' '

29 de dez de 2011

OS JOVENS TITÃS #2 — dez/11

Por Maurício Muniz (especial para o Planeta Gibi)

O desenho animado dos Jovens Titãs foi um enorme sucesso entre as crianças e os adolescentes. Nos quadrinhos que adaptam a série animada, o estilo e os temas da produção para a TV se mantêm os mesmos: tão importante quanto enfrentar e vencer inimigos perigosos é a amizade e a interação entre Robin, Ravena, Mutano, Ciborgue e Estelar, heróis jovens que buscam seu lugar no mundo com muito humor e rodeados por pizzas, filmes e vídeo games.



OS JOVENS TITÃS #2
revista trimestral, 108 páginas cor, formatinho 13,4 x 19 cm, capa cartonada, lombada quadrada, R$ 7,95 (data de expediente: jan/12)

Como todo super-herói, os Jovens Titãs enfrentam terríveis vilões no seu dia-a-dia. Mas isso não quer dizer que não possam manter o bom-humor e se divertir no processo. Nas aventuras da TV (e agora nos quadrinhos), a equipe tem uma formação parecida com a mostrada na série muito bem-sucedida dos personagens lançada na década de 1980, quando era escrita por Marv Wolfman e desenhada por George Perez.

A nova edição lançada pela Abril traz cinco aventuras dos heróis adolescentes. Na história principal desta edição, os Titãs enfrentam o vilão Katarou, que rouba uma joia mística dona de estranhos poderes. Durante a batalha, um acidente com a joia causa um efeito inesperado e os poderes e características físicas dos Titãs são trocados. Ciborgue fica com a habilidade de transformar-se em animais, Estelar ganha um corpo semibiônico, Mutano adquire poderes místicos, Ravena torna-se uma exímia lutadora e Robin passa a voar e a lançar raios pelas mãos. Agora, os Titãs precisarão acostumar-se a seus novos poderes para vencer o inimigo e achar um meio de voltarem ao normal.

Em outra história, o Natal chegou... Mas antes que possam aproveitá-lo, os Titãs precisam vencer Billy Múltiplo, um vilão capaz de criar várias cópias de seu corpo, transformando-se em uma verdadeira quadrilha de um homem só. A trama é passada em uma loja de departamentos, onde Billy Múltiplo tenta roubar os presentes comprados por vários clientes.

Outra data comemorativa que os heróis “enfrentam” é o Dia dos Namorados. Desta vez, os problemas começam quando Ciborgue recebe uma enorme descarga elétrica durante uma aventura e passa a agir estranhamente, tornando-se quase um morto-vivo sem vontade própria. As coisas só pioram quando Estelar tenta ajudar o amigo em um encontro romântico, ao mesmo tempo em que a ciumenta vilã Jinx — que tem uma queda por Ciborgue — resolve atrapalhar o encontro.

Depois, graças a seus poderes especiais que lho permitem virar qualquer animal, Mutano torna-se um astro em Hollywood, onde trabalhará em um filme sobre um herói das selvas. Mas, enquanto se dedica à nova carreira no cinema, começa a sentir-se isolado, já que perde todas as aventuras que os Titãs estão vivendo.

A edição fecha com uma história especial, onde os Titãs e a Patrulha do Destino (grupo do qual Mutano já fez parte) unem-se para contar histórias tristes, engraçadas e cheias de curiosidades sobre o passado do jovem de pele esverdeada.

Os roteiros das histórias são de J. Torres (de X-MEN UNLIMITED e LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS NO SÉCULO 30). A arte fica por conta de Todd Nauck (HOMEM-ARANHA, YOUNGBLOOD) e Mike Norton (FUGITIVOS).


Maurício Muniz é editor da Gal Editora e do blog  Antigravidade: Cultura Pop e Bom Humor.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.