' '

17 de out de 2012

Huguinho, Zezinho e Luisinho: 75 anos hoje

Há 75 anos, o Pato Donald recebia uma carta de sua prima, Della (Anitra, no Brasil), pedindo que tomasse conta de seus trigêmeos por um tempo (enquanto o pai deles se recuperava no hospital de uma bombinha gigante que os "anjinhos" haviam estourado sob sua cadeira!). Foi nessa página dominical colorida, com roteiro de Ted Osborne e traço de Al Taliaferro, que estrearam Huguinho, Zezinho e Luisinho. Meses depois, viria o debut no cinema, no curta Os Sobrinhos do Donald (onde o pato recebia um cartão de sua irmã, Dumbela, avisando da chegada dos pestinhas). 


Estreia nos quadrinhos: por Ted Osborne e Al Taliaferro. Aqui, os meninos eram filhos de uma prima de Donald, que assinava uma carta de apresentação como "Della" (e cuja primeira tradução no Brasil, de 1975, a nomeava "Anitra" — veja abaixo)



VOCÊ SABIA?

Taliaferro, a propósito, também tem em seu currículo nada menos do que a primeira HQ de Donald (uma quadrinização de A Galinha Sábia), as estreias de Vovó Donalda, do Gansolino e do Prof. Ludovico; o visual definitivo de Margarida (e também do curioso embate, depois, entre ela e sua versão primordial, Donna); as primeiras aparições em quadrinhos do carro 313 do Donald (e também a primeira vez em que essa placa de fato apareceu), do burrico Basil e do cachorro Bolívar, além de Dottie (a 4ª sobrinha de Margarida, cuja tira permanece inédita no Brasil); a versão "casaca preta" do Tio Patinhas e, nada menos, a arte de uma porção de tiras com trama de Carl Barks (inéditas no Brasil, pelo menos em gibis da Editora Abril). Boa parte desse material teve roteiro de Bob Karp, além do citado Osborne. Ufa!

O artista, nascido Charles Alfred Taliaferro em 1905, nos Estados Unidos, foi responsável pela arte das tiras e páginas dominicais do Donald por décadas, até o ano de sua morte, 1969.

A Suécia recuperou e republicou boa parte dessas páginas dominicais coloridas entre 2003 e 2010 (para não dizer que as republicou todas). Material mais do que interessante para se esperar ver um dia também por aqui, de preferência num merecidíssimo volume comemorativo.




Cenas de Os Sobrinhos de Donald, curta que marcou a estreia dos meninos no cinema, em 15 de abril de 1938. Dirigido por Jack King, o cartoon tinha roteiro de Jack Hannah, Dana Coty e... Carl Barks. Quem envia os pestinhas é a "irmã Dumbella"


Não se pode dizer, contudo, que Osborne e Taliaferro tenham criado os sobrinhos. Era comum haver quadrinizações e tiras envolvendo personagens e situações que estavam, ao mesmo tempo, sendo desenvolvidos para as animações.

No caso de Os Sobrinhos de Donald, com efeito, há rascunhos datados de 1º de agosto de 1937 (vide abaixo).




A princípio indistinguíveis, foi somente na série animada DuckTales que os meninos passaram a ter seus nomes associados à cor específica de seus bonés: Huguinho usa o boné vermelho, Zezinho, o azul, e Luisinho, o verde.


Por Rivaldo Ribeiro & E. Rodrigues

13 comentários:

  1. "enquanto o pai deles se recuperava no hospital de uma bombinha gigante que os "anjinhos" haviam estourado sob sua cadeira!"



    Então dilacerou a cloaca do véio???

    Fiquei com dó agora...

    ResponderExcluir
  2. "A Suécia recuperou e republicou boa parte dessas páginas dominicais coloridas entre 2003 e 2010 (para não dizer que as republicou todas). Material mais do que interessante para se esperar ver um dia também por aqui, de preferência num merecidíssimo volume comemorativo"

    Só se Abril ouvir o Planeta Gibi, porque os leitores a editora não ouve.

    ResponderExcluir
  3. Mais uma data que se passa em branco(?)...sem um especial a comemorar(com as melhores HQs deste trio)! :p

    ResponderExcluir
  4. Mais um aniversário em branco. A Abril perde mais uma oportunidade de nos brindar com um especial. Cadê o especial dos escoteiros Nº2?

    ResponderExcluir
  5. A Dumbella não seria irmã gêmea do Pato Donald? O PG está dizendo q é prima... agora fiquei confuso!

    ResponderExcluir
  6. Poxa, interessante que ontem levantei o assuntos dos bonés no grupo esquiloscans sem saber que eles estavam aniversariando.

    Quer dizer, então, que na série animada do DT há uma lógica H-vermelho, Z-azul e L-verde. Mas isso não se reflete nos gibis do DT né? Digo isso pq no Almanaque do TP 4, aquele com ducktales, de acordo com a HQ mudaram as cores.

    HQ A ilha dos papagaios
    H - azul
    Z- vermelho
    L - verde

    HQ A pirâmide negra
    H - vermelho
    Z - azul
    L - verde

    E nos gibis "iniciais", será que existe algum padrão? O "meu" padrão na infância era, por alguma HQ que li: H - azul,Z- vermelho e L - verde

    ResponderExcluir
  7. Sergiokid. Não sei pq, mas sempre me simpatizei mais com o boné vermelho, rs. Na minha infância, para mim, o de boné vermelho era o Huguinho, já as outras cores, nem sei a quem as associava, e continuo com o mesmo pensamento até hoje, mesmo q eu já tenha percebido q não existe um padrão! :)

    ResponderExcluir
  8. Hehehehe, então todo mundo adorava o Huguinho. Eu simpatizava com ele, que para mim era o de boné azul, rsrs

    ResponderExcluir
  9. Um salve aos três patinhos. É impossível pensar no universo Disney sem eles. Além de serem uma fonte absurda de conhecimento graças ao Manual do Escoteiro Mirim, são muitas vezes as bússolas morais tanto do Tio Patinhas quanto do Donald (desconsidero aqui as primeiras histórias deles, quando eram verdadeiras pestes).

    Sobre a questão dos bonés, nunca tentei fazer um esforço maior para identificar cada um com uma cor.

    Percebe-se que em muitas histórias (principalmente algumas mais antigas) que a cor do boné de um deles muda direto, inclusive de um quadrinho para outro.

    ResponderExcluir
  10. De acordo com o Wikipedia, nos anos 80 foi estabelecido que H = vermelho, Z = azul e L = verde. Antes disso, eles provavelmente trocavam de bonés de propósito para deixar a parentada ainda mais enlouquecida do que já é. Ah, sim, e 75 anos é mesmo uma data muito importante para passar totalmente em branco...

    ResponderExcluir
  11. Bem, quem estabeleceu os personagens pela cor dos bonés foi a Disney, mesmo. E isso está registrado na Enciclopédia Oficial. Mas nunca reparei se os tradutores/coloristas se atentaram a isso ferrenhamente nas HQs. E acredito que não.

    Quanto à Dumbella, não vamos confundir: a página dominical original chama a mãe dos meninos de Della, que seria prima de Donald. Na animação, meses depois, o postal é assinado pela mãe Dumbella, identificada ali como irmã de Donald.

    Nomes parecidos = prato cheio para a salada de traduções que se fez a seguir.

    A primeira tradução num gibi brasileiro (reproduzida acima) traz um texto adicional no último quadro (onde Donald diz que eles são filhos de sua prima Anitra) que não é exclusividade brasileira: há uma compilação americana que trouxe balão semelhante, onde Donald tampouco chama a mãe dos meninos de Dumbella (nem de Della). Depois acrescento esse quadro aqui, por curiosidade

    Abs.

    E. Rodrigues

    ResponderExcluir
  12. Não me perguntem porquê, mas desde criança penso que Huguinho é o de boné vermelho, Zezinho verde e o Luisinho o de azul...rsrs

    ResponderExcluir
  13. Sempre pensei em Huguinho - vermelho, Zezinho - azul e Luisinho - verde. Que curioso ser essa a ordem "oficial", DuckTales pelo visto me ensinou bem...

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.