' '

1 de ago de 2009

Gibis Disney Agosto de 2009 — Preview 1

Por E. Rodrigues & José Rivaldo Ribeiro

Pato Donald, Zé Carioca e Mickey de agosto chegam às bancas nesta semana. E os três vêm com atrações imperdíveis.


Pato Donald #2373
52 páginas — formatinho — R$ 2,95


Uma Noite no Museu!
Roteiro: Terje Nordberg. Desenhos: Arild Midthun.
Primeira publicação: Anders And & Co. #2008-46, Dinamarca, nov/08. Inédita no Brasil.


HQ com ecos do filme homônimo (em português, claro) e com referência explícita ao Elmo de Ouro de Carl Barks (de jul/52, publicada pela última vez no Brasil em O Melhor da Disney #30, de jul/07, onde até ilustra a capa). Atenção para o corvo misterioso que ajuda Donald.

O Sapo da Sorte
Roteiro e Desenhos: Daan Jippes.
Primeira publicação: Anders And & Co. #2006-11, Dinamarca, mar/06. Inédita no Brasil.


HQ mais divertida do que a primeira. Aqui Donald quase perde a cabeça (e muito dinheiro) ao lidar com um sapo, resultado acidental de sua malsucedida pescaria.

O Pato do Passado e do Futuro
Roteiro e Desenhos: Don Rosa.
Primeira publicação: Anders And & Co. #1996-21-22-23, Dinamarca, mai/96. Inédita no Brasil.


A primeira das muitas HQs de Don Rosa que permaneciam inéditas no Brasil fecha esta edição memorável de Pato Donald. Na aventura, Professor Pardal encontra-se com o Rei Arthur quando testa o capacete do tempo que acabara de inventar. Lampadinha, Donald e os sobrinhos completam o quadro. Curioso notar que trama semelhante ocorreu num episódio da série televisiva DuckTales (em Sir Gyro de Gearloose, exibido originalmente em 6 de outubro de 1987, nos EUA).

Zé Carioca #2338
52 páginas — formatinho — R$ 2,95

Quinze Minutos e Meio de Febre
Desenhos: Carlos Edgard Herrero. Arte final: Kika.
Primeira publicação: Urtigão #128, Brasil, abr/92.

A HQ faz parte da série Urtigão in Rio, então iniciada na edição #121 da revista do caipira e que se estendeu até a 129. Aqui, Urtigão destemidamente pega um tubarão à unha!

Cavaleiro, Não Caia do Cavalo
Roteiro: Hubie Karp. Desenhos: Paul Murry (e Waldir Igayara de Souza).
Primeira publicação: Zé Carioca # 1001, Brasil, jan/71.

Originalmente publicada em tiras nos jornais americanos em 1944, esta HQ aparece aqui da forma como saiu pela primeira vez no Brasil: com os primeiros quadrinhos redesenhados, alterações de layout e roteiro e muitas páginas a menos. Em Zé Carioca Edição Comemorativa 20 Anos (jun/81) podemos encontrar uma versão mais próxima do original, nomeada O Grande Cavaleiro (republicada depois em Edição de Luxo #6, de fev/91).

Chefe por um Dia
Desenhos: Tony Strobl.
Primeira publicação: Topolino #864, Itália, jun/72. No Brasil: Zé Carioca #1101, dez/72.

Tio Patinhas tem que ausentar temporariamente da redação de A Patada e põe Peninha em seu lugar. Só que o abilolado primo de Donald leva essa substituição muito a sério! Hilariante.

Varrendo a Onda do Crime
Desenhos: Paul Murry.
Primeira publicação: Super Goof #16, EUA, fev/71. No Brasil: Zé Carioca #1013, abr/71.

Bandidos tentam destruir Superpateta pela emissão de vibrações sonoras. Supergilberto ajuda o tio a derrotá-los.

Marinheiro Só
Roteiro: Ivan Saidenberg. Desenhos: Renato Canini.
Primeira publicação: Zé Carioca #1105, jan/73.

Ao fugir de mais um cobrador, Zé Carioca acaba em um navio, onde terá que (argh!) trabalhar.

Escola de trambique
Desenhos: Euclides K. Miyaura.
Primeira publicação: Zé Carioca #1809, ago/87.

Mais um capítulo da série Zé Carioca X Anacozeca! Só que aqui um dos cobradores acaba pedindo conselhos para o 'mestre dos caloteiros'. HQ já publicada na Itália e Espanha.


Mickey #803
52 páginas — formatinho — R$ 2,95


Dr. Mouse, partes 1 e 2
Roteiro: Fausto Vitaliano. Desenhos: Alessandro Perina.
Primeira publicação: Topolino 2775-6, Itália, fev/09. Inédita no Brasil.

Sátira ao famoso seriado de televisão Dr. House, sobre a qual já falamos aqui. Conclui na próxima edição, em mais dois capítulos.


Futuro Cristalino
Roteiro e Desenhos: Noel van Horn.
Primeira publicação: Anders And & Co. #2009-03, Dinamarca, jan/09. Inédita no Brasil.


O filho de William van Horn traz Mickey e Minnie às voltas com um vidente, supostamente charlatão.

Completa a edição uma historinha de uma página, com Bafo de Onça (de Topolino #2775, por Giorgio Salati e Varesano).


Aguardem o post sobre Tio Patinhas e Aventuras Disney!

23 comentários:

  1. A ABRL DEMOROU TANTO PRA PUBLIUCAR DR MOUSE QUE O MAURÍCIO FEZ UM HOUSE NA HISTORIA DA MONICA JOVEM. ABRIL, ESTAMOS DE OLHO!!!!!!!!!!!

    CARLOS JOSE

    ResponderExcluir
  2. Noel van Horn não é filho de William van Horn?

    ResponderExcluir
  3. Parece que o nível subiu esse mês...

    ResponderExcluir
  4. Mas Dr Mouse só saiu em fevereiro na Itália. E o Brasil é o primeiro país a traduzir a mini. Demorou coisíssima nenhuma.
    Daniel, Noel é filho de William, of course. Mancada corrigida no post.
    Britto: os gibis estão mesmo ótimos. E esses Patos vão virar raridade em breve.

    ResponderExcluir
  5. GENTE, QUE CORES FEIAS SÃO ESSAS NA HQ DO URTIGÃO??? NO INDUCKS TEM A PÁGINA ORIGINAL E ERA MUITO MAIS SIMPLES E BONITO: http://coa.inducks.org/story.php?c=B+910130

    POR QUE MUDARAM???????!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Poxa dessa vez vcs se superou nessa matéria em relação aos quadrinhos Disney,mostrando as novidades,gostei muito, parabéns Planeta Gibi Blog pq nem o proprio site abriljovem faz isso,continue e sobre os gibis esse mês estão show!;)

    ResponderExcluir
  7. Valeu Xandro. De vez em quando a gente gosta de ler elogios, porque dá um trabalhão fazer um post assim.

    ResponderExcluir
  8. Jorge Fialho02/08/2009 15:33

    Vc sabe se nas proximas oito edições do gibi do Zé vão reeditar "Urtigão in RIo" ou foi so este capitulo avulso?

    ResponderExcluir
  9. Jorge, em ZC2339 teremos outra HQ do Urtigão produzida no Brasil, mas não será da série in Rio. Abraço.

    ResponderExcluir
  10. já acompanho o blog a um tempo, é a primeira vez que estou comentando: realmente dessa vez se superaram..parabéns pelo post,e fico na expectativa do post da tio Patinhas e Aventuras Disney

    http://macgaren-clarimdiario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Zé Carioca ainda é só reprise? AFFE...

    ResponderExcluir
  12. Parabens pelo belo trabalho!

    Depois que conheci o blog de vocês tomei de novo o gosto pela leitura dos gibis da disney, agora é guerra aqui em casa, as vezes tenho até que comprar dois de cada pra ler o meu sossegada!
    Abraços.
    Parabens mais uma vez!

    Sandra SP

    ResponderExcluir
  13. Que bom!Uma história da família Van Horn,do Canini,de Jippes,de Rosa...Faz tempo que eu não vejo os 5 gibis de costume tão bem assim!

    ResponderExcluir
  14. Tem alguma atração especial pro Tio Patinhas?

    ResponderExcluir
  15. PARABENS PELA MATÉRIA!!!
    DEPOIS DE 20 ANOS, VOLTEI A COLECIONAR DISNEY DE NOVO.... GRAÇAS ÀS REPUBLICAÇÕES D MATERIAL CLÁSSICO!!!

    ADOREI ESTE BLOG MTO BEM FEITO E INFORMATIVO... CONTINUEM ASSIM, POIS ADD AOS MEUS FAVORITOS E VOU FICAR LIGADO PRA ME ATUALIZASR COM OS LANÇAMENTOS DISNEY!!!

    ResponderExcluir
  16. A PROPÓSITO....

    COMPREI ZE CARIOCA DE JULHO, E VOU COMPRAR ESSE COM NOVO MIX TBM, POIS FICOU UM MIX PERFEITO (E MES Q VEM TEM MORCEGO VERMELHO)!!!

    O NEGÓCIO É REPUBLICAR TUDO Q É BOM SIM.... O MATERIAL NOVO É PÉSSIMO, AS VERDADEIRAS OBRAS-PRIMAS DISNEY SÃO DOS ANOS 70/80 PRA BAIXO!!!

    ResponderExcluir
  17. Só você não percebeu ainda que o Maffia tá republicando essas histórias nada a ver no Zé Carioca porque já não tem mais nada do papagaio pra publicar. Brasileiro engole qualquer lixo mesmo.

    ResponderExcluir
  18. Eu voto pela demissão do Maffia e recontratação de Primaggio Mantovi

    ResponderExcluir
  19. O Primaggio tá desempregado? O Maffia é responsável pelo término de produção dos Estúdios Disney na Abril? O material que sai em Zé Carioca é lixo? Você é brasileiro?

    ResponderExcluir
  20. Concordo com a crítica acima. O material é bom. O modo como está sendo publicado com cores e texto modificados é lixo. Primaggio de volta, por favor.

    Att,

    Yuri Dantas

    ResponderExcluir
  21. Ana Paula está certa, me dá nojo de ler qualquer coisa recolorizada por computador. Hoje qualquer mané quer encher tudo com degradês e acaba escondendo os detalhes dos desenhos, a gente nem enxerga o 'rost' dos personagens. As capas são todas iguais, o mesmo degradê azul para todas, os cabelos da garota na capa do Zé C. se mistura com o tubarão e é o mesmo azul usado na capa do Mickey e nos uniformes dos guardas na Capa do Donald... o verde petróleo nas águas do urtigão briga com o roxo do cachorro e se confundem com o verde do chapéu - um lixo. E na "Chefe por um Dia" para que colocar aquele efeito no vidro no fundo - nem parece reflexo/refração é só um esfumaçado branco sobre azul, não "constrói/acrescenta" nada para a cena... fora que parece que toda a histéria se passa á noite, é tudo azulado.Todos os objetos e personagens tem "aquele efeito tri-dimensional falso" que só teriam se estivessem sendo iluminados por 'spots' de luz. Pelo amor de D. alguém ensine estes coloristas alguma noção de cor, luz, iluminação, perspectiva aérea sei lá... Por isso prefiro comprar as republicações de gibis sem cor, só o traço, pelo menos os desenhistas antigos sabiam o que estavam fazendo.

    Osni Winkelmann

    ResponderExcluir
  22. Eu achei que as críticas acima eram exageradas. Mas comprei o Zé Carioca 2338 e vi o Panchito pintado de verde. Agora eu sou obrigada a concordar com os demais.

    Cláudia Queiroz

    ResponderExcluir
  23. A produção HQ Brasil esta morta,portanto,HQ do Zé ou é repetida ou holandesa (que e cara e eles nao compram).

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.