' '

11 de abr de 2013

Capa e prévias de LAÇOS: GRAPHIC MSP #2

Sai em maio o 2º volume de GRAPHIC MSP. E a reação às prévias divulgadas ontem e hoje nas redes sociais por seu editor, Sidney Gusman, sinaliza para um sucesso ainda maior do que aquele alcançado pela edição inaugural da coleção (ASTRONAUTA — MAGNETAR, de Danilo Beyruth). Produzida pelos irmãos Vitor e Lu Cafaggi, TURMA DA MÔNICA — LAÇOS mostra os personagens em busca de um desaparecido Floquinho. Da prévia, chamam a atenção o primeiro encontro de Cebolinha com o estranho cãozinho (inédito: veremos o focinho dele) e a Mônica se desculpando pela sova exagerada dada no amigo (mais descabelado do que nunca). 


Bruno Honda Leite assina o logotipo da capa




Cebolinha conhece o Floquinho filhote



O dia em que Magali e Mônica se conheceram. Arte de Lu Cafaggi nas 3 ilustrações acima









Arte de Vitor Cafaggi



Detalhe da 4ª capa


Por E. Rodrigues

3 comentários:

  1. Estou realmente muito afim de ler essa HQ. Espero que venha num preço bem bacana também.

    ResponderExcluir
  2. Na minha opinião é esse o futuro dos quadrinhos. Artistas que podem colocar a sua própria arte, traço, visão em histórias que podem ou não usar personagens conhecidos do grande publico.

    Essa coisa de estúdios desenhando personagens como robos, seguindo um traço padrão é algo que conhece a ter uma tendencia de inexpressividade, de falta de ousadia.

    Isso até se reflete atualmente na casa disney, talvez não com uma trabalho grafico de luxo como a TM, mas temos o Fernando Ventura fazendo um zé carioca diferente do modo mecânico que sempre se fez, tal como Canini já fazia há decadas atrás.

    Na itália tambem vem surgindo artistas onde cada um quer colocar seu proprio traço, seu proprio jeito de quadrinhos disney.

    Acho que isso reflete a época em que vivemos, onde o tradicionalismo, aquela coisa de ser padronizado em tudo, está mudando para o dar a sua personalidade a uma obra.

    Pegue até mesmo os desenhos animados de antigamente, onde linhas, traços e cores seguiam um mesmo trajeto. Os desenhos animados de hoje cada um segue um estilo visual distinto, muitas vezes adaptado a proposta da produção.

    Mais uma vez dou meus parabens a esse projeto da Mauricio de Sousa Produção e da quebra de paradigmas dentro de um sistema que era bem travado. A Turma da Monica nunca foi tão interessante quanto é nessas Graphic Novels. Isso ainda está longe de mudar o formato dos gibis tradicionais da casa, onde o traço robótico e artistas anonimos ainda existem, mas é um caminho interessante.

    Onde o autor tem tanto mérito pela qualidade visual de uma obra, quanto o criador do personagem em questão.

    Eu gostaria muito de ver algo desse calibre no universo dos quadrinhos Disney... quem sabe o tempo não permitirá algo assim?

    ResponderExcluir
  3. O preço é de 19,90 capa de brochura e 29,90 com capa dura, ta bem em conta eu tenho o Atrinauta Magnetar aki capa dura, bom demais.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.