' '

12 de out de 2015

Tex exposto em originais e raridades: Milão 2014 (1)

Uma impressionante exposição de artes originais e exemplares históricos de TEX de todas as épocas ocupou por quatro meses um amplo andar do Museo del Fumetto, em Milão. 

Tudo acompanhado de textos explicativos e ladeado por publicações do ranger em outros países (Brasil incluído, claro), colecionáveis, cartazes, amostras de obras originais de seus criadores trabalhando com outros personagens e muito mais. 

A seguir, a primeira parte das postagens* semanais que dedicamos a tal mostra, precedida por um curtíssimo resumo do histórico dos títulos principais de Tex na Itália para facilitar o entendimento do leitor não tão familiarizado com o ranger.

*Veja no final o conteúdo de cada parte.


PREFÁCIO
BREVÍSSIMO (E SIMPLIFICADO) HISTÓRICO DA PUBLICAÇÃO DE TEX NA ITÁLIA

De 30/set/1948 a 5/jun/1967:
COLLANA DEL TEX: 973 edições semanais em formato 17 x 8 cm.

Encadernados de encalhes de COLLANA DEL TEX:
[1ª série]: de 1949 a mai/1950, 7 edições.
SERIE BIANCA: de 1950 a 1966, 132 edições.
SERIE ROSSA: de jan/1956 a mar/1972, 194 edições.


De jun/1952 a nov/1960:
TEX — ALBO D'ORO: 205 edições reimprimindo as HQs de COLLANA DEL TEX em ordem cronológica.

Encadernados de encalhes de TEX — ALBO D'ORO:
SERIE GIGANTE: de 1954 a ?, 29 edições.


Desde out/1958: 
TEX: inicialmente intitulado TEX GIGANTE SECONDA SERIE, até o #95 reimprimiu as HQs de COLLANA DEL TEX, passando a trazer histórias inéditas a partir daí. É a revista principal do ranger, tem o formato que a Bonelli adotou para suas demais revistas. Desde o início dos anos 1960 circula mensalmente e há cerca de duas décadas estabilizou-se com 116 páginas.

Reedições do conteúdo em ordem cronológica de TEX:
1ª reedição: TEX TRE STELLE (desde mar/1964)
2ª reedição: TUTTO TEX (desde dez/1985)
3ª reedição: TEX NUOVA RISTAMPA (desde fev/1996)


FASE 1: ÁLBUNS DE TIRAS

(Clique nas fotos para ampliá-las)

Em Milão se situa a Sergio Bonelli Editore (veja aqui um pouquinho de seu interior). É a cidade natal de Gian Luigi Bonelli (1908-2001), que criou junto com Aurelio Galleppini (1917-1994) o onipresente (na Itália) ranger Tex...


...Que mereceu uma impressionante exposição na cidade, entre outubro de 2014 e janeiro deste ano, no Museo del Fumetto 


Exemplar original do primeiríssimo gibi de Tex: COLLANA DEL TEX, em formato 17 x 8 cm, circulou de 30/set/1948 a 5/jun/1967 por 973 edições semanais. A edição inaugural da hoje tradicional e mensal TEX, lançada dez anos depois, abriria com a reapresentação dessa mesma HQ...


...Il Totem Misterioso (alguns originais exibidos acima), e também com...


La Mano Rossa (de 21/out a 18/nov/1948), que mereceu a histórica capa de TEX #1 (out/1958), como veremos na terceira e última parte desta série de postagens


Exemplares originais das dez primeiras edições de COLLANA DEL TEX (out a dez/1948)


No Brasil, as aventuras do ranger começaram a ser publicadas por O Globo no título JÚNIOR a partir da edição #28 (25/fev/1951), também iniciando com O Totem Misterioso.

JÚNIOR inicialmente tinha formato similar ao de COLLANA DEL TEX e durou 277 edições, até fev/1958, quando já saía em formato mais parecido com nosso formatinho e ostentava na capa o selo da Rio Gráfica e Editora (RGE, que em 1987 foi rebatizada de Editora Globo). 

Para desespero de colecionadores contumazes disneyanos, algumas edições de JÚNIOR trouxeram HQs Disney (como a série mais tarde popularizada em ALMANAQUE DISNEY como Maravilhas da Natureza e que chegou a estrelar na RGE o título independente ROBINSON, também nos anos 1950, por 10 edições)


Mais raridades originais sob a redoma


Os encalhes de COLLANA DEL TEX perdiam as capas originais e eram encadernados com capas cartão que mereciam ilustrações inéditas. Houve 333 volumes assim, divididos em três séries. A primeira saiu entre 1949 e 1950, com 7 volumes; a segunda, chamada de SERIE BIANCA, teve 132 edições entre 1950 e 1966; a derradeira, intitulada SERIE ROSSA, teve 194 volumes, lançados entre 1956 e 1972 


Aqui no canto esquerdo: um defeito gráfico manteve siamesas as edições #182 e 183 da SÉRIE ROSSA


Artes originais de 1968 por Galep para a SERIE ROSSA


As origens do formato de tiras na Itália (no jargão brasileiro, formato "talão de cheques")


Nessa mostra de Tex, destaque para o exemplar original de GLI ALBI TASCABILI DI TOPOLINO #18 (set/1948) com a ilustração de Carl Barks extraída da HQ The Duck in the Iron Pants (Guerra em Família, publicada mais recentemente no Brasil em DISNEY BIG #11, 2011)


Produções pré-bonellianas: exemplares originais de HQs desenhadas por Galep lançadas entre 1941 e 1943


Originais de HQ não-Tex de 1949 escritas por Bonelli e desenhadas por Guido Zamperoni (1912-2003)


Mais produções sem Tex também escritas por Bonelli

FASE 1: ÁLBUNS DE TIRAS
Leia aqui

CONTEÚDO:
• Histórico simplificado da publicação de TEX na Itália.
• Fotos de exemplares originais de COLLANA DEL TEX, primeiro título do personagem.
• Fotos de artes originais do título.
• Fotos de exemplares originais de outros títulos produzidos pelos criadores de Tex.
• Curiosidades ligeiras a respeito das publicações de tiras nos anos 1940, incluindo Carl Barks em GLI ALBI TASCABILI DI TOPOLINO, e sobre a estreia de Tex no Brasil, no mesmo título da RGE que também traria algumas HQs disneyanas.

FASE 2: ALBI D'ORO (E MISCELÂNEAS)
Leia aqui

CONTEÚDO:
• Fotos de artes e exemplares originais de ALBI D'ORO e seu encadernado, o SERIE GIGANTE.
• Fotos de artes originais de Galep e storyboard de Bonelli.
• Colecionáveis, publicações de outros países e o filme.

FASE 3: TEX MENSAL

Leia aqui

CONTEÚDO:

• Fotos de artes e exemplares originais e históricos de TEX.
• A arte usada no TEX #1 brasileiro.
• Capas não utilizadas.
• A ilustração do álbum de figurinhas lançado pela Vecchi.
• O adeus de Galep.

APÊNDICE: MATERIAL GRÁFICO
Leia aqui

CONTEÚDO:
• Cartão do evento reproduzindo o cartaz oficial.
• Catálogo produzido em tiragem limitada (36 páginas originalmente em formato Bonelli, com reproduções de artes da exposição e textos explicativos — em italiano, claro).
• Coleção de postais oficial e comemorativo da exposição.
• Foto do box de reproduções integrais das edições históricas #1 da Bonelli Comics (em capa dura e formato micro).
• Miscelâneas.


Por E. Rodrigues & Rivaldo Ribeiro
Fotos: E. Rodrigues & Rivaldo Ribeiro/Planeta Gibi


Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.