' '

7 de nov de 2010

Série Ouro Disney completa 30 anos

Por E. Rodrigues & José Rivaldo Ribeiro :: postado originalmente em 21/jun/09 ::

Retomamos aqui o texto de ano e meio atrás, sobre a clássica Série Ouro Disney. Foram apenas cinco edições: duas dedicadas a Tio Patinhas (uma delas trazendo pela primeiríssima vez no Brasil a saga História e Glória da Dinastia Pato compilada em volume único), e as outras a Donald, Mickey e Natal — que virou spinoff e, a partir de então, frequentou as bancas brasileiras por mais 19 vezes, até ser suspensa em nov/98. Oportuna é a releitura deste texto, onde veremos a gênese da coleção. 


Tio Patinhas de Ouro #1
196 páginas — formato Pato 13,4 x 21 cm — jun/79

Foi em junho de 1979 que chegou às bancas Tio Patinhas de Ouro #1. Pela primeira vez no Brasil eram reunidos num só volume todos os capítulos de História e Glória da Dinastia Pato. Hoje, com lojas virtuais e muitos sebos por aí, este fato pode parecer de menor importância. Não na época.

Em 1974, os capítulos da saga haviam sido publicados em vários gibis — Tio Patinhas #108 a 110, Almanaque Disney #38 e 39 e Mickey #262 e 263 —, e quem não conseguiu comprar essas revistas nas bancas em seus lançamentos não tiveram nenhuma facilidade para ter a saga completa depois.

Tio Patinhas de Ouro #1, portanto, foi a oportunidade que milhares de leitores tiveram para ler, pela primeira vez por inteiro, aquela história de que só conheciam alguns capítulos. Foi emocionante.

Voltaremos a falar da Dinastia Pato em breve, quando a Abril republicá-la. Aliás, uma GRANDE surpresa aguarda os leitores quanto a esse lançamento...

Bem, voltando à nossa coleção... estava assim iniciada a Série Ouro Disney! Isso mesmo: antes daquela série de 1987, com histórias inusitadas como a do casamento do Pato Donald ou do Zé Carioca como executivo, o título Série Ouro Disney já havia sido utilizado pela Abril para esta coleção.





Mas, a bem da verdade, os colecionadores só poderiam saber que ela tinha esse nome se prestassem atenção na série de anúncios institucionais da época, como o acima. Em nenhum outro lugar dos gibis eles eram identificados assim.

A coleção completa teve cinco edições bimestrais, com Mickey, Tio Patinhas novamente, Natal e Pato Donald. Vamos a elas.



Mickey de Ouro #1
196 páginas — formato Pato 13,4 x 21 cm — ago/79

Mickey de Ouro foi praticamente uma coletânea de clássicos de Paul Murry, mais algumas outras HQs de nomes como Tony Strobl e Romano Scarpa.



Tio Patinhas de Ouro #2
196 páginas — formato Pato 13,4 x 21 cm — out/79

Tio Patinhas de Ouro #2 publicou completa, pela primeira vez no Brasil, a saga A Caça ao Tesouro, de Romano Scarpa e Giorgio Cavazzano.

Esta série foi escrita em 1971 e publicada no Brasil inicialmente em capítulos, em 1972, em Tio Patinhas #87 e 88, Almanaque Disney #17 e Mickey #241. Curioso notar que nunca mais foi republicada por aqui, diferentemente do que ocorreu em outros países, como França, Alemanha e — claro — Itália, onde ganha reedições constantes. Quem sabe em uma próxima edição de Disney Big?

Tio Patinhas de Ouro #2 trouxe ainda uma rara HQ americana de Urtigão, Uma Moeda Muito Rara, de Tony Strobl, além de dois clássicos de Carl Barks.



Natal de Ouro #1
196 páginas — formato Pato 13,4 x 21 cm — dez/79

Natal de Ouro: este número reviveu as míticas edições #20 e 26 de Disney Especial, publicadas em 1975 e 1976, com HQs de temas natalinos, incluindo alguns clássicos.

No final de 1980, quando a rigor a Série Ouro Disney já estava encerrada, a Abril publicou mais um gibi com tema assim, o Edição Especial Natal. Apesar de ter um layout de capa a la Disney Especial, a editora o considerou o número 2 de Natal de Ouro, como pode ser constatado nos códigos da histórias nele publicadas.

Em dezembro de 1981, foi lançada uma terceira edição. Mas aí, o título Natal Disney de Ouro (às vezes, apenas Natal de Ouro) foi recuperado e assim mantido até o final de 1998, quando a 20ª e última edição foi às bancas.

Nenhuma outra edição de Natal de Ouro, contudo, teve o layout de capa da Série Ouro Disney. O colecionador exigente, assim, há de considerar que são duas coleções distintas (e possivelmente irá querer possuir dois exemplares do Natal #1 — um para cada coleção!).

As edições de Natal, por sinal, eram mesmo bem aceitas pelos leitores. Tanto que, mesmo com esses Natal de Ouro sendo publicados, ainda houve espaço para edições de Disney Especial com o mesmo tema (#146, 158 e 164, de novembro de 1994, 1996 e 1997, respectivamente).



Pato Donald de Ouro #1
196 páginas — formato Pato 13,4 x 21 cm — fev/80

Pato Donald de Ouro foi a última edição da série, e bem modesta: apenas uma coletânea de HQs do pato, por autores como Carl Barks, Tony Strobl, Carl Fallberg, Cavazzano, entre outros.

Cada volume da Série Ouro Disney teve 196 páginas, capa cartonada e formato Pato (13,5 X 21 cm). Note-se que mesmo com a redução dos gibis da Abril de formato Pato para formatinho, entre janeiro e fevereiro de 1980, Pato Donald de Ouro foi publicado no formato maior. O mesmo aconteceu com Natal de Ouro, mas somente até a edição #4, de 1982.

2 comentários:

  1. Lindas edições! Comprei todas posteriormente em sebos. O Pato de Ouro serviu de propaganda institucional da Abril no fim dos anos 80.

    ResponderExcluir
  2. Lindas capas mesmo...show de post!;)

    ResponderExcluir

ANTES DE COMENTAR, POR FAVOR, LEIA:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem necessariamente a opinião do Planeta Gibi.

Não publicamos comentários que:
• Incluam quaisquer e-mails ou links;
• Mencionem outro estabelecimento que comercialize quadrinhos;
• Incluam ofensas e palavrões; fujam do tema em questão.

Atenção:
Os comentários aqui postados podem ser encaminhados para os editores que, eventualmente, poderão publicá-los nas revistas; caso não concorde com isso, explicite sua negativa no próprio comentário. Obrigado.