' '

22 de abr de 2012

Scooby-Doo volta com 3 gibis regulares

Por E. Rodrigues   :: postado originalmente em 7/abr/12 ::

ATUALIZADO: capas. SCOOBY-DOO #1 já disponível para compra aqui. A Panini anuncia para este mês a volta da revista mensal SCOOBY-DOO, um ano após o lançamento da 70ª edição da série anterior. O gibi ganha formato maior (14,7 x 24,5 cm), mantendo as 36 páginas coloridas, por R$ 3,20. A numeração será reiniciada. Também de volta está SCOOBY-DOO ESPECIAL, que manterá sua estrutura e numeração (agora, #10). Por fim, substituindo o almanaque anterior (que chegou a vinte edições), a editora põe em seu lugar um título temático. Todos os detalhes, abaixo.



SCOOBY-DOO #1
revista mensal, segunda série, 36 páginas cor, formato 14,7 x 24,5 cm, R$ 3,20
lançamento: 9/abr/12
A publicação traz histórias e passatempos inéditos do cachorro medroso e seu dono Salsicha, junto com toda a turma da Mistério S/A. O novo formato, agora maior (14,7 x 24,5 cm), com 36 páginas coloridas, traz ainda um presente especial nas seis primeiras edições: páginas com informações sobre os personagens Scooby-Doo, Fred, Daphne, Velma, Salsicha, além da Máquina do Mistério e dos monstros que vivem assustando esta galera. São fichas que podem ser destacadas e formar uma coleção cheia de mistério e muitos sustos. O primeiro número da revista chega às bancas por R$ 3,20, com histórias de aliens encontrados no Grand Canyon e assombrações na padaria da tia da Daphne.



SCOOBY-DOO ESPECIAL #10
revista trimestral, 52 páginas cor, formato magazine 20,5 x 27,5 cm, R$ 8,90
acompanha brinde
lançamento: 9/abr/12
Chega às bancas a 10ª edição do Almanaque Scooby-Doo Especial, que reúne as melhores histórias de mistérios, muitos passatempos e ainda vem com brinde. Nesta edição, a Mistério S/A enfrenta um sórdido vilão em uma convenção de quadrinhos – ele segue o roteiro de uma HQ famosa para tentar roubar gibis raros. A gangue também encara O Pretendente da Máscara de Ferro, no reinado de Morovânia, numa aventura surpreendente. Entre os passatempos, um jogo de tabuleiro, um desafio na cidade-fantasma, uma receita deliciosa de bolinhos e desenhos para pintar.


ALMANAQUE TEMÁTICO SCOOBY-DOO #1
revista trimestral, 84 páginas cor, formato 15,5 x 24,6 cm, R$ 5,30
lançamento: 9/abr/12
São 84 páginas só de aventuras com a Mistério S/A, reunindo os melhores mistérios já publicados sobre fantasmas. Nesta edição, os leitores também encontram páginas com informações, curiosidades e brincadeiras como um teste de conhecimentos “fantasmagóricos” e uma árvore genealógica para completar com os nomes de seus parentes. A nova publicação de Scooby é trimestral, com um tema diferente a cada edição, e chega às bancas por R$ 5,30.





9 comentários:

  1. Grande notícia! Finalmente depois de um ano fora das bancas no Brasil o Scooby vai dar as caras de novo! E em 3 lançamentos de uma vez! Nada de Tom & Jerry né...? Seria querer demais! Continuo com minha assinatura do Scooby americano que vem com ótima qualidade de papel hoje em dia! Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Tom & Jerry não foi anunciado, não. Mesmo o Scooby, o provável é que tenha sido imposição da Warner para a renovação do contrato da linha DC com a Panini (assim como Mad).

    ResponderExcluir
  3. Uma pena que alguns quadrinhos precisem de acordos para serem publicados. Essa última série do Scooby Doo foi ótima. O que pecou talvez foi o layout de capa e a má divulgação da editora.

    ResponderExcluir
  4. A Panini peca em deixar pra escanteio os títulos infantis. Mas isso já acontece tem tempos. Lembro que comprei Monsters Allergy pro meu sobrinho, e ele gostou bastante. Mas depois de 3 ou 4 edições a Panini cancelou, e com a história em aberto. Depois disso meu sobrinho ficou tão traumatizado que nunca mais quis saber se ler gibis. Mas por sorte eu insisti, e hoje ele acompanha os almanaques dos patos pela Editora Abril. Mas se não fosse pela minha insistência, seria um leitor a menos. E tudo por culpa da falta de planejamento e seriedade por parte da Panini, que não trata bem os títulos para crianças.

    ResponderExcluir
  5. Com certeza foi imposição da Warner, mas e quanto aos títulos DC infantis dos super heróis que estão saindo via Abril? Tinhamos que insistir para que melhorassem a qualidade do papel das revistas em quadrinhos. A qualidade já foi ótima no passado enquanto que nos EUA a situação se inverteu. Hoje nos EUA o papel usado nos quadrinhos é de altíssima qualidade. Dá gosto de folhear um gibi americano, enquanto aqui no Brasil está um lixo só.

    ResponderExcluir
  6. Não acho que está tão ruim assim a qualidade gráfica daqui. Melhorou bastante se formos comparar com os anos 70, 80 e 90. Mas acho, sim, que está na hora de mudar algumas coisas nesse acabamento gráfico. Talvez aderir às folhas mais brancas para reforçar e valorizar os traços e as cores. Talvez....

    ResponderExcluir
  7. A linha DC Animated está sendo impressa com uma qualidade muito boa! Descontando o primeiro volume, que o encadernado ficou muito colado (e as páginas fazem "creck" quando a gente vira), mas a partir do segundo volume, e o terceiro idem, a qualidade das encadernações está ótima!

    A propósito, a qualidade gráfica dos formatinhos da Abril, principalmente os de 97 a meados do ano 2000 quando acabaram com a linha de heróis no formatinho, mas a qualidade gráfica (papel, tinta e tudo o mais), ainda é mil vezes superior do que a (falta) de qualidade gráfica dos gibis de heróis publicados pela Panini.

    Uma década de diferença, e a Abril, graficamente falando, já estava (e ainda está), muitos anos na frente do que a Panini.

    ResponderExcluir
  8. Não me referi a qualidade gráfica e sim a qualidade DO PAPEL! É por isso que ficamos desse jeito, nós brasileiros, num geral, nos contentamos com pouco, muito pouco mesmo. Ao invés de tentar aprimorar, com o tempo estamos cada vez mais andando para trás. É qualidade do PAPEL, ok moçada! Abraços a nossa "nova classe média". Piada..

    ResponderExcluir
  9. Quanto aos DC da Cartoon que estão saindo pela Abril, eles CONTINUAM sim estalando ao folhear num encadernado um tanto precário. Fazer o que, né... Tem que achar ótimo e agradecer. Agradeço sim, mas aos meus pais pela oportunidade que me deram de aprender ingles e morar fora por longo tempo. Continuo com minhas assinaturas americanas. Abçs.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.