' '

25 de jun de 2010

Disney Big #5

Por E. Rodrigues

Disney Big, o almanacão trimestral de mais de 300 páginas chega à sua 5ª edição sem sinais de perder o fôlego. Ao contrário, a qualidade da seleção de histórias parece se superar a cada número, rivalizando com os melhores momentos do saudoso Disney Especial. Aqui, uma inédita dobradinha Barks-Rosa (só para começar!). Veja conteúdo completo...


Disney Big #5
308 páginas coloridas — formatinho 13,4 x 19 cm — R$ 12,95
Clique aqui para comprar Disney Big em nossa loja virtual, o Planeta Gibi Comic Shop



Nos dez anos da morte de Carl Barks, Disney Big abre com uma HQ do mestre Cavazzano em homenagem ao Homem dos Patos , criador de tantos personagens clássicos. Publicada no Brasil originalmente em Tio Patinhas #339 (out/93), a história é recheada de referências ao universo do artista.


Continuando a referência a Barks, a edição publica o megaclássico Perdidos nos Andes! (no Brasil, primeiro em O Pato Donald #128 e 129, abr/54), colado com sua continuação, Volta a Quadradópolis, criada por Don Rosa e publicada por aqui primeiro em Almanaque Disney #227 (abr/90). Salvo rotundo engano, é a primeira vez que vemos uma dobradinha Barks-Rosa desse tipo num gibi brasileiro. Nos EUA, a Gemstone chegou a lançar alguns álbuns explorando essa ideia, acrescentando storyboards de páginas não-publicadas, making of e muitos outros atrativos.


Quem aprecia traços clássicos ficará satisfeito em ver HQs de Paul Murry (Navio Fantasma, de Mickey #153, jul/65), Jack Bradbury (Um Enfermeiro sem Remédio, de Mickey #235, mai/72), Tony Strobl (A Batalha da Muralha de Adriano, de O Pato Donald #770, 9/ago/66). E novamente Rosa, fechando o gibi com A Guerra De Wendigo (de Tio Patinhas #471, out/04).


Com traços contemporâneos temos HQs estreladas por Superpateta, Pluto e Superpato, dentre outros.


A seleção de histórias brasileiras tem Zé Carioca no inconfundível traço de Canini e no desenho agradável de Fernando Bonini (Feijoada nas Estrelas, com roteiro de Rosana Rios, que saiu primeiro em Zé Carioca #1901, fev/91). A HQ de Canini tem roteiro de Ivan Saidenberg e marca a estreia do nada secreto herói (digamos assim...) Morcego Verde (de Zé Carioca #1217, 7/mar/75). De Saidenberg temos também Tio Patinhas e Donald em Um Atchim! Resfriado Caro, desenhada por Herrero e publicada primeiro em O Pato Donald #1336, 17/jun/77.


Capa: Alessio Copolla. Publicada primeiro em Speciale Disney #45, Itália, out/07.
Fonte de indexação: Inducks.

6 comentários:

  1. Esta edição está mais que excelente. Preciso comprar!

    ResponderExcluir
  2. Realmente está demais. Pena que só vou poder comprar o meu exemplar quando receber o salário...rsrs...pobre é fogo!!! hahaha

    ResponderExcluir
  3. Fantástica edição.
    A melhor seleção de histórias até aqui, com destaque para a sequencia com a homenagem ao Barks, seguida da dobradinha Barks-Rosa.

    Imperdível!!!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo assunto! Parece que muitos de nós farão quase a mesma coisa em nossos Blogs, mas o que conta é que esta edição está muito boa e vocês, do Planeta gibi, sabem expressar isso muito bem.
    Abraços. Boa vendas. Sucesso. FabianoCaldeira.

    ResponderExcluir
  5. Finalmente sairam das republicações de histórias que sairam recentemente, e tão republicando histórias mais interessantes. PArabéns por essa

    ResponderExcluir
  6. As três histórias iniciais são excelentes: a homenagem a Barks é de fazer choras; a história de Barks é uma das melhores do autor (o que quer dizer que é uma das melhores histórias em quadrinhos já produzidas neste planeta); e a continuação de Rosa é muito legal, tambem fazendo a sua homenagem ao mestre.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.