' '

24 de jul de 2010

Guerra Civil condensada e encadernada

Por E. Rodrigues

A Panini anunciou para agosto o lançamento de um encadernado de luxo condensando a maxissérie Guerra Civil, travada por aqui entre 2007 e 2008. Com roteiro de Mark Millar e desenhos de Steve McNiven, a HQ saiu originalmente em 2006 nos EUA. Como de praxe  nesses esquemas de máxis, a história espraiou-se para os títulos mensais, além de especiais. Guerra Civil — Edição Especial Encadernada terá capa dura, 212 páginas em couché e um prefácio inédito por Mark Millar, informa o hot site Wizmania.

Quando centenas de pessoas morrem durante um reality show dos Novos Guerreiros, o congresso americano recoloca em pauta a aprovação da Lei de Registro de Super-Humanos, provocando um racha entre os heróis. Homem-Aranha, a favor, acaba revelando sua identidade em uma entrevista coletiva. 'Meu nome é Peter Parker e eu sou o Homem-Aranha desde os quinze anos'. Da outra parte, a oposição do Capitão América acaba levando-o à morte, no ápice dos acontecimentos. 


Acima, exemplar do jornal anunciando a saga — e que foi curiosamente vendido em bancas, por R$ 0,50. Para colocar os leitores em linha (e contextualizar os novos), a Panini resumiu os eventos que levaram à guerra no especial Rumo à Guerra Civil (jul/07)


A primeira das sete partes: de jul/07 a jan/08


O quarto especial, lançado enquanto corria a minissérie e suas ramificações nas revistas de linha. Entre os eventos, a revelação da identidade do Homem-Aranha ao mundo e a morte (supostamente) do Capitão América

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.