' '

27 de abr de 2013

LULUZINHA — PRIMEIRAS HISTÓRIAS: uma edição de luxo

LULUZINHA — PRIMEIRAS HISTÓRIAS VOL. 1 (Pixel, 128+4 páginas, formato 17 x 24 cm, R$ 16,90) bota no chinelo aqueles encadernados que a Devir lançava há alguns anos, com as vantagens adicionais do preço menor e da disponibilidade em banca de jornal. HQs publicadas originalmente em DELL FOUR COLOR e LITTLE LULU nos anos 1940-50 são aqui reproduzidas com as cores e formato originais, incluindo capas, numa encadernação impecável e miolo em couché. Para completar, textos primorosos de Ota e um belo quebra-cabeças de brinde. (E vem mais por aí...)


LULUZINHA: PRIMEIRAS HISTÓRIAS VOL. 1
Pixel, Classic Media.
Edição especial com tiragem limitada, formato 17 x 24 cm, 128+4 páginas, capa cartonada, lombada quadrada, miolo em couché, R$ 16,90. 
Acompanha um quebra-cabeças em papel cartão, no mesmo formato que a revista.
Lançamento em 26/abr/13, nas bancas.

Criação: Marge. Roteiros: John Stanley. Desenhos: John Stanley e Irving Tripp.
Editor: Daniel Stycer. Equipe HQ: Otamix.



As traquinagens de Lulu e Bolinha tiveram forte influência nas primeiras HQs da turma da Mônica

Destaques deste volume:

• Um texto extraordinário de Ota conta a origem da personagem e a história de Marge, sua criadora, em meio a informações preciosas dos bastidores, das animações e dos gibis. Ilustrado com a primeira aparição de Luluzinha, capas de seus primeiros gibis, anúncio dos lenços Kleenex, fotos de John Stanley (criador das HQs) e de Marge, e mais.

• Reprodução em tamanho original da capa do 1º gibi da personagem, DELL FOUR COLOR #74, de jun/45 — cuja ilustração de John Stanley, não por acaso, estampa igualmente a capa desta primeira compilação da Pixel.

• Primeira HQ com Luluzinha, estreias de Alvinho, Glorinha e Alceia (esta, a Pixel afirma ser inédita no Brasil), e a primeira HQ de Bolinha em sua revista solo.

• HQ O Bicho Papão, cuja publicação teria sido vetada pela própria Marge (sairia em LITTLE LULU #26, ago/50). Essa história é aqui apresentada em preto e branco, exatamente como saiu originalmente nos EUA, nos anos 1980.

• Indicação de revistas e datas de publicação originais de cada HQ.

• Textos cheios de curiosidades sobre os coadjuvantes criados por Stanley, sobre Alcéia e Meméia e a história editorial dessa turma no Brasil.


Capa do primeiro gibi de LULUZINHA lançado no Brasil, pela Cruzeiro, em jul/55. Acervo Planeta Gibi

LULU E BOLINHA CLÁSSICOS NO BRASIL
Por Planeta Gibi

LULUZINHA chegou às bancas brasileiras via Editora O Cruzeiro, em jul/55, sendo publicada até 1972, por mais de 200 edições. BOLINHA ganhou título próprio meses depois, com mais de 180 números publicados.

Em jul/74, LULUZINHA estreou na Editora Abril, onde teve 221 edições publicadas, até jan/93.

BOLINHA, depois de três edições teste dentro da série DIVERSÕES JUVENIS, também ganharia título próprio, já começando do #4. Seguiu até nov/92, #194.

O sucesso dos títulos, que no auge venderam mais de 200 mil exemplares, levou a Abril a produzir HQs com os personagens em seu próprio estúdio, a fim de minimizar as republicações crescentes — devido à falta de HQs originais inéditas (que pararam de ser produzidas nos EUA em 1984). 

O Planeta Gibi estima que cerca de 1.300 páginas de HQs com Lulu e Bolinha foram produzidas pelos estúdios Abril — no início de 2010, a propósito, constatamos que alguns desses originais estavam à venda no eBay (relembre aqui).

Assim como diversos outros títulos, de Disney a Vertigo, as revistas da turma sucumbiram à crise dos quadrinhos do início dos anos 1990. Em fev/93, ambas foram fundidas em uma só: LULU E BOLINHA, que resistiu por apenas seis números — e ainda foi interrompida no meio por outra tentativa, o título AS MELHORES HISTÓRIAS DE LULUZINHA E SUA TURMA (8 edições). Enfim, em jul/95, chegava às bancas pela última vez um gibi de Lulu e Bolinha pela editora.

Em 27/jan/11, o Planeta Gibi anunciou com exclusividade que o gibi da menina voltaria às bancas, via Ediouro (selo Pixel), onde circula até hoje, acompanhada mensalmente da revista do BOLINHA.

Antes disso, em mai/06, a Devir começou a por nas livrarias encadernados em preto e branco reproduzindo cronologicamente (e integralmente) a produção de John Stanley. Durou 8 edições, até ago/10. Cada volume trazia metade do conteúdo do similar americano, editado pela Dark Horse desde abr/05. Nos EUA, contudo, o projeto foi levado até o fim, republicando toda a obra de John Stanley em 29 volumes — e mais 4 dedicados à reedição (pela primeira vez nos EUA) das HQs originalmente publicadas em TUBBY, o gibi solo do Bolinha.


Gibi promocional (hoje raro) distribuído em jan/75 pela Editora Abril juntamente com as revistas Claudia #160 e Pop #27: 16 páginas coloridas em formato Pato. Oficialmente é o número 7-A do título (este código de numeração está registrado em cada HQ ali publicada). Acervo Planeta Gibi


Por E. Rodrigues & Rivaldo Ribeiro

13 comentários:

  1. putz que legal, contando o inicio do personagem, os criadores, os bastidores, é tudo que eu queria que fizessem com a disney, um Disney Origens, contando a origem dos personagens, quem criou e tudo mais, uma edição pra cada personagem, ai Paulo Maffia, da uma olhada nessa da Luluzinha e se espelha pra fazer um Disney Origens nos mesmos moldes, seria fantastico, essa da Luluzinha é compra certa.

    ResponderExcluir
  2. Até gostei da coleção da Devir. Mas o preço deixava a desejar. De qualquer forma, entre o papel cuchê e o offset, prefiro este, em razão de ser opaco. De qualquer forma, um ótimo lançamento e a um preço aparentemente justo.

    ResponderExcluir
  3. Excelente lançamento! Compra certa!!!

    ResponderExcluir
  4. enquanto isso o Maffia diz que não da pra fazer algo assim na disney, um origens dos personagens, contando a historia da criação, do criador, a primeira história, isso era tudo que eu queria na disney, mas o Maffia diz que não dá, e olhem só uma edição de luxo e com brinde ainda por cima, que seja um simples quebra cabeça, mas é um brinde e o Maffia diz que fica muito "Oneroso" colocar brindes nas revistas disney, ia aumentar muito, como os outros cvonseguem então fazer uma edição de luxo assim e com brinde ainda por cima por um preço decente, e na Abril/disney não da de jeito nenhum, alguem me explica ai, o porque ?????????

    ResponderExcluir
  5. Ricardão Boy,

    acho curioso, tb, os álbuns de luxo que a Panini está pondo nas bancas por até R$ 20,00.

    Enquanto isso, nada de uma edição especial Disney, em formato grande, melhor acabamento etc. Ao menos em datas comemorativas.

    Vai entender o que acontece na Abril. Talvez seja culpa de seu parque gráfico, que encarece o produto. Se bem que - PARECE - quando edita algo um pouco melhor (como Mestres Disney, por exemplo), utiliza outro parque.

    Vai saber. Só sabemos que várias editoras vêm encontrando essa "fórmula mágica". Já a Abril, há décadas no Mercado, continua se embananando.

    ResponderExcluir
  6. VEJAM ESTE TEXTO

    Em 2013, CARAS irá completar 20 anos no Brasil e promete revolucionar o mercado com diversas ações comemorativas.
    Já no início de janeiro publicaremos a nossa milésima edição.
    Uma edição especial com 1000 páginas que trará matérias e reportagens exclusivas: as 1000 capas da história de CARAS,
    1000 estilos nunca publicados, 1000 citações de famosos, a primeira foto veiculada na revista e muito mais.
    Definitivamente uma publicação para guardar para a vida inteira.

    http://portfoliodeveiculos.meioemensagem.com.br/portfolio/veiculos/CARAS/24431/oportunidades/CARAS+EDI%25C3%2587%25C3%2583O+1.000/106

    Vi essa CARAS em banca, acho que o preço foi de 9.90. Imagine esse luxo todo nesse preço?
    As famosidades devem gerar muito mais grana que as hq's, e infelizmente temos que pagar caro na obtenção de nossos quadrinhos de cada dia. Tenho que fazer escolhas do que vou comprar, porque infelizmente não dá pra comprar tudo.
    Bem que poderiam arranjar umas propagandas que investissem nos gibis e barateassem os preços como essas revistas que promovem as celebridades. De repente até venderiam mais, né?
    Enquanto a CARAS, QUEM, CONTIGO, GENTE, ...

    ResponderExcluir
  7. Kleiton, comprei varios panini, capa dura, um papel que da gosto, exemplar, coisa de louco mesmo, a gente fica até emocionado de pegar, e preço entre 19 e 25 reais, isso pra 160 paginas acima, 180, 210 paginas, a abril/disney nunca da, só aquele papel de pão e o preço la em cima óóó´, tudo pra eles é dificil, contratual, nao da, nao pode, interessante isso, parece que enquanto o povo ta comprando assim e pagando ta dando certo né, então não precisa melhorar né, em time que ta ganhando nao se meche né, é foda mesmo, agora essa de que as sagas não podem ser publicadas num gibi só, tudo pra ganhar dinheiro tambem, pois amarrando a saga em varios gibis, te obriga a comprar todos pra acabar, esperteza pura, mas é lógico que não vão falar que é isso né, vão inventar um desculpinha como sempre, questões contratuais né, antes podia e agora não, e o nosso bolso que se exploda né..., depois para de vender e vão achar ruim...

    ResponderExcluir
  8. "agora essa de que as sagas não podem ser publicadas num gibi só, tudo pra ganhar dinheiro tambem,"

    Essa, pra cima de mim, não cola mesmo... Há tanta coisa pra se ler, entre livros e HQs, que posso simplesmente dispensar algum título assim...

    ResponderExcluir
  9. Alguém ja comprou? aqui ainda não encontrei, se comprou pode postar aqui se gostou, como é?

    ResponderExcluir
  10. Pode comprar sem susto. É um primor.

    E.Rodrigues

    ResponderExcluir
  11. Comprei Luluzinha - Primeiras Histórias! Capa cartão semelhante à da linha Vertigo da Panini ou de Pateta Faz História, mas com papel couchê com gramatura muito superior! Encadernação e serviço gráfico de primeira! Parabéns à Pixel pelo belo trabalho!

    ResponderExcluir
  12. Ótima suprepresa da Ediouro/Pixel e ainda mais com texto do Ota! Não percam!

    ResponderExcluir
  13. está muito dificil encontrar em banca, pedi na saraiva, no site informava que tinha ela e o Horacio nr 1, e agora aparece que esta procurando os 2, sacanagem essas lojas online também colocam que tem a gente compra dai vão procurar, uma sacanagem dupla.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.