' '

4 de jul de 2010

Pato Donald #2384 — jul/10

Por E. Rodrigues e José Rivaldo Ribeiro

Eis a edição do 60º aniversário de O Pato Donald. A comemoração da data está acontecendo com a publicação da coleção Clássicos da Literatura. Mas nem por isso descuidou-se do gibi mensal. Temos aqui a melhor HQ já desenhada pelo chileno Vicar: Uma Pedra no Caminho é a continuação do clássico Back to the Klondike, de Carl Barks, e tinha sua publicação ansiosamente aguardada por muitos colecionadores brasileiros.


Pato Donald #2384
52 páginas coloridas — formatinho 13,4 X 19 cm — edição 1748 — R$ 2,95



Um Rato na Lua
Por Marco Rota 
The Mouse in the Moon. D 2008-078, 12 páginas, publicada primeiro em Donald Duck #2009-11, 20/jun/09, Romênia. No Brasil: inédita.

A fim de ajudar o amigo Donald a ganhar uma viagem para a Lua, Pardal constrói uma máquina para torná-lo mais inteligente. Mas um rato em busca de queijo acaba sendo acidentalmente atingido pelo artefato. Então Donald, com a ajuda do bicho, ganha o concurso e ambos partem para a Lua. A história tem um q de Ratatouille.



Uma Pedra no Caminho 
Roteiro de Tom Anderson, desenhos de Vicar
Klondike Pipeline. D  5199, 15 páginas, publicada primeiro em Kalle Anka & C:o #1980-49, 03/de/80, Suécia. No Brasil: inédita.

A melhor HQ de Vicar desde sempre. Nesta aventura, Tio Patinhas e seus sobrinhos retornam ao velho Klondike, onde tudo começou, e reencontram o antigo amor do quaquilionário: a dançarina Dora Cintilante — que raramente aparece em HQs inéditas. A história traz referências ao megaclássico Em Busca do Ouro (Back to the Klondike), publicada por Carl Barks em Dell Four Color Comics (One Shot) #456 (equivalente a Uncle Scrooge #2), de março de 1953. Verdadeiramente imperdível.



O Paparazzo
Roteiro de Paul Halas, desenhos de José Massaroli
The Super Snapper. D 2002-217, 8 páginas, publicada primeiro em Kick-It! #2006-04, 19/jun/06, Noruega. No Brasil: inédita.

Donald é um paparazzo de sucesso e um torcedor doente pelo time de Patópolis. Em um de seus trabalhos de fotográfo, ele percebe um furo de reportagem envolvendo um jovem astro do Patópolis Futebol Clube. Mas parece se tratar de uma trapaça do time adversário para tirar o craque da jogada... Curiosidade: HQ publicada originalmente numa edição da revista norueguesa de variedades esportivas Disney Kick-It! que tinha Ronaldinho Gaúcho na capa. 




Donald, O Barqueiro
Roteiro de Paul Halas, desenhos de Vicar 
Blameless. D 2006-073, 12 páginas, publicada primeiro em Kalle Anka & C:o # 2009-21-22, 18/mai/09, Suécia. No Brasil: inédita.

Outra HQ de Vicar fecha a edição deste mês. Donald ganha um pequeno prêmio na loteria e resolve investir na compra de um barco, com intuito de ganhar a vida numa boa. Mas os perigos que rondam os mares e a (má) sorte do Donald, juntos, levarão o pato e seus sobrinhos a uma aventura eletrizante e com final surpreendente.


Capa: arte não identificada, publicada primeiro em Donald Duck & Co #2007-05, Noruega.
Fonte de indexação: Inducks. Imagem adicional: Outducks.


Veja aqui todos os lançamentos de quadrinhos Disney programados para este mês.

Clique aqui para comprar esta edição de Pato Donald em nossa loja virtual, o Planeta Gibi Comic Shop. Você também pode comprar o kit com os 4 gibis Disney deste mês.

3 comentários:

  1. Esta edição do pato realmente está demais. Imperdível!!

    ResponderExcluir
  2. Bem que podia ter uma hq de Carl Barks... =P

    ResponderExcluir
  3. Simplesmente incrível a história em que Tio Patinhas reencontra Dora Cintilante. Que saudade eu estava das viagens do milionário ao Alasca. E os desenhos então? Maravilhoso! Como antigamente...Recomendo!!

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.