' '

6 de dez de 2009

Pato Donald #2377, Zé Carioca #2342 e Mickey #807

Por José Rivaldo Ribeiro & E. Rodrigues

A revista Pato Donald deste mês está deliciosa, típica edição de dezembro. São  três histórias inéditas, sendo duas de temas natalinos. E para aqueles que gostam de viagens no tempo, o roteirista Per Hedman parece ter se inspirado no filme De Volta Para o Futuro para a HQ desenhada por Vicar. 

Zé Carioca, apesar de não trazer uma capa de Natal, abre com uma HQ referente à data. Por sinal, é a única que já havia sido republicada por aqui. O mix de histórias da revista, assim, passa como inédito para a grande maioria dos leitores. Tem ainda Superpateta e mais confusões na redação da Patada.

Mickey traz uma das mais belas e fascinantes HQs do camundongo desde Casablanca — ainda inédita no Brasil. A história de 30 páginas é sem dúvida um belo presente de fim de ano aos fãs de Mickey que apreciam tramas longas e cheias de mistérios.


Pato Donald #2377
52 páginas — formatinho 13,4 X 19cm — R$ 2,95




O Antipapai Noel
Roteiro: Terry Laban. Desenhos: Tino Santanach Hernandez.
Publicada pela primeira vez na norueguesa Donald Duck & Co #2008-51 (15/dez/08). D2007-084.

Acidentalmente (pra variar!), Donald ativa a máquina antimatéria do Prof. Pardal e um estranho Papai Noel vem parar em nossa realidade. Só que ele tem hábitos bem diferentes do bom velhinho. E agora ele precisa enviar o Iapap Leon (!) de volta antes que ele estrague as festas de fim de ano. Diversão pura.



Colecionador Engarrafado
Roteiro: Michael T. Gilbert. Desenhos: José Massaroli.
Publicada pela primeira vez na norueguesa Donald Duck & Co. #2008-49 (1/dez/2008). D2007-141.

Um aborrecido Donald acha que colecionismo é uma perda de tempo. Ainda mais se a coleção for de garrafas. Mas ele muda de ideia quando descobre que uma valiosíssima coleção está soterrada no subsolo de Patópolis. Aí o bichinho do interesse morde o pato. Acontece que existem coisas bem mais valiosas do que tesouros enterrados...



Ano-Novo Pontual
Roteiro: Per Hedman. Desenhos: Vicar.
Publicada pela primeira vez na sueca Kalle Anka & C:o #2008-49 (2/dez/08). D2008-033.

O desastrado Donald de sempre acaba de estragar os preparativos para a festa de fim de ano de Patópolis. Para consertar tudo, a única saída é viajar algumas horas no tempo. Mas o pato acaba desregulando a máquina do Prof. Pardal e essas "algumas" horas se transformam em séculos! E agora?


Zé Carioca #2342
52 páginas — formatinho 13,4 X 19cm — R$ 2,95



Natal no Morro
Roteiros: Júlio de Andrade. Desenhos: Carlos Edgard Herrero.
Publicada originalmente em Zé Carioca #1361 (9/dez/77). B770173.

Aqui vemos um papagaio solidário, bem diferente daquela imagem de malandro que  sempre quer tirar proveito de tudo. Zé e Nestor pretendem fazer nevar em plena Vila Xurupita. E o que querem em troca? Nada além da alegria da vizinhança! Mas como no Brasil não neva...



Dormindo em Serviço
Roteiros: Júlio de Andrade. Desenhos: Primaggio Mantovi.
Publicada originalmente em Zé Carioca #1123 (18/mai/73). B73041.

Parece que Superpateta anda meio exausto de tanto trabalhar para manter Patópolis a salvo dos criminosos, mas por que será que nosso herói está dormindo no ponto?



O Galo Galã
Desenho: Ernesto Y. Miyaura.
Publicada originalmente em Zé Carioca #1743 (29/mar/85). B810302.

A galinha de estimação do Pedrão está triste e ele precisa dar uma de cupido para fazê-la novamente feliz.



Presente de Grego
Desenho: Tony Strobl.
Publicada pela primeira vez em Almanacco Topolino #213 (set/74).
Publicada originalmente em Zé Carioca #1211 (24/jan/75). S73142.

O trio Peninha, Donald e Tio Patinhas estão na redação da Patada. A dupla de repórteres compra um belo presente para o tio. Pena que ele trará tantos problemas...



Quer Apostar?
Desenhos: Ernesto Y. Miyaura.
Publicada originalmente em Zé Carioca #1759 (12/set/85). B850054.

Nestor e Pedrão disputam quem corre mais.



É o Fim...do Ano!
Desenhos: Euclides K. Miyaura.
Publicada originalmente em Zé Carioca #1677 (23/dez/83). B820166.

A Associação Nacional dos Cobradores do Zé Carioca — Anacozeca está de volta: agora, vai aproveitar os festejos de fim de ano para abordar o papagaio caloteiro.


Mickey #807
52 páginas — formatinho 13,4 X 19cm — R$ 2,95



Segredo dos Mousestones.
Roteiro: Stefano Enna. Desenho Paolo Mottura.
Publicada pela primeira vez na italiana Topolino #2781 (17/mar/09). ITL2781-2

Numa Patópolis da segunda metade do século 19, Mickey procura o famoso inventor Pateta Girândola, buscando ajuda para encontrar seu tio recentemente raptado. Está em jogo o Segredo dos Confeitos Mousestones, uma receita de família guardada há gerações... Terá Mickey a ajuda de que precisa?

Em tempo: Em boa parte da Europa, Mickey e sua turma não moram em Patópolis, mas em Topolinia, algo como “Ratópolis”. Como para nós Mickey e Pateta, assim como Tio Patinhas e Donald, moram todos na mesma cidade, nas traduções dessas HQs para nossos gibis ambas as cidades são fundidas na velha e fascinante Patópolis (em italiano, Paperopoli). E aguarde: em breve, mostraremos aqui no Planeta Gibi Blog um mapa pouco divulgado dessa cidade, publicado pela Abril na década de 1970.



A Montanha do Ranulfo
Roteiro: Sarah Kinney. Desenho: Xavier Vives Mateu.
Publicada pela primeira vez em Anders And & Co. (Dinamarca) e Donald Duck & Co. (Noruega) #2009-01, e na alemã Micky Maus #2009-01 (29/dez/08). D2007-004.

Quando Minnie aceita o convite de Ranulfo para umas férias em seu chalé de montanha, ela insiste em trazer junto o namorado Mickey. O que não agrada nada o velho e encrenqueiro Ranulfo.

Em tempo: Ranulfo, bem sumido dos gibis brasileiros, aparece esporadicamente em HQs produzidas na Dinamarca. Apesar de ter sido criado na remota década de 1930, ele ficou conhecido pelos leitores brasileiros no final da década de 1970, em dezenas de HQs produzidas nos estúdios da Abril. Nas tramas, o rato chato de galochas sempre tentava passar o Mickey pra trás e, de quebra, tirar uma casquinha com Minnie (na época, Minie). Seu nome original, Mortimer, é curiosamente como Disney batizou o próprio Mickey logo que o criou. Diz a lenda que sua esposa é que o convenceu a fazer a troca.



Os Apuros de Noel
Roteiro: Carol e Pat McGreal. Desenhos: Xavier Vives Mateu.
Publicada pela primeira vez na alemã Micky Maus #2008-51 (15/dez/08).  D2006-058.

Pateta foi contratado para ser Papai Noel, mas bancar o bom velhinho não será nada fácil, já que seu chefe está mais preocupado com lucros a qualquer custo do que com a alegria da garotada. E agora?

Clique aqui para ver o checklist de gibis Disney deste mês.

Fonte de indexação: Inducks.

Clique aqui para comprar os gibis Disney deste mês em nossa loja virtual, o Planeta Gibi Comic Shop.

13 comentários:

  1. CARTA ABERTA AO DR. ROBERTO CIVITA

    DR. ROBERTO,

    POR FAVOR, RECONTRATE O PRIMAGGIO.

    ASSINADO: OS LEITORES QUE SOBRARAM

    ResponderExcluir
  2. Esse Maffia é um editor de merda mesmo. continua passando as histórias pra esse colorista ruim do céu azul pro claro.

    ResponderExcluir
  3. Gostei do material obrigado Maffia por nos brindar com mais essas histórias bacanas. Na minha preferência Donald em primeiro, depois o Zé e o Mickey.
    Espero ainda o Tio patinhas última edição do ano e aianda o especial do Mickey e do Super pato.
    Valeu galera do planeta Gibi por continuarem com este blog bacana e original.
    Ludy - Rio Grande do Sul

    ResponderExcluir
  4. Esse Ludy é um chato. É só alguém fazer uma crítica qualquer a Abril que ele vem correndo defender o Maffia. Ele deve ser um desses puxa-sacos que ganha revistinha pra que falem bem na internet. Eu ainda acho que as sessões de cartas são todas inventadas. Marina.

    ResponderExcluir
  5. Mas ta loko chatos são voces hein
    olha só critiquem o Maffia à vontade se isso faz de voces pessoas melhores, mas ao menos tenham a dignidade de respeitar as opinioes alheias; o Ludy nao é o único que sabe valorizar o material que está aí, cada um tem sua opinião, tem o direito de gostar ou não, mas isso nao dá o direito de ofender quem nao concorda; só, tentem conhecer as pessoas antes de sair falando ok.
    E as sessoes de cartas não são inventadas, já publicaram varias minhas e conheço muita gente que manda tambem. HP

    ResponderExcluir
  6. O Maffia publica cartas de verdade sim. O Ludy e o HP escrevem pra ele todos os meses elogiando e como são os únicos que elogiam ele publica todas. O Maffia é um editor de merda mesmo. escreveu que o Paladino Implacável é do Saidemberg mas naquela época ele nem tava morando no Brasil. nem pra chupinhar do inducks ele serve. Fora Maffia, Primaggio de volta!

    ResponderExcluir
  7. Será que a publicação de Casablanca do Mickey está nos planos da Abril? Essa HQ é de 1987!

    ResponderExcluir
  8. Na Europa o Mickey mora em uma cidade própria mas isso não acontece nas histórias americanas, onde muitas vezes, embora não seja comum, patos e rato interagiram. O universo Disney que deve ser considerado é o americano, em primeiro lugar. A não ser que outras criações (italianas, na maioria) não interfiram no contexto geral, por exemplo: Vila Rosa...

    ResponderExcluir
  9. Pobre Marina e viuvas dos editores do passado. Sofro por vocês me solidarizo com suas dores e rancores. Mas vocês devem entender que o passado já foi, morreu, não volta mais, calma não chorem crianças, nos temos o titio Maffia pra dar aquele apoio ...ohh se liguem... agradeçam que ainda existem algumas edições Disney saindo no Brasil e material de qualidade. Essa é a minha opinião e continuo com ela, eu respeito as opiniões arcaicas, senis, anacrônicas e empoeiradas que pintam aqui, e acho sim o Maffia um grande cara e não tenho vergonha disso. Podem fazer beicinho e manhinhas, só não chorem em cima do meu terno novo rsrsrsr.
    HP não podemos esquecer de ligar pro Máffia essa semana e marcar aquela janta com a galera da Abril. Por falar nisso tenho que mandar as minhas cartinhas do mês pro meu editor favorito...quá quá quá.....
    Totalmente de bem com a vida...
    Ludy -RS

    ResponderExcluir
  10. Realmente ele é um GRANDE cara.

    Marina.

    ResponderExcluir
  11. (respondendo ao amigavel anonimo de cinco comentarios atrás)
    Caro colega, com todo respeito, cresce, em vez de ficar falando de quem você não conhece; voce nao sabe QUEM sou eu ou o ludy pra nos julgar, do mesmo modo que eu nao te conheço e nao posso julga-lo por suas palavras, não é
    Porem, convenhamos, é muita prepotência achar que todos os leitores Disney do pais pensam da mesma maneira equivocada que vocês; mas passa na comunidade quadrinhos disney no orkut, e voce vai ver que tem gente suficiente pra encher as sessoes de cartas todos os meses
    (e já que o Maffia é um "merda" estamos esperando sua candidatura para editor da Abril; quer dizer, pelo menos teriamos alguem que sabe pesquisar no inducks)
    pois ée Ludy já tinha me esquecido! temos que marcar também aquele churrasco de fim de ano com o Maffia não é, parece que o pessoal da Abril tá querendo comemorar o hexacampeonato do flamengo ..!
    e eles tão realmente sem criatividade para inventar mais cartas esse mês, então vamos ter que mandar mais do que nossa leva habitual por mês ..
    shuahsashuashuasuhas
    HP

    ResponderExcluir
  12. Marina me passa teu endereço. Esse mes o Maffia me enviou tanta revista que eu nem sem o que fazer com tantas edições. E você não é burra com certeza entendeu a conotação de "grande" que eu sugeri no post anterior ou você prefere que eu "desenhe" ou faça um "mapa" pra você se localizar melhor. O chato aqui está sempre disposto a ajudar...meu segundo nome é "O bom samaritano".
    Vê se me esqueçe pô.

    Ludy - RS

    ResponderExcluir
  13. MUITO BOM O BLOG VALEU VENHA VISITAR MEU BAÚ VALEU !

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.