' '

13 de fev de 2012

Novo livro de Tex Willer: A História da Minha Vida

Por Rivaldo Ribeiro

Pela primeira vez em sua longa carreira, Tex Willer decide se abrir. E não faz isso com um gibi, mas com uma verdadeira autobiografia. Neste inédito e intenso relato, Tex revela suas origens, as histórias de seus parceiros, o encontro com o aparentemente mal-humorado Kit Karson e com o altivo Jack Tigre, além do nascimento do seu filho Kit depois do casamento com Lilyth... Assim começa a descrição do livro que traz todos os pormenores da vida do ranger, incluindo detalhes nunca mostrados nos gibis. Veja tudo a seguir.


Tex Willer — A História da Minha Vida
formato 14 x 21 cm, 208 páginas, R$ 27,90 (a confirmar), distribuição setorizada
Texto: Mauro Boselli * Ilustrações: Fabio Civitelli
Direção de arte: Giacomo Callo * Designer gráfico: Giuseppe Sartorio
Capa: Dandydaddy * 4ª capa: Fabio Civitelli

Pela primeira vez em sua longa carreira, Tex Willer decide se abrir. E não faz isso com um gibi, mas com uma verdadeira autobiografia. Neste inédito e intenso relato, Tex revela suas origens, as histórias de seus parceiros, o encontro com o aparentemente mal-humorado Kit Carson e com o altivo navajo Jack Tigre, além do nascimento do filho Kit depois do casamento com Lilyth, bela como um lírio branco, a filha do chefe Flecha Vermelha. Narra os acontecimentos que, no passado distante, por muito tempo o etiquetaram como fora da lei.

Ele conta como, apesar de ser texano, lutou na Guerra Civil do lado do Norte e narra sua participação na luta pela libertação do México ao lado do amigo Montales. Tex enfrenta bandidos, donos de terras inescrupulosos, políticos corruptos, militares ambiciosos, índios em revolta. É um defensor dos fracos e dos oprimidos, fortemente antirracista e amigo dos peles-vermelhas. Para os índios navajos, é Águia da Noite, sábio chefe branco e irmão de todo homem vermelho. Para os brancos, é o agente indígena da Reserva Navajo e um ranger de mira infalível. Para os malfeitores que têm a desventura de cruzar com seus colts, é o pior pesadelo. E, finalmente, ele decidiu contar sua história.

Tex nasceu em 1948 da pena de Giovanni Luigi Bonelli e do pincel de Aurelio Galleppini (em arte Galep). Esta é sua primeira autobiografica literária.

A voz secreta de Tex é Mauro Boselli, coluna de sustentação da Sergio Bonelli Editore desde 1984. Leitor aficionado e conhecedor de Tex, começou a escrever de forma regular as suas aventuras em 1994, tornando-se em pouco tempo um dos roteiristas de ponta da série. Também escreveu histórias de Mister No, River Bill, O Pequeno Ranger, Dylan Dog e Zagor, do qual foi editor e, a partir de 1991, assinou muitas aventuras. Em 2000, com Maurizio Colombo, criou o caçador de vampiros Dampyr. 



9 comentários:

  1. Esse para mim já está na minha Bibliotex. Fantástico.

    ResponderExcluir
  2. Imperdível! Gostaria de ganhar um exemplar no meu aniversário...rs

    ResponderExcluir
  3. caramba... esse é no mínimo obrigatório pros fãs de Tex!!

    Cofre certo!!

    ResponderExcluir
  4. Como consta na capa do livro, ele custará apenas R$ 24,90

    ResponderExcluir
  5. Zeca
    De fato, R$24,90 é o valor estampado na imagem da capa, achamos estranho também, porém, R$27,90 nos foi passado pela própria Editora Mythos.
    Mas, pode ter havido um engano nessa informação.

    ResponderExcluir
  6. Já comprei o meu e, será guardado a sete chaves.

    ResponderExcluir
  7. paguei R$ 10,00 no camelô! e tava em ótimo estado!

    ResponderExcluir
  8. Olá! É bom saber que vai aparecer este livro da vida de Tex Willer! Estou esperando pra ler!
    Se alguém tem um gibi antigo com capa dura,me fale, pois eu perdi o meu.
    Meu nome é:
    David Cavalcante
    e-mail é:
    kvalcante49@hotmail.com
    Fone: 71 9231-3994
    Abraços!

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.