' '

13 de ago de 2010

Em quadrinhos: Avatar – O Último Mestre do Ar

Por José Rivaldo Ribeiro

A On Line Editora lançará a adaptação em quadrinhos da série animada Avatar — O Último Mestre do Ar. O Retorno do Avatar e A História de Zuko são as duas primeiras edições. Criada por Michael Dante DiMartino e Bryan Konietzko, a animação do Nickelodeon ganhou versão live action pelas mãos do controverso M. Night Shyamalan (O Sexto Sentido, Sinais, A Vila, Corpo Fechado...), que estreia no Brasil semana que vem.


O Último Mestre do Ar #1
Prequel: A História de Zuko
On Line Editora — 108 páginas em p&b — formato 13,5 x 20,5 cm — R$ 9,99

História de Dave Roman e Alison Wilgus. Arte de Nina Matsumoto.

Quando o Príncipe Zuko ousou desafiar a autoridade de seu pai Ozai, o Senhor do Fogo, foi banido da Nação do Fogo. Com uma terrível cicatriz e desprotegido, Zuko vagou pela terra por quase três anos, buscando sua única possibilidade de redenção: o Avatar, um ser místico que mantém as quatro nações em equilíbrio. Todos acreditam que seja uma tarefa impossível, já que o Avatar desapareceu há um século, sem deixar vestígios. Mas Zuko continua, obstinadamente, à procura do Avatar. Ele precisa recuperar sua honra, e esta busca foi tudo o que lhe restou.


Clique aqui para comprar O Último Mestre do Ar com desconto de 20% em nossa loja virtual, o Planeta Gibi Comic Shop.

2 comentários:

  1. Além desta publicação, a editora On Line vai investir na area de mangás, os primeiros titulos serão Orange Crows e o Diario da Lua Negra.

    Abraços

    Banzé

    ResponderExcluir
  2. Banzé, isso passou no allTV, certo? Quando tivermos as revistas postaremos imagens aqui. Abração.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.