' '

14 de dez de 2012

Da redação...

Alto Astral lança DISNEY NA COZINHA #5 (e continua o mistério de DISNEY NA COZINHA EXTRA #4...)  •••  A PEQUENA SEREIA, adaptação oficial para os quadrinhos, também ganha edição pela mesma editora  •••  Band promove The Walking Dead com teasers horripilantes (no mau sentido)  •••  Peirópolis lança mais uma adaptação de livro para quadrinhos: I-JUCA PIRAMA tem texto original de Gonçalves Dias e traço vigoroso de Laerte Silvino  •••  Panini anuncia a míni Cicatrizes de Batalha completa em AVANTE, VINGADORES! de janeiro (e também o encadernado ULTIMATE GAVIÃO ARQUEIRO)  •••  Jean Okada mostra sua versão de Zé Carioca moderno (via Portallos)  •••  Gibis X Mangás  •••  TITEUF #3

NOTAS • CAPAS • LINKS • DICAS • EVENTOS • VÍDEOS • SEÇÕES DE AUTÓGRAFOS • MÍDIAS DIVERSAS


A PEQUENA SEREIA
Editora Alto Astral — Walt Disney
Edição especial, 48+4 páginas, formato americano, capa cartão, miolo LWC, R$ 5,99
Lançamento em 14/dez/12

Esta é a quarta adaptação em quadrinhos de uma animação Disney lançada pela Alto Astral (as anteriores você pode conferir aqui). Produzida na Dinamarca quando do lançamento desse Clássico Disney nos cinemas, a HQ tem roteiro de Tom Anderson e desenhos de Xavier Vives Mateu. Já foi publicada por aqui em ALMANAQUE DISNEY #236 (Editora Abril, jan/91, com layout remontado) e em DISNEY FILMES CLÁSSICOS EM QUADRINHOS #7 (Online Editora, nov/10, com capa diferente desta).



DISNEY NA COZINHA #5
Editora Alto Astral — Walt Disney
Edição especial, 48+4 páginas, formato magazine, R$ 15,90
Acompanha brindes (utensílio de cozinha e revistas)
Lançamento em 14/dez/12




DISNEY NA COZINHA EXTRA #4: O MISTÉRIO
Editora Alto Astral — Walt Disney

Lançamento anunciado para setembro de 2012, mas não distribuído em São Paulo, pelo menos. O atendimento ao leitor da editora não sabe informar nada sobre este título — que dirá sobre esta edição em específico. 



I-JUCA PIRAMA
COLEÇÃO CLÁSSICOS EM HQ
Peirópolis — de Gonçalves Dias (texto original) e Laerte Silvino (desenhos)
48 páginas, formato 20,5 x 27 cm, R$ 35,00
Lançamento em dez/12 nas livrarias

Diz a Peirópolis: Chega este mês às livrarias de todo o país o livro I-Juca Pirama em quadrinhos, lançamento da Editora Peirópolis que integra a Coleção Clássicos em HQ. O poema “I-Juca Pirama”, escrito em 1851 pelo famoso poeta do Romantismo Gonçalves Dias, é mantido integral nessa versão HQ do quadrinista Laerte Silvino com o objetivo de preservar o ritmo e a musicalidade excepcional desse poema épico indianista. Dividido em dez cantos com versos decassílabos, a obra retrata o drama do grande guerreiro tupi ao ser capturado pela tribo dos índios Timbira. De acordo com os costumes da tribo, o guerreiro aprisionado deve submeter-se ao ritual antropofágico do povo inimigo, momento em que a sua força e coragem são transmitidas aos seus captores pela carne devorada. No entanto, ao se lembrar de seu pai envelhecido, cego e perdido na floresta, o índio chora, transformando seu canto de morte em canto de amor, rompendo a tradição. Desprezado pelo inimigo por sua covardia, é libertado. Mais do que uma história da tradição indígena, a obra imortaliza-se por tratar de um tema universal: a relação entre pais e filhos e a preservação de valores. “Não escolhi transpor ‘I-Juca Pirama’ para os quadrinhos só por ser um belo poema; escolhi-o também por seu caráter histórico, que para mim se apresenta muito atual. Trata-se de uma obra que fala de bravura, coragem e honra: valores que muitos consideram esquecidos, mas que ainda vejo presentes não só em muitos de nós, mas também nos índios que restaram e seguem lutando pela sobrevivência de sua cultura”, afirma Silvino. Os desenhos de Silvino são reveladores. A cor da mata é ligeiramente alterada de acordo com o canto do poema. O texto, que é um exemplo da exploração do ritmo e da musicalidade como um recurso de expressão artística, teve o tamanho de seus versos completamente preservado na versão em quadrinhos. “Quando lido em voz alta, é capaz de nos fazer ouvir o som dos tambores que preparam o ritual do sacrifício”, avalia o professor Maurício Soares Filho no prefácio do livro.




AVANTE, VINGADORES! #57
Panini — Marvel
Revista bimestral, 144+4 páginas, formato americano, R$ 14,90
Lançamento em jan/13

Diz a Panini: …o futuro do Universo Marvel começa a ser pavimentado, com a publicação da minissérie Cicatrizes de Batalha, originalmente lançada em seis edições, que será publicada integralmente na edição 57 da revista. A história introduz um personagem que se tornará importante nas HQs vindouras da Casa das Ideias! O sargento Marcus Johnson retorna do Afeganistão para o funeral de sua mãe e descobre que se tornou um dos homens mais procurados do mundo. Enquanto luta para sobreviver, ele descobre a verdade sobre sua origem e por que está tão ligado aos super-heróis e vilões do planeta! Cicatrizes de Batalha tem como maestros o roteirista Christopher Yost (X-Force: Sexo & Violência, Vingadores: Prelúdio) e o desenhista Scot Eaton (Vingadores Secretos). Como um bônus, em Avante, Vingadores! 57 também será publicada a história Nick Fury, Agent of Shield 4, lançada em 1968, que mostra como o personagem se tornou o diretor da SHIELD. A arte é de Jim Steranko e, o texto, é de Roy Thomas. [por Rodrigo Guerrino]



ULTIMATE MARVEL — GAVIÃO ARQUEIRO
Panini — Marvel
Edição especial, detalhes não definidos
Lançamento em jan/13

Diz a Panini: E chegou a vez de o Gavião Arqueiro do Ultiverso ganhar sua própria minissérie! Programada para janeiro, Ultimate Marvel: Gavião Arqueiro segue o formato das minis do Capitão América e do Thor, lançadas pela Panini há algum tempo, que também foram encadernadas em volumes únicos com histórias completas. A trama leva Clint Barton, o mais marrento de todos os arqueiros, para a Ásia, onde ele deverá encarar a mais perigosa missão para a qual já foi designado! Não só isso, ele também se verá envolvido em uma disputa internacional super-humana com direito a um vírus antimutante, um soro muito especial e convidados pra lá de esverdea…ops… inusitados… Ultimate Marvel: Gavião Arqueiro também lida com o passado do personagem, revelando seus antecedentes militares, treinamento e posterior recrutamento por Nick Fury. Escrita por Jonathan Hickman (Quarteto Fantástico, Ultimate Marvel Thor) e desenhada por Rafa Sandoval (Mistério Supremo, Mulher-Gato), esta minissérie em quatro edições será lançada em volume único e se passa um pouco antes dos eventos mostrados na revista Ultimate Marvel 28, no retorno de Os Supremos, e suas consequências prometem reverberar por todo o Ultiverso! [por Rodrigo Guerrino]

JEAN OKADA:

Um Zé Carioca atualizado, mas sem perder a essência (dica do Twitter do Portallos). Veja mais ilustrações (inclusive de Rosinha) no blog do artista.



MUNDO ESTRANHO:

Publicação mensal da Editora Abril.


TITEUF VOL. 3 DO QUE ELAS GOSTAM...
V&R Editoras — Zep
52 páginas, formato 21 x 28,5 cm, R$ 34,90
Lançamento em dez/12 nas livrarias

Diz a V&R: A V&R Editoras lança neste mês o terceiro volume da série de HQ de língua francesa Titeuf: Do que elas gostam... do autor e cartunista suíço Zep. Com álbuns publicados em mais de 15 idiomas, as obras com as desventuras de Titeuf – personagem famoso por apresentar uma visão ingênua de temas do universo adulto – já superaram a marca de 20 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo. Divertidas e bem-humoradas, as sacadas de Titeuf aproximam o leitor de temas atuais, importantes e delicados, tais como sexualidade, gravidez e drogas. “A principal característica de Titeuf é que ele é curioso. Ele quer entender, mas não entende nada”, explica Zep ao comentar sobre sua personagem. Neste terceiro volume da série, Titeuf está mais curioso do que nunca para saber tudo sobre as garotas, seu corpo segue se modificando e suas curiosidades e perguntas aos pais e aos colegas sobre sexo são cada vez mais diretas. Com muito humor e ingenuidade, Titeuf possui uma linguagem que agrada todas as gerações. Sobre o autor e ilustrador: Zep, menos conhecido como Philippe Chappuis, nasceu na Suíça, em 1967. Aos 12 anos, influenciado pelo cartunista francês Gotlib, desenhou uma história em quadrinhos chamada Zep, uma homenagem à banda de rock inglesa Led Zeppelin. Desde então, assumiu o nome da obra como seu pseudônimo. Formado pela l’École des Arts Décoratifs de Genebra, começou a colaborar com a imprensa suíça na década de 1980. Em 1988, publicou Victor, seu primeiro livro. Quatro anos depois, lançou pela editora francesa Glénat as histórias de Titeuf. O menino de topete loiro com sua visão ingênua de temas do universo adulto (especialmente o sexo) se tornou um sucesso na França, atingindo a marca de um milhão de livros vendidos. 


Por E. Rodrigues


5 comentários:

  1. Titeuf é genial! Que bom que está se virando mais ou menos bem aqui no Brasil.

    ResponderExcluir
  2. Gostei deste descontraído ZC. Uma coisa legal com os personagens Disney é que se pode brincar com os diferentes estilos. Adorei saber que os artistas tem total liberdade para ambientar o ZC nas novas hqs código B. Quanto mais variedade, melhor...

    ResponderExcluir
  3. Apenas para mencionar que Disney na Cozinha 5 chegou aqui, e veio junto a Disney na Cozinha 4, na mesma embalagem. Detalhe: nenhum personagem de Patópolis ou hq na DNC Nª5, somente Pixar com Procurando Nemo, e o preço subiu de R$ 5,99 para R$ 15,90.

    ResponderExcluir
  4. Poxa, subir de 5,99 para 15,90 é sinal de fim dos tempos...

    ResponderExcluir
  5. Sim, o preço de capa de DNC 5 é R$ 15,90, mas vem um pacote lacrado com 3 revistas: DNC 5, DNC 4 e Disney Game 3, e mais uma espátula de culinária com o logo Disney.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.