' '

12 de jun de 2010

Clássicos da Literatura Disney #3, 4 e 5

Por José Rivaldo Ribeiro & E. Rodrigues

Clássicos da Literatura Disney #5
156 páginas em papel offset — capa cartonada e lombada quadrada
formato 14,7 x 20,7cm — R$ 9,95 — 17/jun/10


A Ilíada
Roteiro de Guido Martina, desenhos de Luciano Bottaro

Paperiade. I TL 202-AP, 83 páginas, publicada primeiro em Topolino #202, 10/jan/59, Itália.
No Brasil: inédita.
Na coleção italiana I Classici della Letteratura: #2, 22/mai/06, e na espanhola Clásicos de la Literatura: #8, 22/Jun/08 — assim como a outra história desta edição.
HQ já publicada também na Alemanha, Finlândia, França, Grécia e Holanda, pelo menos.


A Odisseia
Roteiro de Guido Martina, desenhos de Pier Lorenzo De Vita

Paperodissea. I TL 268-AP, 61 páginas, publicada primeiro em Topolino #268 e 269, 15 e 22/jan/61, Itália.
No Brasil: inédita.
HQ já publicada também na Alemanha e na Grécia, pelo menos.

'As duas HQs deste volume são inspiradas nos poemas épicos Ilíada e Odisseia, atribuídos ao grego Homero. Não há dados muito precisos sobre sua biografia. Acredita-se que ele tenha vivido entre os séculos 9 a.C. e 7 a.C. e é provável que tenha nascido em Esmirna, uma das antigas colônias gregas na atual Turquia...' Assim começa o texto de apresentação deste número de Clássicos da Literatura Disney, cujas duas histórias permaneciam inéditas no Brasil. Dada a profusão de informações e curiosidades geradas pelas obras originais, o texto estende-se deliciosamente por seis páginas, bastante ilustradas.



Clássicos da Literatura Disney #4
156 páginas em papel offset — capa cartonada e lombada quadrada
formato 14,7 x 20,7cm — R$ 9,95 — 10/jun/10


Os Cavaleiros da Távola Redonda
Roteiro de Sisto Nigro e desenhos de Giampiero Ubezio

Topolino e i cavalieri della Tavola Rotonda. I TL 1683-A, 35 páginas, publicada primeiro em Topolino #1683, 28/fev/88, Itália.
No Brasil: inédita.
Na coleção italiana I Classici della Letteratura: #8, 26/jun/06, e na espanhola Clásicos de la Literatura: #6, 16/Jun/08 — assim como as outras histórias desta edição.
HQ já publicada também na Alemanha, Dinamarca, Finlândia, Noruega e Suécia, pelo menos.


Nos Tempos do Rei Artur
Roteiro de Vic Lockman, desenhos de Paul Murry

King Mickey and the Knights of the Hound Table. W WDC 304-01, 10 páginas, publicada primeiro em Walt Disney's Comics and Stories #304, jan/66, EUA.
No Brasil: estreou em Zé Carioca #759, 24/mai/66, como O Rei Mickey e os Cavaleiros da Távola Redonda.
HQ já publicada também no Chile, Dinamarca, Finlândia, França, Grécia, Noruega e Suécia, pelo menos.


A Lenda do Rei Artur
Roteiro de Sauro Pennacchioli, desenhos de Sandro Dossi

La leggenda di Papertù. I TL 1686-A, 33 páginas, publicada primeiro em Topolino #1686, 20/mar/88, Itália.
No Brasil: inédita.
HQ já publicada também na Alemanha, Dinamarca, Finlândia, Noruega e Suécia, pelo menos.


Tristão e Isolda
Roteiro de Alberto Autelitano e Luciano Bottaro, com desenhos de Luciano Bottaro

Paperino e Paperotta. I TL 2132-1P , 33 páginas, publicada primeiro em Topolino #2132, 08/out/96, Itália.
No Brasil: inédita.

'As quatro HQs deste volume são inspiradas nas célebres histórias do Rei Artur e nos personagens que habitam as páginas dos romances medievais', explica o texto de introdução de Clássicos da Literatura Disney #4. O sucesso dos romances de cavalaria começou em 1136, com a publicação de Histórias dos Reis da Bretanha, do inglês Geoffrey de Monmouth. No final do século 12, o francês Chrétien de Troyes lançou cinco livros sobre Artur — que provavelmente nem rei foi, mas sim um guerreiro que ajudou a derrotar os saxões na batalha do Monte Badon, no ano de 517. A consagração do mito veio com A Morte do Rei Artur, de Thomas Malory, em 1470.

 


Clássicos da Literatura Disney #3
156 páginas em papel offset — capa cartonada e lombada quadrada
formato 14,7 x 20,7cm — R$ 9,95 — 03/jun/10


Donald Hamlet
Roteiro de Gian Giacomo Dalmasso, desenhos de  Giovan Battista Carpi

Paperino principe di Dunimarca. I TL 226-BP, 75 páginas, publicada primeiro em Topolino #226 a 228, 10/jan a 10/fev/60, Itália.
No Brasil: inédita.
Na coleção italiana I Classici della Letteratura: #27, 6/nov/06, e na espanhola Clásicos de la Literatura: #5, 15/Jun/08 — assim como as outras histórias desta edição.
HQ já publicada também na Alemanha, Finlândia, França e Grécia, pelo menos.


Donald Otelo
Roteiro de Gian Giacomo Dalmasso, desenhos de Giorgio Bordini

Paperino Otello. I TL 851-B, 36 páginas, publicada primeiro em Topolino #851, 19/mar/72, Itália.
No Brasil: estreou em Almanaque Disney #35 (abr/74), com layout remontado em 29 páginas.
HQ já publicada também na Alemanha, França, Grécia e Holanda, pelo menos. 

 

A Megera Domada
Roteiro de Silvano Mezzavilla e desenhos de Giorgio Cavazzano

Paperon Bisbeticus domato.I TL 2237-1, 30 páginas, publicada primeiro em Topolino #2237, 13/out/98, Itália.
No Brasil: inédita.
HQ já publicada também na Alemanha, Dinamarca, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Noruega, Polônia e Suécia, pelo menos.

As duas páginas introdutórias desta edição, além de comentarem as obras que inspiraram as HQs, falam um pouco sobre seu autor, o dramaturgo inglês William Shakespeare (1564-1616).


Capas ilustradas por Fabio Pochet, com arte-final de Federica Salfo e cores de Flavio Chiumento.

Coleção brasileira organizada por Paulo Maffia. Tradução de Marcelo Alencar. Textos de Dante Grecco, Marcelo Alencar e Paulo Maffia. Letras de Lilian Mitsunaga.

Fonte de indexação: Inducks. Imagens adicionais: Outducks.

Clique aqui para comprar Clássicos da Literatura Disney avulsos ou em kits em nossa loja virtual, o Planeta Gibi Comic Shop.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.