' '

30 de nov de 2009

Num mês de dezembro distante...

Por E. Rodrigues & José Rivaldo Ribeiro

1937: Estreia o primeiro longa-metragem animado da história: Branca de Neve e os Sete Anões.


Pôster original de Branca de Neve e os Sete Anões

1963: Almanaque Tio Patinhas é lançado pela Abril. De início com periodicidade irregular, o gibi logo se torna mensal. Até a década seguinte, ocuparia frequentemente o posto de publicação mais vendida do Brasil. No final de 1970, cede o prefixo 'almanaque' para o gibi...

1966: Walt Disney morre no dia 15.

1970: ...Almanaque Disney, que começa com 164 páginas e periodicidade bimestral.

1972:
A Abril lança seu primeiro gibi infanto-juvenil não-Disney/Mauricio: Os Flintstones e Outros "Bichos", que durou 38 edições. Três anos depois, sairia o terceiro título Hanna-Barbera pela editora: Manda-Chuva.


Os Flintstones e Outros "Bichos" #1: antes dele, só Disney e Mônica

1973: A edição #5 de Diversões Juvenis é dedicada a O Pica-Pau. Por causa de seu sucesso, a Editora Abril decide lançar o personagem em título próprio, que se inicia no #2 (em out/74, trimestral).

1974: Edição Extra passa a ser uma edição especial de Almanaque Disney e ganha maior regularidade de formato e de circulação — a partir da 11ª edição, Robin Hood (ADE43/EE62). Dois anos depois, Prof. Pardal estamparia seu nome no título de uma revista pela primeira vez (EE67/EE74, Prof. Pardal na Atlântida). Em dez/93, 160 números publicados, Edição Extra despediria-se definitivamente das bancas. Para entender a confusa numeração desta coleção, clique aqui.

1975: Claudio de Souza, um dos profissionais responsáveis pelo sucesso da Disney na Abril, muda-se para a recém-inaugurada Idéia Editorial e lança Mister Magoo, Tico e Teca (de John Stanley, também responsável pelas HQs clássicas de Lulu e Bolinha) e Capitão Bigbom (na TV, O Vira-lata — que virou filme live-action pela Disney há dois anos). O hoje cult Manual do Super-Herói, similar aos manuais Disney que Claudio editara na Abril, também é lançado. O diretor de criação era Cesar Sandoval, que mais tarde (re) criaria Os Trapalhões para a Abril e lançaria A Turma do Arrepio pela Globo. 


Tico e Teca: do mesmo criador das HQs clássicas de Luluzinha
Anúncio da Idéia Editorial: os títulos descartados pela Abril para a série Diversões Juvenis não duraram nem um ano, infelizmente.


Capitão Bigbom, mas pode me chamar de Viralata... ou de Underdog


O primeiro e único manual da Idéia: o ótimo Manual do Super-Herói. Claudio de Souza levou para a nova editora o mesmo padrão que estabelecera na Abril para os bensucedidos manuais Disney — que por sua vez basearam-se em publicação italiana

1976: A edição especial Almanaque da Mônica sai pela Editora Abril, trazendo a primeira coletânea de HQs da Turma já publicada.

1977: Speed Racer ganha um especial, pela Abril. O gibi hoje é item raríssimo de colecionador. No mesmo padrão, também com 132 páginas, é publicado A Pantera Cor-de-Rosa e o Inspetor Especial.


Speed Racer Edição Especial: cult
A Pantera e o Inspetor Especial: depois considerado o almanaque #1 da dupla

1978: Sai a primeira edição de um Almanaque do Cebolinha, numa época em que almanaques com personagens de Mauricio de Sousa eram publicações erráticas e traziam saborosas e merecidas reedições de HQs.


O primeiríssimo Almanaque do Cebolinha: 132 páginas históricas

1981: O primeiro dos primeiros Almanaque do Chico Bento é lançado. Também seria desse personagem o último almanaque de Mauricio a ser lançado pela Abril, em dez/86 — mês em que a Turma se despediu da editora que a lançou. Vinte anos depois, nova despedida — dessa vez, da Editora Globo.

1990: A Editora Globo lança Akira em edições mensais. Em set/93, na edição #33, a publicação é interrompida. A saga só seria retomada mais de quatro anos depois, em dez/97, para ser concluída no #38.


A cada seis edições, Akira era encadernado. Acima, a capa do volume #1.




Mais quatro edições assim foram lançadas, cobrindo até Akira #30.


As edições avulsas daí até a final, #38, são as mais difíceis de serem encontradas hoje.

2004: Wolverine ganha título solo pela Panini.

5 comentários:

  1. Dezembro de 1980: a Editora Abril lança uma edição especial natalina dos Flintstones, intitulada Natal HB que reune Fred, Barney, Vilma, Betty, Bam-Bam, Pedrita, Dino e toda aquela plêiade de personagens clássicos da Hanna-Barbera (incluindo Zé Colméia, Dom Pixote, Pepe Legal, Manda-Chuva e outros).
    Esta edição especial traz duas estórias: a primeira é A Festa de Natal dos Flintstones, que envolve os Flintstones, os Jetsons e toda aquela leva de personagens clássicos da Hanna-Barbera, que foi editada originalmente nos EUA pela Marvel em dezembro de 77 (naquele mesmo ano [1977], a Hanna-Barbera produziu aquele especial natalino maravilhoso dos Flintstones: O Natal dos Flintstones), numa edição especial gigante, intitulada The Flintstones Christmas Party, com arte de Kay Wright. A segunda estória é uma reedição da versão quadrinizada do episódio natalino de 64 da série clássica dos Flintstones, que foi editada originalmente nos EUA em dezembro daquele ano pela Gold Key, com arte de Harvey Eisenberg.
    A capa desta edição especial natalina dos Flintstones de 80 (editada pela Abril) está neste link: http://img.mercadolivre.com.br/jm/img?s=MLB&f=115357094_8090.jpg.
    E a capa da edição especial gigante natalina dos Flintstones editada pela Marvel nos EUA em 77, se encontra neste link: http://www.universohq.com/quadrinhos/2006/imagens/HQGflintstones.jpg.
    Tá contado!

    ResponderExcluir
  2. Nossa... muito bem. Quando a gente for fazer o Guia do Colecionador HB, vai te chamar para ajudar!

    Ok. Mas como Natal HB é de novembro (edição especial de Os Flintstones #8), inserimos em

    http://planetagibi.blogspot.com/2009/11/num-mes-de-novembro-distante.html#more

    Dá uma olhada lá...

    ResponderExcluir
  3. Dei uma espiada naquele tópico e adorei.
    Aliás, a estória central desta edição especial, que é um crossover que envolve os Flintstones, os Jetsons e toda aquela plêiade de personagens clássicos da Hanna-Barbera, foi editada originalmente nos EUA pela Marvel em 77, numa edição especial gigante, intitulada The Flintstones Christmas Party. Já comentei a respeito desta edição original gigante e postei a capa dela pra vocês.
    Naquele mesmo ano (1977), a Hanna-Barbera produziu um especial natalino maravilhoso dos Flintstones, O Natal dos Flintstones, aonde Fred substitui Papai Noel (que se encontra doente) para distribuir os presentes para as crianças de todo o mundo. É neste especial que vemos o Fred vestido de Papai Noel e o Barney aparecendo como o ajudante de Papai Noel. Este especial já foi exibido aqui no Brasil pela Globo, Cartoon Network, Boomerang (quando exibia os clássicos de animação, antes de virar aquela futilidade que predomina atualmente na telinha) e SBT.
    Vocês se lembram deste especial?
    Aqui está uma cena dele. É só clicar neste link: http://www.toonarific.com/pics_root/00000045/aflintstonexmas2.jpg.
    Tá contado!

    ResponderExcluir
  4. Só para dar uma retificada, aquela versão quadrinizada do episódio natalino de 64 dos Flintstones (antológico, por sinal) não foi desenhada pelo Harvey Eisenberg (que nos deixou em abril de 65), e sim pelo Phil de Lara (que foi animador da Warner), em que o Fred (já no design atual), no traçado feito por ele, lembra mais o Fred desenhado pelo Gene Hazelton (que estava produzindo a tirinha dos Flintstones, que era distribuída nos jornais do mundo todo [incluindo também o Brasil, onde foi veiculada no jornal O Globo] pela McNaught Syndicate).
    Esta quadrinização do episódio natalino de 64 dos Flintstones, foi editada originalmente nos EUA pela Gold Key em dezembro de 65 (The Flintstones nº 31, Gold Key, EUA, dezembro/65).
    Aqui está a capa da edição original citada acima (desenhada por Phil de Lara), que se encontra no seguinte link: http://www.littlestuffedbull.com/images/2012/hbx/1220-flintstonesGK31.jpg.

    ResponderExcluir
  5. Amigos,

    Encontrei a campanha publicitária de lançamento da revista dos Flintstones (a 1ª série) pela Abril, no final de 72.
    E esta peça se encontra no seguinte link: http://colecionadoresdehqs.com.br/wp-content/uploads/2016/03/04.jpg.
    Aproveitem para dar uma conferida!

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.