' '

21 de jan de 2010

As HQs de Don Rosa no Brasil (7)

Por José Rivaldo Ribeiro

Colecionar "todas as HQs de Rosa no Brasil" não é tarefa fácil, também porque a fama do artista chegou por aqui em meados da década de 1990, justamente uma época de cancelamentos, redução de páginas e tiragens bem menores.

Durante aquele período, boa parte dessas histórias saiu em Pato Donald e Tio Patinhas, e ainda não ganhou reedição.

Bem depois, em agosto de 2005 (coincidentemente no mês em que Mestres Disney #4 Don Rosa foi lançado), veio a setorização. E outra leva de HQs inéditas foram lançadas nas revistas Tio Patinhas, Pato Donald e Aventuras Disney.

Bem, difíceis ou não, com uma boa dose de paciência, sorte e algum inve$timento pode-se perfeitamente completar a obra — até quem sabe um dia termos uma coleção completa nos moldes de Carl Barks.

Em tempo: sempre usamos o Inducks como fonte de indexação de nossos posts (ou, pelo menos, para checá-los). Curiosamente desta vez, algumas das revistas que citamos aqui ainda não estão lá catalogadas.

31
Incident at McDuck Tower
Código: D90345
publicado originalmente em Donald and Scrooge (album) #1 (1991, EUA)
No Brasil: Tudo o Que Sobe... Desce!
Pato Donald #1971 (mar/92)



32
Treasure Under Glass
Código: D 90227
publicado originalmente em Donald and Scrooge (album) #1 (1991, EUA)
No Brasil: O Tesouro na Bolha de Vidro
Tio Patinhas #493 (ago/06)


33
War of the Wendigo
Código: D 91192
publicado originalmente em Micky Maus # 1991-45 - [parte 1] (31/out/91, Alemanha)
No Brasil: A Guerra de Wendigo
Tio Patinhas #471 (out/04)



34
Island at the Edge of Time
Código: D 91071
publicado originalmente em Micky Maus # 1991-42 (10/out/91, Alemanha)
No Brasil: Sempre é Tempo...
Edição Extra #209 (jul/93)
Disney Especial #166 (mar/98)
Disney Especialissimo #31 (1998)


35
Super Snooper Strikes Again
Código: D 91076
publicado originalmente em Micky Maus # 1992-06 (30/jan/92, Alemanha)
No Brasil: O Verdadeiro Super-Herói
Pato Donald #1996 (nov/92)
Almanaque do Pato Donald #23 (mai/96)




Se você perdeu os primeiros posts, clique aqui.
Clique aqui para comprar gibis com HQs de Don Rosa em nossa loja virtual, o Planeta Gibi Comic Shop.

19 comentários:

  1. Puxa! Agora que eu vi que, além de ter todas, (eu acho né, de acordo com o Inducks eu tenho todas, vamos ver...) eu tenho quase todas as edições em que saíram, só falta o Disney Especial Viagens Fantásticas, por enquanto...

    ResponderExcluir
  2. Ah, agora eu vi, ainda faltam mais umas duas ou três, mas as histórias eu tenho todas, iss eu tenho certeza! Dessas, uma das mais engraçadas é "Tudo o que Sobe... Desce!", é simplesmete hilária, vocês não podem perder!

    ResponderExcluir
  3. Nossa!!

    Eu achava tinha tudo da disney cadastrado no induks.

    Fui confirmar e vendo agora, notei que eles não tem Disney Especial 166, e um monte acima dos 164 e abaixo tambem.
    Será que podemos confiar nos créditos dos gibis extras e férias e Disney Big, já que dizem que o Paulo maffia pega tudo de lá? Assim dizem.
    Quem nos garante então que as tais historias de don rosa que sairam recentemente em Pato Donald como inéditas, não sejam meras republicações?
    Digo, e se algumas já saiu num gibi que não estava catalogado no INDUCKS?

    Pedro (O Cara )

    ResponderExcluir
  4. Pedro, isso lá é verdade, porque uma vez (ou mais, não me lembro), eu estava indexando uma revista e vi que uma história publicada nela havia sido republicada recentemente, no status de "inédita", quando na verdade já tinha sido publicada em uma edição não indexada no Inducks.

    ResponderExcluir
  5. No Pato Donald Especial tinha história que tinha um crédito de inédita e pasmem, não era, iclusive tinha acabado de sair num pato donald qualquer.
    A Abril perdeu o controle do que publica, não tem um banco de dados ou só depende das esmolas do inducks.

    fala sério.

    ResponderExcluir
  6. Gente!!
    Calma!!

    O inducks é e sempre será o maior e o melhor site para pesquizas desse tipo, alguem consegue ou sabe me falar de algum outro?
    Poxa, o site está diariamente em atualização.
    Ao invés de vocês ficarem criticando, porque não mandam as informações para os reponsáveis atualizarem?

    É claro e natural que tem coisa sem cadastro, não é com passe de mágica que fuciona, algum dia o Inducks deve ter começado com meia dúzia de histórias e vejam hoje.

    Já sobre a HQ no Pato Donald 75 anos inédita, é verdade, fui confirmar e de fato lá está como inédita.
    Não posso afirmar se o Maffia usa somente o Inducks creditar, mas se for, ele deve ter seus critérios e deve bem saber que pode haver o risco em creditar algo antigo como inédita.
    A revista Tio Patinhas#473 regista "100 páginas inéditas",ou seja, lá havia supostamente uma HQ inédita de Don Rosa, mas a mesma HQ já tinha sido publicada 5 anos antes em Almanaque Disney 330.
    Tanto é assim que a tradução na versão AD#330 é bem tosca. Comparem!!
    Agora, claro ambas já estão indexadas no Iducks.

    Sou fã do trabalho de Maffia e visitante assiduo do inducks, mas de repende fique na dúvida também.

    Será que as HQs de Don em PD#2373/74/75/76 são mesmo inédita?

    ResponderExcluir
  7. Vinicius, muito pelo contrário, eu não estou criticando o método do Maffia, na verdade, é um ótimo método de ter as informações que necessita rapidamente, eu só estava comentando o que aconteceu uma vez. Eu admiro (e muito!) o trabalho que o Maffia está fazendo.

    ResponderExcluir
  8. Pensei que tinha acabado essa série..legal que bom que não!

    :P

    ResponderExcluir
  9. Xandro.

    Conforme prometemos no post (1), iremos falar de todas as HQs de Rosa.

    ResponderExcluir
  10. Toma jumento.

    Num ler direito não é, pra fazer perguntas imbecis!!

    ResponderExcluir
  11. Ahaha..esses 'anônimos'!

    Quem realmente é 'jumento'?

    Eu não fiz uma pergunta!!!

    ;)

    ResponderExcluir
  12. Pra quem tem uma revista Disney não indexada no Inducks, peço que tenha a caridade de indexá-la e repartir com todos os que gostam dos quadrinhos Disney. É fácil, só abrir uma conta lá... ;-)

    ResponderExcluir
  13. é, se bem que ter uma revista não indexada no Inducks tá ficando cada vez mais difícil, hehe...

    ResponderExcluir
  14. O Inducks é o que temos de melhor, e melhora a cada dia. Essas questões são menores, o importante mesmo é curtir o máximo possível essas deliciosas aventuras espalhadas pelos gibis Disney por aí. A busca por um tesouro é tão divertida quanto a posse do mesmo. Vamos continuar garimpando. Abraços a todos. Paulo Augusto

    ResponderExcluir
  15. Como bem falou o Paulo em seu comentário acima. Essa é uma questão menor. O grande barato mesmo, é podermos garimpar essas jóias raras. Que venha Barks, Rosa, Murry, Strobl, Van horn, Rota, Vicar e tantos outros talentos incríveis nos encher de alegria ao ler uma boa história Disney.

    ResponderExcluir
  16. Natanel Floripes26/01/2010 20:56

    Devo dizer que, pessoalmente, não gosto do Don Rosa. Ele tenta ser um novo Carl Barks, mas não passa de uma cópia muito da fajuta. E a arte dele não é boa. Sou muito mais a arte do Vicar, por exemplo.

    ResponderExcluir
  17. Natanael, respeito sua opinião, e acho que o Vicar também é ótimo. Mas aprecio muito o trabalho de Don Rosa e não vejo como "cópia fajuta". No mundo Disney há espaço para muitos talentos, e eles se somam. Vamos somar aos mestres, aplaudindo o esforço e valorizando a obra como um todo. Um abraço amigo. E vamor continuar curtindo esse maravilhoso mundo Disney. Paulo Augusto.

    ResponderExcluir
  18. Esta faltando "Sete Cavaleiros (menos quatro) e um destino", publicada no Zé Carioca n°2290 de 2005. Onde o Pato Donald reencontra Zé Carioca e Panchito no Brasil.

    ResponderExcluir
  19. Caro Mauste.

    Esta HQ ainda não apareceu em nossos posts porque estamos mostrando as HQs de Don Rosa em ordem cronológica original.
    Ainda estamos no ano de 1992.

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.