' '

18 de abr de 2011

Gibis clássicos Disney de mudança para a Marvel?

Por E. Rodrigues

Depois de Pixar e Muppet, os próprios gibis clássicos Disney podem estar de mudança para a Marvel (nos EUA, ufa!). Na lista de solicitações de julho, UNCLE SCROOGE, COMICS AND STORIES, MICKEY MOUSE e DONALD DUCK simplesmente não aparecem (estão lá apenas os encadernados e os três derivados de Disney Afternoon — incluindo DUCKTALES, que a Abril publicará no segundo semestre em TIO PATINHAS). Para reforçar o pessimismo dos leitores e colecionadores americanos...


...a opção de assinaturas dos clássicos desapareceu do site da editora (DUCKTALES, por exemplo, continua podendo ser assinada por 12 edições, inclusive com a opção de capas A e B no mesmo pacote). No fórum oficial, os rumores dos usuários não mereceram resposta da editora (que em casos menos "graves" sempre se apressou em fornecer explicações).

Depois de um início promissor, com grandes sagas italianas e HQs dinamarquesas, a pequena editora americana acabou rendendo-se aos clássicos, abandonando títulos como WIZARD OF MICKEY e ULTRAHEROES e, aproveitando-se das comemorações das edições #400 de UNCLE SCROOGE e dos 70 anos de COMICS AND STORIES, bandeou-se de vez para Barks, Rosa, Jippes... e até para nosso talentosíssimo e barksiano Carlos Mota.

Vamos acompanhar.

5 comentários:

  1. É, tenho reparado isso, e até estava comentando isso no final de semana... Os editores estadunidenses tem tido dificuldades em expôr o material Disney europeu para o seu público interno (que está mais arraigado aos clássicos, Barks, Rosa, etc...). Não é fácil para eles a adaptação ao modelo italiano e dinamarquês de histórias e estilos. E, no mais, o consumidor estadunidense é mesmo fiel aos produtos nacionais, ainda mais, na marca Disney... Mas, a Europa hoje é um super centro produtor de histórias, e com muita qualidade, diga-se de passagem. Espero que com essas mudanças anunciadas aqui, nessa postagem, as hqs européias tenham mais visibilidade nas publicações norte americanas. É bom para eles, e bom para todos, pois os quadrinhos Disney são hoje, uma onra universal. Abs. Paulo

    ResponderExcluir
  2. a europa , itália principalmente, é mesmo um grande produtor da dis
    ney. mas daí dizer que dragonlords,
    superpato, donald duplo e similares
    encham de entusiasmo um leitor dis
    ney, não dá pra tolerar. isso é de
    uma pobreza de roteiro que chega a
    ser constrangedor. e nunca se fala
    do genial al hubbard, das histori
    as de gottfredson com temas da 2ª
    guerra mundial e do melhor artista
    italiano de todos os tempos, Gio
    van carpi, este da estatura dos grandes desenhistas e argumentis
    tas americanos. acho que merecemos
    mais, inclusive revistas periódi
    cas com esses gênios e de outro gê
    nio como Renato canini. a itália já
    nos deu muita arte por milhares de
    anos, mas ver essas capas disney como este último pato donald em que a expressão dos patos, donald
    e sobrinhos, é uma coisa só, sem
    trocadilho, é patético. bom senso
    desses americanos, ao retornar ad
    eternum àqueles que sedimentaram
    o melhor da disney. vida longa a
    barks, hubbard, gottfredson, carpi,
    canini, murry, taliaferro, fall
    berg, bradbury, strobl, dick kinney. obrigado por tudo.
    nagib antonio

    ResponderExcluir
  3. O problema não é os EUA não publicarem a safra recente de hqs européias, mas o de ignorar muito material excelente produzido na Europa, especialmente na Itália. Como se explica que uma saga como "E O Vento Levou" do Carpi não tenha sido publicada até hoje nos States? É muuuito estranho!! O Brasil e a Itália publicam e republicam material dos gênios americanos da Disney o tempo todo, por que não podem eles ceder um pouquinho que seja e publicar coisas geniais produzidas aqui e na Itália? É muuuito estranho!!

    ResponderExcluir
  4. no canto superior da Blog está escrito faltam 3 semanas, alguém sabe dizer o que é?

    ResponderExcluir
  5. a verdade é q os americanos são preconceituosos e racistas em vários níveis sociais e culturais....

    e não aceitam bem aquilo q "vem de fora"... sejam gibis, filmes e até pessoas: tudo q for "estrangeiro" tem grande chance de ser rejeitado por um americano!!!

    um exemplo disso... é q eles preferem refilmar um filme estrangeiro, so q assistir o mesmo com legendas (ex: O Grito, O Chamado, etc)!!!

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.