' '

4 de ago de 2014

Checklist Variados • Livrarias: Agosto 2014

Entre 22 e 31 de agosto acontecerá a 23ª Bienal do Livro de São Paulo, no Anhembi. É de se esperar uma avalanche de lançamentos de quadrinhos, a exemplo do que ocorreu nas edições anteriores desse evento. Portanto, este checklist receberá atualizações até o final do mês (com mais frequência do que de costume). 

Por ora, destaque para POPEYE, que ganha edição encadernada da Pixel à semelhança de FANTASMA, MANDRAKE, RECRUTA ZERO e LULUZINHA. O lançamento oficial se dará na Bienal. 

Já O ÚLTIMO FANTASMA é prometido pela Mythos. A saga teve recepção não muito entusiasmada, digamos assim, dos leitores do Espírito que Anda...  

Nas bancas:
• DreamWorks Classics
LULUZINHA #42
Pixel
Revista mensal, formato 13,5 x 19 cm, 48+4 páginas cor, R$ 3,10distribuição nacional.

BOLINHA #40
Pixel
Revista mensal, formato 13,5 x 19 cm, 48+4 páginas cor, R$ 3,10, distribuição nacional.

LULUZINHA VOL. 6: TURMA DA ZONA NORTE
Revista trimestral, formato 17 x 24 cm, 128+4 páginas, capa cartonada, lombada quadrada, miolo em couché, R$ 16,90.

• EC Publications / Warner Bros.
MAD #70
Panini
Revista mensal, formato 20,5 x 27,5 cm, 40+4 páginas cor, R$ 7,20, distribuição nacional.
Lançamento reprogramado.

• King Features Syndicate
SUPER POPEYE VOL. 1
Pixel
Revista eventual, formato 17 x 24 cm, 128+4 páginas, capa cartonada, lombada quadrada, miolo em couché, R$ 19,90.
Leia mais sobre esta edição aqui.

• Peyo
OS SMURFS — JOGOS E ATIVIDADES #13
Coquetel
Revista mensal de passatempos e quadrinhos, 64+4 páginas cor, formato 20,5 x 27,5 cm, R$ 7,90, distribuição nacional.

• Rebellion
JUIZ DREDD MEGAZINE #15
Mythos
Revista mensal, formato 20,5 x 27,5 cm, 64+4 páginas, miolo couché, R$ 10,90.
Dredd embarca numa perigosa missão de resgate atrás das linhas inimigas para resgatar prisioneiros da Guerra do Apocalipse, mas tudo pode não passar de um elaborado plano de vingança… Renegado: conheça alguns detalhes sobre o Massacre Quartzo, que dizimou a unidade de Rogue. Sláine e a conclusão de A Noiva de Crom! E ainda: Nikolai Dante! Choques Futuristas!

• Rovio Entertainment
ANGRY BIRDS QUADRINHOS #1: OPERAÇÃO OMELETE
Abril
Edição especial, formato 20 x 26,5 cm, 48+4 páginas cor, lombada canoa, capa cartão, miolo couché, preço não informado.
Nota: já houve outra edição #1 de quadrinhos de Angry Birds, pela mesma editora, em abril de 2013.
SEGURE-SE! Você voou junto com os caras! Você eriçou as penas de tanto rir com os explosivos encontros nos desenhos animados. Mas agora você vai conhecê-los de verdade! Sim, eles estão aqui, mais furiosos do que nunca: os Angry Birds! A OPERAÇÃO OMELETE vai começar e você está convocado. Afinal, quem nunca fugiu da briga com os porcos merece ler as melhores histórias em quadrinhos dos últimos tempos! Nas bancas e livrarias 29 de agosto! E fique de olho no céu, isto é, nas bancas e livrarias, pois o volume 2 já está a caminho: PORCOS NO PARAÍSO.

Nas livrarias:


• Caeto / Tolstoi
CLÁSSICOS EM HQ
A MORTE DE IVAN ILITCH
Peirópolis
Formato 20,5 x 27 cm, 80+4 páginas, capa cartão, 39,00.
Por Caeto, da obra de Liev Tolstoi (tradução de Boris Schnaiderman).
Obra do escritor russo Liev Tolstói, publicada em 1886, retrata a história de um juiz de instrução bem posicionado socialmente que fica doente de uma hora para outra. Ao se confrontar com a morte, Ivan Ilitch começa a perceber o vazio de uma vida baseada em aparências. Sua percepção se amplia à medida que observa a reação à doença da família e dos colegas de trabalho, para quem ele havia se tornado um estorvo a ser evitado. A narrativa, célebre pela profundidade que atinge em menos de cem páginas, é um acerto de contas de Ivan Ilitch consigo mesmo, quando se vê na mais absoluta solidão. Considerada por muitos literatos a mais perfeita novela da literatura universal, A morte de Ivan Ilitch ganha versão em HQ pelas mãos do quadrinista Caeto (premiado por Memória de elefante), com base na tradução de Boris Schnaiderman.

• King Features Syndicate / Dynamite
O ÚLTIMO FANTASMA — A JORNADA DO ESPÍRITO
Mythos
Formato 17 x 26 cm, 176+4 páginas, capa dura, 59,90.
O próximo Fantasma pode muito bem ser o último! Por mais de vinte gerações, os filhos de Kit Walker assumiram as armas e os anéis do Espírito que Anda para defender a indefesa Bengala e todo o mundo. Por razões a serem reveladas, o mais jovem Kit Walker — último filho de sua linhagem heroica — optou por afastar-se da missão autoimposta do Fantasma… Porém, à medida que forças externas e internas conspiram para controlar Bengala, Kit descobre que ele e todos os seus entes queridos agora são alvos! Ser o Fantasma é uma escolha ou um destino inescapável? Para o último Kit Walker, as respostas se revelarão como espectros saídos de túmulos recém-escavados à medida que ele embarca na longa “Jornada do Espírito” para descobrir onde verdadeiramente repousa seu destino! Neste volume que reúne as seis primeiras edições da recente série da Dynamite, concebida por Scott Beatty e pelo desenhista brasileiro Eduardo Ferigato, o leitor encontra ainda uma galeria completa com todas as capas produzidas por Alex Ross, Joe Prado e Fabiano Neves, esboços e designs de personagens por Alex Ross e Eduardo Ferigato.n Sook, Paul Renaud, Dale Keown e Jack Herbert, esboços e muito mais!

• Paula Pimenta
FAZENDO MEU FILME EM QUADRINHOS VOL. 1:ANTES DO FILME COMEÇAR
Nemo
Formato 17 x 24 cm, 80+4 páginas, R$ 29,90.
Mais Fazendo meu filme para quem andava morrendo de saudades da Fani, do Leo e de seus amigos! Agora numa versão em HQ, os personagens da série de livros de maior sucesso da Editora Gutenberg chegam à Editora Nemo para dividir novos momentos com vocês. Neste primeiro volume de Fazendo meu filme em quadrinhos vocês vão acompanhar o início da amizade da Fani e do Leo e os apuros que ela passa para conseguir que ele tenha um aniversário inesquecível.

• André Dahmer
VIDA E OBRA DE TERÊNCIO HORTO
Quadrinhos na Cia.
Formato 20,5 x 13,5 cm, 256+4 páginas, R$ 52,00.
Artista plástico e desenhista, André Dahmer tomou de assalto os quadrinhos brasileiros da última década. Com a tira Malvados, Dahmer foi um dos primeiros quadrinistas brasileiros a se apropriar das redes sociais e da internet para divulgar seu trabalho. De um dia para o outro, o Malvadão e o Malvadinho, como são conhecidos pelos fãs os personagens da série, ocuparam telas, tablets e celulares. De lá para os grandes jornais do país foi um pulo. A razão para isso está menos na internet e mais no próprio trabalho de Dahmer, que se apropriou da linguagem, das técnicas e da cultura da rede para subvertê-las com ironia fina, acidez e uma capacidade infinita de se valer de um discurso conhecido e observá-lo por ângulos incomuns e reveladores. Desde então, outras séries surgiram, como a famosa Quadrinhos dos Anos 10, em que ele narra a vida de Emir Saad, ditador do fictício reino do Ziniguistão, ou Apóstolos, a Série, uma versão muito particular da vida de Jesus. Neste Vida e obra de Terêncio Horto, é outra das obsessões de Dahmer que vai para o primeiro plano: a arte. Escritor eternamente frustrado, tão ambicioso quanto amargurado, Terêncio passa os dias em frente a uma máquina de escrever, seja redigindo suas memórias, seja dando vida a personagens cínicos, desiludidos e de um pessimismo assombroso. É a partir desse esqueleto enganosamente simples que Dahmer vai dar vazão a impressões sobre literatura, pintura, música e, por que não?, sobre a vida em geral.

• Charles M. Schulz
COLEÇÃO L&PM POCKET
PEANUTS — VOCÊ NÃO ENTENDE O SENTIDO DA VIDA
L&PM Editores
Formato 10,5 x 17,5 cm, 144+4 páginas p&b, R$ 14,90, distribuição em livrarias.


Por Rivaldo Ribeiro

PLANETA GIBI COMIC SHOP
Comprar seus gibis aqui é muito mais gostoso!

5 comentários:

  1. Até q enfim uma revista bacana para o Popeye, com hqs só do personagem!

    ResponderExcluir
  2. Sim, acredito que a Pixel tenha aberto os olhos para ver que o leitor desses clássicos é um público mais maduro e que pode dispor de um pouco mais de dinheiro para investir em produtos de qualidade. Já lançaram Fantasma, Mandrake, Recruta Zero, Luluzinha, Bolinha e agora Popeye em encadernados com papel de qualidade por um preço razoavel. Parabens a Pixel. Que continue assim. Abraços a todos.

    ResponderExcluir
  3. Desses clássicos encadernados da Pixel até hoje apenas Mandrake chegou às bancas da minha cidade e até nas lojas virtuais são difíceis de serem encontrados.

    ResponderExcluir
  4. Acho muito estranho ficarem rotulando leitores. Como se todos obedecessem ao mesmo comando de serem assim ou assado e, por isso, lerem isto ou aquilo.

    Se a editora prezasse por um trabalho melhor nas mensais do Popeye, por exemplo, garanto que teria vendido muito mais. Mas fazem um trabalho porco e depois querem vender aos montes.

    O bom senso mandou lembranças pra eles.

    ResponderExcluir
  5. Se tivessem feito um formatinho do Popeye sem aqueles mix de personagens nada a ver a ocupaemr cerca de 50 a 60% de sua revista em toda santa edição, certamente o título teria um público satisfatório para eles. Mas não. Entopem de coisas estranhas para alguém que curte ver POPEYE e depois não vendem e botam a culpam no mercado, no perfil do leitor de formatinho, nas estrelas do céu....
    Aí lançam um formato de luxo com tudo o que poderiam ter feito num formatinho. E é um sucesso! É um sucesso, não por ser formatão ou luxo, mas porque atendeu à expectativa de um leitor que quer ler POPEYE e não um monte de personagem nada a ver.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos.
• Incluam ofensas e palavrões;

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.