' '

15 de ago de 2009

Aventuras Disney: 1º ano

Por E. Rodrigues & José Rivaldo Ribeiro

Quando Aventuras Disney chegou às bancas há 4 anos para ocupar o lugar do Almanaque Disney, os colecionadores em geral torceram o nariz. De fato, o gibi fazia parte de uma nova era dos quadrinhos Disney no Brasil. E foi enxergado praticamente como o símbolo das insatisfações dos fãs Disney com tudo ou quase tudo que essa nova fase trazia: mudança nas quantidades de páginas e nas periodicidades, distribuição setorizada, e —provavelmente o que mais pesou— a constatação de que a Editora Abril não mais preservaria um título apenas para que uma tradição fosse mantida.

Isso posto, só poderíamos prosseguir este post com um único comentário: coitado do Aventuras Disney! Como um título poderia sobreviver e ser benquisto pelos leitores assíduos Disney sendo praticamente um símbolo/síntese das queixas e insatisfações dos rumos escolhidos pela Abril para as publicações Disney por aqui?

Bem, sobreviver não sobreviveu —e aí já caberiam divagações imensas sobre o mercado de quadrinhos no Brasil e no mundo, que fogem ao assunto deste post. Mas conquistou, sim, o respeito e a admiração de boa parte dos leitores Disney. E é só acompanhar sua evolução, edição por edição, para entender por que isso aconteceu. Vamos lá?

Todas as 48 edições de Aventuras Disney tiveram 84 páginas, em formatinho,
com preço de capa de R$ 4,95.

#1 (ago/05)
O título foi inaugurado com os quatro primeiros capítulos da minissérie Dragonlords (roteiro de Byron Erickson e arte de Giorgio Cavazzano). Esta saga, por sinal, seria publicada nos EUA no mês seguinte, num especial da Gemstone. A edição trouxe também Mickey e Pateta em Encrencas Cinematográficas (roteiro de Gérson L. B. Teixeira e arte de Moacir Rodrigues Soares).

#2 (set/05)
Mais quatro capítulos de Dragonlords. E a republicação de O Mistério do Zoológico, com Superpateta e os Irmãos Metralha (roteiro de Bob Ogle e arte de Paul Murry).

#3 (out/05)
Dragonlords é concluída. Mickey e Pateta estão na republicação de O Estranho Feitiço da Marcha-à-Ré (roteiro de Carl Fallberg e arte de Paul Murry).
#4 (nov/05)
Superpato abre a edição, na inédita O Super Tio (roteiro de Riccardo Secchi e arte de Alessandro Perina). São republicadas O Clube dos Heróis (roteiro de Gérson L. B. Teixeira e arte de Roberto O. Fukue ) e a HQ com o Superpateta tentando resolver O Estranho Caso do Dr. Tictac (roteiro de Bob Ogle e arte de Paul Murry).

#5 (dez/05)
Comemorando os 80 anos de João Bafo-de-Onça, o gibi traz logo 6 aventuras com ele. Desde a clássica (e até então inédita por aqui) sequência de tiras de A Carrocinha (argumento e arte de Floyd Gottfredson, com roteiro de Ted Osborne) até a recente e de traço modernoso italiano A Prisão Domiciliar (roteiro de Carlo Panaro e arte de Ottavio Panaro). Registre-se que Bafo deu as caras pela primeira vez no curta de animação Alice Solves the Puzzle, em 15 de fevereiro de 1925.

#6 (jan/06)
Uma aventura de Mickey versus Mancha Negra ocupam 40 páginas do gibi: Mancha e Roedor (roteiro de Carol e Pat McGreal, com arte de Joaquín Cañizares Sanchez). Esta HQ também ganhou uma edição especial da Gemstone nos EUA (Mickey Mouse Meets Blotman, ago/05). Tio Patinhas e A Moeda do Capitão Bravius (roteiro de Rodolfo Cimino e arte de Giorgio Cavazzano) é reeditada aqui. Assim como as maluquices do Morcego Vermelho em A Volta do Senhor X (roteiro de Oscar Kern e arte de Carlos Edgard Herrero).

#7 (fev/06)
A Volta do Manchaman ocupa metade do gibi. É a continuação da aventura da edição anterior, de autoria dos mesmos artistas, que também ganharia um especial pela Gemstone meses depois. Aventuras Disney corrige aqui um erro histórico e recorrente da Abril: a estreia de Peninha é registrada corretamente, com a republicação de Fome para Fortalecer (e não Primo Dinamite, como a editora costumava divulgar). A HQ tem roteiro de Dick Kinney e arte de Al Hubbard. Também é reeditada aqui Um Golpe Talentoso, com Superpateta (roteiro de Gérson L. B. Teixeira e arte de Verci de Mello). E Superpato estrela a inédita O Tempotronic (roteiro de Bruno Concina e arte de Nicola Tosolini).
#8 (mar/06)
Donald, Pateta, Pardal e Mickey estão na inédita Que a Farsa Esteja com Você! (roteiro de Carol e Pat McGreal, com arte de Massimo Fecchi). Duas brasileiras são republicadas: 00-ZÉro em Operação Oriente e Professor Pardal e A Estação Submarina —ambas com roteiro de Ivan Saidenberg e arte de Carlos Edgard Herrero—, e também é reeditada As Braceleiras dos Patinhas (roteiro de Rodolfo Cimino e arte de Romano Scarpa).

#9 (abr/06)
Donald está em O Segredo do Vale dos Duendes (roteiro de Carol e Pat McGreal, com arte de Vicar). Seu alterego Superpato está às voltas com A Sombra de Fantomius, de Marco Gervasio. Essas são as inéditas deste número, que traz as reedições O Caso do Dente Falante, com Mickey e Pateta (arte de Paul Murry), e Pena das Selvas em Perdido na Cidade Perdida (roteiro de Ivan Saidenberg e arte de Irineu Soares Rodrigues, baseados na arte e roteiro originais de Peninha, direto para as páginas de quadrinhos de A Patada!).

#10 (mai/06)
Mickey e Pateta encaram O Eremita do Abismo (roteiro de Andrea Castellan e arte de Giorgio Cavazzano). O Superomão traz aparições de meia Patópolis (roteiro de Ivan Saidenberg e arte de Irineu Soares Rodrigues), enquanto Morcego Vermelho retorna na divertida Uma Ilusão Idiótica (roteiro de Gérson L. B. Teixeira e arte de Carlos Edgard Herrero). E Mickey e Pateta fecham a edição com a inédita O Táxi Espacial (roteiro de Rudy Salvagnini e arte de Claudio Sciarrone).

#11 (jun/06)
Donald é O Mestre dos Desastres, HQ inédita de 36 páginas (roteiro de Michael T. Gilbert e arte de Massimo Fecchi). O clássico No Território dos Índios Tacapes é republicada aqui (roteiro de Carl Fallberg e arte de Paul Murry). E já que era época de Copa do Mundo, A História do Futebol, de Romano Scarpa, também.

#12 (jul/06)
Superpato aparece numa rara não-italiana aventura: A Volta de Fantomius (roteiro de Andreas Pihl e arte de Mårdøn Smet). E a edição continua na linha dos super-heróis: Morcego Vermelho em Roubo Que deu pra Trás (arte atribuída a Euclides K. Miyaura e Roberto O. Fukue), Clube dos Heróis e Supersonsão, Meu Ídolo! (roteiro de Marcelo Aragão e arte de Euclides K. Miyaura) e Superpateta e O Ladrão de Zanzipar (roteiro de Bob Ogle e arte de Paul Murry).

Clique aqui para ler nossos outros posts sobre Aventuras Disney.

Fonte de índices e criadores: Inducks.

Clique aqui para ver as edições de Aventuras Disney disponíveis em nossa loja virtual, o Planeta Gibi Comic Shop.

7 comentários:

  1. Eu, particularmente, fiquei muito feliz com o lançamento de Aventuras Disney. Principalmente porque não sabia muito o que estava envolvido...
    Mas aquela era a oportunidade de eu ter uma coleção completa em mãos.

    Tenho todos esses números, exceto o 11º, que não gostei e vendi!
    Me apaixonei pela saga "Dragonlords", e tenho um carinho especial pela edição 5, além das fantásticas histórias com Manchaman e Fantomius!

    ResponderExcluir
  2. Olha, essa retrospectiva é justamente para a gente ver melhor o que deixaremos de ter com esse cancelamento. Que pena!

    ResponderExcluir
  3. EU TIVE O AZAR DE COMEÇAR ESSA COLEÇÃO NO MES PASSADO.... JUSTO NO ULTIMO Nº DA SERIE!!!

    COM ESSA EXELENTE RETROSPECTIVA, PERCEBI QTA COISA LEGAL EU PERDI NO COMEÇO:

    SUPERPATO, PENINHA, E O ESPECIAL DO BAFO-DE-ONÇA!!!

    PIOR Q ESSES GIBIS NAO EXISTEM EM SEBOS AQUI NO SUL....

    ResponderExcluir
  4. E os 40 anos do Superpato? A comemoração foi cancelada de vez ou será em outra revista?

    ResponderExcluir
  5. Eu fiquei muito decepcionado com o cancelamento de Aventuras Disney - estava realmente ansioso pelas edições comemorativas do Superpato; tenho a coleção completa do nº9 ao 48, e estou tentando adquirir os volumes iniciais, mas só encontrei a edição nº 2 na loja virtual do Planeta Gibi. Então, voces sabem de alguém ou algum site que tenha esses volumes à venda? Por favor, eu gostaria muito de completar a minha coleção.
    Ah, e esse Blog é nota 10!

    ResponderExcluir
  6. Obrigado pelo elogio. Fique de olho em nossa loja. Sempre aparece alguma coisa. AVD é difícil mesmo de se encontrar por aí. Abraço.

    ResponderExcluir
  7. ai detestei a fox kids ter virado jetix e o jetix ter virado Disney xd foi a pior coisa ki os diretores da disney podiam ter feito as vezes choro com saldades da fox kids porra era o melhor canal de desenhos de todas as teves por asinatura da epoca espero ki um dia a fox kids volte um dia kem com corda comigo mi manda email é gustavobolado05@yahoo.com.br

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.