' '

2 de fev de 2013

Da redação da Patada

O editor dos gibis Disney, Paulo Maffia, será o entrevistado da Clic TV nesta terça 5 (abaixo, veja mais algumas novidades nas HQs Disney anunciadas pela Abril para 2013) ATUALIZADO: link para a entrevista gravada  •••  LULUZINHA e sua turma nos lançamentos do final do mês  •••  Amy Winehouse e outros artistas do macabro Clube dos 27 em quadrinhos pela Conrad  •••  Editora Nemo anuncia mais dois lançamentos: HAMLET, adaptado de Shakespeare, e O HOMEM DO CIGURI, de Moebius  •••  JBC divulga o lançamento em fevereiro de ANOTHER, mangá de suspense com um toque de terror.

KENDI ENTREVISTA PAULO MAFFIA

Um dos maiores colecionadores de gibis do Brasil, Kendi Sakamoto entrevistará ao vivo Paulo Maffia nesta terça, no programa 
Quadrinhos para Quadrados e Redondos.  

Maffia, editor dos quadrinhos da Editora Abril, falará sobre as novidades no gibi ZÉ CARIOCA e outras, por vir, das HQs Disney.

Quando e onde: nesta terça-feira 5, das 9 às 10h, aqui no Clic TV


Se perder: os programas já exibidos ficam disponíveis no acervo da TV UOL. E este está aqui.



E vem aí...

...A Saga da Rainha Regina (criação de Rodolfo Cimino e Giorgio Cavazzano) será toda publicada, até 2014. A aventura de estreia está em DISNEY BIG deste mês (leia mais sobre ele aqui).

...Uma entrevista exclusiva com o artista norueguês Arild Midthum (de O Medalhão de Donaldus, vista em PATO DONALD #2388, e da série Escoteiros Mirins: Os Viajantes do Tempo).

...Edições de luxo em 2013.

...Na Terra dos Esquimós, HQ americana ultra rara de Don Christensen e Phil DeLara, em ALMANAQUE DO MICKEY #12, deste mês. A história havia sido publicada antes somente em O PATO DONALD #213 e no mais raro ainda FESTA DE NATAL (Editora Orbis), ambos, curiosamente, do mesmo ano: 1955. Segundo o Inducks, há mais de 25 anos essa produção não é republicada no mundo.

...DonaldDuplo no Rio de Janeiro. A HQ, da qual tratamos pela primeira vez aqui, será uma das aventuras do agente que a Abril publicará no segundo semestre.

...Urtigão inédito em PATO DONALD e TIO PATINHAS (HQs italianas, presume-se).

Tudo isso, diretamente das seções de cartas dos gibis deste mês. O editor pede que os leitores enviem à redação comentários sobre Um Crocodilo no Rio (a HQ inédita que abre ZÉ CARIOCA deste mês), e também sobre todas as próximas (o gibi, a partir de agora, sempre abrirá com uma produção brasileira inédita).

Ah, sim! Também vem aí...

...A segunda edição de MEGA DISNEY, o maior gibi Disney do mundo, com 800 páginas — boa parte delas com  material não republicado há um bocado de tempo.






LULUZINHA E SUA TURMA NAS BANCAS

Lançados pela Pixel no final de janeiro (também podem ser comprados na loja virtual do Planeta Gibi), LULUZINHA #23 e BOLINHA #21 têm 48+4 páginas coloridas, formatinho, por R$ 3,10 cada. 

Sobre LULUZINHA TEEN #45, diz a Pixel: Universo Anime invade nova edição Luluzinha Teen. Personagens de games e animações garantem encontros inusitados e confusões sem tamanho. Com os olhos voltados para o oriente, Luluzinha Teen e sua Turma inicia 2013 imersa no universo anime. Figuras comuns em tramas de Pokémon, Sailor Moon, Dragon Ball Z, Gundam e Blaz Blue, dentre outras, invadirão os corredores da Escola Unida num super evento para amantes das animações nipônicas – o LibertAnime. As trapalhadas também seguem em escala super e se mostram capazes de abalar até mesmo as estruturas da terra do sol nascente. Tudo começa quando Aninha descobre um clube de anime e, mais do que isso, que ele promoverá um evento sobre o tema. Sem demora, a geek é tomada por grande empolgação e acaba assumindo a dianteira dos principais preparativos do evento. Com o apoio de toda a turma (que, para sua surpresa, se revela fã desse tipo de animação) e do professor Vicente, Aninha começa a por a mão na massa e ainda recebe autorização para fazer o evento na Escola Unida, além de uma grana extra para trazer o cantor japonês Hironoby Kageyama – famoso por interpretar músicas-tema de diversos animes. No dia de evento, a maré de sorte começa a mudar. O convidado japonês se atrasa e resta a Bola e Glorinha – usando cosplay de Sailor Moon e Texudo Mask – entreterem o público para obter tempo. Sem saber o que fazer, Bola começa a dançar o Gangnam Style e acaba ganhando a atenção da galera por alguns instantes. Para ajudar o amigo, Glorinha sobe ao palco, porém algo inesperado acontece... Um silêncio toma conta do espaço até que se ouvem as primeiras vozes: Beija, beija, beija! Será que agora, finalmente, o casal emplaca? E onde estaria Lulu que mal deu as caras? A segunda trama da edição ocorre ainda nos corredores do LibertAnime. Na bilheteria do evento, Careca encontra uma garota linda que lhe rouba toda a atenção. Contudo, sua timidez o impede de iniciar uma conversa. Para ajudar o amigo, Alvinho resolve dar umas dicas, sem contar um leve empurrãozinho para acelerar as coisas. Será que é a vez do Careca engatar um romance? Entre Pokémon, Sailor Moon, Dragon Ball Z, Nausicaä do Vale do Vento, Evangelion, Gundam, BlazBlue, Nana, Meu Vizinho Totoro, Princesa Mononoke, Rurouni Kenshin, Slam Dunk, Beck e outros games, animes, mangás, muita emoção e aventura vai rolar na edição deste mês! Corra até a banca mais próxima para garantir a sua.




AMY WINEHOUSE PELA CONRAD

A Folha de S.Paulo informou hoje que a Conrad vai lançar a série O CLUBE DOS 27, contando em quadrinhos um pouco da vida de astros do rock que não passaram dessa idade. Depois da estreia com Amy Winehouse, em março, virão Jim Morrison e Kurt Cobain. A produção é do trio Goffette, Eudeline e Fernandez. (Não anunciados, mas também "membros" do funesto clube são Jimi Hendrix, Janis Joplin e Brian Jones, um dos fundadores dos Rolling Stones.)




COLEÇÃO MOEBIUS: O HOMEM DO CIGURI
Editora Nemo, fev/2013
56 páginas, formato 24 x 32 cm, capa dura, R$ 49,00

Diz a Nemo: Continuação do clássico A Garagem Hermética, finalmente chega ao Brasil este volume inédito das aventuras do Major Gruber! Perdido num mundo que parece ser a Terra em que vivemos, o herói segue em busca de uma porta dimensional que o leve de volta à sua nave e à sua amada. Mas os perigos e armadilhas no caminho são muitos! Sempre único e original, Moebius se reinventa a cada trabalho, como neste álbum: uma bela viagem artística em cores, delírio e fantasia. Moebius é o criador de uma obra absolutamente original e inovadora. Dono de um traço inconfundível e também incrivelmente mutável, esotérico e surrealista, futurista e atemporal, inimitável e muito copiado, um gênio da luz e do espaço, ele mudou definitivamente a história dos quadrinhos e das artes visuais na segunda metade do século 20.




HAMLET DE WILLIAM SHAKESPEARE
De Wellington Srbek (roteiro) e Alex Shibao (desenhos), adaptando a obra de Shakespeare
Editora Nemo, fev/2013
80 páginas, formato 20 x 27,3 cm, capa cartonada, R$ 42,00

Diz a Nemo: Um dos maiores clássicos de William Shakespeare ganha versão em quadrinhos com tradução e roteirização de Wellington Srbek, desenhos e cores de Alex Shibao. O rei da Dinamarca morre em circunstâncias misteriosas e seu fantasma retorna para exigir que o filho vingue sua morte. Em meio a intrigas palacianas, traições e assassinatos, o angustiado príncipe Hamlet irá desafiar os limites da razão numa busca obstinada por verdade e justiça. Uma adaptação para os quadrinhos que parte do texto original para expor a dimensão moderna e sempre atual desta grande obra sobre o sentido de ser humano.




ANOTHER
JBC, fev/13
Série mensal em 4 volumes, 190 páginas p&b mais 4 páginas coloridas cada, formato 13,5 x 20,5 cm, R$ 13,90

Diz a JBC: Mistério, suspense e um toque de terror! Nos últimos anos os filme de terror japoneses invadiram o mundo e fizeram muito sucesso; “O Chamado” e “O Grito” são os maiores exemplos. Agora chegou a hora dos leitores brasileiros voltarem a ter contato com um mangá de suspense e terror: Another, o novo lançamento da Editora JBC, que chega as bancas em fevereiro. Another foi lançado originalmente como uma light novel (livro) de mesmo nome em 2009, no Japão. Devido ao seu sucesso, foi transformada em um mangá de quatro volumes, depois ganhou um anime com doze episódios e ainda virou filme em 2012. Diferente da maioria dos mangás publicados no Brasil atualmente, Another tem uma trama de suspense, mistério e um toque de terror, sempre deixando os leitores ansiosos para saber o que acontecerá no volume seguinte. A História: Tudo começa com uma historia contada pelos alunos do Colégio Yomita: há 26 anos, havia um aluno chamado Misaki que, desde o primeiro ano, era uma pessoa querida por todos ao seu redor, bom aluno e ótimo atleta. Mas no terceiro ano ele caiu na turma 3-3 e perdeu a vida em um acidente. Os colegas de Misaki, sem saberem como lidar com a morte repentina do amigo, decidiram “fingir que Misaki estava vivo”. Porém, no dia da formatura... na hora que a foto da turma 3-3 reunida foi revelada, Misaki estava presente. Foi aí que tudo começou. Agora, o recém transferido Koichi, terá que descobrir quem é a misteriosa aluna de tapa-olho e o que se  esconde por trás dessa história toda em uma trama envolvente e com grandes reviravoltas.  Os Personagens: Koichi Sakakibara - um garoto de 15 anos que vive com seus avós e sua tia, enquanto seu pai conduz pesquisas na Índia. Foi transferido à escola Norte de Yomiyama na classe 3-3, e acaba envolvido em uma situação misteriosa... Mei Misaki - uma bela garota que, ao contrário do restante da classe, senta em uma mesa diferente das outras (uma velha e rabiscada). Ela usa um tapa-olho que cobre seu olho esquerdo e, por algum motivo, é ignorada por todas as pessoas da escola. Aparentemente apenas Koichi parece notar sua presença, o que, em um determinado momento, o faz se questionar se ela existe realmente. Os Autores: Yukito Ayatsuji é um famoso escritor de mistério e ficção policial. É um autor que usa muitos elementos auto-reflexivos em suas obras. A adaptação da obra para mangá, ficou por conta do ilustrador Hiro Kiyohara.


Por E. Rodrigues


14 comentários:

  1. Inéditas do Urtigão cairiam bem em Zé Carioca, para incrementar um pouco a revista, ao invés de só uma história inédita, na abertura.

    Em Tio Patinhas e Pato Donald tem tanta coisa que poderia ser publicada... HQs ainda inéditas do Branca, Jippes, Hubbard.Material de qualidade certa desperdiçado.

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente com o R. Duck... Urtigão já não era republicado no gibi do ZC? Acho q PD e TP poderia apresentar mais Escoteiros-Mirins e alguns personagens esquecidos, se é q ainda tem inéditas, como Bolívar, Tico e Teco e Colimério, contracenando com o Donald! De qq forma, fico curioso para ver o Urtigão inédito, mas ainda acho q ele ficaria melhor nas páginas de ZC, afinal, é a única revista mensal q só vive de republicações, seria legal se ela passasse a ser 100% inédita, ou quase, pelo menos!

    ResponderExcluir
  3. Quanto a Luluzinha e Bolinha, continuam sendo um show a parte!!!

    ResponderExcluir
  4. A mega terá sagas completas ou somente histórias avulsas, como foi a primeira Mega?

    ResponderExcluir
  5. Maffia deve falar mais do Mega #2 amanhã, em sua entrevista.

    ResponderExcluir
  6. ai Planeta Gibi, saiu o gibi dos Thundercats e voces nao falaram nada aqui, ja comprei o primeiro e gostei, saiu agora fresquinho nas bancas.

    ResponderExcluir
  7. Ricardão,

    Thundercats #1 e Bleyblade #2 estão no checklist Variados & Mangás de janeiro, com suas respectivas capas. Não houve divulgação prévia da editora (ok, a On Line jamais divulga seus lançamentos) nem da distribuidora. Quando colocamos as mãos nessas edições, então, elas já estavam nas bancas há muitos dias e (sinceramente) esqueci-me de citá-las (que fosse) nos posts de notinhas.

    Abs.

    E. Rodrigues

    ResponderExcluir
  8. Com relação às histórias inéditas na ZC: Muito bom ter de volta produção nacional. História boa, argumento bom e aparentemente (não sou expert) o Fernando Ventura deu uma suavizada no traço, o que para admiradores da forma "classica" como eu torna mais aprazível a leitura. Sensação muito boa ao final da história.
    Obrigado aos envolvidos no projeto do retorno das histórias nacionais.

    ResponderExcluir
  9. Valeu E. Rodrigues, voce sabe me falar se esse Thundercats vai ser mensal, quinzenal o que? Eu gostei muito sou fa e a um bom tempo tinha pedido ele e essa editora lancou, nem conhecia essa editora heheh, abracos.

    ResponderExcluir
  10. Perdi o programa com o Maffia, cheguei atrasado.
    Quais foram os principais pontos discutidos?

    ResponderExcluir
  11. e' mesmo e a entrevista do Maffia, voces publicam hoje ainda o que foi falado?

    ResponderExcluir
  12. Ai E. Rodrigues, Planeta Gibi, voces poderiam publicar a entrevista do Maffia aqui e as novidades que ele falou la, ou ele nao falou novidade nenhuma das colecoes que estao por vir e do mega 2???

    ResponderExcluir
  13. Basicamente o Maffia falou pouco sobre os próximos lançamentos.
    Apenas confirmou que Mega 2 será lançada mês que vem.
    Ele falou sobre a volta da produção nacional, que será mensal sempre com uma história de 10 páginas, primeiro somente com Zé Carioca mesmo.

    O que ele mais falou foi sobre os bastidores da Abril, como eles fazem a republicação de matrizes de histórias antigas e outras coisas.
    Não adiantou muito sobre novidades, apenas disse que os quadrinhos estão indo muito bem.

    ResponderExcluir
  14. Sobre a entrevista (mais pra bate-papo)

    Eu achei que ficou meio distorcido o que o Paulo Maffia disse em torno da elitização dos quadrinhos. Eu não vejo ninguém pedindo pela extinção dos quadrinhos em banca, o que eu vejo são leitores pedindo por publicações mais trabalhadas e caprichadas, por revistas e uma linha que agrade a todos. Uma coisa não extingue a outra. Não precisa acabar com os gibis de bancas pra ter uma linha de revistas mais caprichadas que custem mais por esse capricho.

    Também acho errado defender a revista em banca e fazer de conta que só porque ela é barata, é desculpa pro papel ruim e dos problemas gráficos que existem na linha disney atualmente. Turma da Monica também tem uma linha de banca e a qualidade do papel e da impressão é muito superior. Pra não mencionar que fora a banca, a Turma da Monica também trabalha com uma linha de revistas mais caprichadas e dedicadas a colecionadores que podem e querem pagar mais, por algo melhor. Isso não é eletizar, pois atende diversos publicos.

    Eletizar é o que a editora faz setorizando irracionalmente regiões inteiras do Brasil, impedindo que as revistas cheguem pra quem quer, não criando um sistema razoavel de venda online e nem criando pacotes de assinaturas que contemplem toda a linha, com opções de revistas para se assinar (mais uma vez, Turma da Monica da Panini tem opções de assinaturas aos montes).

    Achei que ficou bem distorcido essa ideia de eletização de revistas. Fazendo nós, colecionadores, como vilões, quando sabemos que na verdade não é bem assim.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.