' '

5 de set de 2011

AS AVENTURAS DO SUPERMAN #1 — set/11

Por Maurício Muniz (especial para o Planeta Gibi)

Para o alto e avante! Um dos roteiristas de quadrinhos mais famosos da atualidade começou a ganhar prestígio no mercado americano escrevendo aventuras de Superman baseadas na série animada do personagem. Para Mark Millar, autor de KICK-ASS e O PROCURADO, foi um prazer escrever essas histórias: Superman é seu herói favorito e é possível perceber seu amor pelo personagem nas divertidas aventuras desta edição que chega agora ao Brasil.


AS AVENTURAS DE SUPERMAN #1
116 páginas cor, formatinho 13,4 x 19 cm, capa cartonada, lombada quadrada, R$ 7,95


O ano era 1996 e, após o sucesso da série animada de Batman, produzida por Bruce Timm e Paul Dini, a Warner resolveu produzir uma outra, dedicada às aventuras do Homem de Aço. O desenho apresentou Superman ao público desde a sua origem, mostrando a destruição do Planeta Krypton e como o pequeno Kal-El torna-se seu único sobrevivente. Ele chega como bebê à Terra e cresce como Clark Kent, que se torna repórter do jornal Planeta Diário e defende a cidade de Metrópolis e a Terra das mais variadas ameaças. A série durou quatro anos, foi um grande sucesso e teve várias indicações aos prêmios Emmy e Annie, este último considerado o Oscar dos quadrinhos.

Como era natural, a DC Comics lançou uma série em quadrinhos baseada no desenho animado, que seguia sua concepção visual e o estilo mais leve de suas histórias. Foi nesse título de características mais infantis que se destacou o roteirista escocês Mark Millar, que no futuro se tornaria um dos maiores astros dos quadrinhos. Anos antes de escrever sucessos de crítica e público como AUTHORITY, WOLVERINE, OS SUPREMOS, QUARTETO FANTÁSTICO e chegar aos cinemas por meio de obras como Kick-Ass e O Procurado, Millar escreveu algumas das melhores histórias da série. E são essas histórias que chegam ao Brasil agora na edição AS AVENTURAS DO SUPERMAN.

A história principal da edição começa de forma impactante: o milionário Bruce Wayne é feito refém pelo Chapeleiro Louco, que exige que Batman venha salvar o playboy. O que o vilão não sabe é que o indefeso Wayne é o próprio Batman e, para salvar ele e outros prisioneiros, Superman vai a Gotham City, onde precisa unir forças à Batgirl para descobrir onde se esconde o Chapeleiro Louco.

Em outra história, o duende da quinta dimensão, Sr. Mxyzptlk, bola um plano infalível para vencer o Superman. Ele viaja ao passado e impede que o jovem Clark Kent transforme-se em super-herói. Outra trama — uma das mais elogiadas da carreira da revista — aprofunda-se nos motivos pelos quais o industrial e cientista Lex Luthor odeio tanto o Homem de Aço e os limites aos quais está disposto a chegar para derrotá-lo. É um ótimo e aprofundado estudo de um grande personagem. Numa história que envolve o poderoso Darkseid, monarca do planeta Apokolips, o fotógrafo Jimmy Olsen, jovem amigo de Superman, é vítima de um acidente que faz com que troque de corpo com o herói de Krypton, o que causa grande confusão e muitos perigos quando Jimmy precisa enfrentar as forças do maligno alienígena. Finalmente, a última história da edição mostra o mercenário Lobo unindo-se a Bizarro, o clone defeituoso e abobalhado de Superman, para criar muitas confusões em Metrópolis.

Emulando à perfeição a série animada, a tônica que domina essas histórias são a aventura e o humor, com roteiros de alta qualidade desenhados pelo veterano Mike Manley e pelo brasileiro Aluir Amancio. Uma edição imperdível para os fãs de Superman e dos quadrinhos de qualidade.

Maurício Muniz é editor da Gal Editora e do blog  Antigravidade: Cultura Pop e Bom Humor.





Leia também sobre os outros títulos:
BATMAN — OS BRAVOS E DESTEMIDOS #1
OS JOVENS TITÃS #1
LIGA DA JUSTIÇA SEM LIMITES #1


4 comentários:

  1. Imperdível! Quem dera as revistas mensais do Super pela Panini fossem imperdíveis também!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom este encadernadinho...

    ResponderExcluir
  3. A Abril só precisa melhorar a encadernação. As páginas do meio amassam por causa da péssima cola...

    ResponderExcluir
  4. Achei uma iniciativa válida a publicação desse material por aqui, e comprei com gosto. Mas a encadernação deixa a desejar, é impossível abrir a revista satisfatoriamente sem causar dano ou até mesmo desmonta-la. Outro ponto negativo é a falta das capas originais no miolo onde também não é indicado quando a revista foi originalmente publicada. Aliás, a única revista que segue a ordem de publicação original é Batman: Os Bravos e Destemidos. Porém, se não pela encadernação é possível relevar esses pequenos pecados, afinal as histórias são one shots.
    Vocês do Planeta Gibi podem perguntar se a Abril pode incluir capas e publicação original nas revistas e também saber qual a razão da ausência de ordem na escolha das histórias? E por fim, se possível, levem as reclamações dos leitores quanto à encadernação, que é ponto recorrente para quem comprou. Desde já, obrigado.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.