' '

17 de jul de 2013

Da redação...

DEADPOOL de volta, agora encadernado  •••  capa de LANTERNA VERDE #14, de agosto  •••  ISTO É TÓQUIO, CHARLIE BROWN! será o 2º álbum (inédito) de Snoopy pela Nemo  •••  Devir lança 1º volume da trilogia SCI-FI PUNK PROJECTS  •••  ESQUADRÃO SUICIDA # zero sai em agosto pela Panini  •••  TURMA DA MÔNICA JOVEM 5 anos: capa e press release 


DEADPOOL #1
Panini, Marvel
Edição especial, formato americano, 144+4 páginas.
Lançamento "em breve".

DEADPOOL durou 16 edições mensais pela Panini. A primeira, com 3 capas variantes, em set/11; a última, no final de 2012. A Panini agora aposta em formato encadernado, que deve sair em agosto.



LANTERNA VERDE #14
Panini, DC

Revista mensal, formato americano, 64+4 páginas, papel Pisa-brite, capa couché, lombada canoa, R$ 6,50, distribuição nacional.
Lançamento em agosto.

Para compensar o atraso da divulgação da capa da edição deste mês em nosso checklist, já adiantamos aqui a do mês que vem!




SNOOPY — ISTO É TÓQUIO, CHARLIE BROWN
Nemo, Schulz

O editor Wellington Srbek anunciou hoje que está finalizando a tradução do 2º álbum da turma do Snoopy, a sair logo mais pela Nemo. Lançada nos EUA no final do ano passado, a obra foi originalmente produzida para a BOOM! por Vicki Scott (e arte-finalizada por Paige Braddock). Trata-se, portanto, de material inédito.

Prévia:









SCI-FI PUNK PROJECTS VOL. 1
Devir
Formato 16 x 23 cm, 88 páginas monocromáticas + 64 páginas coloridas, capa cartonada.
História: Martielo Toledo e João Camilo Torres. Arte: Sandro Penha, Fábio Cerqueira e Cristiano Bolson.


Diz a Devir: A trama de Sci-Fi Punk Projects tem início na década de 1970, quando a NASA descobre estranhas formações na superfície de Marte, quando a Viking 1, a primeira sonda enviada pelo homem, fotografou uma espécie de esfinge reproduzindo um rosto humano na superfície do planeta vermelho. Na HQ, as descobertas revelam um grande perigo para a vida da Terra. A partir daí, a trama traz à tona a cultura xamanista dos indígenas da região amazônica, no norte do Brasil. Sua estética é inspirada nas logomarcas de bandas punk da década de 1970, como Sex Pistols, The Clash, Ramones e Misfits. Os protagonistas da série são El Rostro de Cydonia, Phobos, Deimos, Scorpions King e Cowboy Punk, heróis mascarados que lutam contra a Transmutação Caveira, que ameaça extinguir a raça humana. O roteiro original é da autoria do renomado designer Martielo Toledo, que contou com a colaboração de João Camilo Torres e dos ilustradores Sandro Penha, Fábio Cerqueira e Cristiano Bolson finalizar esta graphic novel. Os heróis e vilões foram concebidos pelo autor em 2007 para estampar sua linha de camisetas quando ainda morava em Londres. Dessa brincadeira, ele resolveu criar esta versão em quadrinhos. Agora, o projeto ganhou, inclusive, um curta-metragem, com trilha sonora composta pelo DJ Anderson Noise e animação desenvolvida pela produtora Tantoexpresso. Martielo Toledo, que nasceu em 1968 em Itapecerica, em Minas Gerais, lançou em 1994 sua primeira coleção, “Salve-Rainha”, que estampou a capa da revista Elle brasileira. Ele também participou do Phytoervas Fashion, em 1995, um dos primeiros eventos de moda no Brasil. Entre 1997 e 1998, fez parte do line-up da Casa de Criadores e, em 2001, estreou em sua marca homônima em Londres. SCI-FI PUNK PROJECTS é o primeiro volume de uma trilogia.

Prévia:








ESQUADRÃO SUICIDA #ZERO
Panini, DC
Edição especial, formato americano, 160+4 páginas, lombada quadrada, miolo Pisa, R$ 21,90.
Lançamento em agosto.

Diz a Panini: É hora da equipe menos heroica da DC Comics ganhar sua aguardada edição zero! Chega às bancas e comic shops em agosto o especial Esquadrão Suicida Zero, que traz a origem do controverso grupo e de sua não menos controversa “mentora”, a implacável Amanda Waller. Além da edição zero, lançada lá fora em setembro do ano passado, o encadernado traz também as consequências nada agradáveis da deserção da Arlequina e uma história que joga o Esquadrão contra um perigoso integrante de outra equipe casca-grossa do passado do UDC: o misterioso Team 7! Ah, e também a participação especial do Ressurreição! Para quem não conhece, o Esquadrão Suicida é formado por vilões do Universo DC que se voluntariam para o projeto ultrassecreto do governo estadunidense chamado Força-Tarefa X, em troca da diminuição das suas penas. Precisa dizer que as missões são quase sempre… suicidas? [Por Bernardo Santana]



TURMA DA MÔNICA JOVEM #60
Panini, MSP
Revista mensal, formato 16 x 21,3 cm, 128+4 páginas p&b, lombada quadrada, capa cartonada, R$ 7,50, distribuição nacional.
Lançamento em 30/jul/13.

Diz a Panini: A edição nº 60 da revista Turma da Mônica Jovem, que completa cinco anos de absoluto sucesso, chega às bancas este mês com uma história sobre as reviravoltas no relacionamento entre os adolescentes Cascão e Maria Cascuda. Com 132 páginas de quadrinhos em p&b no estilo mangá e capas coloridas, a publicação da PANINI tem preço sugerido de R$ 7,50 e lançamento a partir do dia 30 de julho. Na história completa “Os opostos se atraem”, tudo começa com mais uma das loucuras do professor Licurgo no colégio que toda a galera do Limoeiro freqüenta. Em meio às tarefas escolares, surgem situações que irão aproximar uns e afastar outros. Cascão e Maria Cascuda acabam enfrentando uma crise no namoro, atravessando confusões que irão envolver Mônica, Magali, Cebola, Carmem, Denise e todo o resto da turma. Será o fim do relacionamento deles?


Por E. Rodrigues

3 comentários:

  1. Um amigo meu entrou em contato com a Panini e a mesma falou que vai ser trimestral, variando com as Hqs do Demolidor e Justiceiro. o/

    ResponderExcluir
  2. Esse encadernado do deadpool são histórias inéditas ou encadernação das passadas?

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.