' '

10 de abr de 2012

OS JOVENS TITÃS #3 — abr/12

Por Maurício Muniz (especial para o Planeta Gibi)

Eles são legais, descolados, divertidos e adoram pizzas, filmes de ação e vídeo games! Os Jovens Titãs poderiam ser qualquer grupo de garotos comuns... se não tivessem que sair para salvar o mundo de vez em quando. Agora, os adolescentes mais famosos da DC estão de volta em seis histórias nas quais enfrentam inimigos do presente, do passado e do futuro com a ajuda de alguns aliados inesperados como o Asa Noturna, herói no qual Robin se transformará quando adulto. Abaixo, o conteúdo de OS JOVENS TITÃS #3.



OS JOVENS TITÃS #3
Editora Abril — abr/12
revista trimestral, 108 páginas cor, formatinho 13,4 x 19 cm, capa cartonada, lombada quadrada, R$ 7,95

Unindo ação e bom-humor, a série animada dos Jovens Titãs tornou-se um grande sucesso entre os jovens do mundo todo, com histórias que exploravam o universo da DC de maneira inovadora e divertida. As aventuras de Robin, Mutano, Ravena, Ciborgue e Estelar continuam agora na terceira edição especial da Editora Abril, que traz seis histórias escritas por J. Torres.

Os Titãs se envolvem com um misterioso apresentador de TV quando se tornam convidados da nova sensação da telinha, o programa Quem Quer Torta?. Nele, os heróis realizam estranhas tarefas para ganharem deliciosas tortas como recompensa. Mas estaria um conhecido inimigo por trás desse esquema maluco? Para resolver o mistério, os Titãs precisarão da ajuda da heroína Abelha. Os desenhos são de Mike Norton.

Em uma aventura curta mas cheia de adrenalina, que traz a arte estilizada de Scott Iawashi, Aqualad e Ricardito enfrentam um perigoso monstro do Mar e o vilão que o comanda.

Outra história curta e com arte impressionante —desta vez, de Francisco Herrera— traz Mutano e Ciborgue às voltas com o maníaco Dr. Luz, um vilão que já causou muitos problemas para o grupo no passado.

Na história que dá capa à edição, Robin começa a agir de maneira estranha. Seus companheiros não sabem o que há de errado com ele até que surge, vindo do futuro, o herói Asa Noturna, uma versão mais velha de Robin. Com a ajuda deste “membro-honorário”, a equipe enfrentará um inimigo de outra época e o próprio Robin, que teve sua mente dominada. A arte é de Todd Nauck.

Nauck volta também para a próxima aventura, na qual super-heróis adolescentes começam a desaparecer ao redor do mundo. Quando o mesmo acontece com Mutano, os Titãs resolvem investigar e descobrem que seu amigo e outros seres poderosos foram levados para uma arena de gladiadores secreta onde deverão lutar até a morte em um jogo mortal. Os Titãs partem para o resgate!

A diversão termina com uma estranha partida de baseball! Não é um jogo qualquer, pois nele os Titãs enfrentam um grupo de novos e velhos inimigos em uma disputa que tem, como prêmio, as vidas das centenas de pessoas que os assistem. Com um final surpreendente, a história tem arte de Mike Norton.



Maurício Muniz é editor da Gal Editora e do blog  Antigravidade: Cultura Pop e Bom Humor.





LEIA TAMBÉM SOBRE:

BATMAN — OS BRAVOS E DESTEMIDOS #3
Leia mais sobre esta edição aqui.

LIGA DA JUSTIÇA SEM LIMITES #3
Leia mais sobre esta edição aqui. 

AS AVENTURAS DE SUPERMAN #3
Leia mais sobre esta edição aqui.  



2 comentários:

  1. Está sendo um grande prazer colecionar Jovens Titãs! Dos 4 títulos da linha DC Animated da Abril, esse com certeza é aquele que mais me agrada!

    Leitura gostosa, rápida, e extremamente divertida! (E pensar que a Panini já teve esse material em mãos, e acabou dispensando!)

    Parabéns para a Abril pelo trabalho magnífico nessas revistinhas de heróis!

    ResponderExcluir
  2. Pois eu acho que a editora abril esta muito atrasada. Cade a edição 4? Já faz mais de 5 meses que não lança essa revista!!!

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.