' '

31 de dez de 2010

Uma retrospectiva 2010

Por E. Rodrigues

2010 foi o ano da retomada dos gibis Disney no Brasil. Uma clara (e estranha e longamente tardia) reação da Abril à perda de espaço para os quadrinhos de Mauricio. A enxurrada de lançamentos desde meados do ano e a volta do sistema de assinaturas, mais os planos para 2011, devem agitar as bancas nos próximos meses, saudavelmente. Dois exemplos: por acaso ou não (e provavelmente não) os novos almanaques Disney tão logo foram anunciados e o "rival" Almanaque do Astronauta já chegou às bancas com preço reduzido; a Panini renovou antecipadamente contrato com Mauricio, e por longo prazo, apressando-se para afastar investidas outras. Como é bom ver as duas principais editoras de quadrinhos do Brasil apostando, enfim, em gibis —num momento em que praticamente toda a produção de quadrinhos parece ter vergonha de se parecer com um (e olhe onde chegamos).


JANEIRO
A On Line Editora lança oficialmente Tinker Bell, o primeiro dos muitos títulos períodicos Disney que viriam ao longo do ano.

No dia 6, o Planeta Gibi anuncia que a Devir lançará Creepy (estamos aguardando...).

Os quadrinhos Disney completam 80 anos no dia 13. Primaggio Mantovi, falando nisso, comemora 65.

O Planeta Gibi deduz que a origem de Morcego Vermelho, criada pelos brasileiros Ivan Saidenberg e Herrero, seria publicada pela primeira vez nos EUA. Suposição depois confirmada, no final de março.

A anunciada volta de Pelezinho, pelo menos com republicações por ocasião da Copa, acaba não se confirmando.

Sidney Gusman revela o lançamento de uma coleção com as antológicas HQs de uma página de Horácio, da Folhinha de S.Paulo. No aguardo.


FEVEREIRO
Pinóquio, o 2º Clássico Disney, faz 70 anos no dia 7. E no dia 15, Cinderella (ou Cinderela, também conhecida como A Gata Borralheira), completa 60. Falando em cinema, Up é indicado aos Oscars de Melhor Filme e de Melhor Animação: leva o segundo.

João Bafo-de-Onça, o mais antigo personagem Disney "em circulação" completa 85 anos no dia 15 (mais velho que o Coelho Osvaldo!).

No dia 23, é a vez da adorável Luluzinha comemorar aniversário: 75 anos.

No dia 24, o blog da revista Mad faz galhofa com suposta capa censurada. E, mais engraçado ainda, um monte de gente cai nessa!

No final do mês, a Escala lança Didi & Lili Geração Mangá.

Em algum lugar, por algum motivo, alguém acha mesmo que deve pagar um milhão de dólares por um gibi.

No dia 27, o Planeta Gibi divulga com exclusividade as capas das reedições dos #1 de Almanaque Tex e de Tex Gigante. Nos gibis Bonelli de abril, a capa de uma reedição do #2 do Almanaque é veiculada, mas a revista nunca chegaria às bancas.


MARÇO
Glauco é assassinado (dia 12). A edição da Folha de S.Paulo do dia seguinte deixa em branco todos os espaços do jornal destinados a charges e tiras.

Gasparzinho ganha seu primeiro encadernado pela Devir, conforme o Planeta Gibi anunciara com exclusividade em outubro de 2009.

Apache, de Tony Fernandes, estreia pela As Américas.

Boom! anuncia a volta de Darkwing Duck em quadrinhos inéditos.

O Planeta Gibi Blog completa um ano. No dia 29.

O Planeta Gibi revela em primeira mão os encadernados de Star Wars que seriam depois lançados pela On Line Editora.

Pela primeira vez na Internet são postadas imagens e descrição do conteúdo completo de um dos mais raros gibis brasileiros: a edição promocional e em inglês (para editoras europeias) de Mônica. No Planeta Gibi, dia 29.


ABRIL
No dia 5, o Planeta Gibi revela com exclusividade a coleção que comemoraria os 60 anos do gibi O Pato Donald: Clássicos da Literatura Disney. O lançamento ocorreria em 20 de maio, a princípio em 20 edições semanais.

A Devir tem lançamentos formidáveis: The Boys O Nome do Jogo, Samurai Até o Fim do Mundo e As Incríveis Aventuras do Escapista.

A HQM Editora põe nas bancas Xaxado e sua Turma. O gibi seria cancelado logo na quarta edição e passaria a integrar, com Senninha e outros, um novo título, em formato maior: Série Infantojuvenil HQM (a partir de outubro).

Mythos anuncia o lançamento de encadernados de Eerie, a revista americana que foi base da brasileira Kripta, dos anos 1970. Estamos aguardando... (junto com Creepy, da Devir...)

A On Line Editora estreia uma leva de títulos Disney com adaptações de filmes e animações. A Princesa e o Sapo, Toy Story e A Bela e a Fera estão entre as primeiras.

É anunciada a volta dos desenhos animados da Turma da Mônica na tela da Globo, para julho.

Questões jurídicas impedem a publicação no Brasil da saga Disney italiana Il Grande Mou, que havia ganhado bom destaque aqui na mídia digital por satirizar futebolistas muito famosos, como Ronaldinho Gaúcho, Kaká, Júlio César, Totti, Buffon e, claro, o técnico Mourinho. 

Mais um almanaque com republicações de HQs de Mauricio é anunciado: Almanaque Papa-Capim & Turma da Mata #1 seria lançado em maio. O título é o 18º do gênero a circular (os outros são os almanaques... Mônica, Cebolinha, Cascão, Chico Bento, Magali, Bidu & Mingau, Tina, Piteco & Horácio, Penadinho, Astronauta, Temático, Historinhas de Uma Página, Historinhas de Duas Páginas, Historinhas de Três Páginas, Historinhas Sem Palavras, Almanacão de Férias e, ufa!, Almanacão da Turma).

A Panini divulga a reformulação de seus títulos Marvel e DC. E quase ninguém enxergou ali a "revolução editorial" previamente prometida na seção de cartas de Superman.


MAIO
Mônica, o gibi, completa 40 anos de sucesso nas bancas.

É exibido o capítulo final de Lost, que praticamente enterra as possibilidades de continuidades esporádicas antes aventadas pela Disney para mídias diversas, como cinema, quadrinhos e, claro, televisão. No dia 23.

Crossover Disney-Mauricio: o cartunista revela via Twitter a possível continuação do especial Lostinho, paródia do seriado de TV da Disney. A produção acaba sendo confirmada no final do ano, mas o gibi só deve sair mesmo em 2011.

Devir lança encadernado com HQs de Joe Kubert para Tarzan, do início dos anos 1970. E também põe nas livrarias Xampu, do paulistano Roger Cruz.

A americana Dynamite revela as capas de Alex Ross para a releitura de Fantasma. Hmm.

A L&PM lança pocket com tiras históricas de Os Sousa, personagens clássicos de Mauricio.


JUNHO
Toy Story 3 estreia oficialmente no dia 18, tanto aqui como nos EUA. O filme é uma das maiores apostas dos críticos para vencer o Oscar de Melhor Filme em 2011.

Paulo Maffia, o editor dos gibis Disney no Brasil, é entrevistado pelo Planeta Gibi. A postagem lidera os acessos do site por muito tempo.

A Devir anuncia que lançará a maxissérie que adapta para os quadrinhos o livro que gerou o filme Blade Runner —uma produção da Boom!

A On Line divulga que apostará em quadrinhos dos Smurfs, pegando onda no lançamento do filme com os personagens azuis. Por ora, só vimos um álbum de figurinhas.

A Mythos cancela Conan, O Bárbaro em sua 76ª edição.


JULHO
O Planeta Gibi informa que a coleção Clássicos da Literatura Disney terá, afinal, 40 volumes.

No dia 12, O Pato Donald completa 60 anos e reafirma seu posto de gibi brasileiro mais longevo e mais antigo ainda em circulação.

Bodas de prata do 25º Clássico Disney: O Caldeirão Mágico, talvez a mais autocensurada / mutilada produção Disney desde sempre. Dia 24.

Divulgado que o game Epic Mickey seria adaptado para os quadrinhos.

Pela Panini, estreiam A Sombra de Batman e Universo DC, gibis com 148 páginas.

A capa de MSP+50 é revelada via Twitter. O livro seria lançado na Bienal de São Paulo, em agosto (num estande intransitável da Panini).

A Mythos anuncia o cancelamento iminente de Júlia Kendall, um dos melhores títulos em circulação no Brasil. O Planeta Gibi faz campanha, com apoio da editora, para difundir e dar visibilidade à revista, distribuindo exemplares aos cliente da loja virtual, entre outras peças. (O cancelamento está suspenso por ora.)

Anunciada a republicação de toda a série Comando Laser nas páginas de Zé Carioca em 2011 —e até ganharia um cantinho na capa do gibi do papagaio; ideia abandonada para não estragar a belíssima arte de Carlos Mota. Confira logo mais...

Luluzinha clássica ganha mais um encadernado pela Devir.


AGOSTO
Anunciada a vinda do artista italiano Fabio Civitelli para a Fest Comix, em outubro, em São Paulo. Civitelli veio e esbanjou simplicidade e simpatia no encontro com os texmaníacos.

No dia 15, na abertura da Exposição 60 Anos da Revista Pato Donald, em Santo André (SP), o editor Paulo Maffia revela a volta das assinaturas dos gibis Disney, os lançamentos de Minnie Pocket Love e Pura Risada com Mickey —além de outras possibilidades para 2011.

Laerte anuncia o lançamento de duas compilações, Carol e Muchacha.

A Leya aposta em quatro livrinhos de quadrinhos, lançados oficialmente na Bienal, via Barba Negra: O Relatório Ota do Sexo, Na Kombi, Mundinho Animal e Vó.

A Boom! anuncia a criação de quadrinhos inéditos com Tico e Teco, para o novo título Rescue Rangers.


SETEMBRO
Pluto apaga 80 velinhas no dia 5.

Divulgadas as regras do 1º Prêmio Abril de Personagens.

Dentre os vencedores do 22º Troféu HQ Mix, Laerte, Angeli, Fernando Gonsales, Universo HQ, MSP50, Cia. das Letras, Allan Sieber e Gustavo Duarte (pelo divertido Có!).

Morcego Vermelho Especial, reeditando pela primeira vez no Brasil a origem do... herói (?!), é prometido finalmente para 2011, conforme revelado pelo Planeta Gibi no dia 29.


OUTUBRO
Cebolinha completa 50 anos (em dezembro, ganharia especial em capa dura). E Mauricio, 75.

Pererê, de Ziraldo, também faz 50 anos. Editora Globo lança pack reeditando três álbuns de quadrinhos do personagem, mais a reprodução de seu #1, originalmente publicado pela O Cruzeiro em out/60.

Também comemora Peanuts: 60 anos.

Walt Disney’s Comics and Stories chega aos 70 anos. A Boom! aproveita para fazer uma correção de rota em suas publicações clássicas Disney, anunciando a volta de artistas medalhões para 2011, além de reedições especiais —o chamado projeto "Boom Kids! 2.0".

Marvel Terror é prometido —mas chega com o invariável atraso da Panini. O gibi, afinal, revela-se muito bom. Um gibi, enfim.

Disney vai colocando o pé na Marvel. Compra da Paramount os direitos de distribuição de Homem de Ferro 3 e de Os Vingadores, divulga capas alternativas das revistas Marvel de linha com referência ao disneyano TRON O Legado, e anuncia a produção de seriado de TV com Hulk.

Tio Patinhas #544 entra para a história como o primeiro gibi do velho muquirana, em 25 anos, que não traz o personagem na ilustração da capa —e a HQ é excelente; os italianos fizeram aqui o que muitos artistas não conseguem: quadrinhos didáticos divertidos e emocionantes.


NOVEMBRO
Gibis Disney voltam ao sistema de assinaturas da Abril, enquanto é anunciado o lançamento de dez almanaques com personagens Disney para dezembro, além da volta do Natal de Ouro Disney.

Planeta Gibi divulga com exclusividade o conteúdo das primeiras edições de Disney Mangá, novo título da On Line.

A Abril confirma, no dia 8, o que o Planeta Gibi informara em julho: Clássicos da Literatura Disney avançaria até o volume 40.

A comemoração há muito anunciada dos 70 anos de Fantasia recebe uma ducha gelada: apenas uma ediçãozinha qualquer, que inclui o longa Fantasia 2000 e o curta Destino. E olhe lá. (Claro, isso comparado ao que a Disney já entregou desse filme no passado, em lançamentos comemorativos similares.)

Colimério faz 60 anos no dia 3. (Como assim, não sabe quem é Colimério?!)

Lá se vão 20 anos desde que um Clássico Disney teve continuação pela primeira vez. Bernardo e Bianca na Terra dos Cangurus, o 29º Clássico, tinha exibição precedida pelo curta O Príncipe e o Mendigo, com Mickey, Pateta e Donald. No dia 16.

No dia 24, Rapunzel, ou melhor, Tangled estreia nos EUA com sucesso respeitável. O 50º Clássico Disney só aportará no Brasil em janeiro, com o detestável título Enrolados —menos pior, ainda assim, do que ouvir a dublagem de um não-ator no principal papel masculino.

Devir lança Rex Mundi 3, Os EscapistasZETZ, Fiapo e La Peña e (relança) Fawcett. E anuncia que está retraduzindo a minissérie erótica Black Kiss.

Uma raríssima visita de um mestre: Canini conversa com Marcelo Alencar na Biblioteca de São Paulo.

Aos 83 anos, Coelho Osvaldo estreia nos quadrinhos Disney.

O Planeta Gibi entrevista Paulo Maffia. Texto caudaloso, ao gosto de leitores Disney vorazes e colecionadores contumazes. Brinde: uma capa-brincadeira para Almanaque Disney #373 (ou #1).


DEZEMBRO
Almanaque Disney faz 40 anos —mas... fora das bancas desde 2005. Os Aristogatas, 20º Clássico Disney —e primeiro sem a supervisão de Walt—, também completa 40 anos. No dia 11.

Tio Patinhas tem outra edição histórica. O #545 traz a última HQ oficial de Don Rosa ainda inédita no Brasil.

No dia 6, o Planeta Gibi divulga catálogo da Boom! que promete para 2011 encadernados de clássicos, incluindo a reedição de Walt Disney's Comics and Stories desde o #1.

A Abril informa que lançará encadernados em formatinho com super-heróis da DC (linha Cartoon Network): Batman, Superman, Liga da Justiça e Jovens Titãs.

E o investimento da editora em quadrinhos para esse público não vai parar por aí...

18 comentários:

  1. Legal demais ler essa retrospectiva 2010,tinha coisas que eu nem lembrava mais!;)

    Parabéns,E.Rodrigues...e que em 2011 venha uma 'tsunami' de gibis!!!:D

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Planeta Gibi pelo excelente trabalho em 2010. Vocês se tornaram referência para muitos leitores, fãs e colecionadores, inclusive para mim que aprecio a dedicação e o esforço dispendidos em prol dos quadrinhos Disney. Essa bela retrospectiva mostra que esse blog esteve sempre um passo à frente na informação, e proporcionou a nós que o acompanhamos, uma constante atualização num ano editorial tão importante para o futuro dos quadrinhos Disney no Brasil. Parabéns novamente pelo trabalho, muita saúde, paz e progresso para 2011. Abs. do amigo Paulo.

    ResponderExcluir
  3. Realmente, o Planeta Gibi está de parabéns! 2010 foi um ano excelente para os quadrinhos, principalmente Disney, e as principais novidades nós vimos primeiro aqui. Tenho certeza que este foi um ano de grande crescimento para o blog e espero que vão mais além em 2011. Parabéns e muito obrigado! Foi esse trabalho de ponta que me fez voltar a comprar e acompanhar as novidades sobre HQs.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia! Feliz 2011 e que neste novo ano todo o sucesso do site seja triplicado, pois vocês merecem.
    Agora serei um pouco chato: há no site algo escrito assim...

    "o Planeta Gibi revela com exclusividade a coleção que comemoraria os 60 anos do gibi O Pato Donald: Clássicos da Literatura Disney"...

    Gostaria de saber o que vocês entendem por exclusividade, pois eu me lembro muito bem nessa época que o Paulo Maffia até foi a um programa falar da coleção e vários meios de mídia divulgaram a notícia, praticamente, simultaneamente com o PLaneta Gibi. No meu entendimento, então, essa notícia não foi algo exclusivo do site.
    Todo mundo sabe da grandiosidade do PLaneta Gibi, do prestígio e credibilidade que ele tem, mas é preciso tomar muito cuidado ao se florear as coisas, pois é muito fácil botar a perder um trabalho difícil que vem sendo feito apenas por má colocação de palavras, por exemplo, e má conduta de seus funcionários durante fóruns e comunidades para com os demais.
    Enfim, é só uma dica que eu penso que nem precia, né...

    Abraços. FabianoCaldeira.

    ResponderExcluir
  5. Feliz Ano Novo para você também, Fabiano.
    De fato, o Planeta Gibi informou em primeira mão sobre Clássicos da Literatura. Isso ocorreu no post "Pato Donald 60 Anos Revelado", de 5 de abril.
    Abração.

    ResponderExcluir
  6. Mas 'primeira mão" é diferente de exclusivo. Exclusivo é quando a notícia é dada somente a tal veículo de comunicação. Primeira mão, sim, é quando se trata do pioneirismo em transmitir a notícia.
    A CLD foi parar até na TV aberta, em comerciais, naquela época. Logo, não foi exclusivo. Mas, sim, foi em primeira mão.
    Desculpe! Eu avisei que ia ser chato. Paro por aqui, ok.
    Um abraço. FabianoCaldeira.

    ResponderExcluir
  7. Fabiano, o texto está redigido em tempo presente, ou seja, refere-se ao fato como ocorrido naquele momento (tanto que, para ocorrências futuras ao mês/dia em questão, é usado o futuro do pretérito). Naquele momento, no dia 5, a informação foi dada em primeira mão, portanto, obviamente, com exclusividade. No dia seguinte, a Abril disparou press release e, a partir de então, outros veículos divulgaram. (Viu, eu também sou chato! hehe). É fácil saber quando damos uma notícia exclusiva, porque (1) ficamos perturbando o pessoal da editora insistentemente até obter a informação (caso do conteúdo de Disney Mangá, p.e.) ou (2) alguém da editora solta a informação no meio de outra e não pede sigilo (caso de Gasparzinho pela Devir, p.e.).
    Um abraço. Bola para frente.
    E. Rodrigues

    ResponderExcluir
  8. [O Planeta Gibi deduz que a origem de Morcego Vermelho, criada pelos brasileiros Ivan Saidenberg e Herrero, seria publicada pela primeira vez nos EUA. Suposição depois confirmada, no final de março.]

    Fato histórico para os quadrinhos Disney dos EUA, onde nem mesmo o alter-ego do MV é considerado um membro relevante da Família Pato.

    [João Bafo-de-Onça, o mais antigo personagem Disney "em circulação" completa 85 anos no dia 15 (mais velho que o Coelho Osvaldo!).]

    É, o gato antropomórfico mais feioso de todos possui um inegável carisma, ao contrário do tal coelho.

    [Boom! anuncia a volta de Darkwing Duck em quadrinhos inéditos.]

    É legal este pato?

    [No dia 5, o Planeta Gibi revela com exclusividade a coleção que comemoraria os 60 anos do gibi O Pato Donald: Clássicos da Literatura Disney. O lançamento ocorreria em 20 de maio, a princípio em 20 edições semanais.]

    Quem diria que ia fazer tanto sucesso a ponto de a coleção chegar a um total de 40 volumes.

    [Mônica, o gibi, completa 40 anos de sucesso nas bancas.]

    Só acho uma pena que a onda do "politicamente correto" tenha invadido os estúdios do Maurício de Sousa nos últimos tempos. Excesso de fofice é algo que eu não aguento.

    [Paulo Maffia, o editor dos gibis Disney no Brasil, é entrevistado pelo Planeta Gibi. A postagem lidera os acessos do site por muito tempo.]

    Sinal que os leitores de gibis Disney estavam todos empolgados com o trabalho do Sr. Maffia.

    ResponderExcluir
  9. [No dia 12, O Pato Donald completa 60 anos e reafirma seu posto de gibi brasileiro mais longevo e mais antigo ainda em circulação.]

    Personagens com o nível de genialidade do Donald nascem para ser amados geração após geração.

    [A Boom! anuncia a criação de quadrinhos inéditos com Tico e Teco, para o novo título Rescue Rangers.]

    A Boom! é show! Que bom que eles continuam a incrementar os quadrinhos Disney nos EUA, a despeito das vendas pífias.

    [Pluto apaga 80 velinhas no dia 5.]

    É impressão minha ou este aniversário passou praticamente em brancas nuvens? Aposto que o Pluto ficou p. da vida!

    [Walt Disney’s Comics and Stories chega aos 70 anos. A Boom! aproveita para fazer uma correção de rota em suas publicações clássicas Disney, anunciando a volta de artistas medalhões para 2011, além de reedições especiais —o chamado projeto "Boom Kids! 2.0".]

    Que pena que os americanos não querem aprender a gostar do jeito italiano de fazer histórias Disney. Seria a famosa xenofobia dos States?

    [Aos 83 anos, Coelho Osvaldo estreia nos quadrinhos Disney.]

    Woohoo! Tô loco pra esquecer isso!

    [Tio Patinhas tem outra edição histórica. O #545 traz a última HQ oficial de Don Rosa ainda inédita no Brasil.]

    Grande coisa. Cartunistas mais antigos e melhores que ele como Scarpa, Cavazzano e Al Hubbard ainda não tiveram todas as suas histórias publicadas por aqui até hoje.

    ResponderExcluir
  10. Darkwing Duck: tem uma HQ dele no Disney Big deste trimestre. Confira.

    ResponderExcluir
  11. Obrigado pela rápida resposta. Eu até tenho alguns gibis onde têm histórias dele, mas nunca me interessei em lê-las. Sei que ele tem uma filha (!) e tem o Capitão Bóing como parceiro de aventuras. Ah, e eu já tenho a DB 7, apenas não li a história do Darkwing.

    Um abraço! (Favor retribuir o abraço, pois eu gosto muito do blog docês)

    ResponderExcluir
  12. Al Hubbard é genial. Segundo o Inducks, sua obra completa não foi publicada nem nos EUA (mas o Brasil está em segundo na posição de países com mais obras dele publicadas).
    .
    Há várias HQs dele da década de 1960 com o Peninha ainda inéditas aqui. Recentemente a francesa Picsou publicou tudo isso. Vamos incentivar o Maffia.

    ResponderExcluir
  13. Blz pessoal do planeta?

    Eu li aqui nesse blog, acho eu, que já saiu um gibi especial do DarkWing Duck no Brasil.

    Que raio de gibi é esse que eu como colecionador disney doente nunca vi?

    Ou estou enganado?

    ResponderExcluir
  14. Vinicius, acredito que esteja se referindo a este post aqui:

    http://www.planetagibi.net/2010/03/darkwing-duck-de-volta-nos-eua-aqui.html

    ResponderExcluir
  15. " No dia 24, Rapunzel, ou melhor, Tangled estreia nos EUA com sucesso respeitável. O 50º Clássico Disney só aportará no Brasil em janeiro, com o detestável título Enrolados (...) "

    De fato muito mau gosto da Disney. Mas olhando por outro lado, um filme desses é melhor mesmo que não venha com o título "Rapunzel".. Pois trata-se de uma paródia escrachada.. Estavam esperando demais desse filme, prometendo demais. Na verdade não tem nenhuma novidade. É formato semelhante a Shrek e Deu a louca na chapeuzinho. Chamar um filme desses de "Rapunzel" seria quase o mesmo que chamar "Deu a luca na chapeuzinho" de "chapeuzinho vermelho". Diferente de "a princesa e o sapo", que não foi grande sucesso mas sim um filme decente e que propôs de fato uma adaptação da história original.

    Eu também estava incomodado com o título. Mas depois que vi o trailer... o filme é tudo, menos Rapunzel. Nada de novo, apenas mais uma animação em que os personagens fazem piadas e mais piadas, caras e bocas em busca do riso fácil.

    ResponderExcluir
  16. Hm. Bem que estava desconfiando daquela bilheteria alta...

    ResponderExcluir
  17. "Colimério faz 60 anos no dia 3. (Como assim, não sabe quem é Colimério?!)"



    Tá, eu confesso que fui buscar no Yahoo quem é esse Colimério... Eu nem imaginava que o nome dele era esse. De quebra eu agora sei quem é o guarda Sucupira,rs... E o interessante é que eu gosto pra caramba dos desenhos dele! Bem que poderiam lançar um DVD duplo Treasures dele...

    ResponderExcluir
  18. Ih, não dá... Colimério (Humphrey Bear) apareceu em apenas 7 curtas. Dois deles, "A Humphrey Bear
    Cartoon" (glória suprema para um personagem Disney, dar nome a uma série!).

    Todos já saíram em DVD nos EUA (em Disney Treasures): o primeiro, em Pateta Completo; os seguintes, em Donald Cronológico #4; o último, em Raridades Disney.

    Em 1999 e no ano 2000, houve 2 cartoons com ele e Donald, feitos para a TV.

    Abraço.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.