' '

22 de abr de 2013

Compilação de HORÁCIO sai em momento curioso

Numa curiosa coincidência, a Panini anuncia o lançamento da compilação das páginas de jornal de Horácio no momento em que O Estado de S.Paulo, quase sem avisar, acaba com o suplemento infantil semanal Estadinho (a última edição periódica foi às bancas no sábado 20). Foi ali que o personagem continuou suas aventuras, depois de estrelar por anos a fio as páginas coloridas da Folhinha de S.Paulo. HORÁCIO E SEUS AMIGOS DINOSSAUROS foi também o título do especial lançado pela Editora Globo em dez/93, em capa dura e cartonada e formato similar ao deste. As semelhanças, no entanto, param por aí: enquanto o especial da Globo trazia páginas produzidas na década de 1980, este aqui volta a 1963 e coloca as HQs em ordem cronológica, desde a primeira página para a Folhinha, até 1965. Ou seja: atende a sonho de consumo de colecionador.


HORÁCIO E SEUS AMIGOS DINOSSAUROS VOL. 1
Panini, Mauricio de Sousa.
Publicação especial, 112+4 páginas, formato 21 x 29 cm, miolo offset, capa dura, R$ 46,00.
Lançamento em 24/abr/13. Distribuição em livrarias.

PRESS RELEASE:

Nascido de um ovo abandonado ao sol, o dinossauro mais querido dos quadrinhos surgiu nas tiras de jornal para conquistar corações e mentes de gerações de leitores. A PANINI lança a coleção que vai recapitular as emocionantes histórias do personagem de Mauricio de Sousa em volumes com acabamento especial, capa dura e papel offset. Horácio e seus amigos dinossauros vol. 1 chega às principais livrarias do País a partir de 24 de abril, com 116 páginas e preço sugerido de R$ 46,00.

A coleção reúne as tiras semanais do Horácio, publicadas inicialmente na Folha de S.Paulo e depois em O Estado de S.Paulo. Enquanto procura pela mãe, vive aventuras e faz muitos amigos, Horácio, o “tiranossauro vegetariano”, diverte e faz importantes reflexões, sua marca registrada. Neste primeiro volume, estão reunidas as histórias publicadas originalmente entre 1963 e 1965.


Por E. Rodrigues

8 comentários:

  1. O Grande Problema a meu ver, o preço, 112 paginas 46 paus, ta dificil, pela situação do Brasileiro hoje em dia 46 paus faz falta e uma diferença danada no orçamento, bem que poderiam fazer algo mais em conta né...

    ResponderExcluir
  2. Chato o fim do Estadinho, peguei a chegada da Turma da Mônica lá, já adolescente. Estava bem mirradinho naquele tamanho 1/4 de folha. Mas ótima idéia a coleção do Horácio, era minha alegria de domingo a Folhinha do começo dos anos 80 e a HQ do Horácio.

    ResponderExcluir
  3. Para um preço mais acessível, talvez devessem ter publicado no mesmo formato das coleções tiras clássicas da Mônica e do Pelezinho... e q aliás, tenho a ambos! Já R$ 46, realmente é um preço alto e por mais q goste do Horácio, preferirei investir essa grana em outras revistas em quadrinhos!

    ResponderExcluir
  4. Poderiam fazer um formato americano, mas em papel inferior e com capa cartonada (a exemplo dos volumes atuais de Hellblazer, pela Panini). Acredito que isso poderia dar uma bateada no produto. Ou então uma série de livros em formatinho, com uma capa cartonada com orelhas e papel jornal, mesmo. Curioso que a Panini lança vários livros nesse formato luxuoso, com mesmo número de páginas, e pela metade do preço. Mas o material MSP nunca consegue sair barato!

    ResponderExcluir
  5. Bem, a Panini tem contrato interplanetário com a Disney para publicar Marvel. Então é de se supor que o custo editorial desse material deve ser baixíssimo.

    Já a MSP tem que pegar os originais, restaurar e tudo o mais. Bem mais caro.

    E. Rodrigues

    ResponderExcluir
  6. Ah, esse eu pagava até mais... Faz anos que espero por essa coleção e vir no formato de luxo superou minhas expectativas.

    ResponderExcluir
  7. Antigamente as historias do Horácio eram,tipo, amarradas uma com as outras e reeditadas no gibi da monica, igual aquela história dos cumpinchins com aqueles porcalhôes. gostei!
    O meu blog: Lucasquadrinhosa.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.