' '

6 de jul de 2015

Checklist Bonelli • Mythos Editora • Julho 2015

Celebrando as 50 edições de ZAGOR ESPECIAL, a Mythos está lançando uma edição gorducha, com mais de 320 páginas. O recheio é uma aventura passada na Ásia Central

O mês também tem a criminóloga JÚLIA KENDALL, cuja edição já está nas bancas com mais uma de suas instigantes capas. 

Os bonellianos também devem atentar à edição de MICKEY que sai hoje, prestando homenagem a Dylan Dog em sua HQ principal — escrita pelo mesmo Tito Faraci que assina a HQ de TEX deste mês. Tudo em casa. Leia mais sobre isso aqui.

Veja aqui outros lançamentos deste mês.


TEX #549
Publicação mensal, formato 13,5 x 17,6 cm, 112+4 páginas, R$ 8,30.


TEX COLEÇÃO #384
Publicação quinzenal, formato 13,5 x 17,6 cm, 112+4 páginas, R$ 8,30.
Nos Pântanos da Lousiana. Texto: Nizzi. Desenhos: Fusco. Nossos quatro heróis são chamados a Nova Orleans pelo xerife da cidade, o amigo Nat Mac Kennet, pois na Louisiana estão acontecendo fatos estranhos. Um milionário dono de terras, Pierre de La Rochelle, que havia tentado separar a Louisiana dos Estados Unidos, conseguiu fugir de um manicômio onde estava internado. Logo depois, na região às margens do pântano, os crocodilos começaram a atacar os trabalhadores das plantações, fazendo um grande número de vítimas...

TEX COLEÇÃO #385
Publicação quinzenal, formato 13,5 x 17,6 cm, 112+4 páginas, R$ 8,30.
Águas Mortais. Texto: Nizzi. Desenhos: Fusco. Martin Stingo, capataz de Julien de La Rochelle, milionário dono de terras na região pantanosa da Louisiana, está pondo em prática um plano diabólico para se apoderar dos bens do seu patrão. Os seus cúmplices, que desconhecem seus planos reais, são Pierre de La Rochelle (o irmão de Julien, um louco que quer separar a Louisiana dos Estados Unidos) e o negro Mambela (chefe de uma seita que cultua o grande crocodilo), além de Curtiz, o capitão do veleiro Nantucket. Chamados pelo amigo Nat Mac Kennet, xerife de Nova Orleans, Tex e seus pards caem em uma emboscada armada por Mambela e seus homens...

TEX EDIÇÃO DE OURO #79
Publicação bimestral, formato 13,5 x 17,6 cm, 328+4 páginas, R$ 23,40.
Os Cavaleiros de Wyoming. Texto: Nizzi. Desenhos: Fusco. Após comprar um rancho no vale do rio Muddy, a bela mas perversa Tessy Malone começa a se livrar dos rancheiros vizinhos empregando métodos violentos, inclusive recorrendo ao homicídio. De passagem pelo Wyoming, Tex e Carson decidem ajudar os fazendeiros do vale a se defender da inescrupulosa mulher e de seu capataz, Jubal Ford, que não demoram a fazer uma violenta tentativa para se livrar dos dois rangers.

ZAGOR ESPECIAL #50
Publicação eventual, formato 13,5 x 17,6 cm, 320+4 páginas, R$ 29,90.
Edição especial com 320 páginas para comemorar o número 50 desta série! Tropical Corp. Texto: G. Nolitta. Desenhos: F. Donatelli. Em vista de uma operação bélica na Ásia Central, o Ministério da Guerra criou uma milícia especial chamada de Tropical Corp. Para prevenir o risco dos soldados contraírem doenças tropicais como a febre amarela, o grupo é enviado a uma base montada em Darkwood para testar um tratamento que bloqueie os efeitos da doença. Sem conhecimento das autoridades, os militares espalham o vírus da febre amarela entre os índios para usá-los como cobaias e estudar com mais rapidez um antídoto, mas o índice de mortandade é alto, e Zagor também está entre os infectados.

J. KENDALL — AVENTURAS DE UMA CRIMINÓLOGA #117
Publicação bimestral, formato 13,5 x 17,6 cm, 256+4 páginas, R$ 20,50.
Pela Melhor Oferta. O detetive Ben Irving conta à jornalista Tina Davis um caso antigo de que participou junto com Júlia: os dois estavam no rastro uma estudante que desapareceu misteriosamente. As investigações da criminóloga de Garden City demonstram que uma conduta que parecia exemplar nada mais era que um falso castelo construído sobre um frágil terreno de mentiras, sexo e dinheiro.
Os Suicidas. O dr. James Tait, patologista da polícia de Garden City, convida Júlia para passar uns dias no seu povoado natal. Mas a tranquilidade dura pouco e a Investigadora da Alma logo se vê envolvida em uma inquietante investigação sobre uma macabra e dolorosa onda de suicídios. O que levou onze jovens, entre 17 e 22 anos, a tirar a própria vida?


Por E. Rodrigues







8 comentários:

  1. Boa noite !


    Nunca acompanhei nada relacionado com a arte "fumetti" e gostaria de acompanhar !!

    Porém não sei qual acompanhar,Tex ou Kendall ? Tex e Kendall ?

    Se sim,qual Tex ? Ouro ou a mensal(sem ser o coleção)

    Agradeço a ajuda posterio no quesito Disney(estou acompanhando os Temáticos,Jumbos,Megas e Bigs)

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Eu particularmente, acho Júlia Kendall o melhor quadrinho periódico em bancas, mas Tex também é bom, principalmente os Tex Gigante. Ambos tem roteiros de fazer inveja há muitos filmes televisivos ou cinematográficos e a arte é super detalhada. Os italianos realmente são bons no q fazem... Aconselho ler os dois... As histórias sempre vão do nível bom a excelente, nunca ruins. É capaz q acabe gostando de ambos!

    ResponderExcluir
  3. Perdi uma postagem enorme, mas em resumo é o seguinte:

    Julia é investigação criminal, além de peculiaridades da vida dela, como se fosse um seriado. Acho a melhor publicação atualmente no Brasil.

    Tex é faroeste, com tramas complexas, tiroteios, reviravoltas, brigas de bar, cavalgadas, índios e tudo que o gênero tem direito.

    Zagor é fantasia e aventura com muito humor.

    Quadrinhos italianos em geral apresentem sempre ótimos roteiros, belos desenhos e tramas longas, geralmente em preto e branco.
    Estará muito bem servido, e com certeza passará a acompanhar os fumetti.

    ResponderExcluir
  4. Só complementando o comentário do Daniel, Júlia é como um seriado, mas daqueles em que cada episódio é uma história diferente... não é como Game of Thrones ou The Walking Dead q a história continua nos próximos episódios... Mudando de assunto.. estranho, mas percebi q cada vez que posto um comentário do celular no PG, o comentário vai triplicado...

    ResponderExcluir
  5. Jefferson, coisas do Blogger. Quando há duplicidade, tratamos de excluir.

    Júlia é das melhores coisas já feitas em quadrinhos. Difícil não gostar.

    Quanto à Disney, as mensais são também muito boas.

    Abs.

    E. Rodrigues

    ResponderExcluir
  6. Ninguém fala do Zagor, fiquei triste... rsrs..
    Zagor é bacana também, fujindo bastante dos padrões do "faroeste". É diferente e por isso há quem adore (como eu) e quem não goste. Na Itália faz um enorme sucesso.
    Em resumo: suas aventuras se passam um pouco antes da fase do "Velho Oeste" americano, ali pela primeira metade da década de 1800 (entre 1840/1850). Habita um lugar fictício nos EUA chamado Floresta de Darkwood e é tido por muitos índios como um espírito. Mas muitas HQs se passam em locais que realmente existem e são baseadas em muita pesquisa histórica. A parte humorísitica fica por conta do Chico, seu parceiro mexicano, preguiçoso e eternamente esfomeado.
    Bom, é muita coisa pra entender o universo do personagem, mas se interessar sugiro comprar mais de uma edição (de preferência em sebos, pra não perder dinheiro se ñ gostar), pois as histórias variam muito. Há desde o faroeste puro e "tenso" com tiroteios e bandidos, HQs de ficção, de terror, de fantasia... E como todo personagem tem algumas excelentes, que vc lê num fôlego só, como há as mais fraquinhas. Por isso acho que é legal ler pelo menos umas 5 pra concluir se gosta ou não...
    O próprio personagem evoluiu ao longo de mais de 40 anos e por isso as aventuras antigas diferem muito das atuais. Mas uma boa dica é procurar HQs roteirizadas por Moreno Burattini. O cara é mestre e faz roteiros dignos dos melhores filmes de suspense...

    ResponderExcluir
  7. O Tex Mensal desse mes nao tem esse titulo, olhem na capa q lah esta o titulo certo, foi erro da mythos

    ResponderExcluir
  8. Matheus, tem toda razão.

    Abs.

    E. Rodrigues

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.