' '

9 de abr de 2013

Almanaques Disney de abril

Agora com distribuição nacional, os almanaques Disney bimestrais chegam às bancas nos próximos dias. E se hoje o leitor tem mensalmente à disposição centenas de páginas inéditas (nos temáticos e nos títulos clássicos, com predominância de HQs italianas), encontrará ótimo contraponto em ALMANAQUE DO PATO DONALD e em ALMANAQUE DO MICKEY, recheados de produção americana. E tome Tony Strobl, Jack Bradbury, Paul Murry e Carl Fallberg, entre muitos outros mestres clássicos, que passarão por inéditos para a maioria, já que há HQs não republicadas por 40 anos ou mais. ALMANAQUE DO TIO PATINHAS faz uma mescla mais abrangente (incluindo HQs da fase "difícil de encontrar" da revista do tio). E ALMANAQUE DO ZÉ CARIOCA desfila artistas como Gérson Teixeira, Luiz Podavin e Arthur Faria Jr. em histórias não vistas por aqui há mais de 10 anos. Confira (e tem uma brincadeira no final).


ALMANAQUE DO PATO DONALD #13
Revista bimestral, formato 13,4 x 19 cm, 80+4 páginas cor, lombada quadrada, R$ 4,95, distribuição nacional.
Capa: Marco Palazzi (IC SUD  50)

A Lenda de El Dorado
W PP 7-01, 20 páginas.
Desenho: Tony Strobl. Arte-final: John Liggera.
Publicada antes no Brasil apenas em O PATO DONALD #386 (1959).

O Casamento da Vovó Donalda
W DD AL 1-06, 7 páginas.
Desenho: Jack Bradbury.
Publicada antes no Brasil apenas em O PATO DONALD #642 (1964).

O Comedor de Ouro
W DD 95-03, 9 páginas.
Desenho: Tony Strobl. Arte-final: Steve Steere.
Publicada antes no Brasil em O PATO DONALD #676 (1964) e em inglês, em 1990.

Rabanetadas no Alasca
W DD 67-01, 18 páginas.
Roteiro: Bob Gregory. Desenho: Tony Strobl. Arte-final: John Liggera.
Publicada antes no Brasil apenas em O PATO DONALD #542 (1962).

O Vira-Lata
D 2002-078, 6 páginas.
Roteiro: Paul Halas. Desenho: José Maria Manrique.
Publicada antes no Brasil em O PATO DONALD #2340 (2006).

Os Piratas do Rio
W VID 1-02. 19 páginas.
Roteiro: Carl Fallberg. Desenho: Tony Strobl. Arte-final: John Liggera.
Publicada antes no Brasil pela última vez em DISNEY ESPECIAL REEDIÇÃO #37 (1986).

• Compre esta e outras edições de ALMANAQUE DO PATO DONALD aqui, no Planeta Gibi Comic Shop

ALMANAQUE DO PATO DONALD foi lançado pela Editora Abril em dez/10. Atualmente, é bimestral, sendo lançado nos meses pares do ano. Houve uma primeira série deste título, que durou 25 números (entre jun/86 e jul/97). O primeiríssimo ALMANAQUE DO PATO DONALD a sair no Brasil, contudo, foi uma versão da americana DONALD DUCK FUN BOOK #2 (out/54). Essa raríssima revista acabou sendo publicada aqui pela antiga Editora Orbis, em 1955. Donald também foi "obrigado" a aturar seu maior rival em três números de ALMANAQUE DONALD CONTRA GASTÃO (out/82-jul/84). e, no papel do defensor mascarado, estrelou seis edições de ALMANAQUE DO SUPERPATO (jan/82 a jul/88) — o único dos almanaques Disney a não reiniciar a numeração, quando da segunda série.




ALMANAQUE DO MICKEY #13
Revista bimestral, formato 13,4 x 19 cm, 80+4 páginas cor, lombada quadrada, R$ 4,95, distribuição nacional.
Capa: Euclides Miyaura (BC AMK 7, com remake parcial para esta edição por Noriatsu Yoshikawa)

O Mistério do Vale Solitário
W WDC 208-09P, 25 páginas.
Roteiro: Carl Fallberg. Desenho: Paul Murry.
Publicada antes no Brasil apenas em O PATO DONALD #364-366 (1958).

O Mistério do Farol Apagado
W MM   52-02, 10 páginas.
Desenho: Paul Murry.
Publicada antes no Brasil em O PATO DONALD #348 (1958) e, remontada, em O GRANDE ALMANAQUE DISNEY #3 (1977) .

O Caso das Reses Desaparecidas
W MM   53-01, 13 páginas.
Desenho: Al Hubbard.
Publicada antes no Brasil apenas em O PATO DONALD #360 (1958).

O Dia das Boas Ações
S 63101, 8 páginas.
Roteiro: Carl Fallberg. Desenho: Jack Bradbury.
Publicada antes no Brasil apenas em O PATO DONALD #672 (1964).

O Bandido do Disfarce
W MM   60-04, 8 páginas.
Roteiro: Carl Fallberg. Desenho: Frank McSavage.
Publicada antes no Brasil pela última vez em MICKEY #506 (1991).

Corrida a Todo Vapor
W MM   57-01, 15 páginas.
Roteiro: Carl Fallberg. Desenho: Frank McSavage.
Publicada antes no Brasil apenas em O PATO DONALD #358 (1958).

• Compre esta e outras edições de ALMANAQUE DO MICKEY aqui, no Planeta Gibi Comic Shop

ALMANAQUE DO MICKEY foi lançado pela Editora Abril em dez/10. Atualmente, é bimestral, sendo lançado nos meses pares do ano. Houve uma primeira série deste título, que durou 11 números (entre jul/86 e set/96). O camundongo também dividiu duas edições de outro título com seu melhor amigo, em ALMANAQUE DO MICKEY E PATETA (jul/89 e mar/90).




ALMANAQUE DO ZÉ CARIOCA #13
Revista bimestral, formato 13,4 x 19 cm, 80+4 páginas cor, lombada quadrada, R$ 4,95, distribuição nacional.
Capa: Paulo Borges (BC ZC 2057)

Ganhar Brinquedo Não É Brinquedo
B 910082, 10 páginas.
Roteiro: Arthur Faria Jr. Desenho: Eli Marcos M. Leon.
Publicada antes no Brasil pela última vez em ZÉ CARIOCA #2192 (2001).

O Vodu
B 920300, 8 páginas.
Desenho: Luiz Podavin.
Publicada antes no Brasil pela última vez em ZÉ CARIOCA #2191 (2001).

Entrando pelo Cano
B 920062, 7 páginas.
Desenho: Rogério Soud.
Publicada antes no Brasil pela última vez em ZÉ CARIOCA #2190 (2001).

A Turma da Feijoada
B 920131, 9 páginas.
Roteiro: Gérson L. B. Teixeira. Desenho: Eli Marcos M. Leon. Arte-final: José Wilson Magalhães.
Publicada antes no Brasil pela última vez em ZÉ CARIOCA #2192 (2001).

Tombo Memoriável
B 870039, 9 páginas.
Desenho: Fernando Bonini.
Publicada antes no Brasil pela última vez em ZÉ CARIOCA #2194 (2001).

Praia X Futebol
B 920132, 8 páginas.
Roteiro: Gérson L. B. Teixeira. Desenho: Eli Marcos M. Leon.
Publicada antes no Brasil pela última vez em ZÉ CARIOCA #2189 (2001).

Essa Não Cola
B 890090, 10 páginas.
Desenho: Eli Marcos M. Leon. Arte-final: José Wilson Magalhães.
Publicada antes no Brasil pela última vez em ZÉ CARIOCA #2186 (2001).

Que Cachorrada!
B 000114, 7 páginas.
Roteiro: Gérson L. B. Teixeira. Desenho: Eli Marcos M. Leon.
Publicada antes no Brasil apenas em ZÉ CARIOCA #2160 (2000).

O Soldado
B 900030, 10 páginas.
Roteiro: Arthur Faria Jr. Desenho: Aluir Amancio.
Publicada antes no Brasil pela última vez em ZÉ CARIOCA #2174 (2001).

Questão de Classe
B 910282, 1 página.
Desenho: Eli Marcos M. Leon.
Publicada antes no Brasil pela última vez em ZÉ CARIOCA #2183 (2001).


ALMANAQUE DO ZÉ CARIOCA foi lançado pela Editora Abril em dez/10. Atualmente, é bimestral, sendo lançado nos meses pares do ano. Houve uma primeira série deste título, que durou 21 números (entre mai/86 e jan/96). 




ALMANAQUE DO TIO PATINHAS #13
Revista bimestral, formato 13,4 x 19 cm, 80+4 páginas cor, lombada quadrada, R$ 4,95, distribuição nacional.
Capa: Andrea Freccero (IC CD  396)

O Congresso de Ladrões
I TL 2424-2, 25 páginas.
Roteiro: Carlo Gentina. Desenho: Roberto Marini.
Publicada antes no Brasil apenas em TIO PATINHAS #447 (2002).

Um Tio Treinador: Estratégia Vencedora
I TL 2470-01, 1 página.
Roteiro: Marco Berti. Desenho: Massimo Asaro.
Publicada antes no Brasil apenas em TIO PATINHAS #469 (2004).

Um Pato Abaixo de Zero
W DD   75-01, 16 páginas.
Roteiro: Bob Gregory. Desenho: Tony Strobl. Arte-final: John Liggera.
Publicada antes no Brasil apenas em O PATO DONALD #556 (1962).

Perguntas Demais
I TL 2517-02, 1 página.
Roteiro: Carlo Panaro. Desenho: Paolo De Lorenzi.
Publicada antes no Brasil apenas em TIO PATINHAS #480 (2005).

Orca de Aluguel
D 2003-166, 35 páginas.
Roteiro: Gorm Transgaard. Desenho: Antoni Bancells Pujadas.
Publicada antes no Brasil em TIO PATINHAS #486 (2006).

Lugar-Comum
I TL 2569-02, 1 página.
Roteiro: Daniele Regolo. Desenho: Andrea Ferraris.
Publicada antes no Brasil em TIO PATINHAS #491 (2006).

• Compre esta e outras edições de ALMANAQUE DO TIO PATINHAS aqui, no Planeta Gibi Comic Shop

ALMANAQUE DO TIO PATINHAS foi lançado pela Editora Abril em dez/10. Atualmente, é bimestral, sendo lançado nos meses pares do ano. Houve uma primeira série deste título, que durou 16 números (entre jul/86 e mar/96). Também vale registrar que o próprio gibi regular do velho quaquilionário chamou-se, da estreia (dez/63) até o #63 (out/70), ALMANAQUE TIO PATINHAS — e só perdeu o prefixo porque então cedeu sua condição de almanaque (com seções como Maravilhas da Natureza e Zôo Disney) para o ALMANAQUE DISNEY, que estreava em dezembro daquele ano.

Editor: Paulo Maffia

Por E. Rodrigues
Indexação auxiliar: Inducks


E POR FALAR NISSO...

Este ou este? Há colecionadores que prefeririam ver as capas dos almanaques sem a moldura. Ficaria mesmo melhor? Compare nas montagens (toscas, ok!) do Planeta Gibi:




20 comentários:

  1. Puutz, muito, mas muitooo mais bonitas assim, mais simples, limpas, quem dera a abril mudasse hein!

    ResponderExcluir
  2. BEM melhor sem a moldura. Mas mudar agora na décima terceira edição em diante é complicado, acredito. E o que é aquela faixa branca que salta aos olhos na do Donald? '-'

    Apesar de tudo isso, é preciso por parte da Editora saber dosar as edições. Ficou pra tudo num mesmo mês big + 4 almanaques + 2 especiais de 300 páginas inéditas cada bimestralmente. E no mês seguinte a esse caminhão de edições tem só as mensais (e talvez algum especial). Acho que tem de ver isso aí.

    ResponderExcluir
  3. Na verdade, mês que vem tem mais 2 Disney Temático e também Disney Jumbo.

    ResponderExcluir
  4. Os especiais temáticos inéditos serão quinzenais até o final do ano (e creio que se continuarem vendendo seguirão assim).

    Agora fazendo as contas das republicações:

    Abril - 4 Almanaques + BIG
    Maio - Jumbo
    Junho - 4 Almanaques + BIG
    Julho - ??

    Em julho, plenas férias, não teremos republicações??
    Já que as edições de férias e extra foram canceladas.

    Ou existe algum outro projeto para as republicações?

    ResponderExcluir
  5. Muito melhor sem a moldura; perfeito! Até o selo e o logo ficaram melhores!!!

    ResponderExcluir
  6. Sem as molduras ficam muito mais bonitos, aproveitando melhor toda a ilustração. O selo Disney Comics também fica mais bonito em cima. Enfim, pode mudar q fica bem melhor.

    ResponderExcluir
  7. Caramba!! Caraca!! Caralho!! :O

    Ficou bem MELHOR sem a maldita moldura!!! :D

    Ficaram muito lindo se as futuras capas fossem assim,aproveitando melhor a arte...Parabéns a galera do Planeta Gibi que tem a mesma paixão/visão dos fãs! ;)

    Cadê o Sr.Paulo Maffia para ver isso?? As futuras capas TEM que ser assim poxá! :)

    ResponderExcluir
  8. Ops..e lá vem mais Tony Strobl nos Almanaques...ai,não aguento mais isso! :p

    ResponderExcluir
  9. Moldura é algo realmente muito feio. Mas ainda acho que seria fácil confundir os almanaques com as revistas mensais sem ela.

    O ideal seria mandar a faixa "almanaque" ou quem sabe fazer algo mais parecido com as, agora extintas, revistinhas extras.

    Mas pra mim é óbvio que a moldura como é hoje, chega a ser muito exagerada. Perde-se muito das artes originais.

    ResponderExcluir
  10. O Thiago tem razão

    Todos vão confundir os almanaques com os de linha. Assim como faziamos nos anos 80.
    até porque a lomabada é a mesma né thiago?

    ResponderExcluir
  11. Nem uma coisa, nem outra. Na verdade, gostaria que as capas dos Almanaques fossem exatamente nos moldes do "Almanaque Disney" na 1ª fase. Seria o resgate de uma memória afetiva para muitos leitores.

    ResponderExcluir
  12. Sem a moldura como mostrado acima, ou como fez a Goody em Portugal, que usou a mesma imagem para a capa da Hiper #1 (conforme pode ser visto aqui: http://asleiturasdopedro.blogspot.pt/2012/12/blog-post_19.html)...?
    Boas leituras!
    Pedro Cleto

    ResponderExcluir
  13. Olá, pessoal.
    A nova remessa de Topolino ainda não chegou ao Brasil.

    Enquanto isso...
    O Planeta Gibi tem centenas de Topolinos e está a partir de hoje colocando-os à venda.
    Em cada gibi há HQs inéditas no Brasil.
    Excelente material para colecionador, estudante de língua italiana.
    Buona lettura a tutti!

    http://www.planetagibi.com/index.php?cPath=21_33?

    ResponderExcluir
  14. Nunca gostei de moldura em almaanque nenhum. Se tirassem a moldura, ao menos eu ficaria bem mais contente.

    A única coisa que deveria cuidar é para que o nome do personagem não "brigue" com a arte. Exemplo: na versão sem moldura do almanaque do Pato Donald, seria bem melhor se o nome dele fosse preenchido com uma cor tipo laranja ou amarelo clarinho. Aquele vermelhão "briga" um pouco com a vela.

    Mas é só minha opinião.

    Ficou muito show sem as bordas!


    Abraços. Fabiano Caldeira.

    ResponderExcluir
  15. O Fabiano tem razão quanto a escolha das cores.Voltei a comprar os almanaques por conta das histórias do Strobl e do Murry.Espero que não parem, mas se pararem tudo bem, paro também.

    ResponderExcluir
  16. Que legal...histórias do Strobl e do Murry... com certeza vou comprar!!! Ah, e sem moldura com certeza é bem melhor!

    ResponderExcluir
  17. sem a moldura ficaria melhor

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Devo ser o único que gosta da moldura. :P Pra mim com a moldura e sem o selo "Disney Comics" a capa fica ótima.

    ResponderExcluir
  20. Também adoro moldura :( reconheço os almanaques por molduras,me acostumei com os almanaques Mauricio de sou e da disney com moldura

    O Almanaque do mickey deste mel estava perfeita,com certeza o melhor gibi disney que ja li *-*

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.