' '

18 de dez de 2010

Disney Big #7 — dez/10

Por José Rivaldo Ribeiro & E. Rodrigues

Quando se pensa que Disney Big já atingiu seu auge, vem uma nova edição e surpreende pela excepcional seleção de histórias. Não há nenhuma dúvida: não existe nenhum título em circulação no Brasil, de qualquer gênero, que chegue sequer minimamente perto da qualidade dos quadrinhos apresentados em Disney Big. Nesta edição, Carl Barks, Don Rosa, Paul Murry, Carl Fallberg, Tony Strobl... e nada menos que uma dezena de histórias nacionais, de Canini a Carlos Mota, passando por Irineu Rodrigues, Gerson Teixeira, Luiz Podavin, Arthur Faria... Compre. Leia. Colecione. Divirta-se.



Disney Big #7 — dez/10
308 páginas coloridas — formatinho 13,4 x 19 cm —  lombada quadrada — R$ 12,95

Nesta edição, Darkwing Duck, Superpato, Morcego Verde, Urtigão com Peninha (clássico americano), Sir Lock Holmes X Prof. Nefárius, Pascoal & Gilberto, Maga & Min, Prof. Pardal, e claro, Zé Carioca, Mickey, Pateta, Tio Patinhas, Donald e Sobrinhos... Lista completa das histórias desta edição:


As Cidades do Ouro
Roteiro e desenhos de Carl Barks
Esta HQ do Tio Patinhas inspirou a famosa cena da bola de pedra que rola sobre Indiana Jones em Os Caçadores da Arca Perdida. Quando esta história saiu no Brasil pela primeira vez, em Pato Donald #179-180 (1955), chamou-se O Milionário Entediado — e com layout remontado.


As Minas do Rei Toleimon
Roteiro e desenhos de Carl Barks
A cena na qual uma mina é inundada em Indiana Jones e o Templo da Perdição é inspirada nesta HQ do Tio Patinhas.



O Campeão de Caratê
Roteiro de Paulo de Paiva Lima, desenhos de Renato Canini
Zé Carioca resolve aprender a lutar caratê para enfrentar um rival que está dando em cima da Rosinha.


Uma Criança Muito Especial
Roteiro de Gerson Teixeira e desenhos de Moacir Soares
Os membros da Patrulha Estelar, Mickey, Pateta e o robô PRK-20, têm que proteger um bebê alien órfão. Esta é a terceira história da sub-série Patrulha Estelar, que teve oito aventuras criadas no Brasil no final da década de 1970 (as duas últimas só foram publicadas na década de 1990). Todas elas ganharam publicação na Europa, por sinal.



Pato de Negócios!
Roteiro e desenhos de Don Rosa
Tio Patinhas decide tester o desempenho de Donald e Gastão no mundo empresarial. HQ que só havia saído aqui na, hoje rara, edição de estreia de Mestres Disney (2005). Um Don Rosa totalmente calcado em Barks — o quadrinho de abertura é uma reprodução do clássico O Segredo de Atlântida (O Melhor da Disney #5, 2004), por exemplo. O último quadrinho traz o logo da editora americana Gladstone, onde a história estreou (em Uncle Scrooge #220, mai/87).



Ajudando os Ajudantes
Roteiro de Arthur Faria, Jr e desenhos de Irineu Rodrigues
Margarida e o Prof. Pardal precisam ajudar a Cinderela quando sua fada madrinha fica doente.


O Indicador de Petróleo
Desenhos de Paul Murry
Pateta fica mundialmente famoso depois que extraterrestres dão a ele o poder de encontrar petróleo. Segundo o Inducks, esta HQ só havia saído no Brasil em Zé Carioca #1269 (1976) — mas há edições de Disney Especial não indexadas ainda; a confirmar.



Pato Pirado
Roteiro e desenhos de William van Horn
Donald aposta com seus sobrinhos que pode sobreviver quatro dias num ambiente selvagem sem a juda de ninguém.



  

Concorrência Desleal
Roteiro de Carl Fallberg, desenhos por Jaime Diaz Studio
Um novo detetive chega a Londres e Sir Lock Holmes e seus assistente, Mickey, estão desconfiados.

Os Espiões Reumáticos
Desenhos de Eli Leon
Morcego Verde suspeita que um simpático asilo de velhinhos seja fachada para um grupo de espiões.


  

Donald, a Vítima Perfeita
Roteiro de Ed Nofziger, desenhos por Jaime Dias Studio
Huguinho, Zezinho e Luisinho vão representar os Escoteiros Mirins de Patópolis na Olimpíada de Primeiros Socorros.

Um Assaltante Empapelado
Roteiro de Gerson Teixeira, desenhos de Carlos Mota
Um ladrão se esconde na casa do Pateta quando ele está colocando o novo papel de parede. Pobre malfeitor! Destaque para a arte de Carlos Mota, da fase final da produção brasileira.



Droga de Feiticeiro
Roteiro de Dick Kinney, desenhos de Tony Strobl
Urtigão inventa uma poção que deixa as pessoas felizes. O problema é quando o Peninha resolve ajudar a vendê-la.



Zé Carioca Encontra Texas Bill
Roteiro e desenhos de Renato Canini
Zé Carioca usa a máquina do tempo do Professor Pardal para viajar ao Velho Oeste e encontrar seu herói, Texas Bill. HQ publicada originalmente em Almanaque Disney #29 (1973), depois restaurada para a edição de Mestres Disney dedicada a Canini (2005). Ecos de Tex aqui e ali...


Sinal Verde
Roteiro de Geoff Cowan, desenhos de Santiago Ceballos
Professor Pardal arruma mil confusões quando inventa um rádio de carro que pode interferir nos semáforos da cidade.



O Hipnotizado
Roteiro de Marcelo Aragão, desenhos de Irineu Rodrigues
Na redação do jornal A Patada, Tio Patinhas tenta descobrir por que o Peninha está em transe hipnótico.



Ópera Cômica
Desenhos de Paul Murry
Na noite de estreia de uma importante ópera, um ladrão planeja o roubo de valiosas joias. Se não houver falta de registro no Inducks, esta HQ saiu por aqui, pela última vez, em 1990, em Anos de Ouro do Zé Carioca #4.

  

A Desforra de Cornélio Patus
Roteiro de Francesco Artibani, desenhos de Marco Gervásio
Restaurar a estátua de Cornélio Patus, fundador de Patópolis, é uma missão heroica para um... Superpato!

A Bola que Caiu do Céu
Roteiro de Marcelo Lacerda, desenhos de Hélio Senatore
Zé Carioca encontra um menino que insiste em lhe cobrar uma bola de futebol que veio do céu.

  

De Bruxo, de Médico e de Louco...
Desenhos de Irineu Rodrigues
A Maga Patalójika e a Madame Min fazem com que um psiquiatra esgotado tenha férias mais estressantes ainda.

O Clube dos Inventores
Desenhos de Luiz Podavin
Gilberto e Pascoal decidem fundar um clube de inventores mirins, mas começam a atrair sócios muito suspeitos.


Era uma Vez...
Roteiro de Stefan Petrucha, desenhos de Francisco Peinado
Mickey investiga por que os personagens das fábulas clássicas estão ganhando vida.



A Cidade Perdida
Roteiro e desenhos de John Blair Moore
Quando os índices de criminalidade da cidade despencam, o vigilante mascarado Darkwing Duck resolve tirar umas férias.



Sua Majestade Patinhas
Roteiro e desenhos de Don Rosa
Tio Patinhas decide fundar o reino da Patinholândia no terreno onde está localizada a Caixa-Forte. HQ publicada antes somente em Mestres Disney #4.




Editor: Paulo Maffia
Capa original: por Andrea Freccero, publicada primeiro em Disney Time #47 (Itália, jul/07). Imagem: Outducks



12 comentários:

  1. Uau! Acho que este é o melhor número até agora. Cheio de raridades principalmente para quem não tem todos os Mestres/O Melhor da Disney!

    Quando chega às bancas? Como as últimas edições estão vindo aqui para a Bahia no mesmo mês de lançamento, é bem capaz de já estarem disponíveis. Vou dar uma olhada nesta segunda...

    ResponderExcluir
  2. Disney Big #7 chega às bancas a partir de segunda, 20. E já está disponível no Planeta Gibi Comic Shop.

    ResponderExcluir
  3. Vai no meu blog,Mix Tmj(http://mangadaturmadamonica.blogspot.com)e veja a capa da Tina nº18!Se puder colocar ela em melhor qualidade,ficarei muito agradecido!

    ResponderExcluir
  4. Guilheerme, a capa foi inserida no Checklist de Mauricio de Dezembro. Talvez você curta também Luluzinha Teen. A capa do #20 está acima, no post 'Da redação da Patranha'. Ambas as edições já estão à venda no Planeta Gibi Comic Shop.

    ResponderExcluir
  5. Darkwing Duck, Don Rosa e clássicos do Zé Carioca numa mesma edição... Que maravilha!!!

    ResponderExcluir
  6. "A Desforra de Cornélio Patus"

    Preciso ver na minha coleção, mas acredito que devo ter essa história. Não é uma em que o Donald de alguma forma fica encarregado de restaurar a estátua a mando de Patinhas e o seu rival acaba sabotando a operação limpeza dele até que Donald descobre e faz com que o Superpato resolva tudo???

    Abraços. FabianoCaldeira.

    ResponderExcluir
  7. Ótima seleção de histórias mas sinto falta de Floyd Gottfredson nestas edições...

    ResponderExcluir
  8. De babar a primeira foto com muitos BIG,hehe!:)

    ResponderExcluir
  9. Esse Disney Big está um primor. Nosso editor preferido Paulo Maffia se supera a cada número. Os quadrinhos Disney no Brasil estão em alta, tem uma galera das novas gerações adotando as HQs Disney, e o Disney Big é uma maravilhosa porta de entrada para esses novos fãs e quem sabe futuros colecionadores dessas revistas tão adoradas por nós colecionadores mais antigos. Abração galera do Planeta Gibi.

    ResponderExcluir
  10. Confirmando... A DESFORRA DE CORNÉLIO PATUS... tenho ela aqui no meu Almanaque Disney 363, é a última história da revista. Só pra informar...

    Abraços e sucesso!
    FabianoCaldeira.

    ResponderExcluir
  11. Pena que tenha poucas histórias italianas. Senti falta de um Giorgio Cavazzano para completar o mix desta Disney Big.

    ResponderExcluir
  12. Disney Big 7, legal... Taí um gibi gostoso de ler e colecionar. Quando pego meu Disney Big fico com ele até acabar, levo na fila do banco, no correio, deixo na pasta, leio direto, e acabo querendo mais, é lógico. Vamos tomar um "porre" nessa edição nº 7,que sóp tem histórias boas, e que venham logo as próximas edições,rsrs...Abs. Paulo

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.