' '

27 de mar de 2012

Capas históricas em TEX COLEÇÃO deste mês

Por Rivaldo Ribeiro

As capas de TEX COLEÇÃO #304 e 305, revistas lançadas este mês pela Mythos, são emblemáticas para os colecionadores brasileiros: suas ilustrações pintaram aqui antes exatamente na última capa de TEX publicada pela Vecchi (#164, de 1983) e na primeira a sair pela RGE (#165, claro, já que o título do ranger sempre teve sua numeração continuada aqui no Brasil, independentemente das trocas de editora). Confira a seguir essas capas dos anos 1980 e as atuais (correspondentes às edições originais italianas #251 e 252).

Ambas assinadas por Gallep, essas capas têm ainda outra curiosidade: a Vecchi não costumava seguir a ordem original italiana de capas ou histórias. Aqui, houve essa coincidência, mesmo porque tratava-se de uma aventura única, continuada em três edições. 



TEX COLEÇÃO #304
quinzenal, formato 13,5 x 17,6 cm, 112 páginas, R$ 6,90, distribuição nacional
SELVA CRUEL
Texto: G. Nolitta * Desenhos: G. Ticci
Tex e seu filho Kit participam de uma expedição científico-militar na selva da Colômbia, cuja tarefa é estudar as possibilidades de abertura de um canal entre os oceanos Atlântico e Pacífico – o futuro Canal do Panamá. Os técnicos e os fuzileiros do major Martin, que formam a escolta, são dizimados pelos contínuos ataques dos índios guaymis. Além disso, Tex chega à conclusão de que alguém está tentando sabotar a operação.





TEX COLEÇÃO #305
quinzenal, formato 13,5 x 17,6 cm, 112 páginas, R$ 6,90, distribuição nacional
O ROSTO DO TRAIDOR
Texto: G. Nolitta * Desenhos: G. Ticci
Tex e seu filho Kit participam de uma expedição científico-militar na selva da Colômbia, cuja tarefa é estudar as possibilidades de abertura de um canal entre os oceanos Atlântico e Pacífico – o futuro Canal do Panamá. Os técnicos e os fuzileiros do major Martin, que formam a escolta, são dizimados pelos contínuos ataques dos índios guaymis. Além disso, Tex chega à conclusão de que alguém está tentando sabotar a operação. Após verem quase todos os componentes da expedição serem massacrados, nossos heróis finalmente conseguem desmascarar o traidor e têm uma das piores surpresas de suas vidas.


4 comentários:

  1. massa,pelo titulo eu acho que tenho a 164.

    ResponderExcluir
  2. Na verdade, continuada em três edições, sendo a primeira:

    Tex #163 - O solitário do Oeste (Vecchi)
    Tex Coleção #303 - Nas selvas da Colômbia (Mythos).

    Nesse caso quem seguiu a SBE ao pé da letra foi a Vecchi, já que o título original da edição #250 italiana é "Il solitario del West".

    Abraços,

    Sílvio Introvabili

    ResponderExcluir
  3. Comecei a colecionar "Tex - Coleção" recentemente, e agora estou tentando conseguir as edições anteriores.
    Tex é um ótimo personagem para acompanhar, esta aventura pelas selvas da Colômbia é muito legal. Tem um fundo histórico com a construção do canal do Panamá que acho demais. Excelente.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Silvio. Tudo bem?

    É verdade, a aventura completa foi publicada nas edições 163, 164 e 165, exatamente como o Tex italiano 250, 251 e 252.
    Na verdade este momento de 'mudança' de uma editora para outra dá um post enorme.

    Quisemos aqui apenas registrar as duas capas que marcaram esta mudança (Selva Cruel e O Rosto do Traidor). Até hoje colecionadores procuram estas duas revistas sempre citando os títulos ou descrevendo as duas capas em detalhes.

    As edições 164 e 165 ficaram 'gravadas' na memória dos colecionadores, puro saudosismo, o mesmo não acontece com as edições 350 e 351, quando mudou da Globo para a Mythos.

    Há muitas outras curiosidades que envolvem esta troca de ‘casa’ Vecchi/RGE como, tamanho da revista, tipo de papel e até mesmo a data de publicação – deixaremos para abordar em outra ocasião.
    Foi a Vecchi quem começou, tardiamente, seguir a ordem da SBE, mas também não podemos deixar de mencionar que no começo da série a editora fez uma enorme ‘salada’.
    Abraço

    Rivaldo

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.