' '

19 de mar de 2014

URTIGÃO 50 ANOS, para ler e guardar

Um dos mais populares personagens Disney no Brasil, Urtigão completa 50 anos e ganha um especial de 308 páginas que deve agradar tanto os colecionadores como os leitores eventuais. 

Aqui estão compiladas sua HQ de origem (de Dick Kinney & Al Hubbard, publicada antes somente em 1966), suas duas histórias seguintes (ambas inéditas no Brasil), a primeira desventura do caipira na redação da Patada (de 1969, desenhada por Tony Strobl) e outras mais, bem exemplificando a fase americana do personagem. 

A fase brasileira já abre com duas histórias desenhadas por Carlos Herrero para os Estúdios (setor americano da Disney que produzia HQs para distribuição no mercado externo). Seguem-lhe a primeira HQ de Urtigão genuinamente brasileira (dos Estúdios Abril), a primeira Código B na redação da Patada e mais.

Temos ainda, dessa fase, a história que abriu o gibi de estreia do personagem (surgido em 1987 para concorrer com CHICO BENTO, que havia pouco se mudara para a Editora Globo), a estreia da Firmina (primeira republicação, aqui), produções que dão destaque ao Cão, que tem participação de Mickey, de Biquinho...

Além de episódios das séries nacionais Urtigão in Rio e Zé no Brejo

A fase italiana é representada pela primeira produção daquele país (1977), a retomada lá do personagem (em 2006), e uma aventura recente — estas duas, inéditas no Brasil.  

Alinhavando todas essas gemas, textos saborosos e primorosos de Marcelo Alencar. 

Uma edição à altura do carisma de Urtigão, enfim.

PENINHA 50 ANOS

Cabe aqui registrar que outra criação de Dick Kinney, o popularíssimo Peninha, também completa 50 anos em 2014. 

A Abril lançará um especial do personagem, nos moldes deste URTIGÃO 50 ANOS, no segundo semestre.



DISNEY TEMÁTICO #31
URTIGÃO 50 ANOS
Editora Abril, Walt Disney.
Edição especial, formato 13,4 x 19 cm, 304+4 páginas cor, lombada quadrada, capa cartonada especial, distribuição setorizada. Lançamento dia 25 (Sudeste, Sul e Planeta Gibi. Demais regiões, maio e junho).
Seleção de histórias: Paulo Maffia. Colaboração de Planeta Gibi.
Textos: Marcelo Alencar.
Editor: Paulo Maffia.
Ele foi criado em 1964 para ser coadjuvante das histórias de Donald e Peninha. Ermitão convicto, muito cioso de seu isolamento e privacidade, recebia a tiros os patos que insistiam em dar as caras lá no brejo. Ainda que sua certidão de nascimento seja americana, foi em terras brasileiras que ele mais fez admiradores, ganhando sotaque caipira típico dos rincões tupiniquins. Afinal, em nenhum outro país foram produzidas e publicadas tantas histórias deste adorável matuto que, neste especial temático, destila toda a sua incomparável e hilária rabugice, acumulada em 50 anos de brigas e trapalhadas. Nas 300 páginas deste DISNEY URTIGÃO, você vai compreender as origens e a trajetória do personagem, de seu surgimento aos dias de hoje, em três fases distintas: a americana, a brasileira e a italiana. A primeira aparição, a estreia nacional, as tramas italianas, a chegada da principal parceira, a história que abriu a revista nº 1... está tudo aqui, nesta edição tão fantástica que o próprio Urtigão acolheria e aprovaria, ainda que fosse com um grunhido, cara feia e, talvez, um tiro de espingarda.

A Fase Americana: A Criação

Veinho uma Pinoia, Sô!    pág. 6
Texto de Marcelo Alencar

Isso é Música?    pág. 8
Primeira aparição do Urtigão e seu inseparável Cão, de 1964. Publicada uma única vez no Brasil, em 1966!

A Magia da Montanha    pág. 21
Segunda aparição do Urtigão, publicada originalmente na Itália em 1965 e inédita no Brasil.  

O Motorista do Ano    pág. 32
Terceira  aparição do Urtigão, também publicada originalmente na Itália em 1965 e inédita no Brasil.

Droga de Feiticeiro    pág. 41
HQ de fevereiro de 1969, onde o nome Urtigão é mencionado pela primeira vez! Também é a primeira aventura do caipira desenhada por Tony Strobl! 

Um Noivo para Belarmina    pág. 50
Aventura de maio de 1969 que marca a única participação da feiosa Belarmina, sobrinha solteirona do Urtigão.

Repórter, esse Incompreendido    pág. 59
Estreia  do Urtigão na série A Patada, principal jornal de Patópolis, onde trabalham os repórteres Donald e Peninha!

Assinatura Infeliz!    pág. 69
Mais uma aventura do Urtigão na série A Patada.

A Fase Brasileira: A Transformação

A Transição Gringo-Brasuca    pág. 78
Texto de Marcelo Alencar

O Mistério da Montanha    pág. 80
A primeira HQ do Urtigão desenhada por um brasileiro, Carlos Edgard Herrero, em março de 1972!

Feras em Férias    pág. 95
Mais uma HQ do Urtigão desenhada por Carlos Edgard Herrero, de maio de 1972, especialmente para os Estúdios Disney!  

Flores para uma Bruxa    pág. 101
Primeira  aventura do Urtigão produzida no Brasil, publicada em fevereiro de 1973.

O Ataque dos Pés-Pretos    pág. 109
Mais uma HQ do barbudão com código B (totalmente produzida no Brasil), de setembro de 1977.

O Perfil do Caipira    pág. 118
HQ nacional da série A Patada com o Urtigão, publicada em março de 1984!

Cumigo Não, Vendedô    pág. 124
HQ que abre a primeira edição da revista nacional do Urtigão, de junho de 1987.

Uma Intrusa Especiar    pág. 134
Estreia da Firmina, um “interesse amoroso” do caipira. Publicada uma única vez no Brasil, em 1990!

Um Baú Misterioso    pág. 143
HQ com a dupla Urtigão e Firmina. Publicada uma única vez no Brasil, em 1991!

Concurso Cheira-Bolo    pág. 154
HQ de novembro de 1991 com a arte de Eli Leon, o artista brasileiro que mais desenhou o Urtigão!

Macaco Põe a Mão em Cumbuca?    pág. 161
Urtigão se encontra com o Biquinho, sobrinho do Peninha. Publicada uma única vez no Brasil, em 1991!

Um Cão Chamado Cão    pág. 168
Uma divertida HQ estrelando o Cão. Publicada uma única vez no Brasil, em 1991!

Cidade Grande... BAH!    pág. 178
HQ que mostra o choque do caipira diante da vida nas grandes metrópoles. Participação especial do Mickey!

Bom Dia, Sol!    pág. 184
O barbudão vai conhecer a cidade maravilhosa na formosa série “Urtigão in Rio”. Publicada uma única vez no Brasil, em 1992!

Um Talento Muito Especial    pág. 192
Mais uma divertida historia do Urtigão passando férias no Rio de Janeiro, na casa do Zé Carioca. Publicada uma única vez no Brasil, em 1992!

Hoje É Dia de Maracanã    pág. 203
Zé Carioca leva Urtigão para conhecer o estádio do Maracanã, nesta que é considerada uma das melhores HQ nacionais do caipira!

Quinze Minutos e Meio de Febre    pág. 212
Urtigão vira celebridade nas praias do Rio de Janeiro em mais uma HQ da série “Urtigão in Rio”.

Contatos Imediatos    pág. 221
Urtigão é convocado para uma viagem para a Lua nesta HQ brasileira de 1993, publicada também na Itália!

Um Tigre, Dois Tigres, Três...    pág. 227
Nesta história de 1993 três tigres fugitivos vão parar no sítio do Urtigão.

Dupla de Dois    pág. 234
HQ da série de 1993 “Zé no Brejo” onde o Zé Carioca vai passar férias no sítio do Urtigão!

A Água Dorme?    pág. 246
O Caipira fez muito sucesso também na Colômbia! As HQs brasileiras eram publicadas simultaneamente lá, como esta, de 1994!

A Fase Italiana: A Era Moderna

O Capiau Carcamano    pág. 254
Texto de Marcelo Alencar
  
Caça à Cerca    pág. 256
Primeira aventura do Urtigão produzida na Itália, em 1977. Publicada uma única vez no Brasil, em 1988!

O Eclipse... de Sal    pág. 260
Primeira HQ do Urtigão produzida na  Itália depois de um hiato 12 anos, em 2006. Inédita no Brasil.

Que Porcaria de Concurso    pág. 283
Aventura do Urtigão produzida e publicada na Itália em 2011. Inédita no Brasil!



De pai para filho: A ilustração que estampa a capa de Urtigão 50 anos é tão especial quanto o conteúdo da revista. Quem assina o desenho é Napoleão Figueiredo, colaborador de longa data da Editora Abril e ex-funcionário da casa, mais conhecido pelas capas que pintou para Edição Extra, Tio Patinhas, A Espada Selvagem de Conan, Aventura e Ficção, Os Trabalhões, entre outros. E quem finaliza a imagem é seu filho, Fábio Figueiredo, editor de arte dos gibis Disney brasileiros. Na foto, a dupla exibe sua criação conjunta. [Foto: Editora Abril]

DISNEY TEMÁTICO são volumes independentes lançados pela Editora Abril com regularidade desde abr/2012, com A HISTÓRIA DE PATÓPOLIS, e, antes disso, desde set/2009, com DUCKTALES: A ODISSEIA DO OUROA lista completa:
1: DUCKTALES — A ODISSEIA DO OURO — set/2009 (leia mais aqui)
2: AS GRANDES AVENTURAS DO MICKEY — dez/2009 (leia mais aqui)
3: SUPERPATO 40 ANOS — dez/2009 (leia mais aqui)
4: ESCOTEIROS MIRINS SEMPRE ALERTA — out/2011 (leia mais aqui)
5: A HISTÓRIA DE PATÓPOLIS — abr/2012 (leia mais aqui)
6: FUTEBOL 2012 — mai/2012 (leia mais aqui)
7: DISNEY OLÍMPICO — jun/2012 (leia mais aqui)
8: VELHO OESTE — jul/2012 (leia mais aqui)
9: HORROR — ago/2012 (leia mais aqui)
10: AGENTE SECRETO — set/2012 (leia mais aqui)
11: ZÉ CARIOCA 70 ANOS VOLUME 1 — out/2012
12: ZÉ CARIOCA 70 ANOS VOLUME 2 — nov/2012 (leia sobre estas edições aqui e aqui)
13: AS NOVAS AVENTURAS DO SUPERPATO: A ORIGEM — jan/2013 (leia mais aqui)
14: EPIC MICKEY 2 — jan/2013
15: O PAÍS DOS METRALHAS — fev/2013 (leia mais aqui)
16: NO FUNDO DO MAR — 25/mar/2013 (leia mais aqui)
17: SUPER-HERÓIS — 10/abr/2013 (
leia mais aqui)
18: VIAGENS FANTÁSTICAS — 25/abr/2013 (leia mais aqui)
19: VELOZES E DESASTROSOS — 10/mai/2013 (leia mais aqui)
20: VIKINGS — 24/mai/2013 (leia mais aqui)
21: LENDAS DA ANTIGUIDADE — 10/jun/2013 (leia mais aqui)
22: PIRATAS — 25/jun/2013 (leia mais aqui)
23: NA TERRA DOS FARAÓS — 25/jul/2013 (leia mais aqui)
24: PATETA REPÓRTER — 23/ago/2013 (leia mais aqui e aqui)
25: SUPERPATO: O LEGADO — 25/set/2013 (leia mais aqui e aqui)
26: MONSTROS — 25/out/2013 (leia mais aqui)
27: TIO PATINHAS 50 ANOS DA REVISTA VOLUME 1 — 25/nov/2013
28: TIO PATINHAS 50 ANOS DA REVISTA VOLUME 2 — 23/dez/2013
29: FEBRE DO OURO — 24/jan/2014 (leia mais aqui)
30: ALIENS — fev/2014 (leia mais aqui)
31: URTIGÃO 50 ANOS — mar/2014 (leia mais aqui e aqui)
32: CINEMA — abr/2014 (leia mais aqui)
33: OS COZINHEIROS — mai/2014 (leia mais aqui)
34: OUTROS MUNDOS — jun/2014 (leia mais aqui)
35: PENINHA 50 ANOS — jul/2014
Nota: a Editora Abril não classifica estes títulos como partes de uma coleção, muito menos numerada. Tal organização é mera iniciativa do Planeta Gibi para facilitar a identificação dos volumes.


Por E. Rodrigues

PLANETA GIBI COMIC SHOP
Comprar seus gibis aqui é muito mais gostoso!

10 comentários:

  1. Edição simplesmente sensacional, como foram as do Zé Carioca e como deve ser a do Peninha, agrupada por fases e mostrando todas as facetas do personagem.

    ResponderExcluir
  2. O enredo do Urtigão está muito bom, espero que do Peninha também esteja deste nível para melhor.

    ResponderExcluir
  3. Capricharam tanto no especial que eu "num tô nem creditano"! O personagem homenageado merece todo esse capricho, é claro, mas mesmo assim eu "num tô mermo creditano".

    ResponderExcluir
  4. Única bola fora da edição, foi o deslize do ilustrador, que fez esse trabuco sem gatilho.

    Bom, mas vai ver que o Urtigão dispara com a força do pensamento.

    Mas fora esse mico do capista, edição de 50 anos mais do que merecida.

    ResponderExcluir
  5. Liza, o gatilho está escondido pelos três dedos do Urtigão. Em relação aos dedos já seria outro assunto.
    O porquê da Disney em economizar nos dedo do velho ermitão. Rsrsrs....

    ResponderExcluir
  6. Pena não terem lançado um especial dos 50 anos de Madame Min!

    ResponderExcluir
  7. so pra corrigir um erro no texto...onde lê-se enfim PENINHA 50 anos, creio que o certo seria urtigao....

    ps.: ediçao maravilhosa como todos que estao a sair nesta nova fase da disney brasil...parabens aos responsaveis

    ResponderExcluir
  8. Gente, aqui no Sul, em Porto Alegre,ainda não chegou nas bancas. O que vocês tem de diferente (tirando o sotaque, claro)? Barbaridade!

    ResponderExcluir
  9. Hello!! Já faz quase um mês e necas. "Tô de mau coceis"...

    ResponderExcluir
  10. Oi, Ana. A distribuição é feita por empresa da Editora Abril, a Dinap.

    O Planeta Gibi não tem vínculo comercial direto com a editora.

    Mas tem essa edição para venda em sua loja online. Veja os links no post e também no alto da página.

    Abs.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos.
• Incluam ofensas e palavrões;

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.