' '

15 de set de 2013

Da redação...

Quadrinhos Disney no especial AVIÕES  •••  Veja a capa de RECRUTA ZERO #10  •••  Panini lança especiais Marvel e DC nesta semana — que não constavam do checklist do mês, incluindo BATMAN: ARQUIVO DE CASOS INEXPLICÁVEIS e KICK-ASS 2  •••  Prévia de Moby Dick, de TIO PATINHAS de outubro  •••  PICA-PAU EDIÇÃO EXTRA #10  




AVIÕES — EDIÇÃO ESPECIAL
Editora Abril, Walt Disney, set/2013
Edição especial, formato 20 x 26,5 cm, 32+4 páginas cor, R$ 8,00, distribuição nacional. Revista de quadrinhos e atividades. Acompanha brindes (álbum e envelope de figurinhas).

Acaba de estrear nos cinemas brasileiros Aviões (Planes), longa de animação CGI produzido pela DisneyToon com direção de Klay Hall (Tinker Bell e o Tesouro Perdido). 

Trata-se, claro, de um spin off de Carros, da Disney•Pixar. Com pouco mais de um mês nas telas de EUA e Canadá, sua bilheteria já ultrapassou com folga os custos de produção. 

Mesmo que assim não fosse, o lucro com a linha de produtos derivada dos personagens já asseguraria uma continuação — devidamente programada para daqui a um ano. 

E a Abril aproveita para lançar esta edição especial, da Disney Global, que inclui algumas páginas de quadrinhos, e um álbum de figurinhas — distribuído gratuitamente com a revista, mais um envelope de cromos, que também podem ser adquiridos à parte, por R$ 6,00 e R$ 0,90, respectivamente. 


BATMAN — ARQUIVO DE CASOS INEXPLICÁVEIS
Panini, DC, set/2013
Edição especial, formato americano, 144+4 páginas, capa dura, miolo couché, distribuição em bancas e livrarias, R$ 21,90.
Lançamento não consta do checklist oficial.

Se reproduzir a edição americana (e não haveria motivo para ser diferente), este encadernado trará as HQs originalmente publicadas nos EUA em BATMAN #65, 86, 112, 113, 134, 156 e 162; DETECTIVE COMICS #215, 235, 247 e 267, e em WORLD'S FINEST #89. Roteiros de Athena Finger, desenhos de Sheldon Moldoff, Lew Sayre Schwartz e Marion S. Sprang, arte-final de Marion Kaye, Sheldon Moldoff e James F. Paris. Introdução de Grant Morrison.

Diz a Panini: "Decidi tratar todas as histórias já publicadas do Batman como se fossem os eventos de uma só vida. Uma vida extraordinariamente vivida por um só homem... E também a história de um vilão definitivo, capaz de explorar toda essa história e transformá-la em uma arma para eliminar o Homem-Morcego." - Grant Morrison
As obras que serviram como inspiração para a consagrada história: BATMAN: DESCANSE EM PAZ. O roteirista vencedor do Prêmio Eisner Grant Morrison apresenta clássicos contos de uma das eras mais exuberantes do Cruzado Encapuzado e incorpora elementos dessas bizarras e excêntricas aventuras no último épico do defensor de Gotham. Aprofunde-se no Arquivo de Casos Inexplicáveis - o diário secreto do Batman, que narra suas investigações mais estranhas. Desvende seus segredos e descubra o impacto que tais contos causaram no Cavaleiro das Trevas de hoje - e em seu momento mais sombrio! Bill Finger, Sheldon Maldoff, Dick Sprang, Charles Paris e muitos outros clássicos batcriadores juntam-se à conspiração que visa encerrar o conto do Homem-Morcego... para sempre!








TIO PATINHAS #580
Editora Abril, Walt Disney, out/2013
Revista mensal, formato 13,4 x 19 cm, 80+4 páginas cor, R$ 4,95, distribuição nacional.

Leia mais sobre esta edição aqui, e também sobre diversas outras atrações dos gibis Disney de outubro e novembro.




RECRUTA ZERO #10
Pixel, King Features Syndicate, set/2013
Revista bimestral, 64+4 páginas cor, formato 13,5 x 19 cm, R$ 4,50, distribuição nacional.



PICA-PAU E SEUS AMIGOS EDIÇÃO EXTRA #10
Deomar, Universal, set/2013
Revista eventual, 64+4 páginas cor, formato 13,5 x 21 cm, R$ 5,99, distribuição nacional.


JUSTICEIRO NOIR
Panini, Marvel, set/2013
Edição especial, formato americano, 104+4 páginas, capa dura, papel couché, R$ 22,90, distribuição em bancas e livrarias.
Lançamento não consta do checklist oficial.
Nova York, 1935. Frank Castelione, um veterano da Primeira Guerra Mundial, defende, junto com o filho, Frankie, sua pequena loja contra o crime organizado liderado pelo gângster Dutch Schultz. No entanto, que esperança eles podem ter diante de assassinos como Barracuda e Retalho? Se pelo menos um certo justiceiro, personagem das novelas de rádio existisse, as coisas poderiam ser diferentes… Com roteiro de Frank Tieri e arte de Paul Azaceta e Antonio Fuso, a história desta edição, estrelada pelo Justiceiro, faz parte da linha editorial Marvel Noir, que aborda seus personagens de uma forma mais realista e madura.




KICK-ASS 2
Panini, Marvel, set/2013
Edição especial, formato americano, 208+4 páginas, capa dura, papel couché, R$ 56,00, distribuição em livrarias.
Lançamento não consta do checklist oficial.
Com treinamento mínimo em combate e armado com um par de bastões, ele colocou uma máscara e saiu para se tornar um super-herói: Kick-Ass. E conseguiu, embora de um jeito violento. Kick-Ass e a precoce Hit-Girl enfrentaram a máfia - e ganharam. A ideia se espalhou e, de repente, virou moda usar uniforme. Todo mundo quer ser um super-herói. Qual será o próximo passo de Kick-Ass? Obviamente, reunir uma superequipe. Mas seu antigo parceiro, Red Mist, acha que heróis são um saco, e quer se transformar no mais conhecido supervilão do mundo. Conseguirá nosso herói deter seu velho aliado e a gangue que ele armou? Ou, então, sobreviver para virar herói mesmo quando a luta pega pra valer, tornando-se um quebra-pau monumental na Times Square? Mark Millar, escritor de Nêmesis e Os Supremos, ao lado de John Romita Jr., desenhista de Os Vingadores, trazem a mais eletrizante história de quadrinhos de todos os tempos.




COLEÇÃO MARVEL DELUXE
HOMEM DE FERRO — EXTREMIS
Panini, Marvel, set/2013
Edição especial, formato americano, 248+4 páginas, capa dura, papel couché, R$ 60,00, distribuição em livrarias.
Lançamento não consta do checklist oficial.
O renomado escritor Warren Ellis junta forças com o aclamado ilustrador Adi Granov para redefinir o mundo do vingador blindado do século 21 - um cenário de aterradoras novas tecnologias que ameaçam sobrepujar a frágil humanidade! O que é Extremis, quem o liberou e o que seu surgimento representa ao mundo?



Por E. Rodrigues

JÁ NO AR:
PLANETA GIBI COMIC SHOP com novo visual e novos recursos.
Comprar seus gibis ficou muito mais gostoso!
Clique aqui e confira.

2 comentários:

  1. Uma recomendação pra galera:

    se vocês querem realmente ler boas histórias do Justiceiro (aquelas realmente apelativas e polêmicas) procurem por qualquer edição escrita pelo Garth Ennis com arte do Steve Dillon ou até outras que o Ennis escreveu com outros desenhistas.

    Esse é o cara que manteve o Justiceiro ativo desde que o personagem se perdeu pós suas boas e velhas histórias publicadas nos Super-Almanaques Marvel da Abril!

    Eu era muito fã do personagem, curtia muito as histórias com aqueles banhos de sangue, mas depois o personagem se perdeu por completo tornando-se chato com roteiristas que sabe-se lá pq são supervalorizados (caso do Greg Rucka)

    A MERDA lançou 1 ENCADERNADO do personagem com essa fase deixando-o de escanteio e retornando com a fase Rucka. Ou seja, creio que não necessário eu me estender referente as decisões que a MERDA toma como forma de tapar o sal com a peneira!

    Passo longe desse NOIR.

    ResponderExcluir
  2. Pena só essa edição primorosa do Tio Patinhas Moby Dick vir assim, pois como toda Graphic, pereceria um tratamento adequado, uma edição bonita, um papel de primeira afim de realçar os traços que estão fantasticos, ai Paulo Maffia pensa em no futuro relançar então todas essas maravilhosas Graphic em edições melhoradas para nós colecionadores.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.