' '

26 de mai de 2012

Quadrinhos de TINKER BELL voltam pela Alto Astral

Por E. Rodrigues

A Editora Alto Astral, que trabalha com revistas de atividades Disney (algumas incluindo quadrinhos passatempos, como DISNEY GAME e DISNEY NA COZINHA), vai trazer de volta a produção da Disney Global TINKER BELL. É a terceira vez que a revista é lançada no Brasil. Primeiro, foi pela Abril (intitulada FADAS, com 14 edições, entre 2006 e 2007). E mais recentemente, pela On Line (19 números, até o ano passado). Pela Alto Astral, TINKER BELL custará R$ 6,90. Mais detalhes editoriais em breve, no Checklist Disney. Confira a capa do #1 a seguir.





37 comentários:

  1. Tinker Bell de volta é uma boa notícia porque atende um certo público e de alguma forma deixa a marca Disney em evidência, o que a meu ver reflete positivamente nos Quadrinhos Disney em geral. Como colecionador, não sei... vou pensar... pensar...

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca colecionei nem tenho planos de comprar tinker bell/fadas/sininho, mas acho que é interessante para incentivar as crianças a ler Disney.

    As HQs que sairam na abril coincidem com as da online?

    ResponderExcluir
  3. Não, porque as edições brasileiras reproduzem de fora a fora o original (o material vem pronto). Então cada editora pegou uma sequência. Na Itália, essa revista sai com o nome de TRILLI.

    ResponderExcluir
  4. A maioria dos desenhos da revista da Sininho são nota dez! Fora que é a mais sexy personagem Disney, vencendo o duro páreo junto com Jessica Rabbit, Maga Patalógika, Pata Lee e Margarida versão Quack Pack.

    O que? Vocês não acham que patas são sexies? Só eu?

    ResponderExcluir
  5. "O que? Vocês não acham que patas são sexies? Só eu?"

    Acho que todas essas que você citou são sim, cada uma a seu modo. A Maga tem um jeito enigmático (e aqueles olhos lindos), muito, muito charmosa, é a minha preferida da sua lista,rsrs

    ResponderExcluir
  6. Acho que há personagens mais sexies, como a Belle, a Ariel e, falando em patinhas, a Quá-Quá (de Donald Duplo).

    Mas fiquei BEM curioso sobre os desenhos. Eu compraria fácil se os desenhos forem bonitos mesmo. Tem alguma preview ou amostra na internet?

    Adoro as personagens de James Barrie, e Tinker Bell não é exceção.

    ResponderExcluir
  7. Caramba, fui ver umas imagens no Inducks... UAU! Vou ficar de olho nessa revista...

    ResponderExcluir
  8. a Sininho tá uma tetéia nessa capa mesmo, hein???

    considero ela a personagem + sexy da Disney (desde q eu era pequeno)!!!

    agora ver sensaulaidade nas "Patas" e outros "A-n-i-m-a-i-s" já é meio demais da conta, né?? hehe!!!

    com forma de "Humana" tdo bem, mas o resto a minha imaginação "bloqueia", rs!!!


    PS: e vou morrer falando "sininho", "Puf", e "Caco"!!!

    ResponderExcluir
  9. Eu não gostava dessa personagem nessa fase moderna justamente pelo fato do desenho dela ter se tornado "sexy". A versão o Peter Pan não era assim tão "trabalhada" e estava mais de acordo com as crianças.

    Mas, depois que vi seus filmes no canal da Disney, minha aversão foi embora. Embora eu ache desnecessário colocar tanta "sensualidade" na personagem, gostei de ver no filme como ela e seus amigos interagem.

    Desejo uma boa sorte à editora. E que pena que a Abril está deixando passar essas coisas. A fadinha é um símbolo bem forte entre as meninas. Eu vejo sempre alguma mãe ou menina procurar pela revista das fadinhas ou das princesas.

    Acho que o Paulo Maffia deve estar dormindo lá. Afinal, não é ele quem está, agora, cuidando dos licenciamentos das revistas Disney? É sim. Ele mesmo me disse por e-mail.

    Choque elétrico nele!!! Acooooorda, meninão!!! kkkkk....

    ResponderExcluir
  10. Fabiano, acho que sua memória te pregou um truque! A Sininho do clássico Peter Pan de 1953 era AINDA MAIS sensualizada: http://www.youtube.com/watch?v=iElqjGNFnwE

    ResponderExcluir
  11. Fabiano, como sempre, divulgando conteúdo sigilosos de e-mails trocados... e coisa pior...

    ResponderExcluir
  12. eu tbm acho q a versão clássica da sininho era mto + QUENTE do q a atual....

    até o vestido era + curtinho (e ela mostrava o q tinha por baixo tbm, coisa q tem sido evitada agora)!!!

    é uma falsa impressão mesmo machar q hj a coisa é + ousada do q nos anos 50....

    ResponderExcluir
  13. Gente, mas não é o visual em si, porque o figurino é praticamente o mesmo. Mas a fadinha, antes, era mero coadjuvante - ela aparecia muito pequenininha e tinha todo um contexto de moleques querendo brincar e lutar contra o Capitão Gancho, essas coisas.

    Foi como eu disse: quando eu vi essa fadinha aí, achei que seria algo mais sensual porque mudou-se todo o universo dela. Sem falar que até o desenho em si está mais detalhado com sombras e nuances que dão uma dimensão física bem melhor. Mas, como eu disse, após ver os filmes, essa discriminação acabou.

    Ah, vocês achavam ela mais sensual antes? Bem... gosto é quem "aquilo lá"....rsrsrs.... cada um tem o seu. Eu acho que essa aparência dela de agora é muito mais insinuante do que a de antes, mas sou apenas eu com minha imaginação rebelde. rsrsrs...

    E quando vemos o filme, percebemos que a mente nos prega peças, pois o mesmo desenho mostra que não tem nada demais... e é infantil até demais. É bem coisa pra menininha, mesmo! Mas vende, viu? Não sei em sites como este, que tem um público mais diferenciado, mas, em bancas, vende, sim! rsrsrs...

    ResponderExcluir
  14. Sergio disse:

    "Fabiano, como sempre, divulgando conteúdo sigilosos de e-mails trocados... e coisa pior..."


    Isso não é sigilo!!
    Esse assunto surgiu uma vez, sei lá quando, e ele me informou que agora ele estava cuidando dos licenciamentos dos produtos relacionados às publicações Disney.
    Essa informação é transmitida a qualquer pessoa.
    O que eu teria de diferente??
    Eu, hein???

    ResponderExcluir
  15. Eu só acho que conteúdo de e-mail não é divulgável. Enfim, cada um com sua ética.

    ResponderExcluir
  16. Dispenso!

    Mas acho que o mercado precisa desse tipo de revistinha mesmo.

    E vou além...

    Acho que Margarida, Urtigão, Escoteios e outros... deveriam ter revistas, senão títulos próprio ao menos revesassem tipo, a Turma da Mônioca Extra que a cada edição publica um personagem diferente.

    Seria bem legal. E poderia ser mensal, nem presisaria ter 96 páginas inéditas semanias, pode ser mensal, variando.

    Pode ter 52 a 3,20 mesmo

    Acho que seria bem aceito.

    ResponderExcluir
  17. Eu vou ser sincero, não vejo o urtigão por exemplo vendendo revista...

    ResponderExcluir
  18. "senão títulos próprio ao menos revesassem tipo, a Turma da Mônioca Extra que a cada edição publica um personagem diferente."

    ótima idéia...

    ResponderExcluir
  19. "Eu só acho que conteúdo de e-mail não é divulgável. Enfim, cada um com sua ética."


    Se for assim, o Planeta Gibi não põe mais nada.
    Não fiz nenhuma revelação sagrada, vocês não sabiam porque não perguntaram ele. É simples.

    ResponderExcluir
  20. "Mas a fadinha, antes, era mero coadjuvante - ela aparecia muito pequenininha e tinha todo um contexto de moleques querendo brincar e lutar contra o Capitão Gancho, essas coisas."

    Bem, não eram histórias solo dela, mas ela tinha bastante destaque sim. E tanto no livro original de James Barrie como no clássico da Disney...

    Eu acho que hoje a sensualidade dela é mais "moleca espevitada", antes era deliberadamente mais "vamp", ela sensualizando com o Peter Pan, rebolando, medindo as ancas no espelho, mostrando a calcinha...

    Gostei da ideia do Vinicius. Mas que não fosse só repeteco, claro.

    ResponderExcluir
  21. Oi, Fabiano.

    "Se for assim, o Planeta Gibi não põe mais nada."

    Só para esclarecer a quem chegue aqui pela primeira vez e leia esta frase.

    O Planeta Gibi não divulga parte total ou parcial de seus emails particulares, nem de clientes, nem de fornecedores, nem de editores etc...

    Exceto textos ou material aberto à todos, tipo, checklists, newsletters, pressreleases, encarte de revistas, etc...

    Só divulgamos informações aqui no blog, quando recebemos além da notícia, a autorização para divulgá-la.

    Se divulgamos parte de algum email, antes, pedimos autorização ao autor.

    Há casos especiais, como estes dois últimos posts que não precisaram de autorização, pois as informações estão disponíveis a todos.

    Rivaldo

    ResponderExcluir
  22. Do jeito que vcs falam, parece que dizer aqui que o Maffia ser da parte de licenciamentos era um poderoso segredo!!

    ResponderExcluir
  23. Eu mesmo n sabia que quem decidia o que licenciar era o Maffia.

    ResponderExcluir
  24. É até engraçado ver o pessoal aqui falar que poderiam lançar uma revista nos moldes de TURMA DA MÔNICA EXTRA. Ora, a gente quer dizer nos moldes de EDIÇÃO EXTRA, né? Porque é ali que a TME se inspirou. Assim como ALMANAQUE TEMÁTICO inspirou-se em DISNEY ESPECIAL, MÔNICA ESPECIAL DE NATAL em NATAL DISNEY DE OURO, GRANDE ALMANAQUE (ou ALMANACÃO) DE FÉRIAS DA TURMA em GRANDE ALMANAQUE DE FÉRIAS DISNEY etc.

    ResponderExcluir
  25. Eu ia citar isso. A TM Extra nada mais é que uma cópia de edição extra, que trazia aqueles personagens q n tinham revista própria: H,Z,L; pardal, mobidique, mancha, mim, metralhas, etc

    ResponderExcluir
  26. Sim, seria baseado no Edição Extra. Mas a gente fala da Mônica porque é uma revista que ESTÁ SENDO publicada, ué. Tem gente que só conhece o (genial) EE por ouvir falar...

    ResponderExcluir
  27. Eu voltaria ONTEM com EE. Revezaria, pelo menos, Escoteiros Mirins, Urtigão, Peninha, Maga & Min, Metralhas, Pardal, Margarida, Turma da Floresta (Lobão & Lobinho, Quincas, João Honesto & Zé Grandão, Tico & Teco, Havita)...
    E.Rodrigues

    ResponderExcluir
  28. Eu não usaria margarida, pardal e peninha, pois eles já tem um almanaque.

    Eu colocaria edições "extras" de Bafo, Maga, Patacôncio, Escoteiros, Ludovico, Urtigão, Esquálidus, Horácio e Clarabela, Minnie, dentre outros.

    Na verdade, minha edição extra seria composta de especiais nos moldes de escoteiros mirins (mais baratos). Não sei se seria viável.

    ResponderExcluir
  29. Eu citei o Extra da TM, como exemplo pq está na ativa.

    Sim, o E. Rodrigues tem razão, claro, é o Edição Extra da disney.

    Sergio, eu acho que Urtigão venderia, o caipira fez uma baita sucesso esó foi cancelado na crise da década de 90.

    Margarida, Pardal e Peninha tem almanaques semestrais, mereceriam estar presentes. Na década de 80 eles tinham almanaques também e nem por isso deixavam de abrilhantar o Edição extra.

    Acho que vai de gosto do leitor.

    Já eu acho que Squalidus e Patacôncio, não mereceriam.

    ResponderExcluir
  30. Eu resetaria a numeração de Pato Donald, Mickey e Tio Patinhas.

    ResponderExcluir
  31. Eu nunca faria uma atrocidade dessas, rsrsrs

    ResponderExcluir
  32. "Eu resetaria a numeração de Pato Donald, Mickey e Tio Patinhas"
    Você está brincando, né Fabiano?
    Essa numeração é um patrimônio de mais de 60 anos (no caso do Pato Donald e Zé Carioca), não podemos abrir mão disso, vc não acha?

    ResponderExcluir
  33. Claro que estou brincando. Não gosto de numerações resetadas.

    Na minha opinião, não deviam ter feito isso nem com a Turma da Mônica.

    Mas é engraçado imaginar a carinha de alguns amigos daqui se isso realmente acontecesse. rsrsrsrs....

    ResponderExcluir
  34. "Mas é engraçado imaginar a carinha de alguns amigos daqui se isso realmente acontecesse. rsrsrsrs...."


    eu já vi como fica a cara de um leitor da DC (um camarada meu q coleciona DC desde os anos 80) diante do "reset" q zerou a numeração de todas as revistas da linha!!!

    uma coisa eu garanto:

    não é algo bonito de se ver.....

    ResponderExcluir
  35. A Abril não lança revistas com o nome "Edição Extra" mas utiliza o mesmo conceito quando publicou os encadernados Mickey detetive, Superpato, Ducktales, Escoteiros, etc. Somente não é mensal, mas são todas edições extras, por assim dizer.

    O que eu acho arriscado é quando algums pessoas citam falta da volta de Mickey X ou PKNA. A Abril lançava revista em formato americano, igualzinho à Itália, e mesmo assim a novidade não vingava.

    No momento atual, imagino que essas revistas teriam a boa aceitação que não tiveram à época. Mas não como séries mensais mas sim como encadernados, nos moldes de História e Glória da
    Dinastia Pato. Aí, sim!

    ResponderExcluir
  36. Puxa, seria muito bom a volta de Edição Extra, e eu acrescentaria até alguns temas - além de personagens como HZL, Pardal, Superpateta, etc e tal - como "Volta às Aulas", "Festas Juninas" entre outros. Acho que agradaria.
    Em tempo: para mim a personagem mais "sexy" foi a Margarida desenhada pelos mestres brasileiros nos anos 80. Não tem igual.

    ResponderExcluir
  37. O Alan Carlos deve estar se referindo à Margarida circa 86, quando ela estreou revista própria e sempre desfilava com uma roupinha diferente, que era mesmo bem legal.

    Em relação à Edição Extra, revista cujo conceito principal também fosse apresentar HQs dos personagens que não tinham revista própria, se isso fosse reproduzido hoje em dia, com personagens que não têm seus respectivos almanaques, como Maga e Min, Urtigão, Metralhas, HZL, etc, o que provavelmente iria acontecer é abrir mais espaço pra republicações.

    Já existe número considerável de revistas para isso, algumas são um calhamaço de páginas. Vocês ainda querem mais? A Editora Abril tem que oferecer algo atrativo e não simplesmente editar as revistas como se ainda estivéssemos nos anos 80. Não tem que voltar com Edição Extra. Tem que fazer algo semelhante mais tentando dar uma cara nova. Por isso que existe a Disney Big ao invés de Novo-Novo Disney Especial. Eles sabem disso.
    Fórmulas antigas é com o Mago Merlin.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.