' '

8 de ago de 2009

Dinastia Pato volta em formato americano

Superando as expectativas dos leitores, a fantástica saga História e Glória da Dinastia Pato voltará às bancas em setembro, em dois volumes em formato americano. Até então, esperava-se a publicação da história em capítulos, nos gibis mensais. 

A Abril, assim, aposta novamente no formato que o leitor mais exigente aprovou, usado em A SAGA DO TIO PATINHAS, O MELHOR DA DISNEY e em MESTRES DISNEY.

Além disso, outros atrativos aguardam os leitores. A Abril recebeu arquivos digitais novos da Itália, sendo que o Brasil verá, pela primeira vez, a saga publicada tal qual foi concebida — nas vezes anteriores, houve corte de páginas. 


A HQ virá acrescida do capítulo ainda inédito por aqui, produzido especialmente para o lançamento da edição comemorativa italiana de 35 anos do clássico, completados em 2005. 

Por fim, nova tradução foi providenciada, além de textos explicativos, a cargo de Marcelo Alencar, responsável também pelos textos e traduções de O MELHOR DA DISNEY.

O capítulo brasileiro não será republicado. Ele foi produzido para integrar DISNEY ESPECIAL #100 (1987). A Quinta Mosqueteira pegava onda no grande sucesso que fazia o gibi de Margarida. Mas está previsto para aparecer nas revistas de linha no ano que vem.




Os capítulos da saga foram publicados no Brasil pela primeira vez em TIO PATINHAS #108 a 110, ALMANAQUE DISNEY #38 e 39, e MICKEY #262 e 263 (1974). Depois, foram republicados de uma só vez em TIO PATINHAS DE OURO #1 (1979). Em 1987, a saga estrelou a edição nº 100 de DISNEY ESPECIAL. Finalmente, a série foi toda reprisada no DISNEY ESPECIAL REEDIÇÃO #100, em 1997.


Por E. Rodrigues

9 comentários:

  1. Realmente, a Abril superou minhas expectativas!
    Agora é aguardar longos meses até chegar em Salvador...

    ResponderExcluir
  2. Talves seja uma distribuição nacional,Tomare!!:O

    ResponderExcluir
  3. Ótima notícia!!!

    ResponderExcluir
  4. Nao acho ótima nao,cancelaram aventuras disney...

    ResponderExcluir
  5. Tosco. Não terá o capítulo brasileiro, ou seja, nunca teremos todo o material numa única edição.

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho o Disney especial número 100, e agora espero pela saga com tratamento especial que vai ser dado a ela, formato americano, qualidade gráfica, papel melhor e os comentarios certeiros do Marcelo Alencar, valeu Maffia.
    Ludy

    ResponderExcluir
  7. É claro que ainda estou de luto pelo fim de Aventuras Disney,mas se formos analizar com cabeça fria, ainda estamos numa situação relativamente confortável em relação a outros países que já tiveram o cançelamento total das publicações Disney.
    Mas é claro volto a afirmar estou triste pelo fim da AD, vou sentir saudades dessa revista, e bem que poderia ter fechado no número 50, outro detalhe...Onde vai parar o Super pato nessa história toda.
    Ludy

    ResponderExcluir
  8. Palavras muito bem colocadas, Aventuras Disney deixa um grande vazio, mas esse especial é uma das provas de que ainda estamos longe da tempestade de cancelamentos totais que atinge muitos outros países e assusta os fâs brasileiros. Infelizmente (para mim) esses especiais, assim como muitos outros, não vão chegar até aqui no meu municipio (o que mais uma vez me leva a uma busca pela internet na esperança de adquiri-los, como ocorre com muitos outros leitores).
    Agora, os especiais do Superpato já haviam sido a muito tempo prometidos, então acredito que a Abril não vá deixar a data passar em branco; pelo menos, assim esperamos.

    HP - Rio Grande do Sul

    ResponderExcluir
  9. Poderosojackson08/04/2010 19:04

    Aqui em Teresina- Piauí só chegou o numero 1 ( em janeiro) vou todos os dias à banca e nunca chega o numero 2. Tõ desesperado! VC s tem no sit pra vender??? Não acho o link. alguém pode me ajudar???

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.