. Nela, Donald lembra como seus sobrinhos se tornaram escoteiros. 

• No mesmo dia, a Abril relança uma cópia fiel da primeiríssima edição do Manual do Escoteiro Mirim (detalhes no início deste post).


  

 

 




O PATO DONALD DE CARL BARKS VOLUME 1
Cerca de 240 páginas, lombada quadrada, capa dura com reserva de verniz e hot stamping, miolo off white

• A partir daqui, as datas de lançamento serão informadas oportunamente, assim como o formato (dimensões) dos volumes. 

• A Abril vai imprimir esse material fora, motivo pelo qual não há como precisar as datas. Maffia fez questão de dizer que todos os volumes confirmados para 2016 serão mesmo lançados neste ano

• Há mais de um ano, o Planeta Gibi sugeriu à Abril que reproduzisse aqui o material que vem sendo lançado pela Fantagraphics nos Estados Unidos (e que já ganhou réplica, por exemplo, na Itália). A ideia ganhou força após o Diretor de Redação Sergio Figueiredo por as mãos em alguns exemplares emprestados pelo Planeta Gibi e se encantar com sua qualidade. A Editora Abril decidiu, então, que não relançaria a obra de Carl Barks em capa dura simplesmente encadernando as edições já publicadas por ela em capa cartão entre 2004 e 2008 (O MELHOR DA DISNEY — AS OBRAS COMPLETAS DE CARL BARKS, 41 volumes, HQs repintadas), considerando mais atraente e valioso oferecer aos leitores e colecionadores algo diferente. 

• Começa aqui a reedição da obra completa de Barks da forma como está sendo feita desde 2013 nos EUA: pela primeira vez um Carl Barks Library está sendo lançado respeitando-se os traços e cores originais. Tudo restaurado. 

• Assim como as edições da Fantagraphics, a nova coleção de Carl Barks no Brasil terá papel branco, poroso, melhor apropriado para a apreciação dessas HQs. 


 

 

 


DUCKTALES: OS CAÇADORES DE AVENTURAS
464+4 páginas, lombada quadrada, capa dura com reserva de verniz e hot stamping, miolo couché

• Um dos maiores sucessos da Disney repete tal performance nos quadrinhos. Seja em especiais (cujo sucesso, em 2009, abriu caminho para os mais de 50 volumes da coleção DISNEY TEMÁTICO), seja nas aparições esporádicas no ALMANAQUE DO TIO PATINHAS, HQs dos DuckTales são sempre solicitadas e apreciadas pelos leitores.

• Não por acaso, em 2017, quando completará 30 anos, a série animada ganhará nova leva de episódios (leia mais aqui).

• Não há material inédito aqui (haveria material inédito de DuckTales digno de figurar aqui, pergunto eu?!). Há uma meia dúzia de sagas longas, pelo menos.



O PATO DONALD DE CARL BARKS VOLUME 2
Cerca de 240 páginas, lombada quadrada, capa dura com reserva de verniz e hot stamping, miolo off white


 

 

TODOS OS MILHÕES DO TIO PATINHAS
Mais de 400 páginas, lombada quadrada, capa dura com reserva de verniz e hot stamping, miolo couché

• A série criada por Fausto Vitaliano conta com desenhistas diferentes a cada episódio. Entre eles, Andrea Freccero (que assina atualmente 9 em 10 capas Disney), Paolo Mottura (Moby Dick) e Lorenzo Pastrovicchio (Mancha das Trevas).

• Na Itália, vem sendo compilada na coleção DEFINITIVE COLLECTION (veja mais aqui).



PATETA REPÓRTER
480+4 páginas, lombada quadrada, capa dura com reserva de verniz e hot stamping, miolo couché

• A série criada pelos italianos Stefano Turconi e Teresa Radice faz uma viagem ao jornalismo dos anos 1920 e 1930.

• Concluída, possui 15 episódios. Estreou no Brasil num volume de DISNEY TEMÁTICO e continuou em edições da revista mensal do PATETA

• Incluirá, pelo menos, uma versão extended play da entrevista de Marcelo Alencar com os criadores da série

• Seguramente é uma das melhores produções Disney dos últimos anos. Inventiva, divertida, cheia de referências. Um luxo, enfim. Na Itália, também vem sendo compilada em volumes da DEFINITIVE COLLECTION (veja mais aquiveja aqui a lista de todos os episódios).




  



O PATO DONALD DE CARL BARKS VOLUME 3
Cerca de 240 páginas, lombada quadrada, capa dura com reserva de verniz e hot stamping, miolo off white


 

 




DISNEY DE LUXO EM 2017 E ALÉM

No último sábado 9, Paulo Maffia apresentou à plateia do Festival Guia dos Quadrinhos as edições acima e antecipou os planos para os DISNEY DE LUXO para 2017 e além, destacando a parceria da Abril com a Fantagraphics para possível lançamento no Brasil, nos moldes usados no mercado americano, de:

• todos os demais volumes de CARL BARKS LIBRARY

• MICKEY MOUSE: FLOYD GOTTFREDSON

• DON ROSA LIBRARY

• TIRAS DIÁRIAS e PÁGINAS DOMINICAIS DO PATO DONALD (publicadas pela IDW, mas produzidas pela mesma equipe da Fantagraphics)

Maffia também prometeu:

• MICKEY MYSTERY #2 (reproduzindo o volume que a Panini Itália deve lançar na Lucca Comics em outubro, que conclui a saga)

• tantos volumes de UM BRASILEIRO CHAMADO ZÉ CARIOCA quanto necessários para compilar a produção de destaque com o personagem, não só da parceria Renato Canini & Ivan Saidenberg, mas também de outros artistas, como Herrero.

Além de ventilar a possibilidade de obras compilando Paul Murry, as HQs de A Patada e outras.

Por fim, solicitou que os leitores continuem a prestigiar os títulos mensais, que trazem a produção Disney inédita e são a porta de entrada de leitores e indicam tendências. 

Aproveitou para anunciar a paródia de Mickey a Asterix, já traduzida por Marcelo Alencar, que estará em breve no gibi mensal do camundongo.


Por Edenilson Rodrigues & Rivaldo Ribeiro
Fontes: Acervo Planeta Gibi, Banco de Dados Planeta Gibi, divulgação Editora Abril.
Publicado originalmente em 9/abr/2016. Atualizado e ampliado em 11/abr/2016. Atualizado em 29/abr/2016.




26 comentários:

  1. As novas informações não mudaram muito minha decisão. Já peguei Mickey Mystery e quero ter de certeza Pateta Repórter e Manual do Escoteiro Mirin. O capa dura dos Escoteiros Mirins farei de tudo pra pegar também.

    Dos outros, eu talvez pegue Olimpíadas, mas vai depender muito das histórias que ele compilará e da minha situação financeira quando sair. A propósito, não gostei da imagem da capa de Olimpíadas, podia ser o pateta ou uma união de personagens, mas a Abril sempre insiste e ter Mickey e Donald dominando suas capas. Talvez eu pegue a "Todos Milhões do Tio Patinhas", só vai depender da situação financeira quando ele sair.

    Do resto, me interesso pelas do Pato Donald de Carl Barks, mas provavelmente deixarei passar por falta de dinheiro. Além disso, achei horrível esse formato de apenas 240 páginas. Podiam unir 2 edições em uma e lançar algo maior com 480 páginas, que é mais próximo aos encadernados que saíram por aqui. Sem falar que ficaria mais barato, podendo sair por R$59,90, enquanto essas separas devem sair por uns R$40,00 cada.

    Queria o álbum das Olimpíadas, mas vou ficar sem e dar prioridade aos capas duras. Dos programados pro ano que vem, vou pegar o Mickey Mystery 2 e talvez algo do Don Rosa e do Gottfredson.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente fiquei um pouco decepcionado com a finura do Barks. Deverá encarecer bastante a coleção, vou pensar duas vezes conforme o preço.
      O material pode ser bom, mas também é rere(x10)publicado.

      Excluir
  2. Pode escolher a ordem de lançamento? :P
    O ruim de saber o que vem é a longa espera...
    Barks produzido fora do Brasil é muito interessante.

    ResponderExcluir
  3. Essas capas do Paro Zdonald do Carl Barks estão lindas.

    Preciso apenas me segurar para não gastar dinheiro desnecessario nelas caso essas capas saiam por aqui afinal tenho os 40 volumes e não pretendo investir em outras.

    Mas que ficou lindo ficou.

    ResponderExcluir
  4. Alguma novidade sobre melhorar a distribuição?

    Insisto, não adianta nada lançar tudo isso e dificultar a vida dos consumidores.

    Até agora, nada do Mickey Mistery em Curitiba, não encontro na internet.

    Difícil entender a razão pela qual editora e distribuidora parecem ter o prazer em complicar a vida dos próprios clientes. No meu caso, de mais de trinta anos, desrespeito absurdo isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ué, eu já comprei o Mickey Mistery há quase duas semanas em Curitiba Juliano!
      Comprei na banca do BIG do Boa Vista e havia 2 exemplares. Talvez o outro ainda esteja lá.
      Na banca do Hiper Condor da Nilo Peçanha pode ter também, já comprei vários dos outros capa dura lá.
      Você já deu uma olhada nas bancas da XV de Novembro?
      E se não me engano vi naquela banquinha do andar do estacionamento do Müeller tambem.
      O que sei é que a Abril está enviando apenas 2 exemplares para cada banca, mas se chegou na banca do BIG, que é bem pequena, com certeza chegou em outras.
      Não sei em que região vc mora em Curitiba mas uma banca que sempre recebe os capa dura fica na Erasto Gaertner no Bacacheri: Revistaria Bacacheri, fone 3356-2850

      Excluir
    2. Sempre procuro na do Mueller, não achei nada... Vou tentar outras. Obrigado pelas dicas...

      Excluir
    3. Nos comentários do checklist Disney deste mês eu já havia colado as bancas que a própria Abril me informou que vendem e têm gibis Disney em Curitiba. Banca, endereço e telefone. Dá uma olhadinha lá.

      Edenilson

      Excluir
    4. Pois é, acredito que tenham distribuído. A questão é onde e quantas. Hoje tirei o horário de almoço para procurar... e nada.

      Virou questão de sorte, tem que torcer para que saia determinada edição, em determinada revistaria obscura, em determinada data e, pasmem, estar na hora e lugar certo.


      Senão, não leva.

      Chama a atenção "Os aviadores" também. Vi apenas em duas bancas, de várias. Suficiente para adquirir, mas, por outro lado, preocupante em termos de distribuição.

      Frise-se que minhas críticas não dizem respeito a um fato isolado, e essas deficiência não são de hoje, nem de ontem. Na melhor das hipóteses, temos atrasos ou distribuições em locais pontuais, sabe-se lá a partir de que critérios. Na pior, nem isso.

      Lembro da Saga do Tio Patinhas (não a última, aquela que saiu em três volumes), nunca deu as caras em Curitiba, só consegui adquirir anos depois via planetagibi. Ou os especiais de Férias e Halloween, têm seleções excelentes de histórias, mas, e daí? Quando não sai, não sai, e não tem o que fazer.

      Tínhamos como alternativa até algum tempo a loja abril, que, apesar dos fretes questionáveis, ainda servia como opção.

      Aí, algum "gênio" da logística, decidiu dar fim na loja.

      As prometidas remessas às lojas online, ora se concretizam, ora não - e não se sabe, novamente, quais os critérios.

      Realmente não entendo o que querem a DINAP e a EDITORA ABRIL ao complicar, de modas as maneiras possíveis, e de modo irracional, a vida dos próprios clientes / consumidores.

      Em trinta anos de leitura, acumulei uma coleção de aproximadamente 2000 gibis, comprava, inclusive, naquelas épocas ruins, nos idos dos anos 90, início dos anos 2000. Sempre prestigiei os produtos.

      Apenas para ser, reiterada e recorrentemente desrespeitado, sem opções ou com escassas, de aquisição.

      Parafraseando um político paranaense famoso, diria que existem as distribuidoras boas, as medianas, as ruins, as péssimas e a DINAP. Para a DINAP atingir o nível das péssimas, teria que melhorar muito.

      Excluir
    5. Juliano, sou de Curitiba e confirmo tudo o que falou. Todos os volumes de capa dura da Disney que comprei foi na base de muita procura em várias (mais de dez) bancas no centro. Aparentemente, a distribuição é aleatória e insuficiente

      Excluir
    6. Estranho... Em Foz do Iguaçu, que normalmente é fim de linha e tinha distribuição em geral "complicada" até uns tempos atrás tem recebido tudo bonitinho. Não só Disney, mas os especiais DC e Marvel também. Estes últimos costumavam chegar bem poucos até cerca de um ano atrás; agora, chegam praticamente todos e na data de lançamento.

      Excluir
  5. Parabéns pela Editora Abril por investir nesse nicho. Agora faltam melhorar a distribuição e fazer com que esses livros sempre sejam encontrados em algum lugar.
    Mas eis um belo passo que está se firmando.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Aliás, o Paulo Maffia se presta a falar, nessas convenções, eventos ou coisa que o valha, sobre a distribuição dos produtos?

    Frustração e decepção imensa aqui, com pouco caso que fazem com os leitores. De outro lado, sobram aquelas Graphic Novels da Marvel em toda parte, nas quais não tenho o menor interesse...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o maffia n tem q falar nada sobre isso. Ele não é do setor. Ele já se esforça demais para tentar nos ajudar em casos assim, mesmo n sendo do setor. Ora, um editor vai falar de distribuição em algum evento? N faz o menor sentido. Só falta a galera querer q ele escolha tb a empresa do papel comprado para imprimir os gibis, o tipo de impressora, a data de lançamento, o preço da assinatura, etc

      Excluir
  7. Muito bom. Acertaram em tudo. Estava torcendo para morder a língua depois da bronca com o Mickey Mystery e felizmente foi o que aconteceu. Lançamento de material novo sem esquecer dos titios que cresceram lendo Disney. Terei todos na minha estante. Tio Maffia, Marcelo Alencar e Cia não decepcionaram e ponto para vcs tb do PG que são tão apaixonados quanto nós pelo assunto. Abraço !

    ResponderExcluir
  8. Em tempo, tenho a coleção completa de "O Melhor da Disney - As Obras Completas de Carl Barks" mas sem dúvida vou adquirir estes novos - a qualidade será provavelmente muito superior. Sabem se também virão com os excelentes artigos do Marcelo Alencar ?

    ResponderExcluir
  9. Então essas histórias do encadernado dos Escoteiros se repetirá na coleção do Braks ?

    ResponderExcluir
  10. Então não sei se comprarei o encadernado, visto que os Barks serão essenciais

    ResponderExcluir
  11. Não dá pra entender a Abril. Pra que um capa dura dos Escoteiros Mirins se todas as histórias de Barks serão reeditadas? Teremos, portanto, lançamentos iguais; é um tiro no pé.
    Poderiam lançar o primeiro volume do Gottfredson ao nivé dos escoteiros.

    ResponderExcluir
  12. FANTÁSTICO, concordo plenamente, com certeza devem publicar a fac-símile , VIVA!!!!

    ResponderExcluir
  13. O Manual do Escoteiro Mirim é um sonho de consumo para as crianças a partir de 50 anos...

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos.
• Incluam ofensas e palavrões;

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.