' '

2 de abr de 2015

ZÉ CARIOCA #2407 e 2408: prévias

Uma divertidíssima paródia do reality show MasterChef abre a edição de abril de ZÉ CARIOCA. Seguem-lhe as trapalhadas do Morcego Vermelho e de Donald, Peninha e Tio Patinhas — no traço de Tony Strobl. 

Em maio, destaque para a arte de Paulo Borges, incluindo uma de suas festejadas HQs com o Morcego Verde. Ficamos devendo aqui a prévia da HQ inédita de abertura.




ZÉ CARIOCA #2407
Editora Abril, 6/abr/2015
Publicação mensal, formato 13,4 x 19 cm, 48+4 páginas cor, lombada canoa, capa couché, R$ 3,90, distribuição nacional. Edição #1293.













ZÉ CARIOCA #2408
Editora Abril, 5/mai/2015
Publicação mensal, formato 13,4 x 19 cm, 48+4 páginas cor, lombada canoa, capa couché, R$ 3,90, distribuição nacional. Edição #1294.











ZÉ CARIOCA: Revista lançada pela Editora Abril em jan/1961. Surgiu como um mero subtítulo da revista O PATO DONALD, a partir de sua edição #479 — portanto, não existe um gibi do ZÉ CARIOCA com o #1 estampado na capa! E assim seguiu, alternando-se semanalmente com o PATO, por todas suas edições ímpares. No final da década de 1960, a menção ao gibi do amigo desapareceria da capa e de seu expediente, mas a numeração compartilhada seguiria até jun/1985, quando ZÉ CARIOCA #1752 chegou às bancas (e foi o primeiro número par da revista). A partir daí, o gibi manteve sua circulação independente. Ao completar 70 anos, em 2012, a Abril lançou dois volumes de DISNEY TEMÁTICO em sua homenagem que teve colaboração da equipe do Planeta Gibi e marcou a retomada da produção brasileira de HQs do papagaio, que havia sido interrompida há vários anos.


Por E. Rodrigues


Um comentário:

  1. Eles ainda obrigam a pegar ze carioca no pacote basico da assinatura ¬¬.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.