' '

26 de jun de 2013

Nota de cancelamento(s)

Divergências na renovação da licença, problemas financeiros da editora, mudança de linha editorial... vários podem ser os motivos que determinam o cancelamento de um título. Mas o pior deles, provavelmente (porque desanima outra editora de continuá-lo), é o de vendas insuficientes. Lamentavelmente, é o que informou ao Planeta Gibi a Pixel/Ediouro, sobre GASPARZINHO, RIQUINHO e BRASINHA, cujas últimas edições circularam neste mês de junho (reveja as capas, abaixo). A editora continua publicando (por longo tempo, esperamos), LULUZINHA, BOLINHA, POPEYE e RECRUTA ZERO, além de LULUZINHA TEEN, cujo conteúdo produz.





• Harvey / DreamWorks Classics
GASPARZINHO #11
Pixel
Revista mensalformato 13,5 x 19 cm, 48+4 páginas cor, R$ 3,10, distribuição nacional.

RIQUINHO #11
Pixel
Revista mensalformato 13,5 x 19 cm, 48+4 páginas cor, R$ 3,10, distribuição nacional.

BRASINHA #6
Pixel
Revista mensal, formato 13,5 x 19 cm, 48+4 páginas cor, R$ 3,10, distribuição nacional.


Por E. Rodrigues



EM JULHO...
PLANETA GIBI COMIC SHOP COM NOVO VISUAL E NOVOS RECURSOS
COMPRAR SEUS GIBIS VAI FICAR MUITO MAIS GOSTOSO!






E EM AGOSTO...

Planeta Gibi no Mercado de Pulgas do Guia dos Quadrinhos (São Paulo, Vila Mariana). Edson Diogo divulgou a palestra que haverá com feras dos quadrinhos Disney. Leia aqui.

57 comentários:

  1. É uma pena que estes títulos sejam cancelados. Sinto mais pelo Brasinha que é um personagem diferenciado.

    Eu curti muito cada edição destas.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Realmente, uma pena!

    Mas quais os motivos para as baixas vendas? Será que esses clássicos personagens não conseguem mais cativar o público a ponto de ter uma venda mensal sólida? Será a forte concorrência? (Disney mais forte que nunca, e MSP dominando o as vendas como sempre) ou as histórias eram fracas? Pelo menos o Brasinha eu sei que era muito bom, comprei as últimas edições e não me arrependi, já Gasparzinho e Riquinho li muito pouco deles.

    Triste esse cancelamento... Só espero que esse não seja um sinal de que Popeye, Recruta Zero etc estejam indo por esse caminho.

    ResponderExcluir
  4. Vou lhes passar a minha percepção desses fechamentos, e de outros que se seguirão: a crise. Que não é apenas financeira, com a inflação voltando e o consumo caindo em diversos setores (o mais recente é das passagens aéreas).Mas é a crise do próprio ponto de venda, as bancas de revistas. Elas estão sofrendo pesadamente para sobreviver desde a implantação pesada das assinaturas, há mais de 20 anos, e a venda em supermercados, há mais de 15 anos. De 2000 para cá, mais de 20% das cerca de 16 mil bancas existentes nas principais capitais fecharam. Para se manter abertas, elas mudaram de perfil: 68% vende balas, chicletes, confeitos, e 52% bebidas refrigeradas, sorvetes e chocolate. EM suma, a necessidade de sobrevivência obrigou as bancas a diversificarem os produtos. Isso tem dois efeitos perversos: você mesmo tem que procurar sua revista, sem ter como pedir ajuda ao jornaleiro (que estará ocupado vendendo bombons) e ele vai expor apenas aquilo que vender mais e/ou lhe der melhor rentabilidade. A tendência daquela revista que tem pouco apelo em vendas é ter seu reparte escondido debaixo do balcão e ficar ali até ser recolhida, com venda zero. E, no fundo, não dá pra criticar muito o jornaleiro, pq ele tb tem contas a pagar... Não vejo, então, saída para essas revistas de apelo restrito/baixa tiragem nesse canal tradicional.

    ResponderExcluir
  5. Apesar de não colecioná-las fiquei muito contente quando estas revistas foram lançadas por termos mais opções de leitura e é lamentável que sejam canceladas.
    No momento coleciono Popeye, mas confesso que a maciça misturada de estórias cansam a leitura.
    Infelizmente na época do relançamento de Bolinha não estava atualizado com as bancas e perdi os primeiros numeros.Esse seria um titulo que tambem colecionaria.
    Acho que a Pixel não fez uma boa propaganda, acredito que um album de figurinhas iria ajudar. Ainda dá tempo.

    ResponderExcluir
  6. Vou dar minha opinião como reles consumidor, apenas....

    Pra mim, esses quadrinhos já foram tarde! A exceção era Brasinha, pois quem segue meu blogue, sabe que eu estava me deliciando com suas revistas. Mas Gasparzinho e Riquinho, falando francamente, suas histórias são muito bobinhas e estão em um padrão que hoje em dia já é considerado ultrapassado.

    Talvez, como leigo que sou, suponho esses cortes aconteceram justamente para que Luluzinha e Bolinha pudessem continuar, pois acredito que eles é que devam vender bastante para a Pixel, já que, desde o início, a aprovação de sua volta às bancas era de um percentual gigantesco. Acredito que a Luluzinha "teen" infelizmente continue apenas porque acaba impulsionando a linha clássica. Como ela já chegou no número 50, talvez eles queiram dar uma nova chance para saber se ainda há esperanças para com ela. Porém, acredito que seja uma última chance. A revista já mudou de formato algumas vezes, depois tiraram páginas e, por fim, ainda tiraram a lombada quadrada e alguma páginas coloridas que davam um toque toque ímpar a ela. O que mais resta? A esperança de que as vendas melhorem.

    Mas como fazer melhorar vendas de um trabalho nacional mensal em um país onde as pessoas são influenciadas a gostar de qualquer merda nacional que a concorrente apresente? Estou cada vez mais abismado com isso.

    ResponderExcluir
  7. Sem falar que eu achei bizarro comprar Luluzinha e ver nela uma página desses personagens de Gasparzinho. Espero que agora isso não ocorra mais. Prefiro que eles coloquem uma página de palavras cruzadas ou caça-palavras no lugar.
    Já pensou, comprar uma revista do Pato Donald e, de repente encontrarmos uma página com Batman da Cartoon? Estranho demais! Nada a ver com o universo da revista.

    ResponderExcluir
  8. Comprei cada numero dos tres titulos lançados. Infelizmente o baixo preço e consequente baixa qualidade de papel ajudam a ter péssimas vendas. Títulos clássicos visam publico maduro, portanto deveriam ter qualidade superior e preço condizente. Erraram na aposta. Tentaram mirar o publico infantil.

    ResponderExcluir
  9. Público infantil que segue com Disney e Turma da Mônica. Provavelmente essas revistas só eram acompanhadas por adultos que as liam quando crianças.

    No mais, lamento. Quem sabe, mais pra frente, não lancem um almanaque (anual, que seja) com todos eles juntos?

    ResponderExcluir
  10. Não creio que façam contrato para apenas lançarem uma edição anual. Nos EUA tambem andaram lançando umas edições do Riquinho clássicas e umas com o personagem atualizado, mas parece que tambem não vingou. Já pararam de sair faz um tempo... Abraços a todos.

    ResponderExcluir
  11. Planeta Gibi, e o Scooby-Doo, alguma notícia? Abraços.

    ResponderExcluir
  12. O Júlio de Andrade Filho disse algo muito importante que venho dizendo há anos e poucos se importam. O modelo de banca de jornal está falido!!

    A banca onde eu compro os gibis da Disney, a moça tem uma máquina de xerox de pequeno porto e recentemente essa máquina quebrou. Ela me disse que nesse mês onde não teve xerox, a banca ficou no vermelho!!

    Mas eu queria ver do Julio qual seria uma solução pra um sistema como esse falido para que os quadrinhos pudessem ter uma revitalizada de mercado?

    Eu vejo muito a carencia de lojas online, como a Comix dando suporte a mais titulos do que simplesmente Panini e JBC. Gostaria de ver logo implementado no Brasil o modelo de comics digitais. Sei que nenhum deles vai substituir o modelo de banca, mas seria um complementa a um modelo já falido.

    Tenha pra mim que a banca de jornal precisa se modernizar. Meios de resolução a curto prazo não consigo imaginar, mas a longo eu vejo possibilidades.

    O Brasil é um país grande. é difícil adotar um modelo que sirva para todos de uma só vez, mas deve ter um meio sim. Em especial na área de quadrinhos, que possui um publico mais atento e antenado.



    ResponderExcluir
  13. Luto por Gasparzinho e seus amigos...

    ResponderExcluir
  14. A loja virtual da Pixel também não ajuda muito, comprar os números atrasados é muito dificil

    ResponderExcluir
  15. Não sei como revitalizar um ponto de venda, Thiago, que deixou há muito de ser uma banca de revistas e virou uma loja de conveniência, ao menos nas maiores cidades. E para que as lojas virtuais se popularizassem, o frete teria que ser mais barato. E para que isso acontecesse, as rodovias teriam que ser melhores, as ferrovias revitalizadas, enfim... Coisa de muito tempo. Na minha opinião, o futuro dos quadrinhos terá duas mãos: uma, mais massificada, mais popular, seriam os comics digitais, para serem lidos e curtidos em tablets, smartphones, etc. E os quadrinhos em papel, mais caros, para um público mais elitizado. Tipo o que já ocorre na música, com MP3 e os LPs de vinil: os primeiros muito baratos, os outros muito caros.

    ResponderExcluir
  16. Não temos notícias de Scooby-Doo (exceto que é uma obrigação contratual da Panini publicá-lo).

    Quanto aos clássicos da Harvey terem deixado de sair nos EUA, pela Dark Horse, a informação que eu tinha é que a licenciadora havia solicitado um montante irreal para renovar contrato.

    E. Rodrigues

    ResponderExcluir
  17. Nossa que pena. E como será que fica quem assina o pacote com essas revistas? A editora já se pronunciou?

    ResponderExcluir
  18. Antes de mais nada, quero dizer que achei muito interessante o que o Júlio apontou sobre as bancas. O que vou escrever aqui não se trata de concordar ou discordar desse ponto de vista, estou apenas expressando um outro "prisma" que penso que também deve ser pensado....

    Antigamente, ao menos aqui onde moro, as bancas de jornais eram administradas por pessoas que não esperavam muita coisa a não ser vender jornais e revistas. Normalmente, eram senhores já com mais de 50 anos e que não tinham uma ambição muito grande ou não possuíam a visão de que era possível oferecer outras coisas além do papel em seu estabelecimento.

    Acontece que com o passar dos anos, fui vendo aqui que muitas bancas surgiram. Muitas mesmo. E são bancas boas, grandes, que oferecem variedades enormes e revistas. Ora, ora! Se essas bancas andam tão falidas assim, eu penso sobre aqui, por que elas estão se multiplicando então? Eu suponho que elas estejam sendo administradas não mais apenas por aquele senhorzinho, mas pelo seu filho ou sua filha e até mesmo um genro ou nora que, sendo mais jovem e possuindo maior visão de negócios, está enxergando que é possível vender muitas coisas mais em seus espaços. Então, eu vejo aqui onde moro que o perfil do administrador de uma banca mudou bastante. Sem contar que hoje em ia também há as chamadas "revistarias" que são salões já com esse investimento pesado.

    Com isso, não sei se pensar que a venda de quadrinhos em banca realmente está falida. Algo que tem contribuido muito com o sucesso de títulos são as pessoas conversando internet afora. Seja em redes sociais, em blogues ou qualquer outro sistema, elas falam sobre as revistas prediletas e isso pode incentivar e influenciar, sim, eu suponho, o sucesso de um título.

    Luluzinha e Bolinha possuem essa força entre as pessoas da Internet. Recruta Zero também. Já Gasparzinho e Riquinho, pelo que observei, não. foi um estardalhaço quando surgiram pela Pixel mas, e depois??? E depois???

    Juiz Dredd saiu e dizem que foi satisfatória a venda. The Walking Dead também. Mas novamente digo que eu vi um forte compartilhamento de mensagens positivas a respeito dessas revistas. No caso de The Walking Dead, cada vez mais as pessoas trocam ideias expondo positivamente suas impressões a cada novo exemplar em banca. Isso influencia.

    As lojas on line estão aí mostrando mais formas de comprarmos os títulos. Mais uma facilidade e comodidade. Novamente caímos no fato de que as pessoas precisam motivar umas as outras sobre tal título. Não basta apenas mostrar o que tem para vender, pois a pessoa vê e "tchau". Por isso a importância de um site como este existir, pois reforça a popularidade da loja e ainda permite que pessoas troquem ideias, influenciando umas as outras determinados títulos. É por isso que é sempre tão importante o que se escreve nas redes sociais, nos blogues, nos grupos por aí, desde que seja natural, espontâneo. Essa troca atinge pessoas e é capaz de fazê-las decidir, através de sua própria experiência na Internet, com os amigos, o que ela vai comprar - seja na banca física ou virtual.

    Suponho que isso faltou a esses títulos.

    Mais uma vez, só vim apresentar uma outra visão, uma outra direção de ideia a se pensar. Acho que posso estar viajando na maionese, pois ando cada vez mais doido. Mas de repente pode ser que algo faz sentido nesse mundo de letrinhas que escrevo agora.

    E mais uma vez eu gostaria de enfatizar que apreciei bastante o comentário do Julio, e muitos outros também. Essa interatividade, essa troca, acredito que faz uma diferença nas compras.

    Abraços. Fabiano Caldeira.

    ResponderExcluir
  19. E. Rodrigues:
    As clássicas da Harvey que me referi foram publicadas recentemente pela Ape Entertainment. Quanto às lojas virtuais no Brasil, passo meses nos EUA e, as vezes perco algum exemplar no Brasil, e só eu sei a dificuldade de encontrar esses títulos para comprar posteriormente.
    Quanto à Scooby-Doo, na falta da publicação no Brasil, continuo recebendo meus exemplares americanos mensalmente, ainda bem que assino. Já recebi edição #34.
    As tiragens desses títulos infantis e clássicos deve ser ínfima. Tenho um email da DC que me passaram vendagem da Looney Tunes, a qual tambem assino e era irrisória...
    Abraços a todos.

    ResponderExcluir
  20. Vamos ver se agora eles "apostam" em outros títulos que são direcionados a um público adulto como Fantasma e Mandrake. Seria ótimo poder comprar novamente esses maravilhosos títulos. Formato americano POR FAVOR. Abraços a todos.

    ResponderExcluir
  21. Esse Fabiano Caldeira só escreveu bobagens, pelo amor de Deus! Celebrar o cancelamento de Gasparzinho e Riquinho é coisa de marvetinho alienado. "Bobinhas"? Mas o público-alvo é o infantil, POMBAS! Queria algo como as chatíssimas e intermináveis sagas dos "Équis-Mein"?
    Lamento MUITO pelo cancelamento desses gibis. Espero que a Pixel se anime a publicar ao menos algumas edições especiais de vez em quando.

    ResponderExcluir
  22. Mauricio, no lugar de me atacar gratuitamente sob um fake (pois você não tem nada nesse teu perfil), sugiro que você comente sobre a postagem em si.

    Eu venho aqui justamente porque não penso como a maioria, mas nem por isso eu ataco a maioria. Eu exponho o que sinto que devo expor para colaborar e pronto. Seria muito triste e chato ler 100 comentários todos iguais.

    Ao invés de me atacar gratuitamente por inveja, comente sobre o assunto. Até porque, eu não sou ninguém. Tenha inveja de quem realmente "é" alguma coisa. Esses, sim, são capazes de fazer a diferença por aí. Eu não. Incomodar-se comigo é uma grande perda de tempo.

    Abraços.

    Fabiano Caldeira.

    ResponderExcluir
  23. Fabiano, por gentileza, um pouco acima voce comentou que tem um blog. É de quadrinhos? Gostaria de visitar o blog. Qual o endereço por favor? Abraços a todos.

    ResponderExcluir
  24. Eu comprava os três e realmente lamento o cancelamento!!! Riquinho e Brasinha eram os melhores!!! =(

    ResponderExcluir
  25. Concordo q o Fabiano não foi justo em dizer "já foi tarde"! Se não gosta, é só não comprar, não é obrigado! Mas que respeite o gosto daqueles q gostam, compram e lamentam pelo cancelamento (como eu)! :(

    ResponderExcluir
  26. Marcelo,

    eu não sei se é permitido postar link aqui. Meu blogue se chama "Socializando Ideias". É só procurar esse nome no Google, que você o encontrará fácil. Ou você pode clicar no meu nome e cairá no meu perfil do Google+ onde verá várias atualizações do meu blogue lá.

    ResponderExcluir
  27. "Concordo q o Fabiano não foi justo em dizer "já foi tarde"! Se não gosta, é só não comprar, não é obrigado! Mas que respeite o gosto daqueles q gostam, compram e lamentam pelo cancelamento (como eu)! :( "


    Falam de respeito e nem sabem o que é isso, já que escrevem sobre bancas e lojas on line em um espaço que é de uma loja on line. Vem aqui, falam cobras e lagartos das revistas Disney, chegam a praguejar lançamentos em bancas porque ficam muitos títulos, mas quando alguém diz que não gosta de Gasparzinho e Riquinho então é falta de respeito....

    Quero ver quantas dessas pessoas faz um blogue, tem a paciência de escanear suas próprias imagens, escrever, arrumar tudo e publicar as revistas que tem. Isso se chama carinho, respeito e reconhecimento ao próximo.

    Estou publicando com uma série com artistas nacionais que expressam-se sobre as manifestações por meio de seus desenhos e tirinhas. Tenho comprado trabalhos nacionais de pessoas que estão batalhando por um lugar ao Sol e usam seus próprios meios para vender seus trabalhos independentes. Alguém mais se prontificou a isso? Alguns desses bebê chorões que ficam criticando todo mundo já se dedicaram a isso? Pois é... eles ficam indo atrás de pseudo líderes que sequer possuem opinião real, que a qualquer momento viram a casada e não sabem sequer o significado de palavras como "desculpe", "perdão". Que você não tenha gostado da minha opinião, tudo bem. Mas não me venha falar em falta de respeito.



    ResponderExcluir
  28. Falando em cancelamentos, li em um blog (que não foi o do Fabiano, e sim, o do Leo), um post sobre o assunto, em que ele cita vários títulos que foram (e vão) pro vinagre, entre eles a Biblioteca Histórica Marvel. Fiquei arrasado em saber isso.

    O Planeta Gibi sabe se isso já é definitivo?

    ResponderExcluir
  29. Faço minha as palavras de um amigo aí de cima: Quando a coquetel vai avisar isso aos assinantes? Ao invés de renovar minha assinatura Lulu/Bolinha, acabei mudando para essa de HQs clássicas, e acho que só durou 1 mês e as outras 2 já foram canceladas. Se a empresa se pronunciar aos assinantes sobre o que vão fazer com a assinatura, eu também agradeceria.

    ResponderExcluir
  30. Fabiano, vc entendeu o q eu quis dizer com 'falta de respeito': pelo 'gosto' dos outros, afinal, muito legal... enquanto eu q gosto, fico chateado com a noticia, outro ficando dizendo q 'já foi tarde'! Quem pode opinar isso é quem consome, e pelo visto, vc nao consumia tais títulos! Curioso q ainda essa semana, recebi os agradecimentos de uma autora independente nacional, em quem tanto apostei, divulgando o trabalho dela para vários sites ou editoras, e em breve, veremos o trabalho dela sendo publicado por uma editora brasileira (mérito dela)! Tb não tenho deixado de divulgar as histórias em quadrinhos na minha pagina do facebook! E colaboro com vários autores nacionais sim: COMPRANDO! Só não entendi esse negócio de líder... existem líderes aqui? Tenho minhas próprias opiniões, elogio quando necessário, critico quando necessário! Digo o q penso, não o q os outros pensam! Mas tb sou flexível, não sou o dono da razão, e posso discordar e concordar com outras pessoas! Abç!!

    ResponderExcluir

  31. Eu sou o dono da minha razão, defendo a minha verdade. Você entrou aqui e ao invés de comentar sobre a postagem do Planeta Gibi, ficou dizendo que agi com falta de respeito.

    Da próxima vez, limite-se a comentar sobre a postagem do Planeta Gibi. É para isso que eles fazem as postagens - para nos informar e que possamos comentar SOBRE ELAS, e não levantar ACHISMOS sobre o que o fulano comentou.

    A postagem não é "O que você achou do comentário do Fabiano"

    Esse é o problema de ALGUNS leitores disneyanos que são viciados naquele grupinho Calisota - eles acham que podem escrever o que bem entendem, que fazer isso não é falta de respeito. E ainda por cima, cometem a falta de respeito de se intrometerem nos comentários alheios. É muito fácil identificar vocês, que ficam se lambendo lá - o comportamento é tão.... tão... tão igual!!! kkk...

    O Planeta Gibi passa cerca de 3 a 4 horas (ou mais) fazendo uma matéria. Então vem uma pessoa e, no lugar de comentar sobre ela, se intromete na vida dos ouros. Isso sim é falta de respeito. Falta de respeito comigo, falta de respeito para com os administradores deste espaço. E ainda ele quer ter razão!

    Ora, faça-me o favor!!

    Eu vim aqui, expus um pensamento meu sobre a postagem. Elogiei o Júlio porque achei bem interessante o que ele passou, pois foi um conhecimento para mim. Mas não me lembro de ter me dirigido com ofensas e desrespeito a qualquer pessoa aqui, nesta postagem. O mínimo que eu espero é não ver, do nada, um ser me dizendo coisas. Não te dei essa liberdade.

    Sem mais.



    ResponderExcluir
  32. Kkkkkkkkkkkkk...toma, Jefferson Leite!!! :D

    TUDO ou qualquer coisa que se diz a essa pessoa problemática(briga com todos e pra completar tem um sério incômodo com o pessoal do 'grupinho Calisota'/Thiago Machuca - não é de HOJE)...ele se vira com para a propria pessoa!!! :o

    Cuidado com o Fabiano "Caldeira"!! :p

    Ops...até hoje AINDA não entendo como ele pode ficar de mal com o querido Paulo Gibi! :/

    ResponderExcluir
  33. Eu não comemoro o cancelamento de nenhuma dessas revistas, mas achei até que demorou para acontecer. Harvey Comics a meu ver é fraco DEMAIS, não é revista de se colecionar, comprar todo mês. Muito repetitivo e fraco, e não é porque é "infantil" que o padrão deve ser tão baixo, né? Lulu e Bolinha são excelentes, e Disney nem se fala... E todo mês sai tanta coisa sensacional da Disney, pelos mesmos preços desses gibis da Pixel, para a gente se preocupar com coisa embolorada/anacrônica... Eu colecionei os três gibis até uns três ou quatro meses atrás, quando desisti, e muitos ainda nem li, ainda estão acumulados aqui. O gibi do Gasparzinho, por exemplo, se resumia a dez histórias de cinco páginas (esquema engessado e chatíssimo) com ele assustando TUDO, como a cadeira em que quer se sentar. Ah, quanto esperavam que fosse durar isso? Personagens/histórias fracas demais...

    Mas é a se pensar, nisso que o Júlio falou e em tudo o mais que cerca os quadrinhos de banca brasileiros. É hora de ficarmos atentos e considerarmos muita coisa que fingíamos desconhecer (ou ignorávamos mesmo)...

    ResponderExcluir
  34. Excelente comentário...Filipe e concordo com vc! xD

    ResponderExcluir
  35. "TUDO ou qualquer coisa que se diz a essa pessoa problemática(briga com todos e pra completar tem um sério incômodo com o pessoal do 'grupinho Calisota'/Thiago Machuca - não é de HOJE)...ele se vira com para a propria pessoa!!! :o "


    As pessoas vão vendo quem é o problemático. Não tenho a menor preocupação com isso.

    Por que você mão se propõe apenas em dar atenção ao Planeta Gibi?

    Se doeu porque falei do Calisota, né? Agora as pessoas estão vendo como são as pessoas que frequentam aquele lugar. Na minha menor aparição, essas pessoas saem de lá e vêm aqui me atacar. Eu acho muito engraçado porque eles mesmos arrancam suas máscaras.

    Por que será que eu incomodo tanto vocês, hein?

    Vai saber... cada doido com sua doidura. rsrsrs....

    Vamos ver... vim comentar uma matéria e já estou ganhando alguns nomes. Muito bom!

    De uma coisa esteja certo, a sua postagem agora foi muito importante para mim. Não tenha dúvida.

    ResponderExcluir
  36. Não te ataquei em nada..só falando o que eu vejo nesse tempo todo...eu não sai de lá..pq eu tambem sempre estive por aqui(e em tdo lugar)! :p

    Não tenho problemas com ninguém...só vc não ver isso! xD



    ResponderExcluir
  37. Há gente que possui o dom de mexericar a vida dos outros, hein... que coisa feia!! Além de serem mal informados, não percebem que essas atitudes só ficam feias para vocês mesmos?

    Tomem tento! Procurem alguma coisa pra fazer, não precisam cuidar da minha vida, não. AH, AH, AH!

    É tão feio um homem vir aqui só pra expor coisas defasadas da vida de terceiros. A que ponto chega o ser humano....

    Vai dar atenção a quem precisa, amigo. Eu já livrei algumas trinta pessoas de cometerem suicídio só por dar-lhes a atenção certa quando precisaram. Por que vocês não vão fazer o mesmo? É melhor do que se meterem onde não são chamados.

    Sem mais.

    ResponderExcluir
  38. Vc da uma de educadinho..mas na verdade é bem mau educado!! :p

    Onde passa é essa pertubação mental! ;)

    Pq na verdade é vc que ataca as pessoas..não acha isso não...falta muito de bom senso em vc! xD

    ResponderExcluir
  39. "Não te ataquei em nada..só falando o que eu vejo nesse tempo todo.."


    Gente!!! Não???????

    Vixe, eu devo ser muito problemático então!!!!!!! Hospícioooooo!!! rsrs...


    E o que você viu esse tempo todo foi um cara que era muito besta e que hoje não se permite mais ser massa de manobra de ALGUNS leitores neuróticos da disney... e alguns de vocês não se conformam que eu esteja cada vez melhor na minha vida. Afinal, vocês pensam que só existe o mundinho de vocês.

    É bom que você tenham essa visão sobre mim. Estou longe e vocês ainda me veem naquele mesmo lugar.

    ResponderExcluir
  40. "Pq na verdade é vc que ataca as pessoas..não acha isso não...falta muito de bom senso em vc! xD"


    Eu ataco, então, mostrando que pessoas como você e alguns outros não significam nada para mim.

    Eu vim aqui, comentei sobre A MATÉRIA. Vi uma coisa legal que o Julio colocou e expressei uma reflexão sobre aquilo. Não falei de ninguém, não rotulei ninguém, não "quis dizer nada de ninguém". Mas aí vem os invejosos trevosos que não suportam a minha luz própria para virem comentar SOBRE MIM, me chamar de algumas coisas...

    Poxa vida! Como cansa isso... Será que só eu vejo as coisas nesse prisma por aqui? Não é possível!

    Ai, quer saber? Cansei de dar meu tempo precioso e chiquerrérrimo a quem entra aqui pra me ofender. Tenho coisa melhor pra fazer, tá?

    Quando o Planeta Gibi atualizar este espaço, com mais uma matéria que me faça sentir vontade de comentar, então eu virei e comentarei A MATÉRIA... E sim, farei mais reflexões como a que fiz sobre a banca, caso haja algum argumento interessante que me leve a isso, feito por alguma pessoa de bem.


    ResponderExcluir
  41. Vdd se vc não muda essas atitudes..não tenho culpa,na real se isso fosse só EU...mais quase uma dezena de pessoas,kkk!! :p

    Bem...acho bom acabar com isso por aqui,não é legal esses papos! ;)

    ResponderExcluir
  42. UM HOMEM QUE NÃO INCOMODA NINGUÉM PELO QUE ELE É, NÃO MERECE TER NASCIDO

    ResponderExcluir
  43. E O SOL NÃO GIRA AO SEU REDOR...VC QUE GIRA AO REDOR DELE

    ResponderExcluir
  44. Gente,
    primeiro ponto, os quadrinhos estão em crise no Brasil e no mundo há décadas.
    As tiragens nos Estados Unidos são patéticas hoje em dia e a Marvel/DC só continuam publicando para manterem as marcas, que são valiosas para filmes e esse tipo de coisa.
    O público em geral conhece os super-heróis dos filmes e TV, mas quadrinhos mesmos só um bando de quarentões e cinquentões é que lê.
    No Brasil, não é muito diferente. Quem acha que Disney faz um grande sucesso, está enganando a si mesmo. Que crianças ou adolescentes vocês conhecem que lêem quadrinhos, salvo turma da Mônica e mangás? Raríssimas.
    E o pior é que o meio revista em geral está com problemas seríssimos, já que as tiragens e vendas estão despencando, já que a internet está cheia de informação e coisa e tal.
    Procurem no google. A Newsweek americana, que era uma revista que vendia milhões, parou de ser impressa no final do ano passado. E praticamente todas as outras revistas e jornais americanos estão indo pelo mesmo caminho.
    Li hoje no O Globo sobre a venda que a empresa New York Times está fazendo do jornal Boston Globe, que ela cobrou há 20 anos por cerca de 1 bilhão de dólares. Agora estão vendo se acham 100 milhões de dólares por ela.
    Se algum de vocês viaja para o exterior, tente reparar em qualquer país se você vê revistas em quadrinhos em bancas. Já fui em muitos países e acho que só vi isso na Itália e Japão.
    Na Espanha, Portugal, França, até se acha muito quadrinho para comprar, mas em livrarias, em edições mais caras.
    No Brasil, as revistas em geral estão em crise. Procurem no google ou no sítio Observatório da Imprensa, por exemplo.
    Todos os órgãos estão demitindo e espera-se que a Editora Abril vá fechar mais de dez revistas das grandes, inclusive a Playboy.
    Brasinha, Riquinho e Gasparzinho eu comprei todos os números, mas eu sou um saudosista do passado e sempre gostei do material da Harvey.
    Infelizmente, acho que o problema não tem solução. Os qua

    ResponderExcluir
  45. Quantos comentários sem sentido e briguinhas sem fim, atacaram até um amigo que nem sequer havia comentado e não estava aqui pra se defender.

    Enfim, comentando sobre o tema do post:

    A Pixel está afirmando em seu facebook que cancelou os títulos temporariamente por motivos de contrato, e espera em breve retornar as publicações.

    Alguém confirma?

    ResponderExcluir
  46. O Planeta Gibi mantém as informações aqui publicadas.

    ResponderExcluir
  47. A Pixel via Facebook disse que o problema foi o licenciamento e que em breve as revistas retornam as bancas.

    ResponderExcluir
  48. Que bom se for apenas isso, mas contraria a informação que o Planeta Gibi recebeu, por escrito (email), do editor dessas revistas. O Planeta Gibi não publica informações desse tipo sem confirmação escrita.

    Os gibis da Cartoon-DC também eram considerados "cancelados" pela Abril, até que a editora conseguiu renegociar as bases de seu contrato com a licenciadora.

    E. Rodrigues

    ResponderExcluir
  49. Creio que se o problema for renegociar contratos, será resolvido facilmente, afinal que outra editora ofereceria hoje qualquer $ para publicar tais títulos que, embora eu e outros mais apreciem, tem pífias vendas..? Alguem tem notícias do Scooby-Doo? Tem data de lançamento das edições dos heróis Cartoon DC pela Abril? Abraços a todos.

    ResponderExcluir

  50. Ao Planta Gibi e amigos:

    Enviei um e-mail a Pixel e o que me responderam foi que não há previsão para que as revistas voltem a circular.


    Talvez, SUPONHO, que estejam dizendo por aí que é temporário porque devem estar com medo de que os outros títulos acabem despencando em vendas por conta desses cancelamentos. Mas, o que ACHO é que foram embora mesmo.

    Segue o e-mail que me enviaram....


    De: Danielli Rosa
    Para: otoquedeluz3000@yahoo.com.br
    Enviadas: Segunda-feira, 1 de Julho de 2013 12:34
    Assunto: Re: revistas Gasparzinho e outros

    Oi, Fabiano! Boa tarde!

    A revista teve sua produção interrompida no final deste mês passado por tempo indeterminado e infelizmente não podemos enviar mais informações pra você antes da nossa assessoria de imprensa divulgá-la.

    Mas acredito que isso acontecerá muito em breve.



    Obrigada pelo seu contato.

    Atenciosamente,

    Danielli Rosa
    Marketing Web Coquetel / Luluzinha
    (21) 3882-8200 (ramal 8502)
    Empresas Ediouro Publicações
    http://www.ediouro.com.br



    ResponderExcluir
  51. Marcelo, não temos novidades sobre SCOOBY-DOO. Já os gibis da DC/Cartoon têm volta programada para este mês.
    Abs.

    ResponderExcluir
  52. Aqui jazem a Harvey Comics e todos os seus títulos que foram editados de forma bem-sucedida aqui no Brasil: Gasparzinho, Luísa, Lelo, Brasinha, Riquinho, Bolota, Brotoeja e Tininha.
    E as editoras que editaram estes títulos da Harvey Comics eram estas: O Cruzeiro, Rio Gráfica (hoje Editora Globo), Vecchi e Pixel/Ediouro.

    - O Cruzeiro: Gasparzinho, Luísa, Lelo, Brasinha.
    - Rio Gráfica (antes de virar Editora Globo): Riquinho, Bolota, Brotoeja, Tininha.
    - Editora Globo: Riquinho, Gasparzinho.
    - Vecchi: Gasparzinho, Luísa, Lelo, Brasinha.
    - Pixel/Ediouro: Riquinho, Gasparzinho, Brasinha.

    E não podemos nos esquecer dos artistas que produziram as estórias destes personagens inesquecíveis da Harvey: Steve Mufatti, Warren Kremer, Howard Post, Sid Jacobson, Ernie Colón, Sid Couchey, Martin Taras, Dom Sileo e até o brasileiro Gutemberg "Gut" Monteiro.

    ResponderExcluir
  53. ...e não só:
    A Vecchi também publicou Gansola e Soldado Valdemar...

    ...que no final da década de 1970 foi renomeado para Recruta Biruta pela Abril (no único título periódico da Harvey lançado até hoje pela Abril — que por ocasião do filme de Gasparzinho lançou 2 especiais com o personagem, de HQs produyzidas pela Marvel).

    E a RGE também lançou uma porção de edições de Bronco.

    ResponderExcluir
  54. Bronco e Gansola eram os nomes que o Baby Huey (conhecido no Brasil como Huguinho, o bebê gigante) recebeu, respectivamente, na Rio Gráfica e na Vecchi.

    ResponderExcluir
  55. Estas duas edições especiais do Gasparzinho inspiradas no filme de 95 produzido por Steven Spielberg (com Bill Pullman, Christina Ricci, Eric Idle e Cathy Moriarty no elenco), que foram editadas noe EUA pela Marvel - e aqui no Brasil pela Abril -, trazem a arte feita pelo veteraníssimo Ernie Colón.
    Ele já chegou a desenhar algumas estórias do Gaspar pela Harvey Comics.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.